Cadastre seu Email

domingo, 3 de agosto de 2014

Peneira Fina

Notas Rápidas

publicado em 03/08/2014 às 09:25
  • Compartilhe:
GCM
Reivindicação antiga do vereador Marcos Crippa (PTB), presidente do Legislativo, o fortalecimento da GCM - Guarda Civil Municipal poderá ganhar corpo a partir da sanção do Estatuto Geral das Guardas Municipais pela presidente Dilma Rousseff. Aprovada pelo Congresso, a proposta concederá poder de polícia aos órgãos municipais de segurança.“Hoje a segurança pública é uma instituição falida, o crime cresceu, avançou e muito, e a polícia não acompanhou esse crescimento. A bandidagem cresceu e a polícia encolheu. O município tem obrigação de cuidar da segurança pública também. Não há porque ter a Guarda Municipal andando armada pelas ruas sem poder cuidar do cidadão”, afirma.Defensor ferrenho de investimentos na qualificação de policiais e guardas civis, Crippa já proferiu inúmeros discursos criticando o que considera ser a “falência” das polícias militar e civil. “Não adianta o governo investir em viaturas e armamentos, mas não investir no ser humano”. Para a GCM local, o parlamentar propôs, inclusive, a “Bolsa-Formação”.

OPINIÃO
Uma das formas de reforçar o combate ao crime, na visão de Crippa, é com a criação da Secretaria Municipal de Segurança Pública, proposta feita ao ex-prefeito Félix Sahão Jr., via requerimento nº 6.898, em junho de 2004 – há exatos 10 anos. “A Guarda Municipal seria mais equipada e trabalharia em conjunto com os demais órgãos de segurança”.

PEDIDO
No documento elaborado por Crippa e não encampado pelo ex-prefeito, o vereador indica que a secretaria abrangeria a GCM e a Defesa Civil, assim como ações relacionadas à vigilância, controle de frota e fiscalização de trânsito. Seria dela a função de planejar, coordenar e supervisionar todas as atividades na área de segurança em Catanduva.

LAMENTA
“O cidadão não tem obrigação de fazer contratação e se cotizar para pagar segurança para proteger o seu patrimônio. Essa obrigação é do Governo do Estado, mas tem que ter ações do município. Enquanto o município não participar e enfrentar a bandidagem como ela tem que ser enfrentada, vamos assistir ao que estamos assistindo”, lamenta Crippa.

Convênio
Na edição de sexta-feira do Imprensa Oficial do Município, o prefeito Geraldo Vinholi e a secretária de Assistência Social, Carmem Pizarro publicam o convênio assinado com os dois asilos que deverão atender mais dez idosos cada. O projeto de lei foi votado antes no início do recesso parlamentar. Com os convênios firmados, o Asilo São Vicente de Paulo e o Lar de Pindorama receberam 10 vagas cada um. 

Falando em recesso
O recesso parlamentar termina na próxima terça-feira. As sessões voltam ao normal, no dia 05 de agosto. O que não vai faltar para os vereadores é assunto, já que ficaram um mês sem ocupar a Tribuna Carlos Machado. 
Importante
A Comissão Especial de Vereadores (CEV) que fiscaliza o trabalho realizado pela Jundiá, no transporte público de Catanduva, realiza no dia 14 de agosto uma audiência pública. É importante a participação da população, das pessoas que utilizam o serviço, só assim os vereadores terão noção de quais são as criticas, as sugestões que devem ser feitas à concessionária. 

Falando em CEV
E por falar em CEV, a Câmara de Catanduva tem inúmeras CEIS que ainda não foram terminadas. Algumas delas devem ter os relatórios entregues ainda neste mês, de acordo com as informações dos presidentes, antes mesmo do início do recesso parlamentar. 

Zoológico
O zoológico municipal passou por reformas. Antes abandonado, a Prefeitura finalizou esta semana a primeira etapa de uma ampla reforma e revitalização do ambiente. Com a recuperação do zoológico, o prefeito Geraldo Vinholi passa a oferecer esta nova opção também aos moradores da região, que frequentemente visitam o local. As melhorias contemplam aspectos estruturais, de embelezamento e acessibilidade. A Secretaria de Obras realizou a pintura de guias, pavimentação e reforma de todos os brinquedos.

Instalação
Foram instalados equipamentos de ginástica, além da reestruturação das cercas. O portal foi reformado, com troca de portões, jardinagem e a reforma do coreto, que passa a contar com novos balaústres. Há uma nova academia ao ar livre, além da restauração do crocodilo de concreto e da piscina, que ornamentam o local.
Cedral
O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) recebeu denúncia oferecida pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) contra o prefeito de Cedral, José Luis Pedrão (PMDB). Com a decisão, que foi unânime, tem início o processo para apurar se houve ou não o crime de corrupção eleitoral.    Cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral
Diploma cassado
Em junho, Pedrão e seu vice Israel Ricieri Quirino (PTB) tiveram os diplomas cassados em dois processos por abuso de poder político e captação de sufrágio. O TRE-SP, no recurso eleitoral nº 82165, reformou a sentença de improcedência da 126ª Zona Eleitoral – São José do Rio Preto e ainda, em outra ação, no recurso contra expedição de diploma nº 9727, a Corte também retirou-lhes o diploma. A chapa foi eleita em 2012 com 2.583 votos (47,66% dos votos válidos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!