Cadastre seu Email

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Servidores municipais de João pessoa protestam por reajuste na Câmara Municipal

Todos os servidores da Prefeitura Municipal de João Pessoa que não tiveram reajuste estão sendo convocados pelo Fórum das entidades representativas para comparecerem à Câmara Municipal, às 9h00 desta terça-feira, com o objetivo de sensibilizar os vereadores e chamar a atenção da sociedade para a questão.
Em nota, o Fórum lamenta que, após duas audiências com chefe de gabinete Zennedy Bezerra e outra com o prefeito Luciano Cartaxo, nada tenha sido definido acerca do reajuste anual previsto na Constituição Federal aos servidores do quadro efetivo da saúde, educação, guarda municipal, Semob, técnicos administrativos e atividade nível superior.
Os dirigentes sindicais alegam que há mais de cinco anos consecutivos esse reajuste vinha sendo concedido sem problemas. O Fórum reivindica ainda um percentual de 10% de aumento - que representa a variação do salário mínimo de 9% mais o ganho real - com efeito retroativo ao mês de março.
Planos de Cargos, Carreira e Salários
O Fórum também está cobrando do prefeito Luciano Cartaxo a efetivação urgente da terceira e última etapa dos Planos de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR's), correções e cumprimento de etapas, com a possibilidade de progressão funcional  no mesmo nível, bem como o  início dos trabalhos da Mesa Permanente de Negociação, com calendário setorial, para discussão de problemas existentes por categoria. 
Assinam a nota o Sindicato dos Trabalhadores Municipais (Sintram), Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município (Sintem), Sindicato dos Trabalhadores Públicos na Saúde (Sindsaúde), Sindicato da Guarda Municipal, Associação dos Técnicos de Nível Médio e Associação dos Servidores da Semob.
Confira a nota:
NOTA
NÃO PODEMOS VOLTAR AO PASSADO.
REAJUSTE ZERO.
AUMENTO JÁ!
O FÓRUM DAS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA  VEM,  POR MEIO DESTA NOTA, ESCLARECER AOS SERVIDORES E A SOCIEDADE PARAIBANA QUE:
1.  O FÓRUM MANTEVE TRÊS AUDIÊNCIAS COM O GOVERNO MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA, SENDO DUAS COM O CHEFE DE GABINETE DA PREFEITURA E A OUTRA COM O PREFEITO LUCIANO CARTAXO PARA TRATAR SEM SUCESSO DO REAJUSTE SALARIAL ANUAL DOS SERVIDORES DO QUADRO EFETIVO DA SAÚDE, EDUCAÇÃO, GUARDA MUNICIPAL, SEMOB,
TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS E ATIVIDADE NÍVEL SUPERIOR. ATÉ O PRESENTE MOMENTO O PREFEITO MANTÉM O SILÊNCIO;
2.  VALE LEMBRAR QUE O REAJUSTE ANUAL PARA SERVIDOR PUBLICO É PREVISTO NO § 10 DO ART. 37 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL. ESSAS CATEGORIAS  SEMPRE NO MÊS DE MARÇO TINHA REAJUSTES HÁ MAIS DE CINCO ANOS CONSECUTIVOS , SEM PROBLEMAS ATÉ A VIGÊNCIA DO GOVERNO ATUAL;
3.  O FÓRUM DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS REIVINDICA UM PERCENTUAL DE 10% DE REAJUSTE, COM RETROATIVO AO MÊS DE MARÇO DO ANO EM CURSO, TENDO COMO BASE TINHAM O REAJUSTE DO SALARIO MÍNIMO (9%), MAIS O GANHO REAL;
4.  ALÉM DO REAJUSTE, O FÓRUM COBRA TAMBÉM A EFETIVAÇÃO URGENTE DA TERCEIRA ETAPA DOS PCCR´S E DA MESA DE NEGOCIAÇÃO SETORIAL PARA DISCUTIR AS DISTORÇÕES, OS ERROS E OS EQUÍVOCOS DOS PCCR’S  E OS DIREITOS DOS TRABALHADORES COMO UM TODO;
5.  CASO NÃO TENHAMOS UMA RESPOSTA POSITIVA DO GOVERNO MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA ATÉ O FECHAMENTO DA FOLHA DE MAIO 2013, O FÓRUM DAS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DOS SERVIDORES PÚBLICOS ESTARÁ CONVOCANDO TODOS OS SERVIDORES QUE NAO TIVERAM REAJUSTE SALARIAL PARA PARTICIPAR DE MOBILIZAÇÃO JUNTO AOS VEREADORES DA CÂMARA MUNICIPAL DA CAPITAL, ÀS 9h00 DESTA TERÇA-FEIRA 28.
SINDICATO DOS TRABALHADORES MUNICIPAIS (SINTRAM)
SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO (SINTEM)
SINDICATO DOS TRABALHADORES PÚBLICOS NA SAÚDE (SINDSAÚDE)
SINDICATO DA GUARDA MUNICIPAL
ASSOCIAÇÃO DOS TÉCNICOS DE NIVEL MÉDIO
ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DA SEMOB

Assessoria


Órgãos de segurança da Copa das Confederações fazem reunião

Agência Brasilpara os jogos da Copa das Confederações, na capital fluminense, se reúnem amanhã (28), às 10h, no Centro de Coordenação de Defesa de Área do Rio de Janeiro (CCDA-RJ) para apresentação de todo o pessoal que vai trabalhar no esquema de segurança do evento no Rio. A expectativa é reunir cerca de 1,2 mil pessoas no Campo de Parada e Estádio Brigadeiro Sampaio, na Vila Militar, em Deodoro, zona oeste da cidade.
Além das Forças Armadas, deverão participar representantes da Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro, das polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros, da Guarda Municipal, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio), Receita Federal, Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Secretaria Extraordinária de Segurança para os Grandes Eventos (Sesge) e da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).
A cerimônia de abertura da Copa das Confederações está prevista para o dia 15 de junho, entre as seleções de futebol do Brasil e do Japão, no Estádio Nacional de Brasília/Mané Garricha. No dia seguinte, no Rio de Janeir, o Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, receberá o jogo entre as equipes do México e da Itália.
Para o coordenador do CCDA-RJ, o general de divisão José Alberto da Costa Abreu, essa integração entre os órgãos é fundamental para o sucesso da operação. “É fundamental para o sucesso, porque permite uma conjunção de esforços e uma coordenação adequada entre todos os órgãos envolvidos”, disse à Agência Brasil.
O general Abreu, que comanda a 1ª Divisão de Exército, informou que na quarta-feira (29), o CCDA-RJ será ativado na sede do Comando Militar do Leste, na Central do Brasil, onde permanecerá em funcionamento até o dia 4 de agosto. “Nós permaneceremos em uma situação de expectativa, reforçando o nosso trabalho, de maneira que deveremos emendar com a Jornada Mundial da Juventude e a vinda do papa Francisco”.
A Jornada Mundial da Juventude reunirá no Rio de Janeiro, no período de 23 a 28 de julho próximo, mais de 2 milhões de católicos do Brasil e do mundo, segundo os organizadores do evento religioso. De acordo com o general, o trabalho servirá de laboratório também para a Copa do Mundo de Futebol de 2014 e para as Olimpíadas de 2016.
Ainda na quarta-feira, segundo o general, haverá uma série de treinamentos da tropa que participará da segurança da Copa das Confederações no Rio. Segundo ele, os militares, recrutados na Marinha, Exército e Aeronáutica, vêm treinando há algum tempo e já estão preparadas para atuar.
A programação dos exercícios de segurança prevê, para as 8 horas, um patrulhamento marítimo por homens do 1º Distrito Naval na orla sul da Baía de Guanabara, englobando as praias de Copacabana e do Leme, e na área portuária no centro da cidade. Eles vão simular uma abordagem e interceptação de uma embarcação hostil.
Às 9h30, o Exército dará início ao primeiro de três exercícios programados. A cargo da 9ª Brigada de Infantaria Motorizada, será feita a defesa de infraestrutura estratégica, com a ocupação da Subestação de Energia Elétrica de Jacarepaguá, que abastece parte do Maracanã e da zona sul da cidade. A intenção é evitar falhas no fornecimento de energia elétrica para o estádio, onde também serão feitos treinamentos.
A partir das 10h30, soldados do 1º Batalhão de Guardas, sob a coordenação da Artilharia Divisionária da 1ª Divisão do Exército, farão um exercício de contenção de distúrbio, com a finalidade de desobstruir a rampa leste do estádio. Também as tropas de contraterror farão o reconhecimento das instalações, mostrando uma prévia de sua atuação, em caso de necessidade.
Às 10 horas, a Força Aérea Brasileira, sob a coordenação do 3º Comando Aéreo Regional (3º Comar) e utilizando dois aviões caça F-5, fará a interceptação de uma aeronave suspeita no espaço aéreo da cidade.
O CCDA-RJ é o órgão encarregado de coordenar a defesa dos grandes eventos programados para o Rio de Janeiro. A estrutura compreende vários eixos de defesa, entre os quais a força de contingência; a defesa de estruturas estratégicas; a defesa aeroespacial e o controle do espaço aéreo; a defesa cibernética; a defesa da área marítima e fluvial; a defesa química, biológica, radioativa e nuclear; a defesa contra terrorismo; o emprego de helicópteros e a fiscalização de explosivos.

Força-tarefa policial tenta combater ação de 'bondes' em Caxias do Sul

Força-tarefa policial tenta combater ação de 'bondes' em Caxias do Sul

No domingo (26) não foi registrada nenhuma ocorrência com os grupos.
Violência entre jovens preocupa os moradores da cidade da Serra do RS.

Do G1 RS

Comente agora
A violência entre os jovens preocupa os moradores de Caxias do Sul, na Serra doRio Grande do Sul. Por isso, no domingo (26), uma força-tarefa reunindo policiais militares e civis, Guarda Municipal e prefeitura foi realizada para combater a ação dos bondes, os grupos de jovens que se juntam para provocar brigas e cometer crimes, como mostra a reportagem do Bom Dia Rio Grande, da RBS TV (veja o vídeo).
De acordo com o levantamento da Brigada Militar, nenhuma ocorrência envolvendo grupo de adolescentes atribuído aos bondes foi registrada ontem. Somente duas apreensões de menores por posse de entorpecentes e um homem preso por porte ilegal de arma.
O foco da iniciativa é inibir as ações dos bondes. A maioria dos integrantes dos grupos é menor de idade. Por isso, o esquema de segurança foi reforçado na cidade, principalmente na área central. A Brigada Militar contou com aproximadamente 40 policiais que realizam barreiras nos pontos de ônibus.
O domingo foi dia de passe livre, dia de maior movimentação. Por isso, de acordo com a polícia, dia em que os bondes aproveitam para se encontrar. Além do reforço policial, a Secretaria da Cultura realizou atividades artísticas em praças do município, com o objetivo de atrair jovens através da conscientização.
Edição do dia 27/05/2013
27/05/2013 10h23 - Atualizado em 27/05/2013 10h23


Os agentes tiveram que aprender a andar de patins e skate. A ideia é que eles se misturem com os frequentadores e fiquem atentos à segurança.


Uma iniciativa inédita tenta aproximar os guardas municipais dos frequentadores do parque mais movimentado da cidade. Para isso, os agentes tiveram que se adaptar e aprender a andar de patins e skate. A ideia é que eles se misturem com os frequentadores e fiquem atentos aos equipamentos de segurança.
A marquise do Parque do Ibirapuera é maior reduto de skatistas e patinadores deSão Paulo. No meio deles, policiais. Nada de espionagem, repressão. Os guardas agora são parceiros no esporte. “Questionam até que não somos guardas”, brinca um guarda.
A ideia pioneira no Brasil pretende aproximar os guardas desse público na marquise e também orientar sobre como praticar esses esportes com segurança em um parque que recebe 250 mil pessoas aos fins de semana.
Os guardas não andam armados. “Para fazer prisões, quando necessário, temos próximo viaturas espalhadas pelo perímetro do parque e GCMs fazendo patrulhamento a pé. A ideia é que os guardas estejam desarmados duplamente: de arma e espírito”, afirma o inspetor da Guarda Civil Metropolitana, Gílson Menezes.
A experiência começou no inicio do mês, com apenas quatro guardas. Se der certo, a ideia da Guarda Civil Metropolitana é expandir para outros parques e praças da cidade. “Agora o policial é parceiro, vou chamar ele para dar um role de skate com a gente”, diz um skatista.
Essa também é uma maneira de melhorar o relacionamento entre a guarda e os skatistas, porque eles já andaram se estranhando
.

Guardas Municipais receberão incentivo para participarem de curso de qualificação

A Prefeitura Municipal irá repassar o incentivo de R$ 500 para os guardas municipais que participarem do curso de 476 horas/aula, que será ministrado pela Faculdade de Direito de Santa Maria (Fadisma).
O pagamento do auxílio será efetuado por dois meses, durante a realização do curso de formação, não sendo incorporável à emuneração.
O curso faz parte de um convênio entre a Prefeitura Municipal do Rio Grande e a União para a qualificação dos guardas municipais da cidade. O pagamento do auxílio já tem a anuência da Câmara Municipal.
Ao todo, 97 servidores serão capacitados. Segundo o Superintendente de Segurança e Proteção Social do Município, Golbery Gaubert, atualmente, 31 guardas municipais já estão em processo de formação.
Na avaliação de Gaubert, o benefício é um marco importante para a carreira desses servidores, que certamente darão um retorno positivo para a cidade.

Dois são flagrados sob suspeita de embriaguez ao volante

VOLTA REDONDA
Guardas municipais flagraram dois homens sob suspeita de estarem dirigindo embriagados. O fato ocorreu na madrugada do último sábado, no bairro Aero Clube.
Segundo foi registrado na 93ª Delegacia de Polícia (DP), os guardas foram acionados pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) para verificar uma denúncia de que havia um homem dirigindo  com sinais de embriaguez. AQo chegarem ao local, os GMs constataram o fato e conduziram Cristiano Gomes de Souza, 37anos, residente no mesmo bairro, à 93ª DP. Em seguida, o motorista foi encaminhado ao Posto da Policia Rodoviária Federal (PRF), no distrito de Dorândia, onde fez o exame e deu positivo para embriaguez.
Cristiano Souza foi autuado por dirigir sem possuir Carteira de Habilitação, por estar com os documentos atrasados do Gol branco, placa LIO-8209, e por dirigir sob a influência de álcool.
Na mesma madrugada, por volta das 4 horas, outra equipe da Guarda Municipal fazia ronda de rotina pela Avenida Lucas Evangelista, no bairro Aterrado, quando flagraram o Golf prata, placa ERK- 9901, dirigido por Pedro Henrique Rodrigues Ramos, 30 anos, morador de Barra Mansa, na contramão de direção. Ao ser abordado, os guardas perceberam que o motorista apresentava claros sinais de embriaguez. Ele também foi levado ao Posto da PRF em Dorândia, mas se recusou a fazer o exame de etilômetro.  Pedro foi levado então ao Instituto Médico Legal (OML), onde foi comprovada a embriaguez, através de exame clínico feito pelo médico legista Marcio Eduardo Braga. O motorista foi autuado por dirigir sob a influência de álcool e teve a sua CNH retida. 

Postado em 28/05/2013 13:44:37

TD GARANTE DIREITO DE APOSENTADORIA A GM


domingo, 26 de maio de 2013


Carro bate e derruba poste em Três Rios
Publicado em 12/05/2013, às 11h39 
Última atualização em 12/05/2013, às 11h46

Três Rios
O trânsito na Avenida Condessa do Rio Novo, no Centro de Três Rios, está parcialmente interditado. No início da manhã de hoje (12), um carro de placa não informada, bateu e derrubou um poste que caiu na rua.
Segundo informações, os ocupantes do veículo teriam fugido e abandonado o carro após o acidente.
A Guarda Municipal informou que devido à batida, o trânsito está sendo desviado para a Avenida Beira Rio. Os agentes de trânsito estão no local orientando os motoristas.
A Light - concessionária de energia já foi solicitada para realizar a retirada do poste e dos fios, mas não há previsão de quando o serviço será concluído.


Leia mais: http://diariodovale.uol.com.br/noticias/5,73295,Carro-bate-e-derruba-poste-em-Tres-Rios.html#ixzz2URKFOslP

Dário Cesar entende necessidade de arma

Guarda Municipal deve usar arma

O secretário de Defesa Social, Dário Cesar, disse em entrevista ao programa Pajuçara Na Hora, realizada no dia 3 deste mês, que a violência em Maceió evoluiu bastante nos últimos anos. Por consequência, para ele, não adianta colocar um guarda municipal desarmado para proteger o patrimônio público.
“Colocar um guarda municipal para proteger um patrimônio e não permitir que ele use arma é o mesmo que não colocar ninguém”, observou. “Hoje em dia o policial mesmo armado, com colete e viatura é recebido a bala”, complementou. Segundo o secretário, inclusive, a maioria das pessoas que partem para o enfrentamento é jovem, sob o efeito de uso de drogas e “sem nenhum compromisso com sua vida”.
Para ele, esse problema é uma questão de cultura. “Um jovem de 16 anos quando tira a vida de um pai de família é tratado como uma criança. E eles têm a certeza da impunidade”, lamentou. “Se tem discernimento para votar, penso eu que eles têm que ser tratados pela altura de seus atos”, ressaltou.
O secretário acredita que há ainda muita hipocrisia em relação a essa questão. “Se ele não tem discernimento para responder pelo crime, então que aumente também a idade mínima para as obrigações eleitorais”, observou.
Nesse contexto, Dário Cesar ressaltou que se exige da polícia uma ação impossível. “As famílias estão cada vez mais desagregadas. E grande parcela da sociedade está doente. As pessoas ficam em frente à televisão, assistindo reality shows e participantes que ganham milhões fazendo festa e tomando banho de piscina. Aí dizem que a polícia tem que resolver”, relatou. “Os filhos estão sendo criados nas ruas e não tem escola que preencha essa lacuna. Como é que a gente vai fazer a ressocialização de alguém que não foi nem socializado?”, questionou.
"Se o problema fosse só de polícia, quando a gente tira o bandido de circulação os crimes acabariam também", observou. “Eu não acredito que a gente possa reduzir a violência apenas com ações de polícia. Muito ao contrário. A polícia é um paliativo. Você tem que ir nas causas. O pano de fundo é sempre social, é a educação, que deve ser cada vez mais em tempo integral”, relatou.
O secretário disse ainda que a prevenção é fundamental para reduzir gastos com presos, por exemplo. "O sistema prisional alagoano tem crescido muito na área de reeducação e tem se tornado referência no país. Mas cada presidiário custa R$ 2 mil por mês", afirmou.
Centro de Vitória terá posto avançado 24h da Guarda municipal
Se o resultado for positivo, caberá a Secretaria de Segurança Municipal estudar a expansão da iniciativa para outros bairros

Da Redação
10/05/2013 16:56 - Atualizado em 14/05/2013 20:55

Um posto avançado da Guarda Municipal já tem aprovação da Câmara Municipal para funcionar na Câmara de Vitória. Proposto pelo vereador Vinícius Simões (MD), o projeto aguarda agora sanção do prefeito municipal para garantir o suporte necessário aos cidadãos da região em tempo integral. 
 
Motivado pelos assaltos, arrombamentos, furtos e roubos constantes na região, o Posto Avançado da Guarda Municipal Comunitária (PAGM) terá a função de realizar patrulhamento preventivo permanente no território, agindo junto à comunidade com o objetivo de diminuir a criminalidade, mediar conflitos, executar a fiscalização das áreas públicas, evitando também a depredação da região. 
 
“A iniciativa pode se tornar um novo referencial da segurança a ser adotado pelo município de Vitória”, diz o vereador. 
 
“Segundo ele, a violência no Centro de Vitória tem tomado proporções que extrapolam qualquer tipo de controle”, ressalta.
 
A proposta defende que o posto seja implantado inicialmente no Centro de Vitória, mas que a Secretaria de Segurança municipal avalie a sua implantação em outros locais também. 
 
Sendo o Centro de Vitória, uma região peculiar, o vereador afirma que a iniciativa irá beneficiar moradores e também o setor turístico. Só no ano passado, 50 mil pessoas visitaram a região e o objetivo é tornar a região, detentora de um comércio tradicional, parques, museus, teatros e praças. 

Procurado pela Justiça em Minas Gerais é preso em Praia Grande, SP

Procurado pela Justiça em Minas Gerais é preso em Praia Grande, SP


Homem foi detido pela Guarda Civil Municipal da cidade.
Procurado estava morando nas ruas do bairro Guilhermina.

Do G1 Santos

Base Comunitária da GCM de Praia Grande, SP (Foto: Divulgação/Prefeitura de Praia Grande)Base Comunitária da GCM de Praia Grande, SP.
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Praia Grande)
Um homem procurado pela Justiça no Estado de Minas Gerais foi preso em Praia Grande, no litoral de São Paulo, nesta quinta-feira (9). O foragido morava em uma das ruas do bairro Guilhermina e foi detido pela Guarda Civil Municipal (GCM).

A equipe do Patrulhamento Comunitário Integrado (PCI), da Guarda Municipal, foi acionada pela Central de Operações e Estatísticas (Cope) para averiguar a reclamação de residentes na Avenida Guilhermina sobre um morador de rua que estava importunando a vizinhança.

Os guardas abordaram o homem e não encontraram nada suspeito mas, ao pesquisarem sua identidade pelo sistema Infoseg, descobriram que ele era procurado pela Justiça, conforme mandado de prisão expedido pela Comarca da cidade de Andradas, em Minas Gerais. O homem foi levado para o 1º Distrito Policial de Praia Grande, onde ficou detido.
O programa PCI, que conta com bases móveis e viaturas atuando 24 horas por dia, foi iniciado em 1° de maio em oito bairros de Praia Grande. O objetivo é manter a Guarda Municipal mais próxima da comunidade. Desde sua implantação, nove pessoas foram presas
.
11/05/2013 às 15h52

Secretaria de Segurança Pública de Paraíso implanta ouvidoria


Folha da Manhã

A partir de agora, a Secretaria Municipal de Segurança Pública, Trânsito, Transporte e Defesa Civil conta com uma ouvidoria, que vai atender a população em suas reclamações, críticas, sugestões, além de fornecer informações sobre os serviços prestados pelo setor.

O objetivo do trabalho é melhorar o atendimento à população por parte da Secretaria e da Guarda Municipal, visando um maior contato com os paraisenses. A Ouvidoria conta com o trabalho de um profissional que estará disponível para ouvir a comunidade.

Qualquer pessoa pode fazer denúncias, receber informações, apresentar críticas, reclamações, sugestões e elogios referentes ao trabalho da Secretaria de Segurança e Guarda Municipal, ou ao trânsito e transporte urbano, terminal rodoviário ou aeroporto e defesa civil.

A Ouvidoria atende pelos números (35) 3539-1023 ou 199. O reclamante também pode entrar em contato pelo email ouvidoria.seguran-ca@ssparaiso.mg.gov.br ou ainda comparecer pessoalmente à sede da Secretaria Municipal de Segurança Pública, localizada no segundo andar da Arena Olímpica João Mambrini Filho, na Avenida Monsenhor Mancini, 775. “Em todos os casos de denúncias ou reclamações serão tomados os termos de declarações do denunciante, emitido um protocolo e a corregedoria fará a apuração do caso, para que sejam tomadas as providências pertinentes”, explica o ouvidor Gedeir Pereira.

Com a medida, a prefeitura pretende melhorar cada vez mais o atendimento à comunidade e para isso conta com a participação das pessoas. “Temos a certeza que, com o apoio da comunidade, teremos uma São Sebastião do Paraíso mais segura, com um trânsito e transporte de melhor qualidade e com mais transparência”, afirmou Ronaldo Antônio Bernardes, secretário municipal de Segurança Pública.
 
Projeto para aplicar verba

Publicado em 12 de Maio de 2013, às 00h00min | Autor: Emmanuel Fornazari, da redação

Guarda vai receber mais R$ 543 mil por emenda

Através de emenda parlamentar do deputado federal Leopoldo Meyer (PSB), a Guarda Municipal de Ponta Grossa irá receber nova verba de investimento.


Através de emenda parlamentar do deputado federal Leopoldo Meyer (PSB), a Guarda Municipal de Ponta Grossa irá receber nova verba de investimento. A informação foi repassada com exclusividade pelo secretário Municipal de Cidadania e Segurança Pública, Ary Lovato, ao mencionar que a verba gira em torno de R$ 543 mil.
Para a utilização do dinheiro será necessário a apresentação de um projeto de lei na Câmara Municipal de Ponta Grossa, contendo as diretrizes de aplicação do recurso e como o dinheiro irá contribuir para qualificar o trabalho da segurança municipal. “Nós estamos ainda estudando as carências e qual a melhor forma de investir este dinheiro.
Leia a matéria na integra no JM impresso.

POLÍTICA

Publicado decreto que viabiliza equiparação na GM

Decreto com as progressões da nova carreira de guarda municipal foi publicado no Porta-Voz que entrou em circulação neste fim de semana. Com isto, está aberto o prazo para os guardas interessados no enquadramento apresentarem a documentação ao departamento de recursos humanos. A medida corrigirá a divergência salarial entre os servidores aprovados no primeiro e no segundo concurso da GM.
Apesar de a publicação ter ocorrido ontem, o secretário municipal de Administração, Carlos Bracarense, adianta que os 75 guardas que aguardavam a equiparação salarial já formalizaram o pedido de enquadramento e entregaram os documentos necessários esta semana. “Como estavam na expectativa do decreto, os guardas anteciparam essa parte burocrática e nós estávamos preparados para o atendimento a essa demanda”, salienta.
Bracarense explica que os processos estão sendo analisados e o deferimento deve sair até sexta-feira (17), sendo a nova posição na carreira publicada no próximo Porta-Voz. A partir daí, os dados serão encaminhados ao setor de recursos humanos para adequação do cadastro financeiro e alterações no salário. “O fechamento da folha é feito a partir do dia 20. Assim, o salário deste mês, que será depositado no início de junho, provavelmente já estará adaptado com os novos valores”, revela.
A divergência de vencimentos na GM ocorreu porque, no primeiro concurso realizado, a escolaridade mínima era o ensino fundamental. Porém, no governo anterior, foi aberta nova seleção com a exigência do ensino médio e um salário-base maior. Os guardas do primeiro concurso recebiam R$678, enquanto os do segundo têm vencimento de R$878 para execução no mesmo serviço. A situação foi corrigida por meio do Plano de Carreira, que estabelece a progressão dos servidores conforme o grau de escolaridade. Do total de 125 guardas, o benefício atinge 75 servidores
.
24/05/2013 - 09:24
Apresentado PL que fixa piso dos Guardas-Municipais
A proposta defende um salário de R$ 1.200
(Foto: Arquivo Portal Infonet)
O Projeto de Lei (PL) 5616/2013 de autoria do deputado federal André Moura (PSC-SE), que fixa o piso salarial dos Guardas-Municipais, foi apresentado nesta terça-feira, 21, na Câmara Federal. A proposta defende um salário de R$ 1.200,00, e ratifica a importância do reconhecimento da profissão.
De acordo com o Projeto do deputado, os guardas municipais devem atuar na segurança urbana, apoiando os órgãos policiais estaduais e federais. Com a substituição de funções, novas denominações estão sendo utilizadas, como, Guarda Civil Municipal para designar o órgão em cidades do interior e Guarda Civil Metropolitana para as grandes capitais do Brasil. Segundo o PL, seria impossível pensar em segurança pública sem a integração das corporações, as quais estão vinculadas ao cidadão.
O Sindicato dos Guardas Municipais de Sergipe (Sigma) representa a categoria que luta por melhores condições de trabalho. O deputado estadual, Capitão Samuel Barreto, defende o projeto afirmando que há falta de segurança, mas não é permitido aceitar que os guardas municipais façam o trabalho da segurança pública com diferenças salariais. “Todos devem participar, não apenas o estado de Sergipe”. Ele completa ainda contando que com a aprovação do projeto, o piso salarial conquistará uma dinâmica maior e Sergipe será exemplo para outros que devem consentir o mesmo valor à profissão.
O deputado André Moura convocado pela categoria a tomar a frente de mais uma batalha por melhores condições salariais de trabalhadores brasileiros. Além do projeto dos guardas municipais, o deputado também é autor do projeto que fixa o piso salarial de médicos, radialistas, jornalistas e pedreiros.
“É justa a conquista de valores que fixam o piso de cada categoria, assim valoriza a profissão e dignifica o trabalhador, fazendo com que o cidadão almeje e tenha referência financeira para o futuro que desejar trilhar”.
Fonte: Assessoria Parlamentar

Dois jovens quebram vidro de ônibus e são pegos por guarda de Piracicaba

Dois jovens quebram vidro de ônibus e são pegos por guarda de Piracicaba



Patrulhamento ciclístico foi acionado pelo motorista após o dano no coletivo.
Jovem de 18 anos foi preso e adolescente de 17 anos foi entregue para pai.

Do G1 Piracicaba e Região

Virdro de segurança próximo a porta de saída de ônibus foi destruído por jovens (Foto: Fernanda Zanetti/G1)Virdro de segurança próximo a porta de saída de ônibus foi destruído por jovens (Foto: Fernanda Zanetti/G1)
Um jovem de 18 anos e um adolescente de 17 anos foram pegos pelo patrulhamento ciclístico da Guarda Municipal após quebrarem o vidro de um ônibus na manhã deste domingo (26), na Rua do Porto, em Piracicaba (SP). De acordo com o motorista de 36 anos que pediu para não ser identificado a dupla pagou para usar o serviço e em seguida danificou o veículo.
Estilhaços ficaram espalhados um dos jovens se feriu (Foto: Fernanda Zanetti/G1)Estilhaços ficaram espalhados um dos jovens
se feriu (Foto: Fernanda Zanetti/G1)
“Os dois entraram e em seguida eu ouvi quatro batidas fortes. Quando olhei, o vidro de segurança que fica ao lado da porta de saída estava totalmente destruído. Continuei andando com o veículo e ao avistar os guardas informei o que havia acontecido”, relatou o motorista.
Os jovens chegaram a justificar para o condutor do ônibus que haviam tropeçado, mas não adiantou. Eles foram levados pelos GMs ao plantão policial de Piracicaba.
O adolescente foi colocado como testemunha no boletim de ocorrência e liberado com o pai. Já o jovem 18 anos foi preso por danos ao patrimônio. A delegada  Monalisa Fernandes dos Santos definiu fiança de R$ 1.000 para o rapaz responder em liberdade, mas até as 12h15 o valor não havia sido pago ainda.
  •  
Ônibus seguia pela Rua do Porto quando foi danificado pelos jovens (Foto: Fernanda Zanetti/G1)Ônibus seguia pela Rua do Porto quando foi danificado pelos jovens (Foto: Fernanda Zanetti/G1)

 

26/05/2013 15h06

PM não respeita as leis de trânsito
Sidney Rezende

A PM já cuidou do trânsito da capital do Rio de Janeiro. Depois a tarefa foi transferida para a Guarda Municipal. Por conta desta mudança de comando, tem ocorrido algo curioso: os policiais militares não reagem quando estão diante de algum abuso praticado por motoristas e eles próprios desrespeitam as leis elementares quando estão dirigindo as viaturas.
Hoje, às 11h32, na Rua Jardim Botânico, um carro envelopado com as cores da PM, com Brazão, identificação e um casal uniformizado, ultrapassou o sinal em frente à Rua Faro e como não foi possível "furar" o outro, já que fica muito próximo, o motorista teve desplante de parar em cima da faixa de pedestre, quando tinha espaço suficiente para frear antes da sinalização de chão.


Como diz a letra dos Titãs, "Polícia para quem precisa de polícia". 

PM ACUSA PRF DE AGRESSÃO 24-05-2013

TRIO É PRESO 24-05-2013

sexta-feira, 24 de maio de 2013

LEGISLAÇÃO


Vereadores de Teresina querem implantação imediata da Guarda Municipal

Aumenta o número de casos de danos ao patrimônio público de Teresina. 'Serviço criado oficialmente em 2010 e não foi efetivado', diz vereadora
22/05/13, 10:51
A
Câmara de Vereadores de Teresina discute nesta quarta-feira (22) a implantação da Guarda Municipal na capital. De acordo com a vereadora Rosário Bezerra (PT), é desejo de todos os parlamentares é que a guarda seja criada de forma imediata.
Segundo a vereadora, o projeto aprovado oficialmente em 2010 ainda não foi efetivado e precisa ser urgentemente aprovada a implantação porque Teresina é a única capital do Nordeste que não tem guarda municipal.
Para a parlamentar, a audiência será realizada por conta da crescente ação de vândalos contra o patrimônio público. “Talvez o assalto ao prédio do Instituto de Previdência Municipal de Teresina (IPMT), bem como o roubo da estátua do busto do ex-presidente Getúlio Vargas, pudessem ter sido evitados com uma guarda destinada exclusivamente à proteção do patrimônio público”, declara a parlamentar.
Durante a audiência, os vereadores também vão discutir a necessidade do uso de arma de fogo pelos guardas municipais.
Fonte: JL/G1 PI

Alerta para uso de armas não letais pela Guarda Municipal

Projeto de lei aprovado na Câmara de Vereadores propõeum maior treinamento de agentes para o uso de pistolas elétricas, que, mal utilizadas, podem até matar

ADRIANA CRUZ
Rio - Os grandes eventos previstos para cidade impulsionaram a aprovação na Câmara dos Vereadores do projeto de lei complementar que regulamenta o uso de armas não letais pela Guarda Municipal do Rio. Entre os equipamentos estão o bastão e a pistola elétricos — capazes de paralisar uma pessoa durante uma ação. Para virar lei, o projeto ainda depende da sanção, ou seja, da aprovação do prefeito Eduardo Paes.
Com oito mil homens, a Guarda Municipal já utiliza armamento não letal, como spray de pimenta, e dispõe de 90 pistolas elétricas, que atingem o alvo a distância de até dez metros. Porém, só usados em ações do Grupo de Operações Especiais (GOE), que conta com 230 agentes, nem todos preparados para usar os equipamentos. Em nota, a assessoria de imprensa da Guarda Municipal informou ainda que segue as regras impostas pelo Exército Brasileiro.
Guardas municipais usam spray de pimenta e bastões em seus kits: eventos previstos para o Rio podem exigir um uso maior dos equipamentos
Foto:  Fabio Gonçalves / Agência O Dia
Autor do projeto aprovado por 29 votos a favor e três contra, o vereador Jorge Manaia, do PDT, diz que o maior objetivo da regulamentação é que haja fiscalização e treinamento na GM para usar o armamento. “A Guarda já usa algumas armas não letais. A meta é alertar sobre a necessidade de controle. Até porque, com a chegada dos grandes eventos, a tendência é usar cada vez mais essas armas, que também podem ser letais”, analisa.
Reimont, do PT, um dos três vereadores que votaram contra o projeto, defende que a GM não está preparada para colocar mais armamento não letal nas ruas. “A Guarda não tem papel de polícia, e esses equipamentos podem causar a morte”, protesta.
Em março do ano passado, em Santa Catarina, um homem morreu após ser imobilizado por uma pistola elétrica usada por PMs.
Fiscalização é necessária contra abusos
O aumento de armamento não letal nas ruas também eleva o número de denúncias de violência. Esta é a avaliação do sociólogo Ignácio Cano. “Em todos os lugares do mundo esses equipamentos são utilizados. O que precisamos é de um protocolo de fiscalização por causa dos abusos”, avaliou.
Para o especialista em segurança pública Paulo Storane, os agentes da Guarda Municipal também precisam de proteção. “A Guarda é uma espécie de polícia de proximidade, então os agentes também têm que ter como se defender, é preciso apenas controle”, afirmou.
Em março do ano passado, o estudante brasileiro Roberto Laudisio Curti morreu em Sidney, Austrália, após ser atingido por disparo de arma elétrica pela polícia.
Denúncia de agressão
Quatro ambulantes registraram queixa na 4ª DP (Central do Brasil), segunda-feira, alegando terem sido agredidos no Buraco do Lume, no Centro, por guardas municipais. “As agressões aqui são constantes. Os guardas chegam sempre com muita violência. Um colega nem veio trabalhar porque está machucado em casa”, reclamou um ambulante.
Em nota, a assessoria da GM informou que os agentes foram hostilizados por camelôs que vendiam produtos de forma irregular. Alegou ainda que os guardas chegaram a ser apedrejados, sendo um deles levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar com ferimento na cabeça.
Os camelôs identificados no tumulto foram detidos. Na 4ª DP foi feito registro de lesão corporal, ameaça e desacato.
Politica
   
 
24/05/2013 05:00:52
ANDRÉ MOURA APRESENTA PL QUE FIXA PISO DE GUARDAS
O Projeto de Lei (PL) 5616/2013 de autoria do deputado federal André Moura (PSC-SE), que fixa o piso salarial dos Guardas-Municipais, foi apresentado terça-feira (21) na Câmara Federal. A proposta defende um salário de R$ 1.200,00, e ratifica a importância do reconhecimento da profissão.
De acordo com o Projeto do deputado, os guardas municipais devem atuar na segurança urbana, apoiando os órgãos policiais estaduais e federais. Com a substituição de funções, novas denominações estão sendo utilizadas, como, Guarda Civil Municipal para designar o órgão em cidades do interior e Guarda Civil Metropolitana para as grandes capitais do Brasil. Segundo o PL, seria impossível pensar em segurança pública sem a integração das corporações, as quais estão vinculadas ao cidadão.
O Sindicato dos Guardas Municipais de Sergipe (Sigma) representa a categoria que luta por melhores condições de trabalho. O deputado estadual, Capitão Samuel Barreto, defende o projeto afirmando que há falta de segurança, mas não é permitido aceitar que os guardas municipais façam o trabalho da segurança pública com diferenças salariais. “Todos devem participar, não apenas o estado de Sergipe”. Ele completa ainda contando que com a aprovação do projeto, o piso salarial conquistará uma dinâmica maior e Sergipe será exemplo para outros que devem consentir o mesmo valor à profissão.
O deputado André Moura convocado pela categoria a tomar a frente de mais uma batalha por melhores condições salariais de trabalhadores brasileiros. Além do projeto dos guardas municipais, o deputado também é autor do projeto que fixa o piso salarial de médicos, radialistas, jornalistas e pedreiros.
“É justa a conquista de valores que fixam o piso de cada categoria, assim valoriza a profissão e dignifica o trabalhador, fazendo com que o cidadão almeje e tenha referência financeira para o futuro que desejar trilhar”.
Da assessoria
POLÍCIA

Adolescente flagrado fumando maconha em escola municipal


Um adolescente de 15 anos foi detido pela Guarda Municipal, na manhã de ontem, fumando maconha dentro da sala de aula em uma escola no bairro Manoel Mendes. A diretoria da Escola Municipal Professora Niza Marquez Guaritá foi quem acionou o motopatrulhamento da Guarda Municipal, que encontrou o cigarro de maconha escondido na cueca do menor.
Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura, a Secretaria da Educação vai fazer o relato por ata, encaminhar ao Conselho Tutelar e ao Ministério Público.
De acordo com agentes da Guarda Municipal, eles foram acionados durante a operação “Escola Segura”. Os guardas municipais Wunder, Resende e Breno receberam a informação da direção da escola de que um adolescente teria fumado maconha dentro da sala de aula. “Nós chegamos à escola, fizemos buscas dentro dos bolsos e na mochila do menor, no entanto, encontramos apenas o isqueiro”, contou Wunder.
Em seguida, os guardas levaram o adolescente para o banheiro e, após revistas, encontraram um cigarro de maconha escondido dentro da cueca dele “Ele não confessou, mas vários alunos confirmaram o delito. Tanto que o cigarro estava pela metade”, afirmou Wunder.
Testemunhas afirmaram que ele acendeu a maconha dentro da sala de aula e apagou depois de ter feito muita fumaça. “O menor disse que conseguiu a droga em uma praça, mas não sabia o nome da pessoa que passou o entorpecente”, concluiu.
O adolescente foi encaminhado à delegacia com a mãe, prestou esclarecimentos e foi liberado. O procedimento foi encaminhado pelo delegado Hércules Cardoso à Vara da Criança e do Adolescente.
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!