Cadastre seu Email

sábado, 13 de outubro de 2012


Falta de fiscalização e baixo número de PMs facilitaram boca de urna em Niterói, diz Ministério Público

Policiais prenderam 28 pessoas por crime eleitoral no dia das eleições
O Ministério Público instaurou inquérito para apurar se houve falha na estratégia de policiamento para a cidade de Niterói, na região metropolitana, no último domingo (7), dia das eleições municipais.
Segundo a promotoria, a falta de policiais, guardas municipais e agentes de trânsito nas ruas acabou beneficiando candidatos que se aproveitaram da pouca fiscalização para fazer boca de urna, prática considerada crime eleitoral.
No próximo dia 19, os promotores terão uma reunião para discutir as responsabilidade pelos problemas registrados na cidade. A Polícia Militar e algumas autoridades de Niterói foram convidadas a participar do encontro.
Segundo o MP, o objetivo é assegurar que o segundo turno, que será disputado entre os candidatos Rodrigo Neves (PT) e Felipe Peixoto (PDT), ocorra sem transtornos.
A promotoria considerou insuficiente o contingente de 1.000 PMs e alguns agentes do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e das policiais Federal e Civil. Ao todo, 28 pessoas foram presas fazendo boca de urna em Niterói. No Estado, o número chegou a 758 detenções.

A Guarda Municipal parou por falta de combustível

Apesar de ser de uma forma tímida e lenta, aos poucos a sociedade vem reconhecendo o valor da Guarda Municipal e da importância do órgão em atividades de segurança pública


Apesar de ser de uma forma tímida e lenta, aos poucos a sociedade vem reconhecendo o valor da Guarda Municipal e da importância do órgão em atividades de segurança pública. A PM e a Polícia Civil fazem essa mesma reflexão, e em ações conjuntas sempre esperam contar com o imprescindível apoio da GM. O próprio cidadão - indiferente à classe social que pertença -, tem nas guarnições uma referência de socorro ou de ajuda.
A área de segurança pública é problemática. As mentes preguiçosas, os oportunistas, os disseminadores do terrorismo, responsabilizam os organismos policiais pela escalada do crime. É mais fácil criticar, pedir a “cabeça” do comandante da PM ou da chefia da Polícia Civil, ao governador, do que batalhar por recursos estaduais ou federais.
O crime e a violência são, sim, resultantes da falta ou da ineficiência de políticas sociais, da ausência de investimentos em escolas e principalmente porque o poder público se ausentou das áreas pobres, abandonando-as e entregando-as para os criminosos. Por isso é fácil entender porque tantas crianças e adolescentes – e agora famílias inteiras – são cooptadas para trabalhar para o tráfico. Vivem coagidos e desesperançosos.
Algumas ações contribuem em menor ou maior escala para que a bandidagem continue atuando intensivamente na cidade, amedrontando, furtando, matando ou roubando. Nos meses de agosto e setembro, por exemplo, a Guarda Municipal recolheu todas as viaturas e deixou de prestar apoio às policias Civil e Militar simplesmente porque não tinha combustível.

Novo vídeo mostra violência da Guarda Municipal do Rio


Redação - 11 de outubro de 2012 às 13:40 (Atualizada em 11 de outubro de 2012 às 13:48)
RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER)  - Como argumento de defesa no cofronto com banhistas em Ipanema na última terça-feira(9) os agentes da Guarda Municipal do Rio de Janeiro disseram que tentavam impedir o jogo de altinho e frescobol à beira d’água fora do horário permitido.
No entanto, novas imagens da agressão dos homens de marrom, mostram claramente a força desproporcional utilizada no enfrentamento com os banhistas. Nele, guardas entram na areia em fila e partem para cima das pessoas a sua frente com cassetete.
A Secretaria Especial de Ordem Pública anunciou que deve dobrar o número de tendas que são base das ações de repressão a irregularidades.
A Operação Verão será antecipada devido à volta do forte calor, que leva mais gente à orla. Ela aumentará de 42 para 80 as tendas do Flamengo ao Pontal e de 200 a 580 agentes.
Veja o vídeo do flagrante despreparo da GM-Rio:
Tags:
Guarda Municipal do Rio, GM-Rio, violência, Ipanema, Rio de Janeiro

Efetivo policial de Ceará x América-RN é superior ao de Fortaleza x Paysandu, marcado por confusão

11.10.201211:00
PM preparou esquema especial para Ceará x América-RN (Foto: Banco de Dados do O POVO )PM preparou esquema especial para Ceará x América-RN (Foto: Banco de Dados do O POVO )
As últimas cenas de violências presenciadas no PV deixaram um alerta para próximos encontros entre torcidas rivais. Assim, Ceará e América/RN terá segurança reforçada no jogo de sábado, válido pela 29ª rodada da Série B. 

Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (10), representantes da Federação Cearense de Futebol (FCF), Ceará Sporting Club, Polícia Militar, administração do estádio Presidente Vargas, Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), Guarda Municipal e Poder Judiciário definiram detalhes logísticos para a partida.

O efetivo para segurança da região conta, desta vez, com 248 policiais militares, 38 a mais do que o apresentado no jogo entre Fortaleza x Paysandu, quando 210 PMs foram preparados para atender a demanda do domingo. Além da polícia, está previto quadro móvel de 70 seguranças particulares.

A Guarda Municipal disponibilizará 100 agentes, 60 para os terminais e 40 somente para os arredores da arena esportiva. Na fiscalização do trânsito, 40 agentes da AMC foram garantidos para o reencontro dos times no Campeonato Brasileiro. 

No serviço do Poder Judiciário, estarão presentes no Presidente Vargas: um conciliador, dois técnicos judiciários, um Oficial de Justiça, um técnico de informática. O juiz do Juizado Especial do Torcedor será o Dr. José Maria dos Santos Sales.  
Cachoeira ganha guarita da Guarda Municipal
Publicado em 11/10/2012, às 15h18 
Última atualização em 11/10/2012, às 15h18

Mangaratiba 
A secretaria de Obras de Mangaratiba começou esta semana a construção de uma guarita da Guarda Municipal no bairro Cachoeira, em Muriqui. Atendendo uma solicitação da comunidade local, a prefeitura espera entregar a obra já em novembro.
 A moradora Gisele Fernandes está satisfeita com a melhoria e diz que todas as reivindicações dos moradores estão sendo atendidas. "Quando o prefeito esteve visitando o bairro, expomos para ele nossas necessidades e carências. Ele está cumprindo o que prometeu. Durante a noite é muito escuro e perigoso. Nossas crianças e jovens precisavam dessa segurança. A presença da Guarda Municipal no local vai inibir muitas coisas, como pequenos delitos e furtos, além do serviço de informação e orientação. Todos estão muito satisfeitos com as ações que estão acontecendo aqui, pois nenhum governo nunca olhou pra gente com o carinho que o governo do prefeito Capixaba está olhando", disse.
 Além da construção da guarita, outras ações estão sendo feitas, como limpeza urbana, pintura dos acessos e capina. No projeto de revitalização do bairro estão previstas a construção de uma quadra esportiva, uma unidade de Estratégia de Saúde da Família e uma creche para melhor atender os moradores. No bairro vizinho, o Cachoeira II, foi realizada na praça local a reforma e pintura do parque infantil, limpeza e capina de toda a área e instalação de jardim paisagístico e iluminação artística. Na escadaria de acesso que liga o centro do distrito aos bairros foi instalado corrimão. A prefeitura instalou também postes de iluminação pública, uma solicitação antiga da comunidade, para o conforto e segurança dos moradores que transitam pelo local durante a noite.


Leia mais: http://diariodovale.uol.com.br/noticias/4,64225,Cachoeira-ganha-guarita-da-Guarda-Municipal.html#ixzz29BjhXwME
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!