Cadastre seu Email

sábado, 31 de dezembro de 2011

Praia: Falta PM. Não tem Guarda Municipal. O diabo está solto Publicada: 30/12/2011 00:27| Atualizada: 30/12/2011 00:19

Jolivaldo Freitas Praia: Falta PM. Não tem Guarda Municipal. O diabo está solto Publicada: 30/12/2011 00:27| Atualizada: 30/12/2011 00:19 As praias estão como o diabo gosta. Tempo quente, quase fervendo, sem brisa. Cerveja quente e pastel frio. Meninos de férias jogando areia na gente e cachorro mordendo o calção de banho. Mas eu até que gosto da muvuca. Se eu fosse mulher seria uma tremenda periguete. Também gosto de ver a galera se besuntando com óleo de origem desconhecida e se enrolando na areia. Ficando à milanesa. As praias estão cheias. Mas tem coisa que não dá para engolir e são erros e falta de ação das autoridades “competentes” e que se repetem todos os verões. Vocês verão (perdoe, não deu para não fazer o trocadilho), a seguir. No Porto da Barra, lugar para onde toda Salvador gosta de ir e os turistas ficam enlouquecidos, sítio que já foi eleito como a melhor praia urbana do mundo e a terceira melhor praia em geral, também do mundo, o Satanás está mesmo solto. A PM deixou de colocar aqueles soldados de bermuda, camiseta e Conga para andar na areia e oferecer um pouco de proteção. Os turistas vivem ameaçados. Os pivetes roubam tudo: correntes, carteiras, pulseiras, brincos e se der bobeira perdem calções e calçolas, pois o pessoal que vem de fora usa biquíni com calçolão por baixo. Como não tem PM, não tem Guarda Municipal e muito menos Rintintin ou Cavaleiros do Zodiac, a malandragem corre solta. O pior é a agressão dos jogadores de frescobol. Os caras estão cada vez mais raivosos. Batem forte na bola como se tivesse colocando os fantasmas para fora. Ano passado, neste período, lembro de uma criança argentina que levou bolada no olho, desmaiou e por milagre não perdeu a visão. Anteontem, soube que uma senhora idosa levou raquetada no seio, pois o objeto escapou das mãos de um dos jogadores e voou longe. A velha desmaiou e os caras continuaram a jogar e fazendo cara feia para quem foi reclamar. Culpa da PM? Culpa da Prefeitura ou Culpa de Tomé de Souza? Na praia de Placaford e Coqueiros todo dia tem assalto a mão armada. Quando se diz com arma, vale tudo. Os turistas, coitados, que só sabem da propaganda oficial e não leem jornal, ficam apaixonados pela paisagem. Daí chega bandido com revólver, faca, canivete, facão e soco inglês. Acredite que um casal foi roubado. Entregaram tudo sob a ameaça do marginal que portava uma arma de alta periculosidade: um coco verde. Na falta de coisa melhor, o bandido improvisou, ameaçou dar uma cocada no cocurutu, as vítimas entraram em pânico - pois como enfrentar um nativo com aquela arma em riste - e deu certo. Ficaram somente com a roupa do corpo. Nunca mais quiseram sabe de coco - nem cocada preta, puxa, branca ou cocada de goiaba - e odeiam coco natural. Culpa da PM? Culpa da Prefeitura? Culpa do Satanás que está solto. Agora só vou ao Porto da Barra depois de passar por uma defumação, tomar banho de folha, botar o patuá e os balangandãs.

PEC cria guarda de fronteira com polícias Federal, estaduais e municipais

A Proposta de Emenda à Constituição 81/11, da deputada Antônia Lúcia (PSC-AC), cria a guarda de fronteira, composta por integrantes das polícias Federal e estaduais e das guardas municipais de cidades fronteiriças. Pelo texto, a guarda será organizada pelo governo federal e financiada pela União, pelos estados e pelos municípios. Entre as atribuições do novo órgão constam, além do patrulhamento ostensivo da faixa de fronteira, a apuração de infrações penais ocorridas nessas localidades. Atribuições Atualmente, o controle de fronteira é atribuição da Polícia Federal. Na opinião de Antônia Lucia, no entanto, devido à escassez de recursos humanos e à multiplicidade de funções da instituição, o patrulhamento é deficiente. “Todos conhecem a facilidade com que ocorre o contrabando, o descaminho, a migração ilegal e o tráfico de drogas e armas pelos mais de 16 mil quilômetros de fronteiras terrestres do País”, afirma. Segundo a parlamentar, a lei regulamentadora do novo dispositivo constitucional irá dispor sobre a forma de participação de cada ente federado na remuneração da guarda de fronteira e detalhar sua forma de funcionamento. Tramitação A PEC será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania quanto à admissibilidade. Se aprovada, será analisada por uma comissão especial a ser criada especificamente para esse fim. Depois, seguirá para o Plenário, onde precisará ser votada em dois turnos. Saiba mais sobre a tramitação de PECs Íntegra da proposta: PEC-81/2011 Reportagem - Maria Neves Edição - Wilson Silveira

PM, Guarda Municipal e agentes da AMC ameaçam paralisação no Réveillon de Fortaleza Felipe Lima | 12h44m | 27.12.2011

Os servidores da Guarda Municipal e os agentes de trânsito da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania de Fortaleza (AMC) ameaçam paralisar as atividades durante a festa de Réveillon em Fortaleza caso os policiais militares decidam não participar da segurança do evento. De acordo com o diretor do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort), Eriston Ferreira, não há condições de realizar a segurança do Réveillon sem o apoio da PM. “Se no dia-a-dia o nosso trabalho já é difícil, imagine em um evento como o Réveillon”, comenta. Os agentes da AMC e os guardas municipais aguardam a assembleia da Polícia Militar na próxima quinta-feira (29), a qual decidirá pela paralisação ou não. Caso a PM decida cruzar os braços, os agentes já estão sendo notificados que também irão parar. “Realizamos assembleia hoje (terça-feira) e vamos apoiar a causa da PM. Se eles pararam não há condições da AMC trabalhar”, afirmou o diretor do Sindifort ao Diário do Nordeste Online. Garantias De acordo com o Sindifort, a PM afirma que o governador do Ceará, Cid Gomes, não está buscando soluções para as reivindicações da categoria. “O Governador não está querendo negociar e também não convida os militares para particiapr das reuniões”, conclui Eriston Ferreira.

27/12/2011 -- 18h14 PM assume responsabilidade por novo curso da Guarda

27/12/2011 -- 18h14 PM assume responsabilidade por novo curso da Guarda O 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM) deve ficar responsável por ministrar um novo curso de formação aos guardas municipais. A Prefeitura de Londrina encaminhou ofício ao Governo do Estado, no início deste mês, solicitando a 'ajuda'. A Guarda Municipal precisa passar pelas aulas de tiro para ser armada. A PM foi 'escalada' pela atual administração para evitar irregularidades neste novo treinamento. O curso de formação, oferecido aos guardas no ano passado, foi alvo de investigações na Câmara Municipal de Londrina e no Ministério Público Estadual. Segundo denúncias protocoladas nos dois órgãos pelo vereador Joel Garcia, hoje no PP, a empresa Delmondes e Dias, de Campo Grande (MS), recebeu R$ 39 mil por aulas de tiro que não foram ministradas. O problema ocasionou a demissão do então secretário municipal de Defesa Social, Benjamin Zanlorenci, e uma multa de R$ 276 mil à empresa sul-mato-grossense. "Demitimos o titular da pasta, multamos a empresa e impedimos a Delmondes de participar de licitações públicas. Fizemos a nossa parte e, agora, para garantir um processo mais transparente, vamos precisar que a Polícia Militar ministre as novas aulas de tiro", disse o prefeito Barbosa Neto em entrevista coletiva nesta terça-feira (27). A atual administração pretende armar os guardas municipais ainda no primeiro semestre de 2012. O município já fez a compra de 75 pistolas e 15 revólveres. Foram pagos R$ 350 mil à empresa Defencer Comércio de Equipamentos de Segurança LTDA., de Brasília (DF). As armas ainda não foram enviadas à cidade. As aulas só vão começar a ser ministradas pelo 5º BPM depois que o material for entregue pela empresa brasiliense. Atualmente, a Guarda Municipal é composta por 260 homens e mulheres. A prefeitura prepara concurso público para a contratação de 300 novos guardas. O município pretende utilizar pregão eletrônico, firmado com a empresa de Brasília neste ano, para adquirir mais armas futuramente, após a finalização do curso de formação. Troca de comando As aulas de tiro serão acompanhadas por um novo secretário municipal de Defesa Social. O atual, Joaquim Antônio de Melo, deve deixar o cargo ainda nesta semana. Ele é um dos seis secretários de Barbosa Neto que pretendem ser candidatos a vereador nas eleições do próximo ano. "A decisão é pessoal e não posso fazer nada. Vamos discutir a situação e apresentar os nomes dos novos secretários no início do próximo ano. O trabalho não pode parar", limitou-se a dizer o prefeito.

Guarda Municipal desacata PM e vai parar na DP

Os policiais Edley e Farias, do 17° Batalhão, foram até o local, por volta das 3h15, para orientar o proprietário da residência para que abaixasse o volume do som. Na madrugada de sábado (24), a Polícia Militar foi acionada, que em uma residência na Rua Paraguai, Jardim Guaraituba, havia som alto. Os policiais Edley e Farias, do 17° Batalhão, foram até o local, por volta das 3h15, para orientar o proprietário da residência para que abaixasse o volume do som. Quando os policiais chegaram foram questi onados pelo proprietário que estava de posse de um revólver calibre 38 municiado e disse que era Guarda Municipal, de Curiti ba. O mesmo, identificado como Marcos Aurélio Rocha, foi conduzido até o Módulo do Guaraituba, com a arma que pertence à Guarda Municipal de Curiti ba onde desacatou por várias vezes os policiais. A PM solicitou a presença de seu superior ao Módulo, mas mesmo assim ele conti nuou a agredir verbalmente os policiais. Diante dos fatos, Marcos Aurélio foi conduzido junto com a arma para a DP do Alto Maracanã.

Guarda Civil Metropolitana de SP passa a usar armas não letais 26 de dezembro de 2011 • 1

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) de São Paulo passou a usar, desde a última quinta-feira, 20 armas não letais, conhecidas como Taser. Elas estão sendo empregadas no policiamento preventivo na região central da capital, no Parque Ibirapuera e em grandes eventos. Os equipamentos não trazem danos à saúde e paralisam o alvo imediatamente. Veja como funcionam as armas Taser A adoção da Taser pela GCM tem por objetivo evitar o uso de arma de fogo em situações de alto risco. Os guardas civis foram treinados por especialistas e orientados a incluir em seus relatórios a utilização do equipamento. As armas não letais possuem um chip onde ficam registrados todos os disparos realizados, o que torna possível identificar o guarda que os efetuou, de acordo com agentes da Inspetoria de Operações Especiais, que apresentaram as equipamentos ao Secretário Municipal de Segurança Urbana, Edsom Ortega, no dia 22. Segundo Ortega, a entrega das armas Taser faz parte da política de modernização da Guarda Civil Metropolitana. Após um período de avaliação, a GCM deverá receber mais equipamentos não letais.

26/12/2011 -- 16h24 Guarda Municipal passa a ter inspetores e supervisores

26/12/2011 -- 16h24 Guarda Municipal passa a ter inspetores e supervisores O prefeito de Londrina, Barbosa Neto, sanciona nesta terça-feria (27) a Lei 11.457, que promove alterações na lei que instituiu a Secretaria de Defesa Social, em setembro de 2009. A nova lei cria ordem de hierarquia na Guarda Municipal de Londrina (GM), por meio da instituição dos cargos de diretor administrativo, inspetor e supervisor. A solenidade será na sede da secretaria, Rua Newton Braga, 463, região Leste. A partir da sanção da lei, a GM passará a ser comandada no seguinte formato: os cargos de inspetor e supervisor serão anexados à já existente diretoria da corporação. Já a diretoria administrativa, que será criada, terá quatro gerências e quatro coordenadorias. Com 230 efetivos, a corporação contará com 23 supervisores e oito inspetores. De acordo com o secretário municipal de Defesa Social, Joaquim Antonio de Melo, a ação vai resolver problemas na corporação. "Na prática, essa hierarquia já existe, porém, na situação atual, os funcionários trabalham apenas com o ônus, sem receber nenhuma gratificação para isso. Além disso, em algumas situações, os subordinados não reconhecem o comando dos superiores, porque não consta em lei", explica o secretário.

ANDRÉ TAVARES-INAUG.21POSTO GCM PÇA ROMULO MORANDI.LOUREIRO ENTREVISTA.

Guarda Municipal de São José dos Pinhais prende quadrilha de arrombadores

GM monta esquema especial de segurança para fim de ano

TRÊS RIOS A prefeitura preparou um esquema especial de segurança para o fim de ano. A Guarda Municipal (GM), supervisionada pelo secretário de Ordem Pública, Alexandre Mansur, está preparada para garantir a segurança na época de festas de fim de ano, quando a cidade tem maior movimento de pessoas. São 23 agentes que estão destinados exclusivamente para a operação especial, orientando e auxiliando no trânsito de veículos e pedestres. Além do plantão normal estão dispostas mais duas viaturas e quatro motos no entorno da Avenida Condessa do Rio Novo e Avenida Alberto Lavinas, que são lugares com maior concentração de carros e pessoas. O patrulhamento noturno, que conta com veículos elétricos auxiliando no esquema especial, foi adiantado, passando para as 16h30min, ou seja, os agentes noturnos estarão presentes desde esse horário, aumentando o número de guardas municipais presentes nas ruas da cidade tanto durante o dia como à noite. A Polícia Militar (PM) também conta com esquema de segurança para o fim de ano com aumento do contingente operacional e mais três viaturas que farão rondas nas ruas da cidade, além de operações diárias que estão sendo realizadas nas entradas da cidade. “A união da Guarda Municipal com a Polícia Militar é muito importante para que a segurança da cidade esteja garantida. Essa parceria dura o ano todo, e na época de fim de ano é importante um pouco mais de atenção e cuidado, pois nossa cidade atrai pessoas de toda a região, que fazem de Três Rios a cidade polo para compras de Natal”, afirmou o prefeito Vinícius Farah.

SEGUNDA VOTAÇÃO DO PROJETO DE LEI 25/11

Os 26 vereadores presentes, do total de 35, aprovaram por unanimidade o projeto do executivo que concede incentivos profissionais a diversas categorias de servidores públicos municipais, entre eles agentes de combate a endemias, motoristas, guardas municipais e agentes comunitários de saúde. Os vereadores da bancada do PSDB e outros vereadores de oposição como Elias Vaz (PSol), Pedro Azulão Júnior (PSB) e Virmondes Crivinel Filho (PSD) criticaram o artigo 14 do projeto. Ele permite a criação de sete cargos comissionados de chefe de gabinete para o secretário legislativo e os secretários extraordinários. Os vereadores alegaram que o prefeito está aumentando as despesas do município com cargos desnecessários, além de a criação atender apenas interesses políticos. O artigo foi votado separado, recebendo apenas 8 votos contra. Dessa forma, o projeto será devolvido ao Paço com o texto original. O projeto de lei complementar nº 25/11 era o último que faltava para ser votado em segunda votação para encerrar o período de convocação das sessões extraordinárias do fim deste ano. O presidente Iram Saraiva (PMDB), ao final, anunciou o retorno dos trabalhos no plenário no dia 15 de fevereiro de 2012. Contudo, os trabalhos para os vereadores não foram completamente encerrados hoje, pelo menos para os que compõem a CEI dos Combustíveis. O presidente da comissão, vereador Djalma Araújo (PT), fez o convite para a reunião que será realizada às 15h nesta quarta-feira (28), quando será apresentado o relatório final. A comissão foi criada para investigar o aumento abusivo e alinhamento dos preços de combustíveis comercializados nos postos da capital.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Visando oferecer melhores condições de trabalho aos servidores que atuam em prol da segurança pública, a Prefeitura Municipal de Feira de Santana (BA)

O titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Carlos Paiva, e o comandante da Guarda Municipal do Natal (GMN), Edivan Bezerra Costa, receberam nessa quinta-feira (22) no Departamento de Polícia Federal do RN a doação de 24 revólveres calibre 38. O armamento vai reforçar a atividade de patrulhamento e segurança preventiva desenvolvida pelos agentes da GMN. Na oportunidade o secretário Carlos Paiva exaltou o bom entendimento entre a PF e a GMN, que num primeiro momento efetivou um convênio que concedeu o direito do guarda municipal do Natal portar arma de fogo. "A Polícia Federal vem sendo parceira contribuindo com a Guarda Municipal sempre que possível e com essa doação amplia o número de guardas municipais equipados para garantir a segurança do cidadão", afirmou. O comandante Edivan Bezerra disse que parte do armamento recebido vai ser direcionado as guarnições de postos fixo, visto que foi iniciado junto a PF a composição de um curso de capacitação particular voltado para o uso de pistola 380. "Muitos guardas municipais integrantes dos grupamentos operacionais dispõe desse tipo de armamento que pretendemos qualificar seu uso a partir de janeiro", adiantou. Todo o equipamento foi entregue pelo superintendente regional da Polícia Federal, Marcelo Mosele, acompanhado pelo delegado federal de Repressão ao Crime Organizado, Elton Zanata. Também foi doados revólveres para a Secretaria Estadual de Interior Justiça e Cidadania (Sejuc), que vão ser direcionados aos agentes penitenciários do RN.

GUARDA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANA (BA) RECEBE NOVOS EQUIPAMENTOS

Visando oferecer melhores condições de trabalho aos servidores que atuam em prol da segurança pública, a Prefeitura Municipal de Feira de Santana (BA), município a 107 km de Salvador, adquiriu através de licitação pública novos equipamentos para a Guarda Civil Municipal de Feira de Santana (GCM). Os prepostos foram contemplados nesta semana com 60 novos capacetes. Deste total, 20 são na cor vermelha, e serão distribuídos para a Brigada de Incêndio da Guarda. Os demais (40), na cor preta, serão utilizados pelos guardas de Controle de Distúrbio Civil. De acordo com o comandante da corporação, Marcos Vinícius Alves, a iniciativa representa a política de valorização da Guarda, adotada pelo Governo Municipal, e reflete na melhoria do atendimento aos chamados da população. Fonte: www.febaguam.com.br

GUARDAMUNICIPAL DE ARMAÇÃO DOS BÚZIOS, RIO DE JANEIRO, RECEBEO PORTE DE ARMA DE FOGO PARTICULAR.....

GUARDA MUNICIPAL DE ARMAÇÃO DOS BÚZIOS, RIO DE JANEIRO, RECEBE O PORTE DE ARMA DE FOGO PARTICULAR Mais uma grande VITÓRIA para categoria. Foi liberado o 1º PORTE DE ARMA DE FOGO PARTICULAR para o Guarda Municipal do Estado do Rio de Janeiro . O GM vai estar presente em nossa Reunião no dia 07/01/2012. Entre nessa luta, é um direito nosso . Reunião dia 07 de Janeiro de 2012 (SABADO) com a equipe de Policiais Federais, para maiores informações sobre a liberação do Porte de Arma de fogo particular para os Guardas Municipais . Local: Rua Santa Alexandrina nº 307, bairro Rio Comprido – RJ, no auditório da VIG BAN, as 10:00h . Mande representante para tirar duvidas e levar as informações sobre o porte de arma para toda tropa . Confirma presença ate o dia 05 (quinta feira)- BOSOROY, tel. Nextel 21-77160742 , id 87*147683 ou orkut . SUBINSPETOR BOSOROY COM OS AMIGOS GUARDAS MUNICIPAIS DE BÚZIOS EM BRASILIA

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

GUARDA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANA (BA) FOI FUNDAMENTAL PARA REDUZIR INDICE DE VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS MUNICÍPAIS

Exatamente do dia 19 de dezembro de 2010, o prefeito Tarcízio Pimenta (PDT) nomeava Marcus Vinícius Alves como comandante da Guarda Civil Municipal de Feira de Santana (BA). Nesta segunda (19), Alves realizou um balanço das ações do ano de 2011, onde a corporação realizou a Operação Paz nas Escolas e também teve o Estatuto da Guarda aprovado. Segundo Alves foi um início de trabalho difícil e que contou com a desconfiança da população sobre a capacidade dos Guardas em exercer as funções. “Porém na Operação Paz nas Escolas foram retiradas 130 armas, inclusive de fogo, completamos 99 prisões em flagrantes entregues a Policia Civil. Até o momento já realizamos 2.850 operações”, revelou. Marcus Vinícius comentou que a Guarda apóia as ações de todas as secretarias, mas que encontra alguns empecilhos, limitados pela função dos prepostos, como por exemplo as fiscalizações sobre o volume do som excessivo dos carros. “Fica uma sugestão para que se crie uma Lei que autoriza os guardas municipais a notificarem os carros, como acontece em outras cidades. Quem tem a incumbência sobre isto é a SMT, porém quando pedem o apoio da Guarda enviamos quantas viaturas sejam necessárias. A Operação Paz e Sossego é uma realidade. O indivíduo pode ser conduzido por perturbação da ordem pública”, disse. Sobre o armamento que a Guarda porta, o comandante explicou que Lei n° 056/2011, classifica a corporação como uma Guarda armada. “Os nossos guardas foram treinados. Aqueles que não têm o perfil para usar o armamento não vão usar, e o Grupamento Especializado, GERP, foi capacitado pelo Exército brasileiro”, respondeu. Alves destacou a formatura de 119 guardas, que acontecerá amanhã, às 9h no Centro de Cultura Maestro Miro. Com relação a proteção ao patrimônio público, o comandante revelou que a Guarda foi. fundamental para reduzir a violência nas escolas em 85% e a redução dos furtos em 75%. “O problema é que falta efetivo. Na área operacional temos 130 guardas. As rondas estão sendo feitas e nas escolas, apesar de ter uma empresa de segurança, nós fiscalizamos os serviços, e nos distritos, também realizamos diligências”, finalizou o comandante. Fonte: www.febaguam.com.br

Guarda Municipal de Capivari não pode praticar atos próprios da atividade policial

O juiz Cleber de Oliveira Sanches, da 1ª Vara Judicial de Capivari, julgou parcialmente procedente ação civil pública movida pelo Ministério Público, contra a Prefeitura de Capivari, referente à atuação da Guarda Municipal que, segundo a denúncia, realiza abordagens desmotivadas, perseguições para atender a finalidades particulares e pratica atos de violência física e psicológica, exercendo o papel que deveria ser da polícia militar. O MP alega também que o fato de os guardas civis municipais andarem armados afronta a Lei nº 10.826/03, pois Capivari tem menos de 50 mil habitantes. Diz, ainda, o Ministério Público em seu pedido que os guardas não têm treinamento técnico para o uso de armas e realizam abordagens a indivíduos de maneira desastrada e humilhante, especialmente contra a população mais carente. Em sua decisão o magistrado afirma que, quanto ao porte de arma, a referida lei (com a redação dada pela Medida Provisória nº 157/03), “que restringiu o direito de porte de arma de fogo aos integrantes das guardas municipais com mais de 50 mil habitantes, não atendeu ao princípio da isonomia estabelecido pela Carta Magna. Ao atribuir a alguns municípios a faculdade de prover seus guardas municipais com armamento de fogo, vedando o mesmo direito a outros, a lei elegeu como critério desse tratamento diferenciado o número de habitantes de cada município”. O magistrado indeferiu assim o pedido. Por outro lado, o magistrado determina que o município se abstenha, por meio de sua Guarda Municipal, de praticar atos próprios da atividade policial, como investigações, diligências para apuração de crimes, abordagens e revistas imotivadas e preventivas em pessoas, e a realização de blitz e batidas em residências e estabelecimentos comerciais. Além disso, que o município exerça fiscalização efetiva sobre a Guarda, com a criação de corregedoria própria e autônoma para a apuração de infrações disciplinares atribuídas aos servidores integrantes da corporação e institua uma ouvidoria, como órgão permanente, autônomo e independente, com competência para fiscalizar, investigar, auditorar e propor políticas de qualificação das atividades desenvolvidas por seus integrantes.

[Blog do Guarda Municipal de Tubarão] Autoridades reconhecem diminuição da criminalidade após implantação da guarda municipal armada.

Autoridades policiais da região confirmam que a queda da criminalidade em Balneário Camboriú, comparando-se o ano de 2011 com 2010, está diretamente ligada à criação da Guarda Municipal Armada. Um exemplo é a redução de 20% no número de homicídios – conforme os registros até dia 16 de dezembro. O efetivo de 60 agentes começou o trabalho em maio e outros 42 estão em curso de formação. "A atuação dos guardas no maior número possível de espaços públicos contribui significativamente para a segurança", avalia o secretário de Segurança Pública, Nilson Probst, que elogia a iniciativa do prefeito Edson Renato Dias, Piriquito: "os números mostram a relevância da decisão de investir no setor". Probst fala que a partir de fevereiro, os 42 agentes em formação também estarão nas ruas. "A prefeitura faz tudo o que está ao seu alcance", acrescentou o secretário que espera "que o Estado cumpra com suas obrigações, destinando para a cidade maior efetivo policial, reduzido drasticamente nos últimos anos", concluiu. "O trabalho conjunto das polícias e operações especiais contribuíram para a diminuição de delitos", garante a delegada Magali Inácio, da Polícia Civil, que credita parte dos bons resultados do ano "à presença da Guarda Municipal na região central da cidade." Para o Major Ronaldo de Oliveira, sub-comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar, "ações conjuntas das polícias, Guarda Municipal e Agentes de Trânsito são de extrema importância e resultam, necessariamente, em benefícios aos cidadãos.” Prefeitura de Balneário Camboriú

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

OPERAÇÃO SATURAÇÃO

GUARDA MUNICIPAL DE CURITIBA RECEBERÁ TREINAMENTO DA GUARDA NACIONAL FRANCESA

A capacitação dos guardas municipais de Curitiba será ampliada, numa parceria com o governo francês. A futura cooperação técnica entre a Prefeitura e forças de segurança francesas começou a ser discutida nesta sexta-feira (18) durante visita do adido policial da Embaixada da França no Brasil, Patrick Vicente, ao prefeito Luciano Ducci. Continue Lendo: Vicente veio a Curitiba conhecer as experiências da cidade na área de segurança e oferecer vagas aos guardas municipais nas ações de capacitação já desenvolvidas na Escola Superior de Polícia Civil do Paraná, por meio de convênio com o governo do Estado. “Ficamos agradecidos pela proposta de parceria e temos a certeza de que os resultados para a Guarda Municipal serão muito positivos”, disse Luciano Ducci. O prefeito conversou sobre programas da Prefeitura na área de segurança, destacando a Guarda Mirim, presente em mais de 50 escolas municipais, uma ação que envolve também educação. “Na Guarda Mirim as crianças aprendem a ter disciplina e respeitar a hierarquia. Vale a pena investir na formação do futuro cidadão, como das ações que permeiam as questões de segurança pública”, afirmou o prefeito. “Sem dúvida a educação, a forma de bons cidadãos, é sempre a primeira ação”, disse o adido policial Patrick Vicente. O secretário da Defesa Social, Nazir Chain, que participou do encontro, disse que em Curitiba as ações na área de segurança são sempre acompanhadas por programas sociais. “Onde chega a polícia, chegam também ação social, moradia, urbanismo, num conjunto de ações que levem mais dignidade à população e acalme a situação de criminalidade no local”, afirmou. Chain destacou também as ações integradas da Guarda Municipal com as polícias civil e militar do Paraná. “Já fazemos capacitação para nossos guardas na Escola Superior de Polícia Civil e agora vamos ampliar esse benefício”, afirmou. O diretor da Escola Superior de Polícia Civil do Paraná, Luiz Fernando Artigas, o diretor da Guarda Municipal, Odgar Cardoso, e a consulesa honorária da França em Curitiba, Emilie Dely, também acompanharam a visita ao prefeito.

Novas viaturas da Guarda Municipal foram apresentadas pela prefeitura durante desfile

A Guarda municipal de Foz do Iguaçu apresentou na oportunidade do desfile de 7 de setembro, as novas viaturas e motocicletas adquiridas pelo município através do PRONASCI – Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania. Os veículos vão possibilitar a implantação do projeto do Policiamento Comunitário. São 22 viaturas (18 Eco Sport e 4 Ranger), além de 15 motos, algumas de 600 cilindradas. De acordo com o diretor-comandante da Guarda Municipal, Reginaldo José da Silva o convenio entre governo federal e município, estabelece o total de 36 tipos diferentes de equipamentos, entre eles: viaturas, armas não letais, coletes a prova de bala, bastões, uniformes, rádios, GPS, computadores e outros. “O trabalho da GM no desenvolvimento do policiamento comunitário contará com a participação dos órgãos de segurança e da população”. De acordo com Reginaldo, “a GM vai trabalhar no aspecto geral junto com todos os órgãos de segurança como polícias civil, militar e federal, enfim, todas as agências que visam à contenção da violência na cidade. Também contará principalmente, com a participação da população. Ela será nosso braço forte. Por isso ela vai estar engajada neste processo. Desta forma o policial na comunidade irá interagir com a população, a partir da troca de conhecimento e relacionamento”. Aliada a esta ação, também haverá o desenvolvimento do trabalho social na comunidade. “Desta forma estaremos inibindo bastante as ações ilícitas e aumentando a segurança da população”, destacou o comandante da GM.

GUARDA MUNICIPAL PRENDE HOMEM POR TRÁFICO EM LONDRINA

Guardas Municipais tiraram de circulação mais um criminoso em Londrina. Sábado, 17 de Dezembro, em patrulhamento pelo distrito de Guaravera, os GM’s Telles, Ribeiro e Garbossi avistaram um homem suspeito e deram voz de abordagem ao mesmo. Após busca pessoal, foi encontrado com Danilo Solon de Carvalho aproximadamente sessenta e três buchas de maconha, cinco pedras de crack , um celular e um video-game PS2. Continue Lendo: O mesmo foi encaminhado para a 10ª SDP onde foi autuado em flagrante pelo crime de Tráfico de Drogas. Parabéns ao grupamento GMAC(Guarda Municipal Ambiental Comunitária), pelo excelente serviço prestado em prol da população Londrinense.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Guarda Municipal Prende 2 Assaltantes Armados

GCM é morto na porta de casa em Ribeirão Pires

O guarda-civil municipal João Tienda, 53 anos, foi assassinado na porta de casa na noite de sexta-feira, em Ribeirão Pires. Dois bandidos cercaram seu Toyota Corolla para roubar a bolsa de sua mulher, que estava no banco traseiro do veículo. Sem entender o que acontecia, ele resolveu descer do carro, acabou baleado e não resistiu aos ferimentos. Os ladrões fugiram a pé. O vendedor Marcelo Conde Aire, 23, foi preso em flagrante pela própria GCM como autor dos disparos e foi autuado no DP da cidade por homicídio qualificado. A prisão foi realizada horas após o crime, com a divulgação das características dos suspeitos. Marcelo estava em Chevete branco quando foi abordado por guardas-civis. Ele alegou que não tinha qualquer participação no crime, mas a mulher de Tienda o reconheceu na delegacia. A polícia agora vai concentrar esforços para capturar o comparsa de Aire na ação. No depoimento, o vendedor disse que não sabia do paradeiro do companheiro. Antes do reconhecimento, não admitia sequer conhecê-lo.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Autoridades aprovam criação de Guarda Municipal

Ana Cristina Santos Foto: Cláudio Pererira Autoridades discutem a implantação da guarda municipal O delegado Regional da Polícia Civil, Vitor José Lopes, e o comandante da Polícia Militar, major Wilson Sérgio Monari, são favoráveis à criação da Guarda Municipal em Três Lagoas. Eles afirmaram que ela pode contribuir com as duas instituições no combate à violência. A proposta de implantação desse serviço, iniciativa do presidente do Legislativo, Jurandir da Cunha Viana, o Nuna, foi debatida em audiência pública realizada na noite de quinta-feira. A princípio, conforme já havia declarado na imprensa, Monari não era simpático a essa ideia. Mas, após analisá-la melhor, o comandante entende que a Guarda Municipal poderá contribuir com a Polícia Militar. “As ocorrências de trânsito aumentaram e a guarda municipal pode ajudar no trabalho de fiscalização, principalmente na região central. Com isso, os policiais militares poderiam deslocar-se mais para os bairros”, comentou. O comandante da PM disse ainda que a Guarda Municipal poderia contribuir com o trabalho preventivo que a Polícia Militar e os vigias da Prefeitura realizam na Lagoa Maior, assim como em frente das escolas. O delegado Regional afirmou que sempre torceu pela criação desse serviço em Três Lagoas. “É mais um segmento de combate à criminalidade que pode contribuir com a segurança pública. A presença dos homens fardados, que já fazem um trabalho ostensivo e preventivo, principalmente na região central, pode contribuir para que os policiais militares possam ir mais para os bairros”, salientou o delegado, que parabenizou a atitude do presidente da Câmara pela iniciativa em trazer essa questão até a opinião pública. Leia a matéria completa na edição deste sábado no Jornal do Povo

gm de goiania

A Guarda Municipal de Goiânia foi fundada em 26 de abril de 1988, através da Lei nº. 6.570 e completou 21 anos de criação. Entretanto, o serviço de guarda no Município existe desde o ano de 1970. Em 05 de outubro de 1970 é criada através do Decreto nº. 484, a Divisão Administrativa de Vigilância e Zeladoria do Município de Goiânia. Esse foi o primeiro serviço de vigilância do Município. Em 22 de dezembro de 1977 é criada uma nova estrutura, através do Decreto nº. 750 que passa a denominar-se Coordenadoria de Edifícios Públicos. No dia 13 de novembro de 1997 há a inserção da Guarda Municipal na Lei Orgânica do Município regulamentada pela lei nº. 7.471, transformando-a em uma unidade da Secretaria de Administração e Recursos Humanos com a denominação de DEPARTAMENTO DA GUARDA MUNICIPAL. Através da Lei Complementar nº. 180 de 16 setembro de 2008 foi criada a Superintendência da Guarda Municipal de Goiânia - SGMGO, entidade de natureza autárquica, dotada de personalidade jurídica de direito público interno, com autonomia administrativa, financeira e patrimonial, integrando os órgãos da administração indireta do Sistema Administrativo da Prefeitura, nos termos da Lei n.º 7.747/97, com a finalidade de promover a proteção do patrimônio, bens, serviços, e instalações públicas municipais, o apoio à administração municipal no exercício de seu poder de polícia administrativa e a execução das políticas e diretrizes relacionadas à segurança urbana preventiva e à defesa civil, nos limites das competências legais do Município. Para a consecução de suas finalidades a Superintendência da Guarda Municipal de Goiânia - SGMGO poderá firmar parcerias, convênios, acordos, ajustes ou qualquer outra modalidade estabelecida em lei, com órgãos e entidades públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, mediante autorização expressa do Chefe do Poder Executivo. Com a reforma administrativa realizada pela prefeitura de Goiânia através da Lei Complementar nº. 183, de 19 de Nascido em Jaraguá, no dia 07 de maio de 1964, João Augusto de França Neto é casado e pai de dois filhos. É formado em Filosofia, pelo Instituto de Filosofia e Teologia de Goiás, (IFITEG) e Direito, pela Pontifícia Universitária Católica de Goiás (PUC-GO). Trabalha na Prefeitura de Goiânia desde 1998, iniciando suas atividades como conselheiro tutelar da Região Leste até 2000. Entre 2001 e 2004, trabalhou na Secretaria Geral da Sociedade Cidadão 2000. Foi diretor administrativo da extinta Fundação Municipal de Desenvolvimento Comunitário (Fumdec), presidente de licitação geral da prefeitura e membro do Conselho Fiscal da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), de 2004 a2005. Foi ainda diretor de fiscalização do Controle do Transporte Urbano da Agência Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (AMT), de 2006 a 2011. Atribuições À Agência da Guarda Municipal de Goiânia – AGMGO é a entidade responsável pelo comando e controle da corporação da Guarda Municipal, competindo-lhe especificamente: I - desenvolver ações de segurança e proteção dos bens, serviços e instalações públicas municipais; II - exercer a segurança, interna e externa, dos próprios municipais e de eventos promovidos pelo poder público municipal, no sentido de: a) prevenir a ocorrência de atos que resultem em danos ao patrimônio ou ilícitos penais; b) prevenir sinistros e atos de vandalismo; c) orientar o publico e o trânsito de veículos; d) prevenir atentados contra a pessoa. III - proteger os documentos, as obras e outros bens de valor histórico, artístico e cultural do município; IV - monitorar e fazer rondas ostensivas, especialmente nas imediações dos próprios públicos municipais, cemitérios, praças, parques, bosques e jardins,de forma preventiva e comunitária; V - atuar, juntamente com o órgão estadual de Defesa Civil, na proteção e defesa da população do Município e de seu patrimônio, em casos de calamidade pública; VI - prestar auxilio nos serviços de combate a incêndio, salvamento e pronto socorro; VII - prestar assistência aos demais órgãos municipais, no exercício do poder de policia administrativa, visando o cumprimento da legislação municipal de posturas, saúde pública, meio ambiente, trânsito e transportes e relativa ao ordenamento e o uso adequado dos espaços urbanos; VIII - participar nas ações de reintegração de posse de bem municipal; IX - promover a adoção de procedimentos básicos de segurança nos espaços dos próprios municipais e promover a segurança ambiental urbanos; X - prover a segurança das autoridades municipais; XI - zelar pelo regular funcionamento dos serviços de responsabilidade do Município, cumprindo as leis e assegurando o exercício dos poderes constituídos, no âmbito de suas competências; XII - atender situações excepcionais, de interesse público do Município; XIII - Além das atividades definidas neste artigo, a Agência da Guarda Municipal de Goiânia, mediante parcerias e convênio com os órgãos públicos competentes, poderá exercer as seguintes atribuições: XIV - orientar, fiscalizar e controlar o trafego e o trânsito de veículos e transporte, no âmbito do Município; XV - participar de campanhas e atividades de outros órgãos que desenvolvam trabalhos correlatos ás missões da Guarda dezembro de 2008 a corporação foi transformada em Agência da Guarda Municipal de Goiana - AGMGO e a criação desta nova autarquia municipal será possível promover políticas e diretrizes próprias da instituição, que estará ligada diretamente com a segurança dos bens alem de prevenir na ocorrência de atos que resultem em danos ao patrimônio publico ou ilícitos penais, prevenir sinistros e atos de vandalismo, orientar o publico e transito de veículos alem de prevenir atentados contra a pessoa. Atualmente a Agência da Guarda Municipal de Goiânia é uma organização de segurança Pública legalmente constituída, possuindo um Regulamento funcional e disciplinar próprio, com registro no Comando Militar do Planalto – 11ª Região Militar, com o nº. 1.152 de 13 de outubro de 1998, renovado em 2001. Diretrizes I - desenvolver mecanismos de participação da comunidade na proteção do patrimônio público na prevenção à violência urbana; II - promover a integração e a coordenação das ações de segurança dos Órgãos, bens e próprios públicos municipais, serviços e demais áreas de competência do Município, com a utilização racional dos recursos públicos disponíveis; III - atuar, em colaboração com órgãos estaduais e federais, no desenvolvimento e provimento da segurança urbana no Município, visando prevenir ou cessar atividades que violarem as normas de saúde, higiene, segurança, funcionalidade, moralidade e quaisquer outros interesses do Município; IV - cooperar com outras esferas de governo, compartilhando institucionalmente informações relevantes à segurança urbana e patrimonial, inclusive com integração das comunicações; V - implantar postos fixos da Guarda Municipal em pontos OBJETIVOS DAS GUARDAS MUNICIPAIS # Segurança Patrimonial de bens públicos; # Segurança em escolas e Ronda escolar; # Fiscalização de normas e posturas municipais; # Intensificação de segurança pública; # Força de controle e repressão a atividades ilegais; # Prestação de serviços mediante convênios; # Segurança armada e constituição de uma força policial; # Implementação de ações de prevenção e comunitárias; # Orientação e informação ao turista; # Proteção ambiental; # Segurança pessoal de autoridades do município; # Atividades de defesa civil. # Atuação Defesa Civil – As Guardas Municipais devem assumir os Comdecs – Conselhos Municipais de Defesa Civil. Atua antes, durante e depois de desastres LISTA DE COMANDANTES DA GUARDA MUNICIPAL JOÃO AUGUSTO DE FRANÇA NETO - 2011/ATUAL CORONEL GERCY JOAQUIM CAMELO – 2006/2010 GILSON ROSA BITTENCOURT – 2005 JORGE PEREIRA RODRIGUES – 2003/2004 INSPETOR GILMAR ROMÃO DA SILVA – 2002 INSPETOR CARLOS ANTONIO CORDEIRO – 2000/2001 CORONEL FABIO FERREIRA MORGADO – 1999/1993 MAJOR BENEDITO GUIMARÃES MAIA – 1992 MAJOR OSWALDO SANTANA DO PRADO – 1991/1990 CARLOS HENRIQUE DE QUEIROZ -1989/1988 JOSUÉ DE OLIVEIRA DAMÁSIO - 1987 CORONEL ANTONIO TOMÁS ALBUQUERQUE – 1987 JOSÉ JORGE PINTO – JOJOP – 1986 O lema da Guarda Municipal de Goiânia é a “Guardiã da Cidadania”. CLODOVEU DE SOUZA MACHADO – 1985/1983 DJALMA BASTOS LIMA – 1982 MAJOR NAPOLEÃO HERMÍNIO DA SILVA – 1979/1981 LUIZ CUSTÓDIO POUZO -1978 estratégicos, de acordo com o interesse da segurança urbana; VI - desenvolver serviço de “disque – denuncia”, a respeito de atos de vandalismo praticados contra os equipamentos públicos municipais e o meio ambiente; VII - integrar e desenvolver ações de defesa civil no âmbito do Município; VIII - acionar os órgãos de segurança pública estaduais e federais, nos casos que excedam à sua competência específica.

guarda municipal ao relento.wmv

Guarda Municipal Serviço na Intendência .wmv

[GUARDA MUNICIPAL] Comandante do 19º Batalhão da PM proíbe Guarda Municipal de usar arma

O comandante do 19º Batalhão da Polícia Militar, Ten/Cel Elenilson Silva Santos, que ainda não completou um ano que está neste comando em Jequié, vem se caracterizando nos seus atos como uma pessoa que quer mandar ao seu modo, lembrando a figura de um ex-comandante que passou por este mesmo batalhão, que agia com truculência, principalmente com os seus subordinados (soldados e sargentos), chegando ao ponto de exigir que oficiais fossem a 95-FM na época em virtude de uma crítica feita pelo jornalista Ari Moura ao seu comando para ficarem solidários a ele. Realmente são ações que não cabem mais hoje no meio militar, onde se prega uma polícia comunitária e amiga do povo. Então chega um comandante desse, que ameaça através de ofício um jornalista por um comentário feito que nada tivesse de ofensas, conforme ficou comprovado em gravação. Agora o atual comandante do 19º BPM, se espelhando no seu “peixe”, como é chamado nos meios militares, responsável pela sua vinda para Jequié, em entrevista em duas emissoras de rádio ameaça a Guarda Municipal de Jequié, que tem uma história de relevantes serviços prestados à população, de prender os guardas se portarem um revólver. O que estranhou a muitos moradores de Jequié é que o prefeito Luiz Amaral até agora não se pronunciou sobre o assunto, mesmo que o militar esteja com a razão sobre o uso de armas de fogo, agora proibir os guardas de auxiliarem no trânsito, como vinham fazendo, ou até prender um meliante que esteja agindo contra a população, deixa a todos estarrecidos. Qual é mesmo a intenção desse cidadão que chega a Jequié, é bem recebido, recebendo de todos o respeito e de repente começa a dar “patadas” em um e outro, prejudicando o trabalho de profissionais e colocando até em risco a vida das pessoas, porque todos sabem que ele não tem efetivo suficiente na polícia militar para oferecer segurança à população de Jequié e dos municípios da região. Seria inveja e despeito porque a Guarda Municipal vinha se destacando junto à imprensa local pelo bom trabalho que está sendo realizado? Com a palavra as autoridades e a própria população de Jequié.

AGMGO NO O HOJE

PARCERIA PM E GM

OPERAÇÃO NATAL

Começa hoje, 19, no Centro de Goiânia, a Operação Natal, que tem por objetivo deixar as calçadas da Avenida Anhanguera, no Centro, sem a presença dos camelôs, propiciando aos cidadãos goianienses tranquilidade nesta época de compras natalinas, sem ter que desviar de camelôs e ambulantes, que as vezes impedem a passagem dos pedestres pelas calçadas. O efetivo disponibilizado é de 12 Guardas Municipais, 5 fiscais de postura, 8 auxiliares de fiscalização e 5 Kombis e seus respectivos motoristas. A operação conjunta entre Guarda municipal e Fiscalização Urbana, tem a previsão de terminar na próxima sexta-feira, 23.

GUARDAS MUNICIPAIS FAZEM TREINAMENTO COM INSTRUTORES DO BOPE – RJ

Nos ultimos dias 16,17 e 18, cerca de 30 agentes de Segurança Pública realizaram o Curso de Progressão em Favelas que, pela primeira vez, está sendo realizado em Ponta Grossa. Ministrado por instrutores do quadro do Batalhão de Operações Especiais do Rio de Janeiro (BOPE/RJ), o treinamento é direcionado ao agente que opera em favelas e/ou em outro cenário de alto risco pessoal e social. Continue Lendo: O treinamento começou ontem e está acontecendo no 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Além de policiais do Pelotão de Choque do 1º BPM, também participam do curso policiais militares de Telêmaco Borba, Francisco Beltrão e Rolândia; policiais civis de Ponta Grossa e São Paulo e Guardas Municipais de Ponta Grossa e Londrina. Participaram do treinamento representando a Guarda Municipal de Londrina os Inspetores GM Ricardo e GM Marcia, e os Supervisores GM Anzoategui e GM Rossini. Para garantir realidade ao curso, as atividades são desenvolvidas em “favelas cenográficas” que trazem elementos que remetem aos conjuntos habitacionais em questão. O treinamento tem como objetivos aumentar o nível de eficácia das ações; racionalizar a aplicação de recursos humanos e materiais; promover condições operacionais de pronta resposta com firmeza e competência; reduzir os riscos institucionais (pessoal e social) e aplicar o uso seletivo da força. O treinamento é oferecido pelo Centro Avançado em Técnicas de Imobilização (Cati-Treinamento Policial).

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Guarda Municipal de Americana Roubo de Carga Receptação

AULA 4: MUNICÍPIOS E A GUARDA MUNICIPAL NA SEGURANÇA PÚBLICA MUNICIPAL

Delegado poderá decidir pela liberação de preso em caso de legítima defesa.

Tramita na Câmara o projeto de lei (PL 1843/11) que permite a autoridade policial decidir soltar o preso que foi pego em flagrante cometendo um crime, caso verifique que ele agiu em legítima defesa. A proposta, do deputado João Campos (PSDB-GO), permite que o policial verifique se existem as chamadas causas excludentes de antijuridicidade, no momento da lavratura do auto de prisão em flagrante. Ou seja, se se convencer que a pessoa praticou a conduta não só em legítima defesa, mas em estado de necessidade, em estrito cumprimento de dever legal ou no exercício regular de direito, o delegado terá soltar o preso. A proposta altera o Código Penal (Decreto-Lei 3.689/41) Hoje, somente o juiz pode decidir pela liberdade do preso em flagrante. “Atualmente, se uma pessoa que matou, em legítima defesa, o criminoso que tentava estuprar sua filha, for apresentada ao plantão policial, o delegado de polícia é obrigado a autuá-la em flagrante”, afirma João Campos. Com isso, acrescenta o parlamentar, pessoas inocentes permanecem presas na companhia de criminosos de alta periculosidade, até que o Poder Judiciário aprecie o caso. Tramitação Antes de ir a Plenário, o projeto deverá ser examinado pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e Constituição e Justiça e de Cidadania, inclusive no seu mérito. As informações são da Agência Câmara de Notícias. Íntegra da proposta: PL-1843/2011

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

GOIANIA MAIS SEGURA NOS PARQUES

O comando da Agência da Guarda Municipal informa o lançamento do projeto Goiânia Mais Segura nos Parques. O objetivo é promover a segurança dos visitantes nos parques públicos, bem como prevenir ações de vandalismo ao patrimônio público. A solenidade de lançamento será amanhã, 15, às 17h, no Parque Vaca Brava. Os parques que participarão desta etapa do projeto são: Parque Areião, Flamboyant; Vaca Brava, Zoológico e Lago das Rosas. A coordenação do projeto será feita pelo Inspetor Emivaldo Gonçalves da Costa – chefe da Divisão de Guarda Municipal – DGA. Ao todo serão oitenta guardas envolvidos nesta segunda etapa, já que a primeira aconteceu no mês de junho e durou três meses. Participam deste projeto além da Guarda Municipal, a Polícia Militar e a Secretaria de Defesa Social.

gm nos parques

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Rio Claro investe R$150 mil em novo sistema para a Guarda Municipal

A Guarda Civil de Rio Claro passará a operar a partir do inicio do próximo ano com o novo sistema de comunicação digital, visando prevenir a criminalidade. Na segunda-feira (12), às 14 horas, o prefeito Du Altimari e o secretário de Segurança, José Gustavo Viégas Carneiro, farão oficialmente a entrega dos equipamentos para transmissão de dados e telecomunicação digitais na sede da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Civil, localizada na rua 12 nº 26 – avenida 23, Bairro do Estádio. Em todo o processo que envolve a aquisição dos equipamentos, instalação e autorizações, a prefeitura investiu mais de R$150 mil. O projeto faz parte dos investimentos que a administração municipal vem fazendo de forma continuada na área de segurança pública. Segundo o secretário Viegas Carneiro, a Guarda Civil de Rio Claro será a primeira da região central a operar com tecnologia digital e, a partir de agora, todos os equipamentos de comunicação, sejam eles móveis, fixos, portáteis e repetidoras, vão possuir licença para uso da freqüência digital. A tecnologia digital impede a interceptação de dados policiais e mensagens trocadas pelos setores de segurança. Toda conversa via rádio digital é criptografada, ou seja, não pode ser interceptada. Além da voz, a via digital permite o fluxo de imagens e dados. A composição do sistema de radiocomunicação é feita por módulos, subsistemas e milhares de equipamentos sem os quais não seria possível a transmissão de informações entre os guardas. Investimentos O Secretário de Segurança e Defesa Civil reitera que a pasta foi reestruturada e está sendo reaparelhada. Os recursos disponibilizados estão sendo destinados para melhorais nas sedes, renovação da frota, treinamento dos guardas, aquisição de equipamentos, munição e uniformes. Recentemente, o município conseguiu a autorização da Agência Nacional de Telecomunicação (Anatel) para utilizar freqüência digital nos equipamentos de comunicação da Guarda Civil, Defesa Civil e da Vigilância Patrimonial. FONTE: canalrioclaro.com.br

Guarda Municipal Prende 2 Assaltantes Armados

Guarda Municipal de Belém ministra curso para guardas de Marabá

A convite da Guarda Municipal de Marabá, a Divisão de Ensino da Guarda Municipal de Belém foi convidada para ministrar um curso de Técnicas Operacionais para o grupamento daquela região de Carajás. O evento será realizado no período de 12 a 17 de dezembro. Dentre as exigências do curso que requer o instrutor com pelo menos graduação de nível superior em qualquer área, a Guarda Municipal de Belém destacou o chefe do Grupamento de Ações Táticas com Cães (Atac), Ronildo Feio, graduado em Química, para ministrar o curso, em Marabá. Com a instrução, os guardas municipais de Marabá vão atualizar os conhecimentos em procedimentos de táticas operacionais de como atuar no combate urbano de forma preventiva e ostensiva. Instruções como essas são repassadas pela Guarda Municipal de Belém no curso de Aperfeiçoamento de Procedimentos Técnicos-Operacionais (APTO) voltado para guardas de todo o Brasil. Neste ano, na sua 7ª edição, dos inscritos, 50 eram oriundos de outros municípios e estados do país.

concurso gm de são paulo

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Mulher Cigana

Mulher Cigana

Prefeitura viabiliza porte de arma aos guardas municipais de SJP

s guardas municipais de São José dos Pinhais receberam na tarde desta quinta-feira (08) as novas carteiras funcionais, que concedem a eles o porte de arma por 24 horas e dentro de todo o Paraná. Prefeitura viabiliza porte de arma aos guardas municipais de SJP São José dos Pinhais, 08/12/2011 18:09 Os guardas municipais de São José dos Pinhais receberam na tarde desta quinta-feira (08) as novas carteiras funcionais, que concedem a eles o porte de arma por 24 horas e dentro de todo o Paraná. Fotos: Leilane Benetta - Agentes terão direito de portar a arma 24 horas e dentro de todo o Estado. A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Segurança, lutou por esse direito, que normalmente é concedido apenas a municípios com mais de 500 mil habitantes. A preocupação é com a segurança dos guardas e seus familiares. “Os guardas serão pioneiros com essa conquista, pois agora terão uma garantia a mais de defesa; mas em contrapartida também terão que enfrentar os percalços que eventualmente irão ocorrer”, afirma o secretário municipal de Segurança, Marcelo Jugend Prefeitura viabiliza porte de arma aos guardas municipais de SJP São José dos Pinhais, 08/12/2011 18:09 Os guardas municipais de São José dos Pinhais receberam na tarde desta quinta-feira (08) as novas carteiras funcionais, que concedem a eles o porte de arma por 24 horas e dentro de todo o Paraná. Fotos: Leilane Benetta - Agentes terão direito de portar a arma 24 horas e dentro de todo o Estado. A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Segurança, lutou por esse direito, que normalmente é concedido apenas a municípios com mais de 500 mil habitantes. A preocupação é com a segurança dos guardas e seus familiares. “Os guardas serão pioneiros com essa conquista, pois agora terão uma garantia a mais de defesa; mas em contrapartida também terão que enfrentar os percalços que eventualmente irão ocorrer”, afirma o secretário municipal de Segurança, Marcelo Jugend. Para o coordenador do Sistema Nacional de Armas (Sinarm) no Paraná, Fernando Vicentini, é importante que os guardas tenham esse porte para defender a si e a família, mas a concessão aumenta muito a responsabilidade deles. “A sociedade ainda não vê a Guarda Municipal com o papel que ela deveria ter; é a oportunidade de criar uma nova força policial com uma aproximação muito maior com a comunidade”, destaca Vicentini

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Cabo do Exército ofende guardas municipais e acaba preso no Rio

Um cabo do Exército recebeu voz de prisão após desacatar guardas municipais que reprimiam o comércio de produtos irregulares em Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro, na terça-feira. De acordo com testemunhas Fabrício Pablo Roudão, de 25 anos, passava pela rua Figueiredo Camargo, onde ocorria a inspeção, e proferiu ofensas contra os agentes, afirmando que eles roubariam as mercadorias apreendidas. Um subinspetor da Guarda Municipal, que comandava a ação, ouviu os insultos e deu voz de prisão ao militar. O caso foi registrado na 34ª Delegacia de Polícia (Bangu). Um camelô que trabalhava no local testemunhou a favor dos guardas, garantindo que eles não haviam agredido os ambulantes. A ação terminou com 579 doces, 497 mídias piratas e 380 mercadorias diversas apreendidas.

Guarda Municipal de Maringá compra 200 pistolas de choque

A Prefeitura de Maringá fechou contrato para a compra de 200 pistolas taser, mais conhecidas no Brasil como armas de choque não letais. O investimento nos equipamentos é de R$ 700 mil. Deste total, R$ 497 mil foram liberados pelo Ministério da Justiça, que aprovou projeto encaminhado pelo município para armar a Guarda Municipal. O contrato de aquisição foi assinado na última sexta-feira com a empresa Seguritec Desenvolvimento e Tecnologia em Segurança Ltda., que tem a exclusividade para a comercialização no Paraná dos produtos fabricados pela empresa americana AA & Saba Consultants Inc. A expectativa do diretor de Defesa Social, Paulo Mantovani, é de que os equipamentos cheguem a Maringá em janeiro de 2012, quando os primeiros guardas vão passar por treinamento para portar a arma. "Quem for usar tem que fazer o curso de 15 horas. A prioridade é para os 50 guardas operacionais, que trabalham com as rondas", explica. Mantovani afirma que, num segundo momento, os equipamentos vão ser repassados para os guardas que fazem a vigilância patrimonial. "Temos guardas na portaria da prefeitura, no aeroporto e em outros pontos estratégicos, onde vai ser muito interessante, visualmente falando, ter este equipamento", diz. A orientação para os guardas municipais vai ser usar a arma de choque em situações extremamente necessárias. "Isto vem ajudar muito, porque na hora de fazer o encaminhamento ou para cumprir uma ordem de detenção, vai ficar mais fácil. Mas a orientação é para usar o equipamento apenas em último caso."

ACOES DO NARF DE GOIANIA

Texto: GMF Núbia Marques "Informamos que hoje (7), por volta das 7h, iniciou-se uma ação fiscal com o apoio aos fiscais da Vigilância Sanitária, sobre interdição cautelar, no estabelecimento denominado FAZENDINHA. Participaram Delegados, profissionais da equipe da Delegacia da Criança e Conselho Tutelar da Criança e do adolescente, além da equipe da Guarda Municipal, do Núcleo de Fiscalização – NAF, os GMs: Emerson, Neris, Rogério e Adriano Pessoa. Quando a equipe chegou ao local, na região Sul de Goiânia, os responsáveis, Rogério e Romário foram agressivos, desacatando com xingamentos e palavras de baixo calão. Durante toda a ação, ambos tentaram dificultar o trabalho e ainda se recusaram a receber o auto de interdição. No final da ação, já encerrando os trabalhos, os proprietários começaram a falar mal dos guardas municipais e dos fiscais, foi quando começaram a jogar objetos no veículo da Fiscalização e ameaçando a equipe de morte, e ameaçaram a jogar água quente em todos. O GM Neris aproximou-se dos agressores para dialogar e foi segurado por ambos e levaram-no para dentro do estabelecimento, tentando fechar o portão. Logo o restante da equipe em apoio ao GM adentrou ao estabelecimento efetuando a detenção dos mesmos, seguindo todo o procedimento de segurança da Guarda Municipal conduzindo-os para o 8° DP, onde foi lavrado o TCO."

GM NO O POPULAR

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

DROGAS NO PARQUE

Hoje (6), por volta das 15h, no Parque Cascavel, que fica na região sul de Goiânia, a equipe da Divisão de Guarda Ambiental – DGA, chefiada pelo GM Vilomar Vieira, em ronda de rotina dentro do parque abordou um grupo de 5 (cinco) rapazes que estavam em atitude suspeita. Segundo informações da equipe, o grupo era composto de 4 menores e 1 maior de idade, e que estavam traficando na hora da abordagem. O GPC (GMs: Cleibson (chefe), Cynthia, Makley e Olegário) deu apoio à equipe para levar os suspeitos à Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais – DEPAI, para os procedimentos cabíveis. Com os rapazes estavam com oito porções de substâncias semelhantes à cocaína e à maconha.

Gama recebe 97 novos coletes à prova de bala

A Guarda Municipal de Americana recebeu, 97 novos coletes à prova de bala, que serão usados pelos patrulheiros durante as ocorrências. O investimento na aquisição dos coletes foi de R$ 43,5 mil. “Continuamos melhorando a estrutura da corporação e dando condições dignas de trabalho aos nossos guardas”, afirmou o diretor da autarquia, Marcelo Feola (Téo). Desde 2009, com o início da atual administração, a Guarda Municipal tem recebido inúmeros investimentos, como aumento do efetivo, bases móveis de monitoramento, viaturas blazer e armas não letais. Na última quarta-feira (30/11), o prefeito Diego De Nadai entregou 26 novos carros à Gama, sendo 21 Gol 1.6 e cinco viaturas Jetta 2.0. Com essas aquisições, a guarda passa a ter 33 veículos para as rondas policiais.

NOVAS VIATURAS DA GUARDA MUNICIPAL DE AMERICANA-SP.

O prefeito da cidade de Americana-SP, Diego de Nadai, entregou na tarde desta quarta feira (30) 26 novos carros para compor a frota da GAMA. Os carros são 21 GOL 1.6, e 5 JETTA 2.0, todos com rádio digital, o que demonstra o empenho do atual prefeito em combater a violência na cidade. Nestes três anos o prefeito está investindo no aumento do efetivo e nos equipamentos da Guarda Municipal. Parabéns ao prefeito Diego de Nadai e ao Diretor da GAMA Marcelo Feola, e a todos os integrantes da GAMA.

Senado aprova lei seca sem tolerância

Projeto pune quem dirigir após ingerir qualquer dose de álcool. Quem matar no trânsito pode pegar 16 anos O Senado aprovou um projeto de lei que prevê tolerância zero para o álcool. Se for confirmado pela Câmara dos Deputados e sancionado pela presidente Dilma Rousseff, será crime conduzir veículos após consumir bebidas no Brasil. A medida estabelece punições rigorosas. Quem provocar morte no trânsito sob efeito de álcool ou drogas psicoativas corre o risco de ser condenado de dez a 16 anos de prisão. A mudança é enorme. A atual legislação indica penas de dois a quatro anos para quem matar no trânsito, o que é considerado um homicídio culposo (sem intenção). O projeto, de autoria do senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), é duro também com quem causar lesões gravíssimas no trânsito. O responsável deverá ficar preso de oito a 12 anos. Aprovada nesta quarta-feira na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, a medida altera o Código de Trânsito Brasileiro. Aquele que provocar lesões graves poderá cumprir pena de três a oito anos, e o que causar lesões leves, de um a quatro. Caso a projeto seja sancionado, todos que forem pegos dirigindo sob a influência de bebidas correm o risco de cumprir pena de seis meses a três anos. As penas aumentam para os alcoolizados sem habilitação ou os flagrados perto de escolas, hospitais e lugares com grande concentração de pessoas. Serão punidos com rigor os que estiverem transportando menores, idosos ou gestantes. Tolerância /A legislação em vigor tolera o consumo de até seis decigramas de álcoool por litro de sangue, o equivalente em média a duas latas de cerveja, uma dose e meia de uísque ou um copo de pinga. Com o projeto, nada será permitido. “É um avanço”, disse nesta quarta Luiz Alberto de Oliveira, coordenador de Políticas sobre Drogas do governo de São Paulo. “Vamos precisar fiscalizar.” No lugar do teste do bafômetro, testemunha e foto O projeto, aprovado nesta quarta no Senado, acaba com a obrigatoriedade do bafômetro para comprovar a embriaguez. A medida prevê que a prova pode ser obtida por meio de testemunhos, imagens e vídeo, além de exames clínicos e de sangue. O senador Ricardo Ferraço não teme abusos por parte de autoridades e policiais, que forçariam falsos testemunhos. “Nós buscamos outras formas de comprovar o consumo de álcool. E o motorista também poderá apresentar pessoas para depor”, afirmou o autor do projeto. O STF (Supremo Tribunal Federal) já havia decidido, no início do mês, que seis decigramas de álcool por litro de sangue é crime punido com prisão, mesmo que o motorista não provoque riscos a terceiros. A pena em vigor, de seis meses a três anos, também estabelece a suspensão da carteira de habilitação do infrator. A psiquiatra Ana Cecília Marques, da Unifesp, aprovou o projeto. Ela só teme a forma como será caracterizada a pessoa sob efeito de álcool, sem o bafômetro. “Existem processos infecciosos e febris nos quais a pessoa parece estar alcoolizada”, disse. http://www.drcuryhortolandia.com.br/2011/11/11/senado-aprova-lei-seca-sem-tolerancia/

Prefeito de Serrania, visita Guarda Municipal de Varginha

Prefeito municipal de Serrania - MG visita Guarda Municipal de Varginha e planeja formatura da 1ª turma da GM daquela cidade.
Acontece nesta sexta-feira, 09 a formatura da primeira turma da Guarda Civil Municipal de Serrania. A solenidade acontecerá às 19 horas, 09/12, sexta-feira, no Ginásio Poliesportivo de Serrania a Guarda Municipal é uma realidade que vai auxiliar na segurança do município.
Na tarde desta segunda-feira, 05/12, o Prefeito Municipal de Serrania, Sr. Prefeito Municipal, Salvador Rodrigues Moreira visitou a sede da Guarda Municipal de Varginha para conhecer toda estrutura, o planejamento, os projetos, a parte legal, sistemática e efetiva das competências pertinentes aos integrantes das Guardas Municipais. O Prefeito foi recebido pelo Diretor, Miguel José de Lima, Comandante Mauricio Maciel e pelos Subinspetores GM Jucilene e Mendonça, é preocupação de todos ter uma equipe bem formada e prestar um serviço de qualidade para toda a população e funcionamento. Na reta final de seu treinamento e visando simular a realidade que irão encontrar nas ruas da cidade, a Guarda Civil Municipal de Serrania– GCMS está em estágio com agentes de Varginha, a guarda municipal irá auxiliar na segurança da cidade e trabalhar em parceria com a Polícia Militar e Policia Civil. Discutiram e programaram a pauta do evento de formatura da 1ª Turma de Guarda Civil Municipal de Serrania-MG, que está em final de curso ministrado pelos instrutores da Guarda Municipal de Varginha. Os formandos cumpriram uma carga horária de 600 horas/aula com disciplinas teóricas e praticas, a grade curricular do curso foi definida pela Secretaria Nacional de segurança Pública (Senasp), o qual abordou matérias como as funções da guarda, ética, direitos humanos e cidadania, legislação, técnicas e procedimentos operacionais e primeiros socorros, defesa pessoal e emprego de equipamento, criminalística, direito, pronto socorrismo, trânsito entre outras. O evento está programado para o próximo dia 09/12, sexta-feira, no Ginásio Poliesportivo de Serrania, onde os primeiros Guardas Civis de Serrania serão efetivamente apresentados à toda a Comunidade Serraniense. O Comandante Mauricio Maciel salientou que “a formação de mais uma Guarda Municipal na nossa região é um grande acontecimento para o Conselho Nacional das Guardas Municipais e a população, já que os trabalhos das Guardas Municipais é muito direcionado para a prevenção e consequentemente uma maior aproximação com a comunidade, sendo estas umas das principais diretrizes do trabalhos desenvolvido e apoiados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP/MJ.” O prefeito Municipal de Serrania, Salvador Rodrigues Moreira, maior incentivador da implantação da GCM, está muito satisfeito com os resultados. “Nossa guarda civil municipal já é uma realidade, e saber que em alguns dias eles estarão nas ruas da cidade capacitados e qualificados para servir a população Serraniense para mim é uma grande alegria e uma sensação de dever cumprido”, garante o prefeito.

Encontro discute cursos para guardas municipais

A Prefeitura de Curitiba participou do 1º Encontro Nacional dos Gestores em Educação das Guardas Municipais, em Brasília, que reuniu representantes das forças de segurança das cidades-sede da Copa de 2014.

No encontro, foram discutidos os cursos que serão aplicados aos guardas municipais, seguindo um único padrão para todo o Brasil, alinhando às estratégias de educação.

Para que estes objetivos sejam alcançados, a Secretaria Extraordinária de Segurança de Grandes Eventos, por intermédio da Diretoria de Operações, e o Departamento de Pesquisa, Análise de Informações e Desenvolvimento de Pessoal em Segurança Pública elaboraram uma malha curricular mínima, capaz de capacitar os operadores para que prestem um serviço de excelência junto ao público em geral.

Foram definidas as necessidades de cada município em matéria de capacitação e feitos ajustes para que estes cursos possam ser aplicados em todo o país e para quantidades suficientes de guardas municipais.

Segundo o Supervisor Rubin, representante da Guarda Municipal de Curitiba, a participação das Guardas Municipais em um encontro desta natureza reforça a idéia da co-responsabilidade de todos os órgãos de segurança, não só durante a Copa de 2014, com também em outros eventos em que ocorra grande concentração de pessoas.

Para o Inspetor Cláudio, a partir do momento em que somos chamados para trabalhar na criação de uma situação envolvendo guardas municipais, temos a oportunidade de colocar a nossa essência naquilo que será revertido para toda uma gama de servidores espalhados pelo país. "São guardas municipais falando, estudando, propondo, acordando o que será feito para guardas municipais". disse.

"Isso demonstra que estamos fazendo a diferença, que temos muito a contribuir para com a população e para com a segurança desta população. A Copa de 2014 será um marco na história das Guardas Municipais do Brasil", acrescentou o inspetor.

A partir de agora, estarão sendo feitos os devidos ajustes, pelo DEIPAD e pela Câmara Temática, no material produzido no encontro, que resultará em um currículo de cursos que serão realizados no modelo de Educação a Distância e em cursos presenciais. A meta é capacitar algo em torno de 365 mil servidores das polícias militar, civil, bombeiros, peritos e guardas municipais.

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!