Cadastre seu Email

terça-feira, 4 de junho de 2013


02/06/2013 07:00

Guarda pede armas e pressiona Valdomiro

Carta da associação entregue ao prefeito aponta que agentes correm risco sem armamento de fogoVINÍCIUS MARQUES
vinicius@bomdiariopreto.com.br
A Associação dos Guardas Municipais de Rio Preto entregou a Valdomiro uma carta em que defende o uso de armas de fogo e põe pressão no prefeito. O texto foi lido em evento na sexta-feira, na Câmara, na posse na nova diretoria da entidade que completou sete anos de atividade.  

Na carta destinada ao prefeito  Valdomiro Lopes, a associação aponta que a corporação corre perigo sem as armas de fogo. 
“É fato que ultimamente a criminalidade e a violência têm aumentado muito e estamos sendo ameaçados. Trabalhar em bairros afastados se tornou muito perigoso. Exemplo é o fato acontecido na UBSF Nova Esperança”, diz sobre a segurança na unidade de saúde no novo bairro da zona norte.
Projeto que tramita na Câmara prevê que a corporação utilize armas de fogo.
A solicitação de armamento vem acompanhada de uma série de solicitações. A associação pede apoio a projetos sociais, assim como quer que o prefeito crie a Secretaria da Segurança, à qual os agentes ficariam subordinados. Atualmente, a guarda de Rio Preto é ligada à Secretaria de Trânsito.
A associação ainda reclama que faltam equipamentos básicos nas viaturas da Guarda, como rádios e luzes, conhecidas como “giroflex”  e de adesivos velhos. Compara ainda a atividade delegada, em que a PM, recebeu carros novos da prefeitura, com veículos da guarda.
Valdomiro se nega a armar os agentes. A associação usa uma declaração do prefeito como forma de pressionar para que ele mude de ideia. “O senhor disse uma vez que não se perdoaria se um guarda municipal matasse alguém com a sua permissão de portar arma. Mas se um guarda morrer baleado em serviço, por um criminoso ou se um policial militar prestando serviço à prefeitura matar alguém não teria o mesmo sentimento de culpa?”, diz a carta. 
“Agentes têm arma em cidades menores que a nossa. Corremos riscos”, disse um dos diretores da Guarda Municipal, Márcio Martino. Além de temas  “espinhosos”, a carta cita outras ações dos agentes, como educação no trânsito, Natal Solidário e combate ao uso de cerol. A entidade ainda prepara uma competição de futebol.
MAIS
Projeto na Câmara espera parecer jurídico A Câmara discute projeto que prevê uso de arma de fogo pela guarda. O  projeto aguarda parecer jurídico . O uso de armas só poderia acontecer depois de treinamento específico da Polícia Federal.
143 é a quantidade de agentes da Guarda
Prefeito descarta uso, afirma secretário  O secretário de Comunicação  de Rio Preto, Deodoro Moreira, diz que prefeito não pretende dar armas de fogo à Guarda. Está em estudo uso de armas não-letais.

Disparo de arma de GCM atinge comerciante em Várzea Paulista, SP


Disparo de arma de GCM atinge comerciante em Várzea Paulista, SP



Segundo a polícia, tiro foi acidental.
Polícia Civil vai investigar o caso.

Do G1 Sorocaba e Jundiaí

Um tiro disparado pela arma de um Guarda Municipal deixou uma pessoa ferida na noite desta sexta-feira (31), em Várzea Paulista (SP). De acordo com informações da polícia, os guardas abordavam um grupo de pessoas suspeitas de praticar furtos no centro da cidade, quando um dos guardas que estava em uma moto se desequilibrou e a arma dele disparou acidentalmente.
Ainda segundo a polícia, o tiro acertou a perna de um comerciante. A vítima foi encaminhada ao hospital da cidade e já recebeu alta.
A Polícia Civil aprendeu a arma do GCM e espera os resultados da perícia. O comerciante também deverá ser ouvido nos próximos dias. A prefeitura informou que irá aguardar o resultado das investigações para se manifestar
.

PM capacita Guardas Municipais de Aracaju sobre armas não letais


PM capacita Guardas Municipais de Aracaju sobre armas não letais


O uso da força faz parte do cotidiano do agente de segurança pública, pois, nem todas as ocorrências são resolvidas através da verbalização e negociação. Em alguns casos, faz-se necessário o uso de mecanismos e instrumentos que impeçam ou façam cessar uma agressão ou outro crime.
Esses mecanismos vão desde a simples presença até o uso da força letal. Porém, visando a garantir o direito à vida assegurado no artigo III da Declaração Universal dos Direitos Humanos, a Guarda Municipal de Aracaju (GMA) vem investindo em tecnologia e preparo de seus agentes para o uso de armas não letais, dentre as quais estão os sprays de pimenta e os dispositivos elétricos incapacitantes (Spark).
Visando aprimorar as técnicas já utilizadas pela GMA, na manhã da quarta-feira, 29, integrantes da Ronda da Capital (Rondac) passaram por treinamento teórico e prático de armamentos não letais, agentes químicos e munições de impacto controlado. O treinamento que faz parte do projeto de capacitação técnica foi realizado pelo tenente da Polícia Militar do Estado de Sergipe Marcos Rocha, especialista na área.
“Nosso maior objetivo é transformar o conhecimento referente aos recursos de menor letalidade empregados nas operações de segurança pública” declarou o tenente Rocha. De acordo com o oficial, os agentes químicos, como spray de pimenta e gás lacrimogêneo geralmente são empregados em casos de cumprimento de ações judiciais de reintegração de posse, quando há resistência passiva. Em casos de resistência ativa, em que há um embate com as forças policiais, são usadas as munições de impacto controlado, conhecidas como munições de borracha.
Além de serem usadas em casos de cumprimentos de ações judiciais, os agentes químicos e as munições de impacto controlado são muito usados em casos de dispersão de tumultos e manifestações violentas.
por PM-SE

Projeto prevê IPI zero para várias categorias

Projeto prevê IPI zero para várias categorias
Projeto prevê IPI zero na aquisição de veículos por policiais, bombeiros, agentes penitenciários e guardas municipais


A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei (PL) PL 5147/2013 que concede isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), para veículos adquiridos pelos integrantes das carreiras que compõem os órgãos relacionados no art. 144 da Constituição Federal (Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, Polícia Civil, Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares), além dos Agentes Penitenciários e Guarda Municipal. O Projeto é de autoria do deputado federal Major Fábio (DEM-PB)


De acordo com ele, a crise de violência no País atinge atualmente as pessoas que exercem as atividades desegurança pública e até mesmo de defesa civil, como é o caso dos policiais militares e dos bombeiros militares. “É, pois, com assombro, que temos assistido a agressões sistemáticas, em nossas principais cidades, praticadas contra os militares preparados para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, e que por tal motivo, ao serem reconhecidos, tornam-se o foco de ação criminal”, disse.


-A presente proposta pretende garantir a tais indivíduos a possibilidade de se deslocarem com maior segurança em veículo próprio, adquirido com isenção do IPI, evitando que sua identificação pelo uso de fardas, em transportes coletivos, os transforme em vítimas quase sempre fatais, justificou o deputado Major.


Tramitação


O Projeto foi apensa (PL) 913/2011 onde aguarda para ser votado em regime de prioridade pela Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.




Redação com Assessoria

Imagens mostram briga que resultou em morte de homem em Sertãozinho


Imagens mostram briga que resultou em morte de homem em Sertãozinho



Homicídio ocorreu em um posto de combustíveis no bairro Jardim Iracema.
Segundo a Guarda Municipal, segurança do local acertou 2 tiros na vítima.

Do G1 Ribeirão e Franca

A Polícia Civil de Sertãozinho (SP) divulgou nesta sexta-feira (31) as imagens das câmeras de segurança de um posto de combustíveis onde um homem de 34 anos foi morto com dois tiros, na madrugada de quinta-feira (30). Segundo a Guarda Municipal, que atendeu a ocorrência, um segurança do estabelecimento é suspeito de ter cometido o homicídio. Por outro lado, o dono do posto nega que ele seja um vigilante contratado pelo estabelecimento.
A gravação mostra a vítima discutindo com um homem, que seria o segurança do posto e usava uma blusa listrada. Outras pessoas também estiveram no local e tentaram apartar a briga, que durou cerca de 10 minutos. As imagens mostram que, em meio a muita discussão entre os dois homens, a vítima empurrou o suposto segurança e o agrediu com um soco no rosto.

Segundo ele, a família pretende processar o posto de combustíveis. "Estamos em contato com um advogado e, na segunda-feira (3), entraremos com um processo contra esse posto. Nem sei se esse segurança poderia estar armado", afirmou o rapaz.
O momento dos dois disparos que atingiram a perna e o peito da vítima não foi captado pela gravação, porque um objeto obstruiu a visão da cena. A vítima chegou a ser socorrida e levada para o hospital, mas morreu. O homem que efetuou os disparos foi detido, prestou depoimento na delegacia e foi liberado após alegar legítima defesa.

Investigação
O homicídio foi registrado no plantão da Polícia Civil, que deve ouvir testemunhas do crime a partir de segunda-feira (3). Por telefone, um irmão da vítima – que preferiu não se identificar - disse ao G1 que o irmão estava no posto em companhia de amigos e que eles consumiam bebida alcoólica
.

Segurança no São João de Campina Grande terá até 800 homens por dia


Segurança no São João de Campina Grande terá até 800 homens por dia


Policiamento terá também câmeras de vigilância e delegacia móvel.
Efetivo nos bairros da cidade contará com 12 viaturas.

Do G1 PB

Plano de segurança do São João de Campina Grande foi apresentado (Foto: Taiguara Rangel/G1)Plano de segurança do São João de Campina Grande foi apresentado (Foto: Taiguara Rangel/G1)
O plano operacional de segurança pública para o São João de Campina Grande foi apresentado na manhã desta sexta-feira (31), a uma semana do maior evento turístico da cidade. Até 825 homens farão parte do efetivo diário de trabalho conjunto entre os dias 7 de junho e 7 de julho. As ações serão voltadas para repressão, investigação e orientação dentro e fora do Parque do Povo, área principal da festa.
 O efetivo será composto majoriatariamente por até 500 integrantes da Polícia Militar, contando com ação conjunta com até 80 membros da Polícia Civil, 32 policiais da Companhia de Policiamento do Trânsito (Cptran), 28 homens do Corpo de Bombeiros, 85 agentes de fiscalização e trânsito da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) e 100 seguranças privados contratados pela Prefeitura de Campina Grande.

Para detalhar a atuação, a área do Parque do Povo foi dividida em superior, mediana e inferior, segundo o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Souza Neto. Não serão permitidas garrafas de vidro, a exemplo do ano passado. "Além da festa, o policiamento da cidade continua garantido com 12 viaturas realizando patrulhamento regular nos bairros", afirmou.
Haverá ainda apoio da Guarda Municipal, a ser definido em reunião entre Prefeitura e Polícia Militar. Além das 68 câmeras de vigilância na área da festa e 16 Postos de Observação Policial (POP), haverá auxílio de efetivo policial dos batalhões militares de João Pessoa.
Segundo o prefeito Romero Rodrigues, haverá atenção ainda maior para fazer um São João cada ano melhor. "Estamos juntando esforços, vamos somar nossas forças para fazer o melhor plano de segurança do evento. A guarda municipal e segurança privada vão auxiliar a Polícia Militar, numa parceria do município com o estado. Os telões das câmeras de vigilância vão exibir o público para toda a festa, as pessoas terão consciência de que estão sendo filmadas para fins de segurança", afirmou o gestor
.

GM de Apucarana faz esclarecimento sobre exoneração


Publicado em 31 de Maio de 2013, ás 09h08min


Segundo Ataíde Pantaleão da Silva, mudança faz parte de um processo natural de reestruturação da GM

Fontes da Guarda Municipal (GM) de Apucarana mantiveram contato com a redação do TNONLINE para retificar informação sobre a exoneração do comandante da corporação, Ataíde Pantaleão da Silva. De acordo com o próprio Pantaleão, a exoneração ocorreu em decorrência de mudanças administrativas.

"Fui exonerado para ser nomeado supervisor da Guarda Municipal de Apucarana, em procedimento administrativo para realocação de funções", explicou Pantaleão.

Por telefone, ele acrescentou que a mudança faz parte de um processo natural de reestruturação da GM.
 

Operação apreende armas e droga em Presidente Figueiredo, no AM


Operação apreende armas e droga em Presidente Figueiredo, no AM


Fiscalização será realizada durante fim de semana para Festa do Cupuaçu.
Quatro adultos foram presos e um adolescente apreendido nesta quinta.

Do G1 AM

Cinco armas de fogo e dois coletes a prova de balas, sendo um da Marinha, foram apreendidos nesta quinta-feira (30), em Presidente Figueiredo, município localizado a 107km de Manaus. De acordo com a polícia, quatro adultos foram presos e um adolescente apreendido.
A operação foi realizada pelas polícias Civil e Militar, em parceria com a Guarda Municipal, e deve continuar durante todo o fim de semana durante a Festa do Cupuaçu, evento que acontece no município. Ainda segundo a polícia, a fiscalização já apreendeu também um quilo de cocaína pura.

Prefeitura e Guarda Civil Municipal fecham acordo em Itapeva, SP


Prefeitura e Guarda Civil Municipal fecham acordo em Itapeva, SP


Categoria aprovou propostas apresentadas pelo governo municipal.
Funcionários chegaram a anunciar greve na última sexta-feira (23).



Nesta quarta-feira (29), a comissão que representa a Guarda Civil Municipal de Itapeva (SP) se reuniu com representantes da prefeitura para comunicar a aprovação das propostas apresentadas pelo governo para a implantação do Plano de Carreira da categoria em 2014. Para entrar em vigor, o projeto irá à Câmara Municipal para ser votado e, caso seja aprovado sem alterações, será sancionado pelo prefeito.

Na última sexta-feira (23), os guardas se reuniram e chegaram a anunciar uma paralisação, mas o protesto foi suspenso após reunião com representantes da prefeitura e vereadores. Na reunião ficou acordado que a comissão formada pelos GCMs seria ouvida pelo governo municipal para análise dos reivindicações.
As negociações começaram em 8 de maio. Os agentes pediam alterações no estatuto da categoria, além da retirada de pontos que tratam da punição dos servidores como o que dá poder ao comando de aplicar suspensão de até três dias ao guarda caso ele cometa alguma infração. Os profissionais cobram que, antes da suspensão, seja aberto um processo administrativo para avaliar a conduta do GCM.
Na proposta elaborada pela assessoria jurídica do Executivo, o novo Estatuto entrará em vigor no ano que vem, quando a lei 3.459, que rege o atual Estatuto da Guarda Municipal, será revogada para garantir a segurança jurídica do que foi acordado. Segundo o secretário municipal de Defesa Social, Major Patriarca, a lei atual precisa ser revogada na íntegra para contemplar a nova modalidade do acordo.
Guardas Civis Municipais de Itapeva (SP) (Foto: Reprodução TV TEM)GCMs de Itapeva (SP) aceitam propostas e fecham acordo com a prefeitura. (Foto: Reprodução TV TEM)
tópicos:

Guarda Municipal apreende quase uma tonelada de maconha em Foz do Iguaçu


Guarda Municipal apreende quase uma tonelada de maconha em Foz do Iguaçu




Agentes da Guarda Municipal aprenderam quase uma tonelada de maconha nesta quarta-feira (29) em Foz do Iguaçu.
989 30-05
De acordo com as informações, a droga estava em um veículo abandonado na Avenida Juscelino Kubitschek, próximo ao Gresfi.
O utilitário foi encontrado por agentes do Foztrans, como explicou o diretor da Guarda Municipal, Cleumar Farias. O responsável pelo veículo e pela droga não foi localizado.
A caminhonete modelo Blazer, com placas de São Paulo, foi conduzida à delegacia da Polícia Civil, que ficará responsável pelas investigações.
Essa foi à maior apreensão de droga realizada pela Guarda Municipal em 2013.

Operação da Guarda Municipal ons terminais de ônibus apreende adolescentes


29/05/2013 -- 18h57
Guarda Municipal pode ter aposentadoria integral
Redação Bonde com assessoria de imprensa




 

Projeto de emenda à Lei Orgânica que tramita na Câmara de Curitiba pode garantir o pagamento de aposentadoria integral a funcionários de carreira da Guarda Municipal (001.00001.2013). Homens deverão comprovar contribuição por 30 anos (com pelo menos 20 anos de efetivo exercício do cargo) e mulheres por 20 anos (com pelo menos 15), para que façam jus ao provento. Antes de ser votada em plenário, a proposta vai passar pela análise das comissões. 

A proposição foi apresentada pelo vereador Felipe Braga Côrtes (PSDB). Para ele, "a Constituição Federal, em seu artigo 40 (incisos II e III) autoriza a aprovação via Lei Municipal com a adoção de requisitos e critérios diferenciados, aos servidores que exerçam atividades de risco ou cujas atividades sejam prejudiciais à saúde e à integridade física, o quê inclui as atividades desenvolvidas pelo guarda municipal".

O texto de justificativa do projeto citou uma decisão do Superior Tribunal Federal (STF) que ratificou os incisos II e III do artigo 40 (que foram inclusos pela Emenda Constitucional n° 47 de 2005). São dispositivos legais que asseguram os direitos dos trabalhadores que se expõem a condições específicas como insalubridade e risco de morte. "O entendimento do STF foi pela adoção de requisitos e critérios diferenciados para aposentadoria aos funcionários que estão sujeitos à circunstâncias especiais, conforme determinam os incisos do parágrafo 4º do artigo 40 da Constituição Federal", cita o documento.

O projeto de lei também foi assinado pelos vereadores Aladim Luciano (PV), Bruno Pessuti (PSC), Carla Pimentel (PSC), Chico do Uberaba (PMN), Geovane Fernandes (PTB), Jonny Stica (PT), Jorge Bernardi (PDT), Mauro Ignacio (PSB), Pier Petruzziello (PTB), Tiago Gevert (PSC), Tico Kuzma (PSB) e Tito Zeglin (PDT).

Guardas municipais prendem suspeito de assaltar chineses em Copacabana


Guardas municipais prendem suspeito de assaltar chineses em Copacabana


Do R7
Guardas municipais prenderam um homem que havia acabado de assaltar dois chineses no túnel Novo, que liga os bairros de Botafogo e Copacabana, ao lado do Shopping Rio Sul, na zona sul do Rio. A captura foi feita após a denúncia de testemunhas.
O roubo ocorreu na tarde de sábado (2). Com o suposto ladrão, os guardas encontraram uma faca que teria sido usada para o crime, além de um celular e uma mochila das vítimas.
Os dois chineses moram em Sorocaba, no Estado de São Paulo, e estavam no Rio de Janeiro em viagem de turismo. O caso foi registrado na Delegacia de Copacabana (12ª DP).
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!