Cadastre seu Email

domingo, 24 de julho de 2011

GM DO RIO Guarda Municipal cria sua tropa de homens de preto

Duzentos e dezesseis agentes estão em treinamento para atuar em confrontos, calamidades públicas e até em atentados As ruas do Rio vão ganhar um novo reforço de segurança até o final do ano: o Grupamento de Operações Especiais (GOE) da Guarda Municipal (GM). A tropa de elite foi criada este mês e é resultado da reformulação da instituição, que extingui duas unidades operacionais — os grupamentos de Ações Especiais (GAE) e Tático Móvel (GTM) — e enxugou o quadro de outras duas — o de Motociclistas e de Cães É dessa reestruturação que vem a maior parte do grupo em treinamento pesado para compor a equipe que vai atuar não somente em situações de confronto, mas de calamidades públicas. Por enquanto, 216 agentes municipais — sendo oito mulheres — estão em curso. Mas até a operacionalização do GOE, esse número deve ser reduzido no pente-fino para entrar na tropa de homens de preto da guarda. A primeira fase do treinamento é um teste de condicionamento físico. O candidato é submetido a uma série de exercícios, como com corridas, abdominais, flexões, rappel e defesa pessoal Na outra etapa, o guarda passa por uma avaliação psicológica, para saber como reagiria a situações de pressão extrema. “O GOE vai auxiliar a Defesa Civil no resgate de vítimas de enchentes, por exemplo. Então, é importante saber como o guarda vai se comportar num cenário de catástrofe como esse ”, disse o coordenador de operações da GM, tenente-coronel Hugo Freire de Vasconcelos Filho. O diferencial da equipe estará também no uniforme camuflado e na boina preta. Escudos, coletes, caneleiras e equipamentos não-letais, como a pistola Taser, que aplica choques e imobiliza, e spray de pimenta, estão entre os acessórios. Botes e motosserras também farão parte do material de trabalho. Primeiro grupamento a atuar 24 horas, com 70 agentes por turno O GOE vai ser o primeiro grupamento da Guarda Municipal a atuar 24 horas. Serão, em média, 70 agentes por turno, número que pode aumentar em situações de catástrofes. Como a turma que vai para a rua é resultado da fusão de outras unidades operacionais, em janeiro haverá um outro processo interno para a escolha de novos agentes. Essa ‘peneira’ promete ser mais rigorosa. Durante três meses, os candidatos ao GOE terão que suar a camisa no curso de Formação de Operações Especiais da GM. Neles, serão feitas atividades em parceria com homens do Bope e do Grupo de Intervenção Tática (GIT), que atua no sistema penitenciário. Gratificação e treinamento de ação antiterrorismo A Guarda Municipal estuda a possibilidade dos guardas do GOE receberem uma gratificação como acontece nas tropas de elite das polícias militar e civil. Enquanto a questão financeira não é resolvida, algumas atividades vão ser feitas em parceria com os policiais. O GOE participará, por exemplo, de ações de implantação de Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) e de controle de torcidas em dias de jogos. De olho na Copa de 2014 e nas Olimpíadas em 2016, cursos antiterrorismo estão no currículo do GOE. Os homens da Guarda vão aprender como reconhecer e isolar áreas com artefatos e explosivos

Arapongas ganha canil da PM e GM

O comandante geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Marcos Scheremeta, inaugurou ontem à tarde, sob forte chuva, o canil setorial da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Arapongas. O pelotão canino é a nova arma contra a criminalidade. São 10 cães das raças labrador, bloodhound, rottweiler e pastor belga malionois. Os cães utilizados pela PM e a GM já participam de operações farejando entorpecentes e explosivos. Os cães vão também atuar em operações regionalizadas, quando necessário na busca de drogas, criminosos, pessoas desaparecidas, desastres com vítimas, segurança e contenção de motim. “Um cão agiliza, dá força e protege a equipe em atividade. Aumenta as chances de resultados positivos de uma operação, com número menor de policiais envolvidos. Ele pode, por exemplo, localizar em questão de minutos drogas escondidas em uma casa, serviço que poderia ser de horas para homens”, diz o adestrador cabo Paulo José dos Santos.
Além de pequenos reparos, será feita também a blindagem dos locais Foto: Carlos Poly Começou hoje (19) em Araucária a reforma e blindagem dos módulos da Guarda Municipal. Inicialmente serão reformados os módulos da GMA localizados na praça central, praça do Tayrá, praça da Bíblia e do Tupy. A empresa que está trabalhando nas benfeitorias é a Somma Engenharia Ltda, que ganhou a licitação pelo orçamento de R$ 122.832,49. Além das pequenas reformas, será feita também a blindagem dos locais. Os módulos estavam em desuso desde 2006. O diretor da GMA, Márcio Cantelle, aproveita a oportunidade para pedir a colaboração da população. “Quem presenciar algum ato de vandalismo contra os módulos ou qualquer outro patrimônio público pode denunciar. O que é público, é de todos, precisamos cuidar”, diz. O secretário da Secretaria Municipal de Segurança Pública (SMSP), Luiz Fernando Chemim, ressalta que essa reforma dos módulos e a blindagem proporcionará mais segurança aos profissionais da corporação. “Além de serem locais a mais para as equipes trabalharem, a blindagem será importante para trazer mais segurança aos guardas, que muitas vezes enfrentam situações perigosas”, comenta. Chemim ainda conta que a Secretaria está verificando orçamentos e está analisando a possibilidade de reativação do Centro Integrado de Segurança (CIS), no bairro Industrial.

gm de paulinia investe em segurança

Os Guardas Municipais (GM’s) de Paulínia vão receber treinamento nesta semana, de 18 a 22 de julho, das 8 às 12 horas, no Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Guarda Municipal, no Centro Poli Esportivo “Etori de Blásio”, no bairro Monte Alegre. Os 160 guardas municipais vão participar de exercício onde estão terão a oportunidade de atualizar conhecimentos, aperfeiçoar técnicas por meio de aulas teóricas e práticas no uso de armas não letal, como as bombas de gás lacrimogêneo e uso de taser. Instruídos por especialistas em armamentos, os participantes serão familiarizados com o equipamento. Os treinamentos seguem uma lógica, a idéia é aumentar a força de persuasão sem aumentar a letalidade, com o uso de armas não-letais. Assim, grupos de GM’s vêm treinando esses equipamentos durante 4 horas diariamente, até chegar ao dominio completo das armas e da técnica. Uma das novidades é o uso do taser, um pequeno aparelho que tem a capacidade de produzir um eletrochoque capaz de paralisar qualquer pessoa adulta. O secretário de Segurança Pública, explica que o investimento em tecnologia é para garantir a segurança da população sem que haja violência demasiada. Essas armas não letais são importantes para imobilização de pessoas sem haver o contato físico e podem ser usadas para resolver conflitos, como os que acontecem, por exemplo, numa batida policial ou em uma briga generalizada. “Todo GM pode, a qualquer momento, se deparar com uma situação em que o uso do spray se faz mais eficiente do que as armas letais ou outro dispositivo de defesa/ataque. Estamos em fase de treinamento e os guardas já estão utilizando também bastões de choque no patrulhamento preventivo”, explica o secretário. “Esses treinamentos aos guardas municipais da nossa cidade vêm de encontro com os trabalhos que a administração Municipal tem oferecido aos servidores públicos. Vamos continuar até que todos os nossos servidores estejam treinados”, disse o prefeito de Paulínia.

cefea ministra curso

Curso de Pistola de Condutividade Elétrica TASER (foto), para as Regionais. Dias: 16,17 e 18 de agosto. Das: 8h às 18h Curso de Pistola de Condutividade Elétrica TASER (foto), para as Regionais. Dias: 23, 24 e 25 de agosto. Das: 8h às 18h Curso de Policiamento Comunitário Projeto Goiânia + Segura. Dias: 27, 28 e 29 de agosto. Das: 8h às 18h Fonte: CEFEA.
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!