Cadastre seu Email

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013


22/2/2013 às 21h27

População faz segurança

Consciência social: comerciantes custeiam base comunitária e junto a populares, promovem segurança pública que necessitam

DIÁRIO DA MANHÃ
Construída com apoio da comunidade local e dos comerciantes, a extensão da Base Comunitária da 1ª Regional na Vila Brasília, cuja sede fica no Setor Estrela do Sul, foi entregue ontem à população pelo prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), e o secretário de Defesa Social e Guarda Municipal, Sargento Cachoeira. Na sequência, foi inaugurada também a Base Comunitária da 3ª Regional, no Setor Expansul.
“Esses novos pontos de apoio são necessários, pois antes havia só o quartel da Guarda Municipal no Garavelo, o que dificultava o deslocamento das equipes. Com as bases, o cidadão poderá solicitar a qualquer momento o efetivo para atender ocorrências e sem demora”, salientou Maguito, que parabenizou os moradores pela iniciativa. “Pela lei, segurança é papel do Estado, mas é direito do cidadão. Unindo forças a sociedade só tem a ganhar. Parabenizo os moradores e comerciantes da Vila Brasília que se esforçaram para que esse projeto se concretizasse.”
Outra base comunitária será inaugurada no próximo dia 27, quarta-feira, no Setor Alto Paraíso. Com essas inaugurações o município passará a contar com quatro Bases Comunitárias e uma extensão: a 1ª Regional, no Setor Estrela do Sul, com extensão na Vila Brasília; a 2ª Regional, na Vila Brasília, próximo ao terminal de ônibus; a 3ª Regional, instalada no Expansul; e a 4ª Regional, que fica no Setor Alto Paraíso.
“Teremos quatro bases comunitárias nas principais regiões do município, que reforçarão a segurança da cidade, inclusive, oferecendo suporte às ações das polícias Civil e Militar”, informou o secretário, Sargento Cachoeira. Segundo ele, a extensão da 1ª Regional foi necessária em consequência da grande demanda da região. “Houve um grande número de ocorrências na 1ª Regional e sentimos necessidade de ampliar o atendimento na região, que reúne uma grande quantidade de residências, escolas e comércio bastante intenso”, explicou o secretário.
Representante da região, Francisco Pereira da Silva falou com orgulho da nova instalação. “Corremos atrás de patrocínio com comerciantes e até mesmo moradores para a construção desse ponto de apoio. Sabemos que nosso prefeito procura de todas as formas aumentar a segurança de nossa cidade, mas com o auxílio da população acredito que todos só têm a ganhar”, frisou.
Como nas duas outras bases já em funcionamento, nos bairros Estrela do Sul e Vila Brasília, as novas bases têm em suas instalações alojamento, recepção, sala de reuniões, cozinha e estacionamento. O contingente da extensão da Vila Brasília contará com 12 guardas municipais, além de policiais militares e civis que farão rondas 24h por dia em cerca de 16 prédios públicos, atendendo a 16 setores, sob a coordenação do guarda municipal Santana.
Já a base da 3ª Regional, no Setor Expansul, contará com 96 guardas municipais e policiamento suficiente para atender 77 bairros, além dos dois polos industriais, do Dimag, Daiag e Parque Industrial de Aparecida. O trabalho será comandado pelo guarda municipal Du’ Santos. A 3ª Regional também abrangerá o entorno do Complexo Prisional e a maior parte do perímetro urbano da BR-153, auxiliando o trabalho da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
O objetivo segundo a Guarda Municipal, é manter uma relação estreita com os diretores das escolas, os funcionários das UBS’s, com a comunidade local e demais corporações encarregadas da segurança pública. “A partir dessa comunicação constante, teremos uma rede eficiente de prevenção e combate à criminalidade no município, e de proteção ao nosso patrimônio público”, avaliou o secretário de Defesa Social e Guarda Municipal. Futuramente, as bases também receberão o sistema de videomonitoramento, que deve reforçar ainda mais a segurança pública.
 PRESENÇAS
Participaram da solenidade o comandante do 2° CRPM, coronel Silvio Benedito; o vice-prefeito de Aparecida de Goiânia, Ozair José (PT); secretários municipais; vereadores; comerciantes locais e moradores.
A presença de crianças também marcou as inaugurações. No Expansul, o aluno da rede municipal Pedro, que acompanhou a mãe e a avó ao evento ainda de uniforme, roubou a cena ao cantar entusiasmadamente os hinos Nacional e de Aparecida e foi convidado a participar do encerramento da placa do novo prédio público. Já na extensão da 1ª Regional, na Vila Brasília, crianças do Peti, que também participam da Guarda Mirim, participaram da formação da Guarda Civil Municipal com desenvoltura e disciplina.

Léo Moraes apresenta anteprojeto que cria a Guarda Municipal de Porto Velho

A matéria será encaminhada ao prefeito Mauro Nazif (PSB), tendo em vista que apenas o Poder Executivo

O vereador Léo Moraes (PTB) apresentou anteprojeto que cria a Guarda Municipal de Porto Velho. A matéria será encaminhada ao prefeito Mauro Nazif (PSB), tendo em vista que apenas o Poder Executivo pode instituir a corporação que tem entre os seus objetivos a garantia da segurança do patrimônio público e da comunidade.  
Lutar pela criação da Guarda Municipal foi uma das bandeiras de campanha do então candidato nas eleições de 2012 Léo Moraes, que ao justificar o seu pleito apresenta o aumento desordenado da capital rondoniense devido às obras das hidrelétricas de Santo Antônio e Jiral, ambas no Rio Madeira. 
“Sabemos que o crescimento vertiginoso da população em qualquer localidade, tende a aumentar o número de moradores  em áreas afastadas das regiões centralizadas, e com isso significativa parcela dos migrantes ocupa bairros com pouca o quase nenhuma infraestrutura”, saliento o petebista. 
Ele citou dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que em 2010 já apontavam uma estatística de 428.527 habitantes em Porto Velho. “Com os grandes empreendimentos em nosso município com certeza houve uma considerável  migração”, frisou o parlamentar para quem a Guarda Municipal se constituiu numa importante estratégia para a melhoria da qualidade de vida da coletividade. 
De acordo com a lei que cria a Guarda Municipal, a mesma é subordinada ao Gabinete do Prefeito. O Poder Executivo fica autorizado a celebrar convênios como o governo estadual e federal. Entre as suas áreas de atuação, destacam – se: segurança em logradouros públicos inclusive escolas e eventos; ações de combate a violência e  campanhas de trânsito.

João Albuquerque 

Guardas municipais encerram paralisação em Belo Horizonte

Pauta de reivindicações foi recebida pelo comando da corporação
Do R7 MG | 22/02/2013 às 17h10
Divulgação / PBH
guarda
Guardas querem reajuste de 28% sobre o salário base
Publicidade
Terminou, na tarde desta sexta-feira (22) a paralisação feita por parte dos agentes da Guarda Municipal de Belo Horizonte, na frente da sede do órgão, na região central da capital mineira.
Segundo o presidente do sindicato da corporação, Pedro Bueno da Silva, o movimento foi encerrado após o comandante da guarda concordar em receber uma pauta com as reivindicações dos manifestantes. No documento estão pontuadas questões como o reajuste de 28% sobre o salário base dos trabalhadores e o aumento do ticket-refeição de R$ 1,50 para R$ 6.
Conforme Silva, outra questão apresentada é a do porte de armas de fogo por parte dos guardas. Segundo ele, das capitais brasileiras, apenas a Guarda Municipal de Belo Horizonte não autoriza o uso deste tipo de armamento. Outro pedido foi para que os trabalhadores que participaram do protesto não sofressem nenhuma sanção disciplinar por causa do movimento.
A assessoria de imprensa da corporação confirmou o recebimento da pauta de exigências dos manifestantes, mas afirmou que não há previsão para que o comando analise os pedidos.
Os dois lados divergem com relação aos números de profissionais paralisados. Enquanto o sindicato afirma que foram 600 profissionais, a assessoria diz que a paralisação foi feita por apenas 50 guardas, e o trabalho da corporação do dia não foi afetado.



Preso chefe da Guarda Municipal
Por: RIVADÁVIA DIAS * - ESTAGIÁRIA
José Ivanes Bezerra da Silva, mais conhecido como “Ivonei”, chefe da Guarda Municipal de Viçosa, foi preso em flagrante, por porte de armas, na última quarta-feira (20), em Viçosa.

A prisão ocorreu após diversas denúncias anônimas de que Ivonei transitava armado e aterrorizava moradores da cidade.

Segundo o delegado Belmiro Cavalcante, que até quarta-feira era o responsável pela 9ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Viçosa, investigações começaram a ser realizadas e, por volta das 11h30, equipes de policiais civis da Diretoria de Polícia Judiciária da Área 3 (DPJA-3) prenderam Ivonei, na Praça Apolinário Rebelo, a principal do município.

O delegado Belmiro Cavalcante disse que José Ivanes foi flagrado com uma pistola 380 e 14 munições, enquanto transitava normalmente.

* Sob supervisão da editoria de Cidades.

O chefe da guarda municipal de Viçosa foi encaminhado para a 9ª DRP, onde ainda está recolhido.

Ontem, o delegado Antônio Nunes assumiu a delegacia de Viçosa. Ele informou que foi lavrado o auto de prisão em flagrante e que já foram feitos os devidos encaminhamentos para a Justiça.

“A conclusão do inquérito está sendo feita, temos o prazo de 10 dias para encaminhar o relatório final. A Justiça é quem vai decidir sobre a permanência ou não do chefe da guarda municipal na prisão”, disse o delegado Antônio Nunes.

HISTÓRICO

José Ivanes Bezerra da Silva tem antecedentes criminais. Segundo informações do delegado, enquanto Ivonei trabalhava como agente penitenciário, em Maceió, ele cometeu um homicídio, no ano de 2008, no Bairro do Benedito Bentes, na capital. Ainda de acordo com o delegado, o acusado foi condenado pelo crime de homicídio, passou um tempo preso, mas estava respondendo ao processo em liberdade. ‡

Guarda Municipal de Proteção Animal

Categorias: Animais
Tamanho do texto:  
No sábado, o prefeito Gustavo Fruet (PDT) lançou, no Passeio Público de Curitiba, a Guarda Municipal de Proteção Animal, estrutura que vai atuar na proteção de animais e no combate aos maus tratos. São agentes da Guarda Municipal treinados, e que vão trabalhar sempre que houver denúncias de agressão ou descaso com animais domésticos.
“Maltratar animais é crime e tem que ser denunciado. É necessário estimular a adoção de animais abandonados e a posse responsável aqui em Curitiba”, disse Fruet.
*Fruet está com tudo e não tá prosa junto aos defensores dos animais.
*Aqui em Maringá, se o Pupin lançar uma GM só para animais, uns e outros vão dizer que ele tá acertado com os cachorros e gatos da cidade. Aqui não é fácil, não.


24 de Fevereiro de 2013

Guarda é morto e ex-vereador é suspeito

Guarda é morto e ex-vereador é suspeito
 O ex-vereador José Correia de Araújo (Zé Correia), do município de Igaracy no Sertão da Paraíba, está sendo apontado como principal suspeito pelo assassinato do guarda municipal Francieldo Militão da Silva, 29 anos, morto a tiros na noite desta sexta-feira (22).

De acordo com testemunhas, a vítima estava com um amigo em um bar, localizado na Rua Padre Manoel Otaviano, quando foi surpreendida pelos disparos de arma de fogo. Os populares informaram ainda, que viram quando o suspeito - ‘Zé Correia’ - chegou nas proximidades do estabelecimento em uma motocicleta e atirou contra o guarda, fugindo em seguida.

Policiais militares estão em diligências em busca do suspeito. A motocicleta, provavelmente usada pelo ex-vereador para fugir do local do crime, foi encontrada em frente a sua residência.

O guarda municipal Francieldo Militão era casado e pai de dois filhos. Ainda não há informações sobre o que teria motivado o crime.

Correio

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

LEI QUE PODE BENEFICIAR A AGMGO


GABINETE DO PREFEITO
LEI Nº 9239, DE 07 DE FEVEREIRO DE 2013.


A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU
SANCIONO A SEGUINTE LEI:
Art. 1º
§ 1º
§ 2º
Art. 2º
Dispõe sobre o uso obrigatório de
sistema de segurança baseado em
monitoramento por meio de câmeras de
vídeo nas Escolas, CMEIS, Unidades de
Saúde, Secretarias e demais órgãos do
Município de Goiânia.
As escolas, CMEIS, unidades de saúde, Secretarias e
demais órgãos do Município de Goiânia, devem possuir sistemas de
segurança baseado em monitoramento por meio de câmaras de vídeo
nas áreas externas e interna de suas dependências.
O sistema de monitoramento de que trata o caput deste
artigo se destina exclusivamente à preservação da segurança, e à
prevenção de atos de violência e outros que ponham em risco aquela
segurança.
O sistema de monitoramento de que trata o caput deste
artigo deverá constar, pelo menos, da instalação de circuito interno de
TV, com possibilidade de gravação de imagens, e de câmeras instaladas
de modo a permitir o monitoramento das áreas externas dos
estabelecimentos e das áreas de circulação internas.
É obrigatória a afixação de aviso informando a
existência de monitoramento por meio de câmaras de vídeo no local.
É vedada a instalação de câmaras de vídeo em
banheiros, vestuários e outros locais de reserva de privacidade
individual, e outros ambientes de acesso e uso restrito.
As imagens produzidas e armazenadas pelo sistema de
que trata esta Lei são de responsabilidade do Município e não poderão
ser exibidas ou disponibilizadas a terceiros, exceto por meio de
requisição formal em casos de investigação policial ou para instrução de
processo administrativo ou judicial.
O Poder Executivo regulamentará esta Lei no prazo de
noventa dias, a contar da data de sua publicação.
Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

GABINETE DO PREFEITO DE GOIÂNIA, aos 07 dias
do mês de fevereiro de 2013.

Guarda Municipal de Búzios promoverá curso de capacitação para novos agentes

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail
Desde o mês de janeiro, a Guarda Municipal de Armação dos Búzios vem implementando mudanças para melhorar o trânsito e proporcionar mais segurança em pontos turísticos e ruas da cidade. Além de ter dobrado o efetivo, o setor investiu na reforma de viaturas e reestruturou a atuação dos guardas que, agora, trabalham em duplas e estão presentes em todo o município. Em breve, novidades como um curso de capacitação para os guardas municipais e campanhas de educação no trânsito também serão realizadas pela Prefeitura.
Contando, atualmente, com oito viaturas e quatro motos, a Guarda Municipal de Armação dos Búzios iniciou o ano com uma frota muito reduzida, mas que foi recuperada em tempo recorde: em um mês e meio, receberam manutenção e voltaram a circular três viaturas que estavam sucateadas e duas motos inutilizadas além de um microônibus para o transporte de fiscais de postura e guardas municipais para operações no município. Além disso, um apoio direcionado ao setor turístico, um dos principais propulsores da economia no município, passou a ser feito com um novo planejamento: para manter a segurança, uma viatura e duas motos realizam, diariamente, rondas nos principais pontos turísticos e o Pórtico passou a ter guardas municipais de plantão 24h que inibem a entrada de ônibus irregulares na cidade.
“Até o final do ano passado, a fiscalização no município era feita de forma muito  precária, ineficiente. Não havia guardas municipais nas praias e pontos estratégicos da cidade, com grande fluxo de pessoas. Assim que a nova gestão assumiu em janeiro, houve uma reformulação do sistema e locais como Travessa da Policlínica, Câmara Municipal, Praia da Ferradura e Praia de João Fernandes passaram a ter uma fiscalização constante. Com o dobro de agentes nas ruas e trabalhando em duplas, o trabalho da guarda municipal vem recebendo elogios da população e incentivo dos turistas”, afirmou Gilberto Martins, comandante da Guarda Municipal de Armação dos Búzios.
Com o setor sendo reformulado, a meta é a concretização de projetos como campanhas de educação no trânsito e a instalação de mais um estacionamento para motos no Centro da cidade. A sinalização viária também será refeita, com a pintura de faixas de pedestres e colocação de mais placas de sinalização. “Temos muitas ações em estudo para melhorar a vida da população, desobstruindo o trânsito e facilitando o deslocamento de pedestres. Em toda a cidade, as faixas de pedestres estão apagadas e faltam placas indicando locais de grande procura, principalmente por turistas. Estamos estudando também a regulamentação de carga e descarga de valores, os chamados carros-forte, junto ao Departamento de Transportes. Não há pontos específicos para este trabalho, o que compromete a segurança da própria população”, explicou Martins.  
Curso de capacitação - Atualmente, o efetivo conta com 242 guardas municipais e 28 guardas patrimoniais (antigos vigias), todos concursados. Em breve, os 52 novos agentes oriundos do último concurso receberão um curso de capacitação onde serão abordadas as partes teórica e prática sobre dinâmica do trânsito no município, conhecimentos de instalações dos patrimônios, dentre outros itens.
Com duração prevista de três meses, o curso preencherá uma lacuna deixada na ocasião das nomeações dos guardas. “Os novos concursados foram chamados em dezembro do ano passado mas não receberam qualquer tipo de qualificação. Para começarem a trabalhar, colocamos os agentes novos com experientes para aprenderem a função. Junto com este curso, também estamos estudando a oferta de uma capacitação em idiomas. Em nossa cidade, que é um dos principais destinos internacionais, ter guardas bilíngües é fundamental”, disse ele.


Segurança Pública conclui estudo para ampliar Guarda Municipal

Bruno Lima
O secretário municipal de Segurança Pública de Santos, Sérgio Del Bel, disse nesta quarta-feira que já tem em mãos um estudo completo para ampliar e reequipar toda a Guarda Municipal da Cidade. 

O anúncio foi feito durante a primeira reunião do ano entre a pasta e os membros dos Conselhos de Segurança (Conseg) do Município. O encontro aconteceu na sede da Associação Comercial de Santos, no Centro. 

De acordo com Del Bel, a reestruturação da corporação trata-se uma determinação do prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB). 
Créditos: Irandy Ribas
A presença de guardas municipais nas praias será prioridade do Governo, que anunciou a compra de bicicletas
“Todos os estudos solicitados já estão prontos e vamos apresentar em breve ao prefeito. Não temos prazo para colocar isso em prática, mas podemos adiantar que serão disponibilizadas novas viaturas, cerca de 150 homens a mais e uma nova frota de bicicletas”.

A fiscalização nas praias também será uma das prioridades da gestão do novo secretário de Segurança. Segundo ele, quadriciclos, jet-skis, um bote com motor a polpa, e segways – meio de transporte de duas rodas desenvolvido para circular em pequenos trechos – serão adquiridos e passarão a fazer parte dos equipamentos da Guarda.


Adolescentes tentam roubar casal com arma de brinquedo no Parque Municipal

Publicação: 19/02/2013 19:30 Atualização: 19/02/2013 19:46
A réplica da arma foi comprada por R$ 30 no Centro de BH (Guarda Municipal/Divulgação)
A réplica da arma foi comprada por R$ 30 no Centro de BH
Três adolescentes tentaram roubar um casal que passeava dentro do Parque Américo Renê Giannetti, o Parque Municipal, na tarde desta terça-feira, com uma réplica de espingarda calibre 12. Os meninos, de 11, 13 e 14 anos, acabaram detidos pala Guarda Municipal depois de serem flagrados pelas câmeras de segurança do local. 

De acordo com a Guarda Municipal, o trio abordou as vítimas próximo a Lagoa dos Barcos. Os suspeitos foram seguidos pelos guardas e acabaram detidos. O casal contou aos guardas, que os adolescentes chegaram pedindo dinheiro e perguntado sobre o tênis da mulher que seria de uma marca cara. “Segundo o casal, os meninos falaram que iam dar tiro na cabeça se eles não entregassem os pertences”, conta o guarda Ederson Bicalho.

As vítimas e os suspeitos foram encaminhados para o posto de apoio da Guarda Municipal, que fica dentro do parque. Lá, os menores, que disseram ser moradores do Bairro Padre Eustáquio, na Região Noroeste da capital, negaram o crime. Um dos meninos chegou a dizer que eles estavam apenas brincando, mas o casal discordou da versão. A réplica da arma foi comprada por R$ 30 no Centro de BH.
Anúncios Google

Soluções Versáteis para a Sua Força
Comprar Produtos TASER

GM DE GOIANIA SEM NADA


quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013


16/2/2013 às 08h36 (Atualizado em 16/2/2013 às 20h44)

Base da Guarda Municipal é atacada em São José (SC) e número de atentados no Estado chega a 105

Ao todo, 32 cidades já foram alvo de ataques em 17 dias durante onda de violência
Do R7
Cadu Rolim/FotoArena/Estadão ConteúdoSoldados da Força Nacional chegaram a Florianópolis na tarde desta sexta-feira
O número de atentados em Santa Catarina chega a 105, segundo balanço divulgado pela Polícia Militar do Estado neste sábado (16). Ao todo, 32 cidades já foram alvo de ataques em onda de violência que já dura 17 dias.
Às 22h50 desta sexta-feira (15), dois homens em uma moto azul dispararam cinco tiros contra uma base da Guarda Municipal de São José (SC) na avenida Beira Mar, no bairro Campinas. No momento do ataque, seis guardas estavam no interior da base e ninguém ficou ferido. Os criminosos não foram encontrados.
Chapecó
Por volta das 22h de sexta-feira, quatro jovens, possivelmente menores de idade, atearam fogo em um carro que estava estacionado na rua Independência, Jardim Itália, em Chapecó (SC). Após o atentado, os suspeitos fugiram em bicicletas e não foram localizados até o momento.
Itapoá
Um ônibus que estava estacionado na garagem da empresa foi incendiado na madrugada deste sábado (16), em Itapoá (SC). O atentado aconteceu às 4h50, na avenida 780, bairro Itapema do Norte.
Os criminosos lançaram um artefato que atingiu a parte traseira do veículo. O fogo foi controlado por policiais militares. Os autores do atentado estão foragidos.
Campos Novos
Um ônibus que era usado por trabalhadores rurais na região de Campos Novos (RS) foi incendiado por homens que passavam a pé pelo local. O ataque aconteceu às 4h deste sábado (16) na rua João Gonçalves de Araújo, no bairro Aparecida.
A Polícia Civil e uma perita do IGP estiveram no local, mas ainda sabem dizer quando foi o que foi utilizado para iniciar o fogo. Há a possibilidade de ter sido empregado gasolina.
As autoridades ligadas à área de segurança pública têm mantido sigilo sobre os detalhes das ações para dar fim à onda de atentados. Dezenas de ônibus e outros veículos já foram incendiados, bases da PM e delegacias foram atacadas e até casas de agentes de segurança do Estado também foram alvos dos bandidos.

O motivo dos atentados teria relação com maus-tratos a detentos, assim como aconteceu em novembro. Um vídeo gravado em um presídio de Joinville mostrou presos sendo torturados por agentes penitenciários. O policiamento foi reforçado em todas as regiões.
Assista ao vídeo:
  • Espalhe por aí:
  •      
  •    
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!