Cadastre seu Email

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Criminosos matam policial e atiram contra casa de outro soldado da PM

Ataques foram na madrugada deste domingo, na Zona Norte de Sorocaba.
Viatura da PM foi perfurada por tiros. Carro dos criminosos foi localizado.

Do G1 Sorocaba e Jundiaí
21 comentários
Sandro (Foto: Arquivo pessoal)Baleado, Sandro não resistiu aos ferimentos e morreu (Foto: Arquivo pessoal)
Um policial foi morto, na madrugada deste domingo (27), no Jardim Paulista, na Zona Norte de Sorocaba (SP). Segundo a Guarda Civil Municipal, os criminosos estavam em dois carros e efetuaram vários disparos contra os dois policiais militares, que faziam patrulhamento pela avenida Itavuvu.
Sandro Luís Gomes foi baleado, não resistiu aos ferimentos e morreu. O policial Antonio Correa Junior também foi atingido e encaminhado ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba, recebendo alta na manhã desta segunda-feira (28).
Um dos carros utilizados pelos criminosos foi encontrado, em outro trecho da avenida Itavuvu, com marcas de tiros. Foi registrado boletim de ocorrência por homicídio e a polícia ainda procura o autor dos disparos.
Carro (Foto: Reprodução/TV TEM)Carro utilizado pelos criminosos foi encontrado
com marcas de tiros (Foto: Reprodução/TV TEM)
Casa de PM 
Também na madrugada deste domingo, a casa de outro policial militar foi alvejada por vários tiros, desta vez na Vila Haro, Zona Leste de Sorocaba. Segundo a PM, dois carros encontrados com munições foram levados à delegacia para investigações.
PM lamenta
Em nota oficial, o capitão Vanclei Franci, chefe da Seção de Assuntos Civis e da Comunicação do 7º Batalhão da Polícia Militar, lamentou a morte do soldado Sandro Luiz Gomes.
De acordo com a nota oficial da PM, Sandro foi “vítima de um ato covarde e furtivo, perpetrado por criminosos, pessoas que não podem receber a qualificação de seres humanos no total significado da palavra”.
tópicos:

Feira de Santana tem luto de três dias por morte de guarda municipal

Crime aconteceu no Parque da Lagoa Erivaldo Cerqueira, onde ele atuava.
Amigos, família e colegas se despedem de vítima neste sábado (3).

Do G1 BA, com informações da TV Bahia
1 comentário
Amigos, familiares, policiais e colegas se despedem do ex-comandante da guarda municipal Marcos Vinícius Alves desde a manhã deste sábado (3). Ele foi mortono Parque da Lagoa Erivaldo Cerqueira, na Avenida José Falcão, na cidade de Feira de Santana, onde ele trabalhava há pouco mais de um ano. A prefeitura decretou luto de três dias e o parque onde aconteceu o crime está fechado.
"Nós pedimos por justiça. Isso não é coisa que se faça, não", disse o filho. "Foi uma morte muito súbita, a gente não esperava. Muito violenta. Agora é só chamar por Deus, pedir que ele venha consolar os nossos corações", lamenta a esposa, Marília Santos.
Dois homens chegaram em uma moto e atiraram contra o rosto e a cabeça do agente. "A gente não tem nem palavras, é uma perda. Não sabemos o que está acontecendo no mundo de hoje", afirma o amigo Agripino Oliveira Pinto.
O guarda atuava na função há quatro anos. Há pouco mais de um ano, ele era coordenador de segurança do Parque da Lagoa. O motivo e os autores ainda são desconhecidos

Eduardo Paes diz que Guarda Municipal não fará papel de PM durante a Copa do Mundo

Medida havia sido anunciada pelo governador Luiz Fernando Pezão. No entanto, prefeito afirmou ter ficado sabendo do caso pela imprensa.

Pedro Teixeira/ Agência O Globo
O prefeito Eduardo Paes durante entrega das obras do programa Bairro Maravilha, na Zona Oeste
O prefeito Eduardo Paes durante entrega das obras do programa Bairro Maravilha, na Zona Oeste
O prefeito Eduardo Paes negou, neste sábado, que a Guarda Municipal irá trabalhar no policiamento ostensivo no Centro da cidade junto à Polícia Militar durante a Copa do Mundo. O trabalho em parceria havia sido anunciado pelo governador Luiz Fernando Pezão. O prefeito disse, durante entrega das obras do programa Bairro Maravilha, na Comunidade Mucuripe, em Senador Camará, Zona Oeste, que ficou sabendo sobre a medida neste sábado pela imprensa.
— Estou sempre disposto a colaborar com o governo do estado na Segurança Pública. Mas, trabalho de polícia é de polícia e de guarda é de guarda. A Guarda Municipal tem as suas limitações e não substitui a polícia de forma alguma. Preciso ainda entender essa proposta do governador — disse Paes.
Um pacote de medidas para aumentar o policiamento nas ruas, em resposta ao aumento dos índices de violência do estado, como homicídios e roubos, foi anunciado nesta sexta-feira pelo governador e o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame. Na ocasião, o secretário, revelou que, a partir da próxima segunda-feira, dois mil PMs de folga irão reforçar o patrulhamento. A medida, que passaria a valer durante o período da Copa, foi antecipada. Já Pezão revelou que, também a partir da próxima semana, começaria a parceria com a prefeitura.
Fonte: O Globo
Uso de arma pela Guarda Municipal será debatido em audiência pública


A proposta de armar a Guarda Municipal de Uberaba será discutida em audiência pública, conforme deliberaram ontem o prefeito Paulo Piau (PMDB) e seu vice-líder na Câmara, Kaká Se Liga (PSL), como conta o vereador. A realização do debate será solicitada na próxima segunda-feira, dia 12, quando o Legislativo dá início às plenárias do mês de maio, no entanto, não há previsão de data para acontecer.

“Vai depender da agenda da Câmara”, pondera Kaká, que não esconde a pressa em discutir o tema proposto por ele em fevereiro, após uma visita à Guarda Municipal de Sertãzinho (SP), que é considerada modelo no país e desde 1963 é armada. O vice-líder governista quer levar para o debate as forças de segurança da cidade, as entidades de classe e os clubes de serviço, além das lideranças políticas.

Segundo ele, caso sua proposta seja acolhida, o processo de armamento é longo, demanda algo em torno de dois anos, já que os guardas terão, por exemplo, que passar por um curso de capacitação técnica e psicológica com 370 horas de duração. Além disso, a Guarda precisará contar com sede própria, ser reestruturada, completa Kaká, citando que o investimento como um todo dever girar em R$2,5 milhões.

O vice-líder governista também informa que será realizado concurso público este ano para ampliar o efetivo da GM, dos atuais 110 profissionais para 220. “Entramos nessa luta e vamos até o fim”, disse Kaká, para quem o fato de a Câmara dos Deputados ter aprovado projeto de lei que regulamenta a profissão de guarda municipal e autoriza o porte de arma à categoria contribui para o debate em Uberaba – a proposição ainda depende de votação no Senado.

Ao Jornal da Manhã o prefeito já disse que não é adepto da proposta do uso de arma de fogo pelos guardas municipais. “A GM tem uma finalidade específica que é a proteção ao patrimônio público, não o confronto com a criminalidade. O combate ao crime é o dever da Polícia Militar”, argumentou à ocasião, embora tenha deixado a discussão em aberto. O JM procurou novamente o chefe do Executivo, ontem, para que ele se manifestasse sobre a realização da audiência pública, mas não obteve retorno.


OUTRAS NOTÍCIAS


• Produtores criticam Ministério Público em audiência da Assembleia (09/05)
• Após reunião, ex-diretor da ABCZ diz que setor irá seguir com Aécio (09/05)
• Eduardo Campos ouve ruralistas para ‘construir’ plano de governo (09/05)
• Promotor aguarda relatório final de sindicância (09/05)
• Tomada de contas vai quantificar prejuízos (09/05)
• Ex-presidente do PMDB se filia ao PSB (09/05)
• Dilma diz que vaias recebidas não a impedem de continuar trabalhando (08/05)
• Codiub sem previsão de licitação do ponto eletrônico (08/05)
• Colégio eleitoral chega aos 216,6 mil cadastrados (08/05)
• PT local reúne partidos para fortalecer a reeleição (08/05)
• Assembleia faz audiência pública sobre Código Florestal e segurança (08/05)
• Pré-candidato do PSB à Presidência cumpre agenda com pecuaristas (08/05)
• Mais de 12% dos eleitores estão filiados a um partido político (08/05)
• Projetos de terminais no Morumbi e Costa Telles já estão em licitação (07/05)
• Licitações e obras do Água Viva podem atrasar operação do BRT (07/05)
• Proposta para facilitar a votação do Plano Diretor submetida à Procuradoria (07/05)
• Denise defende a criação no município da coordenadoria de cidadania LGBT (07/05)
• Construção do Restaurante Popular depende de aval da CEF (07/05)
• Uso de arma pela Guarda Municipal será debatido em audiência pública (07/05)
• Secretária quer ministro em inauguração de Cemeis (06/05)

Guardas pedem reajuste de 30% e prometem parar

VÂNYA SANTOS E VINÍCIUS SQUINELO 06/05/2014 09h30
 
foto
Foto: Bruno Henrique / Correio do Estado
Categoria afirma ainda não reconhecer a autoridade do coronel Jonys Cabreira Lopes
Os guardas municipais da Capital prometem parar suas atividades. Eles pedem reajuste salarial de 30% e dizem que não reconhecem o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Campo Grande (Sisem) como representante da categoria, uma vez que estão em processo de criação de um sindicato da classe. O salário base dos profissionais atualmente é de R$ 843.
Conforme Alberto da Costa, representante do Sindgm/CG, sindicato em processo de criação, a categoria também afirma não reconhecer a autoridade do coronel Jonys Cabreira Lopes, atual comandante da Guarda Municipal.
Já o prefeito Gilmar Olarte (PP) afirma não reconhecer o sindicato dos guardas municipais, já que não tem carta sindical.
A assembleia geral dos guardas está marcada para as 15h da próxima quinta-feira (8), na Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems).
Matéria editada às 10h20min para acréscimo de informações.

Guarda Municipal de Cabo Frio, RJ, entra em greve pela 2ª vez em 5 dias


Motivo é o não cumprimento do acordo prometido pela prefeitura da cidade.
Assembleia realizada nesta segunda (5) terminou com guardas indignados. 

Do G1 Região dos Lagos
1 comentário
  •  
Eles decidiram manter a paralisação (Foto: Blog Repórter Eduander Silva)Guardas decidiram entrar em freve mais uma vez
nesta segunda-feira (5) (Foto: Eduander Silva/Arquivo)
Os servidores da Guarda Municipal deCabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, decidiram entrar em greve mais uma vez, na tarde desta segunda-feira (5). Segundo o representante do Sindicato dos Servidores da cidade, Olnei Vianna, o motivo da paralisação é o não cumprimento do acordo referente às horas extras que a prefeitura prometeu pagar para os funcionários. 
Uma assembleia foi realizada nesta segunda-feira (5) para discutir os acordos. Representantes da prefeitura e servidores se reuniram na sede da Guarda Municipal, mas os funcionários não aceitaram as propostas oferecidas.
Na reunião, a prefeitura propôs pagar R$ 700 por mês a cada guarda, até que o total de horas extras fosse totalmente pago. A proposta não foi aceita.
O corte das horas extras no funcionalismo municipal está provocando indignação nos servidores desde a última quinta-feira (1º), quando os guardas interromperam as atividades e fizeram um protesto na noite anterior (30), depois que os salários entraram na conta sem o pagamento das horas extras trabalhadas no mês de abril.
"Alguns se sacrificam quando outros não trabalham", diz prefeito
No comunicado emitido nesta quarta, o prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa, confirmou o corte no pagamento de horas extras dos funcionários da prefeitura. Veja o comunicado na íntegra:
"Como divulgamos amplamente nos últimos dias que cortaríamos as horas extras e dobras dos funcionários, comunicamos então que estaremos, a partir de hoje (30/04), pagando ao funcionalismo o salário do mês de abril sem esses acréscimos.
A medida ora tomada se deve ao fato do crescimento do valor da folha de pagamento do funcionalismo municipal, tornando difícil para a administração fazer este pagamento. Além disso, o RH apresentou um levantamento com mais de 2 mil funcionários recebendo tais acréscimos, sendo que a grande maioria faz essas horas extras ou dobram seus salários sem qualquer necessidade para o município, já que temos mais de 14 mil funcionários que podem perfeitamente preencher esse espaço, tornando assim desnecessário que os funcionários trabalhem acima do horário contratual, se sacrificando, quando outros servidores não trabalham.
Como todos os chefes de setores, mesmo dos menores, autorizavam essas horas e dobras, resolvemos de uma vez por todas proibir esta prática. Para se praticar a Justiça com os servidores que realmente trabalham fora do período previsto por contrato, por absoluta necessidade da própria administração municipal, criamos uma comissão que já a partir de amanhã, analisará cada caso. Somente esta comissão – e mais ninguém – poderá autorizar horas extras ou dobras".
tópicos:

Copa do Mundo: Paes nega medida de segurança anunciada por Pezão

Jornal do Brasil
O prefeito Eduardo Paes negou a medida anunciada pelo governador Luiz Fernando Pezão para o policiamento ostensivo no centro do Rio durante a Copa do Mundo. O governador disse que a Guarda Municipal trabalharia junto à Polícia Militar durante o Mundial. Contudo, Paes declarou desconhecer a ideia e disse ter sido informado pela imprensa.
Durante a entrega de obras do Bairro Maravilho, na Comunidade Mucuripe, na Zona Oeste da cidade, Paes declarou: “Estou sempre disposto a colaborar com o governo do estado na Segurança Pública. Mas, trabalho de polícia é de polícia e de guarda é de guarda. A Guarda Municipal tem as suas limitações e não substitui a polícia de forma alguma. Preciso ainda entender essa proposta do governador”.
Pensando na segurança pública no período da Copa do Mundo, um pacote de medidas foi anunciado na última sexta-feira pelo governador e pelo secretário de Segurança, José Mariano Beltrame. O objetivo é responder ostensivamente ao aumento dos índices de violência registrados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP). A partir de amanhã, segundo Beltrame, dois mil PMs de folga irão reforçar o policiamento e a medida se estenderá durante a Copa.

Menor é apreendida e jovem é preso durante protesto contra a Copa no PR


Protesto reuniu cerca de 100 pessoas na Boca Maldita, em Curitiba. 
Dupla danificou uma porta da prefeitura ao jogar um vaso sanitário.

Adriana JustiDo G1 PR
33 comentários
Houve tumulto em frente à Prefeitura de Curitiba (Foto: Reprodução / RPC TV)Houve tumulto em frente à Prefeitura de Curitiba
(Foto: Reprodução / RPCTV)
Uma adolescente de 17 anos foi apreendida e um rapaz de 21 foi preso por volta das 19h30 de sábado (3) durante um protesto contra a Copa do Mundo, em Curitiba. De acordo com o inspetor Cláudio Frederico, da Guarda Municipal, o protesto começou por volta das 17h e reuniu cerca de 100 manifestantes. A concentração ocorreu na Boca Maldita, no Centro da capital. "A dupla foi detida logo após lançar um vaso sanitário contra uma das portas de vidro da prefeitura", explicou Frederico.
Segundo ele, a menor foi levada para a delegacia do adolescente pelo ato infracional de dano qualificado e o jovem para o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul). O preso vai responder pelo crime de dano qualificado.
Ainda conforme o inspetor da Guarda, outros manifestantes também prejudicaram o trânsito ao atearam fogo em sacos de lixo no meio de algumas ruas. Grande parte dos protestantes estava com óculos escuros e máscaras, conforme Frederico.
"Toda manifestação pacífica e ordeira é respeitada pela Guarda Municipal, até porque é um direito de qualquer cidadão. O que nós não permitimos, e está bem claro, é esse tipo de situação de vandalismo contra o patrimônio público", acrescentou o inspetor.

Outros três torcedores ficaram feridos. Um jovem de 21 anos segue internado no Hospital Getúlio Vargas (HGV), no Recife. O estado de saúde é considerado estável, e ele vai passar por cirurgia na perna, pois fraturou a tíbia. A segunda vítima já recebeu alta e está em casa. Não há informações sobre o estado de saúde do terceiro ferido.
Torcedor morre atingido por vaso sanitário

Na sexta-feira (2)  o torcedor Paulo Ricardo Silva morreu após ser atingido por um vaso sanitário arremessado do Estádio do Arruda, na Zona Norte do Recife, na saída do jogo entre Paraná e Santa Cruz. Segundo a polícia, o objeto foi retirado dos banheiros por vândalos e depois arremessado de uma altura de 24 metros, de acordo com o Instituto de Criminalística (IC).
tópicos:
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!