Cadastre seu Email

sábado, 28 de maio de 2016

28/05/2016 17h47 - Atualizado em 28/05/2016 17h47

Adolescente envenena pai após ser proibida de ir a uma festa, diz GCM

Homem de 37 anos está internado na UTI em estado grave, em Goiânia.
Menina de 15 anos colocou veneno para matar rato na sopa da vítima.

Murillo VelascoDo G1 GO
Caso foi registrado na Central de Flagrantes da Polícia Civil em Goiânia (Foto: Rodrigo Mansil/TV Anhanguera)Caso foi registrado na Central de Flagrantes da Polícia Civil  (Foto: Rodrigo Mansil/TV Anhanguera)
Uma adolescente de 15 anos foi apreendida neste sábado (28) suspeita de envenenar o pai, um vigilante de 37 anos, após ser proibida de ir a uma festa em Goiânia. De acordo com a Guarda Civil Metropolitana (GCM), a menina colocou chumbinho, um veneno usado para matar ratos, na sopa do homem. Após ingerir o alimento, ele passou mal e foi levado para um posto de saúde. Depois de constatado o envenenamento, ele foi transferido em estado grave para o Hospital Santa Bárbara.
O guarda civil metropolitano Ernani Benício de Carvalho disse ao G1 que uma médica do Centro de Atendimento Integral à Saúde (Cais) do Bairro Goiá chamou a Guarda Civil depois que suspeitou que pudesse ser um crime. A esposa, a filha e uma testemunha foram levados à Central de Flagrantes da Polícia Civil onde a adolescente confessou o crime e foi encaminhada à Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai).

O homem passou mal no início desta manhã após chegar de um plantão da empresa da qual é vigilante. De acordo com a Guarda Civil Metropolitana, a menina premeditou o crime comprando o veneno, colocando na sopa do pai e o convidando para comer assim que ele chegou do trabalho. Segundo Carvalho, a adolescente deu detalhes à polícia sobre as motivações e como ela executou o crime.
“Assim que ela [médica] constatou que o homem tinha sido envenenado, nossa equipe foi acionada. Chegando lá, conversamos com a família e uma testemunha e os convencemos a ir até a Central de Flagrantes para que fosse registrada a ocorrência. Chegando lá a menina confessou que colocou veneno na comida do pai porque ele não deixou ela ir em uma festa”, disse.
“Ela disse ao delegado que queria matá-lo porque ele estava podando a liberdade dela, levando e buscando ela na escola, não estava a deixando ir às festas dos amigos. A partir disto ela planejou o envenenamento, comprou o chumbinho e, assim que o pai entrou em casa, o chamou para comer o alimento que já havia sido envenenado por ela”, contou o guarda civil.
De acordo com informações da Polícia Civil, a adolescente deve permanecer apreendida até que o Ministério Público e Juizado da Infância e Juventude tomem as providências legais.
tópicos:

guarda civil

Guarda civil prende menor que envenenou o pai que e vigilante.
Alega a menor que o pai ia busca la no colegio e nao ha deixa ir para festas.
Filha isso
Pra mim uma aberracao que nem teveria ter vindo ao mundo.
Parabens a guarda civil metropolitana de Goiania.
Lema servi.
Homem de 37 anos está internado na UTI em estado grave, em Goiânia. Menina de 15 anos colocou veneno para matar rato na sopa da vítima.
G1.GLOBO.COM

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!