Cadastre seu Email

terça-feira, 2 de março de 2010

PE-Inspetor da Guarda Municipal assassinado em tentativa de assalto vai ser enterrado no Cabo

O inspetor da Guarda Municipal de Jaboatão dos Guararapes assassinado em uma tentativa de assalto nessa segunda-feira (1°), em Boa Viagem, será enterrado às 16h desta terça-feira (2), no Cemitério do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. O corpo de Jurandir Severino da Silva, 50 anos, vai ser velado na casa em que ele morava, na Rua Maria Mendes Lucena, n° 25, Bairro de São Francisco, no mesmo município.

O prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, decretou luto oficial de três dias na cidade, e mandou hastear a bandeira do município a meio mastro nas repartições públicas. Jurandir Severino fazia parte da Guarda Municipal há 24 anos.

Na hora do crime, os guardas levavam R$ 125 mil em vale-transporte para a secretaria de Educação, em Piedade. Os bandidos não conseguiram levar nada da viatura da guarda.

Polícia persegue assassinos do inspetor morto em Boa Viagem

Agentes da Força-Tarefa de Homicídios e da Delegacia de Boa Viagem realizaram, na madrugada desta terça-feira (2), incursões por comunidades da Zona Sul do Recife, na tentativa de localizar os responsáveis pelo assassinato do inspetor da guarda municipal de Jaboatão dos Guararapes, Jurandir Severino da Silva, morto após tentativa de assalto na Avenida Domingos Ferreira, na tarde desta segunda-feira (1º).
Por volta das 2h30, os policiais seguiam no encalço dos bandidos, mas ainda não haviam localizado os suspeitos. A polícia, contudo, já possui algumas pistas e conseguiu apreender a arma e a moto utilizada pelos criminosos. "Não podemos entrar em detalhes, mas seguimos atrás dos responsáveis e devemos ter alguma resposta em breve", apressou-se um policial da Força-Tarefa, sem se identificar.
O crime aconteceu nas imediações do Clinical Center, em Boa Viagem. Segundo testemunhas, o inspetor estava no carro da corporação, acompanhado do motorista e outros dois guardas municipais. Ao parar no sinal, o grupo foi abordado por dois homens em uma moto que disparam contra a vítima. Os guardas revidaram. Houve troca de tiros, mas os bandidos conseguiram fugir para uma favela nas proximidades.

RS-Guarda Municipal será reforçada em junho

Embora não seja uma solução capaz de deter a ação de gangues, a Guarda Municipal deverá aumentar seu efetivo em 50% em junho. Cem novos agentes serão selecionados para entrar em ação provavelmente em junho, somando-se aos cerca de 200 guardas em atividade. Esses guardas são responsáveis por preservar o patrimônio municipal, mas também têm se somado aos policiais militares na tarefa de prender criminosos quando há flagrante em locais como a Redenção. A Brigada Militar não tem planos de aumentar o policiamento em lugares como a Redenção e o Parcão – espaços que, como o Parque Maurício Sirotsky Sobrinho, estão na jurisdição do 9º BPM. O comandante do batalhão, tenente-coronel Alfeu Freitas Moreira, informa que o policiamento ostensivo desses locais envolve agentes uniformizados e à paisana. Moreira diz que as inúmeras gangues de Porto Alegre procuram atuar em áreas com mais concentração de pessoas pela facilidade para fugir. O comandante do 9º BPM recomenda que a população não deixe de circular pelos parques: – Pedimos que as pessoas observem movimentos suspeitos. Normalmente, os membros das gangues andam com o mesmo chapéu, a mesma camisa ou o mesmo tênis. Quem notar algo assim deve informar ao 190.

MG-Prefeitura de Belo Horizonte reabre concurso com 600 vagas para guarda municipal

A Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, em Minas Gerais, reabriu o concurso que oferece 600 vagas para o cargo de guarda municipal. Dessas, 570 chances são para candidatos do sexo masculino e 30 para o sexo feminino. A remuneração varia de R$ 512 a R$ 1.152, de acordo com a carga horária. O certame havia sido suspenso por recomendação do Tribunal de Contas de Minas Gerais. A seleção está sob a responsabilidade da Fundação Guimarães Rosa (FGR). Para inscrever-se, o candidato deverá acessarsite da organizadora, entre 2 e 31 de março. O valor da taxa é de R$ 45. O processo seletivo será desenvolvido nas seguintes etapas: prova objetiva, de títulos, de capacidade física, exame psicológico, sindicância social e exames médicos. As provas objetivas acontecerão no dia 16 de maio. Haverá ainda curso de formação para os aprovados. Clique aqui para conferir o novo edital de abertura.

PE-Escolas municipais podem ganhar sistema de videomonitoramento

A violência escolar voltou a ser discutida entre o secretário municipal de Educação, Thomaz Beltrão, e integrantes do Conselho Escolar da Escola Municipal Eulina Alencar. Reunidos na Secretaria Municipal de Educação (Semed), professores e estudantes solicitaram a presença de um guarda municipal no período noturno. O encontro ocorreu depois que a comunidade escolar articulou uma mobilização no bairro do Jacintinho. Durante o movimento, eles lembraram que a unidade escolar foi invadida, por cinco vezes, somente este ano. Por conta disso, grades, janelas e ventiladores foram danificados ou furtados. Esta situação também está sendo analisada pela Semed para recuperar o prédio. A secretaria também estuda a execução de um plano de segurança para outras unidades da rede municipal. O órgão já elaborou um termo de cooperação para ceder dois veículos à Secretaria Municipal de Direitos Humanos, Segurança Comunitária e Cidadania (Semdisc), para que sejam utilizados por guardas municipais durante rondas nas áreas mais vulneráveis à ação de vândalos. Para atender a reivindicação do Conselho Escolar, a Semed tentará o deslocamento de um guarda municipal para a Escola Eulina Alencar. A medida, em caráter emergencial, é para coibir novas invasões do prédio. A solução para o problema desta e das demais unidades escolares virá com a implantação do videomonitoramento. Os custos e detalhes do processo estão sendo elaborados em conjunto com a Semdisc. Pela proposta, a patrulha escolar seria acionada sempre que fosse detectada alguma

PR-Com guardas em greve, Zoológico de Curitiba é assaltado

Prejuízos podem chegar a R$ 100 mil, segundo administração. Na expectativa de uma nova rodada de negociações, grevistas continuam manifestações

A greve dos guardas municipais– iniciada no dia 22 de fevereiro – começa a provocar reflexos diretos na segurança da população. Na noite de domingo (28), bandidos assaltaram a sede administrativa do Zoológico de Curitiba. O furto só foi percebido na manhã desta segunda-feira (1º), quando os funcionários chegaram para trabalhar. A segurança do local é feita por guardas municipais, que não se apresentaram para o turno da noite de domingo, supostamente em função da greve da categoria.

De acordo com a administração do Zoológico, os assaltantes entraram arrebentando os cadeados do portão. Foram levados eletrodomésticos, como geladeira e freezer (repletos de carne para alimentar os animais) e um forno microondas, além de computadores, bombas de limpeza, material de escritório, equipamentos de oficina e todo o estoque de rações. O prejuízo está estimado entre R$ 80 mil e R$ 100 mil. “A gente leva anos para equipar o Zoológico e agora, quando estava tudo certinho, vêm e levam tudo”, desabafou o diretor departamento, Marcos Praadi.

Apesar do furto, o Zoológico opera normalmente nesta segunda-feira. Ele informou que foi solicitada à Prefeitura a aquisição em caráter emergencial de rações e carne para alimentar os animais. A segurança do local deve continuar a ser feita pela Guarda Municipal. “É preciso avaliar de quem é a responsabilidade do caso. É uma pena que um movimento de greve cause tanto transtorno”, disse.

Manifestações

Mesmo com o assalto ao Zoológico, a greve dos guardas municipais chegou ao seu oitavo dia, nesta segunda. Pela manhã, os grevistas promoveram uma manifestação em frente à Câmara Municipal, na tentativa de conseguir que os vereadores intermediassem uma nova rodada de negociações com o prefeito Beto Richa. “Nós exigimos a manifestação dos vereadores da bancada de situação, que participaram da nossa última reunião com o prefeito, quando foi nos apresentada uma nova proposta”, disse a secretária de assuntos jurídicos do Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba (Sismuc), Irene Rodrigues. Para o período da tarde, estão previstas passeatas e manifestações em frente à Prefeitura.

Na sexta-feira, a Prefeitura informou que está realizando um levantamento para denunciar à Justiça que os guardas municipais não estão cumprindo a determinação judicial, que aponta que 70% do efetivo devem continuar garantindo a prestação de serviços à população. De acordo com a Prefeitura, o índice de guardas que ocuparam seus postos de trabalho na semana passada foi de 50%.

A Prefeitura também iniciou um processo de sindicância, para apurar eventuais abusos cometidos pelos servidores em greve. Para o Sismuc, no entanto, os guardas municipais não podem ser responsabilizados diretamente pela greve, já que o sindicato é quem responde pela mobilização. “Essa situação de instabilidade é culpa da Prefeitura, que não quer o fim da greve. É preciso que se veja que a vida do cidadão está em risco e a Prefeitura tem que estar sensível a isso”, disse Irene.

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!