Cadastre seu Email

sábado, 10 de agosto de 2013

Agente penitenciário é assassinado a tiros em Praia Grande, SP

sábado, 10 de agosto de 20131comentários

Crime aconteceu na madrugada deste sábado (10).
Ninguém foi preso até o momento.


Um agente penitenciário, de 27 anos, foi morto na madrugada deste sábado (10) em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Nenhum suspeito foi preso até o momento. A polícia busca imagens de câmeras de monitoramento para auxiliar nas investigações.

Segundo informações da polícia, Tiago Nunes Santos Silva estava voltando do trabalho de moto, por volta da 0h30, quando foi abordado por um veículo. O motorista chocou o carro contra a moto da vítima e disparou 12 tiros, sendo que quatro atingiram o agente.

O crime aconteceu na esquina das ruas João de Paula Philbert com rua João Balbino Correa, no bairro Tupiry, próximo à casa da vítima. Segundo a polícia, o agente penitenciário do Centro de Detenção Provisória de Praia Grande já recebia ameaças. Por isso, estava sempre com colete a prova de balas, porém, os tiros acertaram locais que o colete não protege.

A investigação do caso será conduzida pela delegacia sede de Praia Grande. A polícia busca imagens de câmeras de monitoramento para auxiliar nas investigações.

Site de notícias/mídia · 2.879 curtiram
A FORÇA AZUL MARINHO ESTÁ DE LUTO:

Subcomandante da Guarda Civil de Mairinque e esposa são executados em SP

Laercio de Souza Lanes, subcomandante da Guarda Civil de Mairinque e sua esposa, Lindalva Prado Lanes, foram executados a tiros na noite desta sexta-feira (9). Um dos filhos do casal, de 10 anos, também foi baleado e socorrido em estado grave. Os três foram surpreendidos na casa da família, na rua Maria dos Santos Bernardo, Jardim Vitória. De acordo com as primeiras informações, Laercio foi atingido por um tiro na nuca, Lindalva nas costas e o garoto na cabeça. O menino foi internado no Hospital Regional de Sorocaba.

Os dois carros da família que estavam na casa foram levados. Um Ford Fiesta que seria de Lindalva, utilizado pelos criminosos para a fuga, capotou nas proximidades da residência. O de Laercio, um Pálio, foi incendiado em um bairro próximo. Não há informações sobre presos.

Por cruzeirodosul

VER MAIS PELA FOLHA DE SP:

O subcomandante da Guarda Civil, Laércio de Souza Lanes (42), e sua esposa, Lindalva Lanes, foram mortos a tiros na noite desta sexta-feira (9) dentro de casa no bairro Jardim Vitória, em Mairinque, município a 71 km de São Paulo. O filho do casal, de 9 anos, também foi atingido e está internado em estado grave no Hospital Regional de Sorocaba.

A casa do oficial foi invadida por volta das 20h. Os suspeitos renderam, mataram as vítimas e levaram os dois carros do casal. Segundo a Polícia Militar, o subcomandante levou um tiro no rosto e a esposa foi baleada no queixo. A criança teria sido atingida na cabeça.

De acordo com a Guarda Civil, os suspeitos fugiram com armamentos do subcomandante. Um dos veículos foi encontrado queimado duas horas após o crime, no município. Não há informações sobre os autores dos disparos
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!