Cadastre seu Email

sábado, 27 de outubro de 2012

Câmara de Taboão confirma aposentadoria especial para GCMs

Atualizado em: 17/10/2012 | Edimon Teixeira
camara_gcm1 Edimon TeixeiraVeradores votam e decidem, por unanimidade, aposentadoria especial para integrantes da corporação 
Por unanimidade, os vereadores de Taboão da Serra votaram a favor da aposentadoria especial para os agentes da Guarda Civil, na 30ª Sessão do ano da Câmara Municipal, realizada na noite desta terça-feira, 16. “Este dia entra para a história, como a data em que a acidade reconheceu e retribuiu a qualidade dos trabalhos prestados pela GCM”, discursou o vereador Paulo Félix, antes da votação do Projeto.

Nesta terça, 12 dos 13 edis estiveram presentes- Walter Paulo de Oliveira não compareceu por motivos de saúde- quando fizeram a segunda apreciação da proposta de emenda. A primeira ocorrera na sessão anterior-relembre aqui-, quando também todos os vereadores presentes votaram a favor.  Dezenas de agentes compareceram para aguardar a decisão dos vereadores. A reportagem não registrou a presença do comando da corporação e do Secretário de Segurança.

“Estávamos confiantes de que conseguiríamos”, comemorou o GCM Madureira. Ele é membro de uma comissão formada por agentes da guarda que têm lutado nos últimos meses por melhorias voltadas para a classe. Antes, porém, da votação, os vereadores se reuniram para decidir um ponto da emenda, no qual poderia dar margem a intervenções futuras, caso não fosse acrescentado nova redação.

“Queremos ter a certeza de que votado hoje este projeto, amanhã não venham pessoas mal intencionadas e possam questionar o benefício reconhecido aos GCMs”, justificou o vereador Olívio Nóbrega. O edil citou a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI ou ADIN), instrumento utilizado no chamado controle direto da constitucionalidade das leis e atos normativos, exercido perante o Supremo Tribunal Federal (STF) brasileiro.

O projeto prevê aposentadoria ao guarda masculino após 20 anos de trabalho ininterruptos na segurança pública e 10 em outra atividade, totalizando 30 anos de trabalho. Já as guardas femininas devem ter 15 anos de trabalho na área e 10 em outra atividade, contabilizando 25 anos de serviço. Ambos vão se aposentar recebendo integralmente o valor do último salário.

Os demais projetos pautados para a 30ª sessão tiveram pedido de vistas de cinco dias, partidos dos vereadores Olívio Nóbrega e Valdevan Noventa.  As vereadoras eleitas Érica [da Enfermagem] e Luzia Aprígio já se familiarizam com a rotina do Legislativo e acompanharam atentas ao desenrolar da sessão, dentre as congratulações de um colega e outro, pela vitória nas últimas eleições.

Denúncias e metáforas

O vereador Paulo Félix, que ao lado de Olívio Nóbrega fez discurso fervoroso em apoio à GCM, fora também o responsável por declarações polêmicas sobre o ainda governo de Evilásio Farias. “Final de mandato é como o fim de feira, onde cada um pega uma fruta e vai embora”, disparou. Segundo ele, há denúncias de que está havendo a dilapidação do patrimônio público na cidade, patrocinado pelo atual governo.

“O Legislativo está de olho”, alertou. A inspiração metafórica do vereador parecia sem limites na noite desta terça e o incêndio que acontecia no momento da sessão no Almoxarifado Central (Usina), para onde são levados carros apreendidos no município -reveja aqui- serviu de combustível. “A Usina está pegando fogo”, informou. “Nero incendiou Roma. Quem será que incendiou a Usina?”, questionou.

“Conto com o apoio da população e da guarda municipal para ajudar a fiscalizar e proteger o patrimônio público desta cidade”, convocou.  Ele afirmou que o incidente coincide com o fato de o Legislativo trabalhar no momento na preservação de documentos públicos de interesse da população da cidade. Ele não citou, no entanto, quais seriam estes documentos.

O reinado do imperador romano Nero [Cláudio César Augusto Germânico], quem Félix cita é historicamente associado à tirania e à extravagância e por série de execuções sistemáticas, incluindo a da sua própria mãe. Nero é lembrado, sobretudo, pela crença generalizada de que, enquanto Roma ardia em chamas, em incêndio que durou cinco dias e que devastou a cidade, ele estaria compondo com a sua lira.
6/10/2012 17h56 - Atualizado em 16/10/2012 19h09

Guarda Municipal de Itapeva, SP, recebe equipamentos de segurança

Entre os equipamentos estão 10 detectores de metais.
Material foi disponibilizado por meio de convênio com o Ministério da Justiça.

Do G1 Itapetininga e Região
Comente agora
Um convênio firmado entre a Prefeitura de Itapeva (SP) e o Ministério da Justiça, através da Secretaria Nacional de Segurança Pública, foi iniciado para promover ações de segurança no município. Com a parceria, a cidade receberá equipamentos para ações preventivas. De acordo com o secretário de Defesa do município, Luciano Oliveira, o objetivo é reduzir os índices de criminalidade na cidade.
Entre os equipamentos recebidos estão 10 detectores de metais. Os aparelhos serão usados pela Guarda Civil Municipal (GCM) durante evento para detecção de armas e outros objetos de metal. O secretário de defesa explica que as equipes passarão por treinamento. “Os GMS serão capacitados para o uso desses detectores de metais para trabalhar em eventos fechados identificando se os participantes estão armados”, ressalta.
Dez detectores de metais serão usados pela GM de Itapeva (SP). (Foto: Divulgação / Prefeitura Municipal de Itapeva)Dez detectores de metais serão usados pela GM de
Itapeva (SP). (Foto: Divulgação / Pref. de Itapeva)
De acordo com o comandante da GCM, tenente Valdinei de Souza Aranha, o município também receberá dois veículos de grande porte equipados com rádio transceptor e sistema sinalizador e sonoro. Também foram adquiridos dez rádios transceptores digitais portáteis para emprego no policiamento. O secretário de Defesa afirma que armas de eletrochoque também serão disponibilizadas aos agentes de segurança.
Segundo o comandante, com esse convênio, Itapeva passa a ter condições de criar uma equipe especializada, a Ronda Municipal Especial e Preventiva (ROMEP), de reaparelhar o Grupo Especial de Proteção Ambiental (GEPAM), além de reaparelhar e qualificar os guardas civis municipais por meio da aquisição de equipamentos e materiais permanentes.
São previstos também cursos de requalificação na área de segurança pública a todo efetivo da Guarda Municipal e a aquisição de materiais didáticos para utilização de ações preventivas junto à rede pública de ensino, na área de práticas desportivas, para combate ao uso indevido de drogas e pela valorização da cidadania e da segurança no trânsito.
De acordo com dados da Secretária de Segurança Pública de São Paulo, o tráfico de drogas e furto e roubos de carros aumentaram em 2012 na cidade. Entre janeiro e agosto foram registrados 83 casos de tráfico de drogas, contra 45 em 2011. Já os furtos e roubos de veículos passaram de 30 para 48 no mesmo período comparado entre 2011 e 2012.
Para ler mais notícias do G1 Itapetininga e Região, clique em g1.globo.com/sao-paulo/itapetininga-regiao. Siga também o G1 Itapetininga e Região no Twitter e por RSS.

Estatuto da Guarda Municipal deve ser seguido / Foto Arquivo

A Promotoria do Patrimônio Público e Social acatou solicitação da Associação dos Guardas Civis Municipais de Mogi das Cruzes (AGCMMC) e do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública (Sintap) e recomenda à Prefeitura que adote providências imediatas para regularizar a situação de funcionários públicos em funções indevidas. O promotor de justiça, Alexandre Mauro Alves Coelho, pede que sejam canceladas designações ilegais e inconstitucionais dos servidores que exercem as funções de “fiscais operacionais” e se cumpra os pré-requisitos exigidos para a nomeação dos cargos de “fiscais de serviços”.
A ação das entidades representativas da categoria foi movida por meio de inquérito civil, que motivou o promotor a solicitar “providências imediatas” no sentido de acabar com as nomeações irregulares dos oito funcionários que estão ocupando o cargo na Guarda Municipal, além de cancelar o pagamento das gratificações que recebem na função. (Silvia Chimello)
5/10/2012 15h20 - Atualizado em 15/10/2012 15h20

Criminosos atiram contra carro da Guarda Municipal de Guarujá, SP

Homens fugiam de um assalto praticado no bairro Enseada.
Vítimas que moram no interior de SP passavam o feriado na cidade.

Do G1 Santos
Comente agora
Dois criminosos atiraram contra guardas municipais depois de um assalto na tarde deste domingo (14) em Guarujá, no litoral de São Paulo. A policial conseguiu recuperar parte do que foi roubado das vítimas. Até o momento ninguém foi preso.

O assalto aconteceu no bairro Enseada. Um casal de Pirassununga, no interior de São Paulo, que veio passar o feriado na cidade do litoral, estava indo à praia quando dois homens armados chegaram de bicicleta anunciando o assalto. Eles levaram tudo das vítimas.
Na fuga, os criminosos encontraram um carro da guarda municipal e atiraram contra eles. “Nos deparamos com diversos veículos que passavam informando que havia um roubo em andamento, nas proximidades, e continuamos o deslocamento. Quando chegou na Rua Veraneio, localizamos a vítima”, diz o coordenador da Guarda Municipal Wagner Santana de Araujo.
Durante a perseguição, os bandidos deixaram para trás duas bicicletas e parte do que tinham roubado. “Os indivíduos dispensaram uma bolsa contendo uma máquina digital e uma quantia no valor de R$ 100,00. Ela foi recuperada por transeuntes e entregues as vítimas, que ficaram agradecidas”, conta o coordenador.

Para ler mais notícias do G1 Santos e Região, clique em g1.globo.com/santos. Siga também o G1 Santos e Região no Twitter e por RSS.
5/10/2012 08h11 - Atualizado em 15/10/2012 08h41

Mulher é violentada e esfaqueada dentro de casa em Feira de Santana

Sobrinho do namorado da vítima é suspeito, diz Guarda Municipal.
Ela foi socorrida por um vizinho cinco horas depois das agressões.

Do G1 BA, com informações da TV Subaé
Comente agora
Uma mulher de 50 anos foi violentada e esfaqueada na madrugada de domingo (14) dentro de casa, no município de Feira de Santana. O agressor levou R$ 1.300 da vítima. Segundo a Guarda Municipal que registrou a ocorrência,  o principal suspeito pelo crime é um sobrinho do namorado da mulher.

"Esse indivíduo entrou na casa por volta das 00h e fugiu deixando a mesma ensanguentada, achando que já tinha matado a mesma", diz Marcos Santos, da Guarda Municipal.

A mulher mora com uma filha de dez anos no bairro Gabriela III, mas no momento do crime estava sozinha em casa. Ela foi socorrida por um vizinho quase cinco horas depois de ter sido agredida. Segundo ele, que prefere não se identificar, o homem entrou na casa pelo basculhante do banheiro por onde também fugiu.

"Quando eu vi o sangue doeu meu coração, ai fui chamar o Samu... Muito ferida", relata emocionado o vizinho.
A mulher foi encaminhada para o Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana. Uma outra vizinha da vítima diz que a mulher relatou que foi abusada sexualmente durante quatro horas. "[O médico] falou que ela está fora de perigo e que vai fazer novo raio X no braço, que ela não está levantando um dos braços e sentindo dores em uma perna. Teve facada na cabeça, no braço, na mão, ela tentando se defender", conta a vizinha, que também não quis revelar a identidade.
Para ler mais notícias do G1 BA, clique em g1.globo.com/ba. Siga também o G1 BA no Twitter e por RSS.
14/10/2012 16h42 - Atualizado em 14/10/2012 16h42

Solto há seis dias, suspeito de furtar bicicleta é detido pelo mesmo crime

Detenção aconteceu na tarde deste domingo (14), em parque de Goiânia.
Ele afirmou que bicicleta estava abandonada: 'achado não é roubado'.

Do G1 GO
5 comentários
Suspeito de furtar bicileta solto há uma semana é preso em Goiânia pelo mesmo crime (Foto: Luzeni Santos/TV Anhanguera)Suspeito de furtar bicileta foi solto há uma semana
(Foto: Luzeni Santos/TV Anhanguera)
Um homem de 29 anos suspeito de furtar uma bicicleta foi detido pela Guarda Municipal de Goiânia na tarde deste domingo (14), nas imediações do Parque Vaca Brava, no Setor Bueno. Segundo a corporação, ele tem duas passagens policiais e estava preso pelo mesmo crime. De acordo com a Guarda, o homem ficou conhecido por furtar bicicletas caras em garagens de condomínios, se aproveitando do descuido de moradores. Ele foi solto no último dia 8.
De acordo com a Guarda Municipal, o suspeito caminhava pelo parque empurrando a bicicleta pelo pneu da frente, já que o de trás estava trancado com cadeado. Após ser abordado por um guarda, o homem disse que a bicicleta pertencia a ele. Desconfiado da atitude, o guarda pediu que ele destrancasse o cadeado.
Como o homem não tinha a chave, acabou admitindo ao guarda que o veículo de duas rodas não pertencia a ele, mas que havia o encontrado abandonado no setor Parque Amazônia, na capital. De acordo com a Guarda, o suspeito afirmou que o que é “achado não é roubado”.
Após ser detido, ele foi encaminhado para o 20º Distrito Policial de Goiânia. Como nenhuma vítima reclamou o bem, ele foi ouvido e liberado.
Para ler mais notícias de Goiás, clique em g1.com.br/goias. Siga também o G1 Goiás no Twitter e por RSS.
MUNICÍPIO
Sistemas de câmeras de Resende oferece mais segurança a cidade


Publicado em 13/10/2012, às 17h4



 
Divulgação
Monitoramento auxilia no atendimento a ocorrências pela cidade

Rapidez: Monitoramento auxilia no atendimento a ocorrências pela cidade
Júlio Amaral
jamaral@diariodovale.com.br
Resende
Com 28 câmeras, que permitem um zoom de até seis quilômetros, instaladas em pontos estratégicos da cidade, o sistema de monitoramento de Resende foi implantado para dar uma sensação de segurança. Bem como auxiliar na atuação dos órgãos municipais, das Polícias Civil e Militar, e do Corpo de Bombeiros.
Os locais das câmeras foram devidamente estudados e avaliados pela Polícia Militar e a Guarda municipal de acordo com a necessidade e grau de risco de algumas áreas da cidade. De acordo com o superintendente de Ordem Pública do Município, Dalmo Ribeiro Pinto Coelho, depois da instalação das câmeras, em novembro de 2010, a atuação e solução das ocorrências - crimes e acidentes - melhoraram consideravelmente nas áreas cobertas pelas câmeras.
Segundo Dalmo, o funcionamento do sistema funciona 24h e é mantido por meio de uma parceria entre a GM e a PM - mas atualmente a polícia militar não está participando por motivo de falta de efetivo, apesar do órgão está capacitado para isso.
- Temos um sistema, que funciona como uma central dentro da superintendência de ordem pública, localizada no centro administrativo da prefeitura. Da equipe de cinco guardas, três trabalham durante o dia e dois à noite, mantendo o sistema funcionando 24h ininterruptos - explicou.
Entre as vantagens que o sistema de monitoramento trouxe para a cidade, segundo Dalmo, está o auxílio a problemas relacionados ao trânsito, como obstrução das vias públicas e calçadas e ocorrências de acidente de trânsito. E ainda para controlar aglomeração de pessoas, furtos, abordagens policiais, uso e tráfico de drogas, assaltos e invasão de patrimônio.
- Hoje as câmeras ajudam a monitorar o trânsito para que ele flua mais rápido. Podemos entrar em contato com a GM, a PM e os bombeiros sempre que é detectada uma ocorrência. As estatísticas mostram a eficiência do sistema, que permite uma atuação mais ágil e rápida dos órgãos competentes - confirmou o superintendente.
Graças à boa interação entre o sistema de câmeras, os órgãos públicos e as polícias, há uma ação imediata, a fim de solucionar o problema rapidamente. No caso de acidentes, agilizar o socorro às vítimas eventuais, por exemplo, e organizar o tráfego.
Hoje, do total de câmera, seis estão instaladas em vias próximas a escolas municipais ou estaduais, aumentando a segurança para professores e estudantes em horários de entrada e saída das aulas. Outras estão instaladas em praças da cidade, avenidas principais e pontos de grande circulação de pessoas e veículos.
De acordo levantamento da superintendência de ordem pública, de novembro de 2010 a abril de 2012, foi capturado um total de 134 imagens de ocorrências: uma em 2010, 66 no ano de 2011 e 67 no ano de 2012.
Vantagens
Dalmo ainda apontou que a população foi a grande beneficiada com a implantação do novo sistema de monitoramento de câmeras. Segundo ele, áreas públicas, que antes eram frequentadas por usuários de drogas e estavam em estado de abandono, hoje são frequentadas por toda a família, inclusive à noite. Lembrando que com o monitoramento, a Guarda Municipal e a Polícia Militar podem auxiliar de forma mais eficiente na segurança, realizando rondas rotineiras.
- Para melhorar e ampliar ainda mais o nosso monitoramento de câmeras, no ano que vem pretendemos criar um Ciosp (Centro Integrado de Operações em Segurança Pública) de Resende, para dobrar para 54 câmeras e fazer um estudo para os novos pontos - anunciou.
 
23/10/2012 22h00 - Atualizado em 23/10/2012 22h00

Guardas municipais de Cabo Frio, RJ exercem trabalho sem qualificação

No município 275 guardas trabalham nas ruas.
Os guardas da cidade não possuem um curso essencial para a função.

Do G1 Região dos Lagos
2 comentários
Guardas municipais de Cabo Frio, Região dos Lagos, esperam há quase três anos por um curso de qualificação, essencial para exercer a função. No município trabalham 275 guardas, que exercem as funções de vigiar prédios e patrimônios públicos, além de orientar e fiscalizar o trânsito.
Um convênio chegou a ser firmado em 2010. O curso seria ministrado por profissionais da Universidade Federal Fluminense (UFF), por meio da Fundação Euclides da Cunha. O contrato foi fechado no valor de R$198 mil, mas como não houve curso, o dinheiro não chegou a sair dos cofres públicos.
A Secretária de Ordem Pública, responsável pela guarda municipal, afirma que até o fim deste ano os guardas vão continuar sem treinamento.
Para ler mais notícias do G1 Serra, Lagos e Norte, clique em g1.globo.com/intertvrj. Siga também o G1 Serra, Lagos e Norte no Twitter e por RSS.
Roubo

Três homens assaltam Armazém da Família, após render guardas municipais

Bandidos levaram R$ 8 mil
24/10/12 às 09:33 atualizado às 09:33 Redação Bem Paraná, com Banda B
O Armazém da Família do bairro Cajuru, na rua Doutor Ivan Jorge Cury, foi assaltado por três homens armados durante a tarde desta terça-feira (23). Segundo a polícia, R$ 8 mil foram levados pelos bandidos que, durante a ação, efetuaram disparos e renderam dois Guardas Municipais.
De acordo com relato de testemunhas, os bandidos chegaram em um Fiat Uno e, enquanto um aguardava do lado de fora, dois se passavam por clientes até renderem os Guardas Municipais. Eles deixaram os guardas deitados e efetuaram um disparo no meio dos dois, para intimidá-los.
Com os guardas rendidos, os bandidos foram até o responsável pelo cofre. Eles pediram todo o dinheiro e fizeram uma verdadeira limpa no Armazém, levando no total R$ 8 mil, que foram colocados em pelo menos duas caixas.

Guardas lotados na SMTT protestam contra retorno à função original

Alagoas24Horas
Cerca de 150 guardas municipais que estão lotados na Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) estão aquartelados na sede da Superintendência em protesto ao que a categoria chama de ‘devolução fracionada’. Isto porque, após realização de concurso público destinado ao cargo de agente de trânsito, os novos concursados estão, aos poucos, assumindo as vagas que antes – por carência do órgão – eram supridas pelos guardas municipais.
Segundo o presidente do sindicato da categoria, Cleif Ricardo, os manifestantes cobram da SMTT uma posição sobre o futuro dos guardas que, segundo Cleif, terão os salários reduzidos se reencaminhados aos cargos originais (para os quais são concursados). “Quando lotados na SMTT, os guardas municipais exercem função de agentes do trânsito, respondendo como guarda municipal somente em casos burocráticos, portanto os salários correspondem ao de agentes do trânsito e não o de guarda”, relatou Cleif.
Ainda de acordo com o sindicato, os guardas receberam treinamento com duração de dois anos para assumir a função, enquanto que os recém-concursados fazeram treinamento de 15 dias. “Foram dois anos de treinamento no BPTran para preparação e os novos concursados treinam por 15 dias, portanto estão indo para as ruas despreparados”, alega Cleif se dizendo sensível à população que supostamente seria atingida diretamente.
Procurado pelo Alagoas24Horas, o superintendente da SMTT, Ronilson Campos Filho assegurou que os guardas voltam ao trabalho ainda nesta sexta-feira (26). “A confusão acabou e agora eles irão retornar às ruas”, comunicou Campos, que disse ainda que a transição é normal, pois a SMTT não tem como manter todos no órgão por falta de receita e atende a uma determinação do Ministério Público Estadual.
O superintendente disse ainda que segundo regulamento da Cetran somente agentes do trânsito podem multar condutores infratores e que os guardas não têm autorização para tanto, daí outra necessidade de devolução. Confirmando a informação repassada pelo Sindicato, Campos disse que os concursados passam por treinamento de 15 dias, mas que estes só irão para as ruas após avaliação e aprovação. No próximo dia 1º de novembro outros 50 agentes concursados devem assumir suas funções na SMTT sendo necessário novo ‘lote’ de devolução de guardas municipais.
Quanto ao salário, Campos disse que a preocupação dos guarda era gerada por causa do ticket alimentação que, segundo ele, será mantido até o afastamento dos guardas. A SMTT manterá postura até a extinção de guardas municipais nas dependências do órgão.
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!