Cadastre seu Email

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Guarda municipal é morto na zona leste de São Paulo

Luciano Santos se dirigia ao trabalho na manhã deste domingo quando foi abordado por dois criminosos

08 de dezembro de 2013 | 16h 57


O Estado de S. Paulo
Um guarda civil metropolitano morreu neste domingo, 8, após ser baleado às 6h30 por criminosos na Avenida Marechal Tito, em São Miguel Paulista, zona leste de São Paulo.
Luciano Pereira dos Santos, de 39 anos, se dirigia ao trabalho na sua moto quando foi abordado por dois homens - um em uma moto BMW branca e o outro em uma moto Yamaha preta. Segundo uma testemunha, o condutor da moto branca disparou várias vezes contra Santos. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Municipal Tide Setúbal, mas não resistiu.
A polícia encontrou no local do crime a moto da vítima, além de um coldre vazio. O guarda costumava carregar sempre a arma consigo, mas ela não foi encontrada, segundo a Secretaria de Segurança Pública. O tio do GCM informou à polícia que o sobrinho trabalhava no centro de São Paulo e estava a caminho do serviço.
O caso foi registrado como roubou seguido de morte no 63° DP (Vila Jacuí).

Cães farejadores auxiliam em apreensões de drogas em Tatuí


10 kg de entorpecentes foram apreendidos entre janeiro e setembro.
'Eles são fundamentais no nosso trabalho', diz comandante da GCM.

Do G1 Itapetininga e Região
O combate ao tráfico de drogas é uma batalha constante da Guarda Municipal deTatuí (SP), mas a equipe conta com um apoio especial nas operações: os cães farejadores. Entre janeiro e setembro de 2013 a Guarda conseguiu apreender quase 10 kg de drogas com a ajuda dos cães.
Atualmente a GCM possui cinco animais, eles treinam todos os dias para as operações. O pastor alemão Antares tem sete anos de serviços prestados e é usado para a proteção da equipe, ele já está prestes a se aposenta, mas sempre que um se aposenta outros começam a ser treinados.
De acordo com o supervisor do Canil da GM, Geraldo Coelho, os cachorros são bem vistos pela sociedade na luta contra o crime. “Os animais não são considerados uma arma letal o que ajuda durante as ações. É interessante ressaltar que os criminosos também tem medo de chegar perto dos animais, eles colocam ordem rapidamente em qualquer tumulto”, explica.

Para treinar os animais os guardas escondem as drogas em caixas e depois começam a soltar em terrenos abertos.  Em janeiro deste ano Marley farejou 1.500 papelotes de cocaína e depois disso recebeu até uma homenagem dos companheiros de trabalho.
O desempenho dos animais de Tatuí está ganhando destaque. Muitos deles já são convocados para ajudar a Polícia Civil e Militar de outras cidades. É o caso do cão da raça Golden Retriver, Marley, que é considerado o melhor farejador. Ele é dócil e comportado, mas ao receber os comandos consegue ajudar de forma eficaz.
De acordo com o comandante da Guarda Municipal, Juceil Rodrigues, esta é a melhor técnica. “Nós começamos o treinamento escondendo as drogas nas caixinhas com brinquedos, e depois vamos tirando o brinquedo para que eles possam identificar só o entorpecente. A ajuda deles é muito importante”, conclui.
Publicado em 09 de Dezembro de 2013, ás 07h15min

Briga em estádio de Apucarana exige 

Pessoas envolvidas na confusão tiveram hematomas pelo corpo

Uma briga generalizada da tarde  domingo (8), na arquibancada do Estádio Olímpio Barreto (antigo Bom Jesus da Lapa), em Apucarana, exigiu intervenção de equipe da Guarda Municipal (GM) para conter os ânimos.
 

O desentendimento seguido de tumulto e pancadaria ocorreu durante a final do Campeonato Amador de Futebol do Vale do Ivaí , disputada entre as equipes de Lunardelli e Misto da Ama, de Apucarana.

Algumas pessoas envolvidas na briga tiveram hematomas pelo corpo. Segundo pessoas que presenciaram a confusão. a briga teria sido entre torcedores fde Lunardelli.

Após a interveção dos guardas municipais, a situação voltou à normalidade. Ninguém foi detido.

NA PAMPULHA

Guarda municipal com sinais de embriaguez bate carro e mata noiva

Homem negou que tivesse ingerido bebida alcoólica, mas se recusou a passar pelo teste de bafômetro; ele foi ouvido pelo delegado do Detran e liberado


Um guarda municipal de 29 anos foi detido após o carro em que ele estava colidir contra um poste no bairro São Luiz, na região da Pampulha, em Belo Horizonte, na madrugada desta segunda-feira (9). No acidente, a noiva do jovem morreu. Mesmo constando no boletim de ocorrência que o jovem apresentava sinais de embriaguez, ele foi ouvido na delegacia e liberado.


Segundo a Polícia Militar, o casal trafegava pela avenida Presidente Antônio Carlos quando a batida aconteceu. Fabrício Felipe do Espírito Santo contou aos militares do 13º Batalhão que estava na faixa central quando foi “fechado” por outro carro no cruzamento da avenida com a rua Santa Rosa. Ele teria perdido o controle da direção e, em seguida, batido a lateral do Siena de cor prata no poste da Cemig.
Viaturas do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas, mas Helen Reis Sales Lopes, de 31, não resistiu aos ferimentos. A vítima estava no banco traseiro do carro porque, segundo Santo, no mês passado ela perdeu um bebê, mas já estava acostumada a andar no banco de trás.
Após os trabalhos de perícia, o corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O jovem que, de acordo com a corporação, apresentava fala desconexa, hálito etílio e andar cambaleante negou que tivesse ingerido bebida alcoólica, mas não quis realizar o teste do bafômetro.
Santo foi encaminhado ao Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) para prestar esclarecimentos e o delegado de plantão entendeu que ele não apresentava os sinais apontados pela Polícia Militar, apesar de se recusar a fazer o teste do bafômetro. O homem foi ouvido e liberado e o nome do delegado não foi divulgado.
A assessoria de imprensa da Guarda Municipal informou que está levantando as informações sobre o caso e, assim que souber como tudo aconteceu, vai verificar se alguma medida administrativa em relação a Santo será tomada. De acordo com a assessoria, o suspeito está na Guarda desde 2006 e trabalha na regional Pampulha.
Atualizada às 15h16

Advogados pedem socorro e Guarda faz papel da Brigada




Um pedido de socorro dos advogados de Novo Hamburgo solicitando mais segurança encontrou eco. Mas não na Brigada Militar. Foi na Guarda Municipal. Durante o ano de 2013, vários roubos e furtos de veículos foram registrados na Rua 3 de Outubro, no bairro Pátria Nova, junto da Justiça do Trabalho no município. Foram dezenas de casos, sendo que o mais recente foi de um advogado de Santa Catarina que teve levado, durante o dia, pertences pessoais e profissionais num grande prejuízo para ele e para seu cliente.
Indignada e inconformada com a situação, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Subseção Novo Hamburgo procurou a Brigada Militar para solicitar reforço na segurança e um número maior de rondas no entorno da Justiça do Trabalho. A solicitação, contudo, não encontrou eco na Brigada, que tem problemas no número de soldados do efetivo.
A OAB, contudo, não desistiu. Como a Guarda Municipal é vizinha do prédio da Justiça do Trabalho, a presidente da entidade, Ivete Dieter, solicitou para o comando da corporação um reforço na fiscalização da Rua 3 de Outubro. Mesmo sem ser sua obrigação legal, a Guarda Municipal foi sensível aos apelos da OAB e, até o dia 20 de dezembro – quando existe o recesso forense –, disponibilizou um profissional para circular pelo entorno e inibir ações de criminosos. Nestes primeiros dias já se colhem os resultados, sem qualquer ocorrência registrada.
A OAB-RS subseção de Novo Hamburgo reconhece o empenho da Guarda Municipal, que acabou assumindo o papel da Brigada Militar para assegurar o mínimo de tranquilidade para quem frequenta a Justiça do Trabalho no município.
Polícia Federal prende guardas municipais em Foz do Iguaçu A Polícia informou em nota que os guardas municipais estariam utilizando a função para obter vantagens ilícitas de eventuais contrabandistas que atuariam nos bairros da cidade COMPARTILHE:      Publicada em: 10/12/2013 - 09:48 | Atualizada em: 10/12/2013 - 09:49 Na manhã desta terça-feira (10), a Polícia Federal desencadeou em Foz do Iguaçu a operação Lazuli, em conjunto com a Corregedoria da Guarda Municipal. Até agora foram presos três guardas municipais, que ainda tiveram os equipamentos apreendidos, como coletes, armas e uniformes. O material foi encaminhado para a delegacia da Polícia Federal. A Polícia informou em nota que os guardas municipais estariam utilizando a função para obter vantagens ilícitas de eventuais contrabandistas que atuariam nos bairros da cidade, permitindo, dessa forma, a continuidade da prática de inúmeros crimes. Foram cumpridos três mandados de Prisão Preventiva e cinco de Busca e Apreensão nos municípios de Foz do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu, onde moram dois servidores. Os mandados foram expedidos pela 5ª Vara da Justiça Federal em Foz do Iguaçu. A Operação foi batizada de Lazuli, uma rocha metamórfica de cor azul, em alusão a cor do uniforme da Guarda Municipal de Foz do Iguaçu. As investigações duraram aproximadamente cinco meses, período em que houve intenso acompanhamento dos servidores públicos municipais durante os patrulhamentos realizados nos bairros da cidade. Durante este período, a Polícia Federal contou com o apoio e a colaboração da Secretaria Municipal de Segurança Pública. Até o momento, os nomes dos servidores do município não foram divulgados pelas autoridades. Fonte e fotos: Radio Cultura Foz 

Créditos: Guia Medianeira - www.guiamedianeira.com.br
Policial - 10/12/2013 - 11:36 
Prefeitura recebe doação de três viaturas da Polícia Federal 


A Polícia Federal doou três viaturas Blazers em perfeito estado de conservação para Prefeitura de Campo Grande. Os veículos serão incorporados a policiamento da Guarda Municipal.
A administração municipal recebeu as chaves e os documentos e se prontificou a fazer a transferência dos veículos e a descaracterização dos mesmos, conforme prevê a legislação a doação é irrevogável e irreversível de acordo com o decreto 99.638/1990.
As blazers foram doadas porque já atingiram o tempo máximo na ativa, explicou o superintende da Polícia Federal no Estado, Edgar Paulo Marcon.

A Polícia Federal receberá novas viaturas do Ministério da Justiça devido a Copa do Mundo de 2014.
 

Guarda Municipal de Uberaba paralisa atividades e pede melhorias


Comissão grevista pede estruturação e aumento salarial.
Procurador afirma que diálogo ocorrerá após normalização do trabalho.

Do G1 Triângulo Mineiro

 Guardas Municipais protestaram pacificamente em frente ao Centro Administrativo da Prefeitura de Uberaba, na tarde desta segunda-feira (9). Eles reivindicaram mais estrutura para o trabalho e aumento nos rendimentos, em torno de R$500. De acordo com o representante da comissão grevista, Vanderson Alves, o objetivo foi chamar atenção para os pedidos de audiência, já enviados ao Executivo, mas sem retorno ainda. O procurador geral do município, Paulo Salge, afirmou, por meio de nota, que o prefeito Paulo Piau atendeu reivindicação antiga de equiparação salarial e se dispôs a encontrar novas soluções para o impasse.
“Quando a administração municipal conversa sobre melhorias salariais, tem que se pensar no coletivo e não de forma isolada. O prefeito sempre manteve o diálogo, mas esta atitude radical da guarda arranha a legalidade e contraria o coletivo”, afirmou o procurador.
Ainda segundo a nota, a Guarda Municipal está se desalinhando da forma ética e respeitosa com que o governo municipal tem tratado a questão. O prefeito retomará o diálogo com a categoria depois de normalizada a situação
.
07/12/2013 17h23 - Atualizado em 07/12/2013 17h23

Polícia prende suspeitos de matar 

Dois homens teriam participado de emboscada e terceiro guardava armas.
Motivo do crime seria vingança de um dos suspeitos.

Do G1 PE

tópicos:
Policiais militares prenderam neste sábado (7) dois homens suspeitos de matar um guarda municipal em Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife, e um terceiro homem, que teria ficado responsável por guardar as armas. O guarda municipal foi morto no quintal de casa, no dia 18 de novembro.
Os suspeitos foram encontrados em uma granja, após uma denúncia. Segundo a polícia, um dos suspeitos admitiu que cometeu o crime por vingança. O guarda era ex-padrasto do suspeito, teria agredido a mãe dele quando eram casados e, além disso, o teria detido enquanto pichava um muro. O suspeito teria guardado rancor e chamou um colega para se vingar do homem.
Com os suspeitos, foram apreendidas duas espingardas calibre 12, uma calibre 28 e uma calibre 16. Os três foram encaminhados para a Delegacia de Plantão de Paulista e, após prestar esclarecimentos, devem ser encaminhados para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.
Geral - 09/12/2013 - 17:53 
Reunião pode definir futuro de guardas municipais 

Clique na foto para ampliar
Prefeito tem até sexta-feira (13) para convocar aprovados em concurso
Foto: Deurico/Capital News

Logo mais, às 18h desta segunda-feira (9), o vereador Cazuza (PP) e os 77 aprovados no concurso para a Guarda Municipal de Campo Grande reúnem-se para tratar da possível convocação dos que ainda não foram chamados. A reunião foi marcada, depois do prefeito Alcides Bernal (PP) não receber representantes dos candidatos, hoje pela manhã.
Na sexta-feira passada (6), os aprovados no concurso fizeram protesto em frente à prefeitura para reivindicar a nomeação. Foi quando a assessoria do prefeito marcou, para as 8h de hoje, a reunião entre os candidatos e Bernal. “Fomos lá para a prefeitura, esperamos até as 10h, para nos informarem que o prefeito não estava e não iria nos receber pela manhã”, afirma um dos representantes dos guardas, Eduardo Gonzaga.
O concurso promovido em 2009 surgiu para atender um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado entre a prefeitura e os ministérios públicos Estadual (MPE) e do Trabalho (MPT). Além da aprovação no concurso, os candidatos já passaram por curso de formação no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP).
O concurso tem validade até o próximo sábado, dia 14. "Se o prefeito nâo chamar até sexta-feira, não chama mais, por isso a urgência", completa Gonzaga.
A reportagem tentou contato com o vereador Cazuza para saber mais informações sobre a reunião, mas ele nao atendeu às ligações.

Fonte: Anahi Zurutuza - Especial para Capital News - (www.capitalnews.com.br) 

Notícias

Forças de segurança agem integradas e realizam "Operação Força Total" em Indaiatuba

  • Publicação: 03/12/2013 - 17:10h
  • Redatores: Lincoln Franco
  • Release N.º: 2195
Foto Ilustrativa
Arquivo- Eliandro Figueira - SCS/PMI
Guarda Municipal, Polícia Militar e Polícia Civil realizam a “Operação Força Total” em diversos setores da cidade. A ação conjunta acontecerá constantemente a partir desta terça-feira (3), em horários e locais variados. São promovidas saturações e estreitamentos de vias com objetivo de prevenir furtos, roubos e pequenos delitos.
Nesta terça, os homens atuam coordenadamente na avenida Francisco de Paula Leite, Centro, Cecap e Jardim Santa Cruz. As ações complementam a “Operação Papai Noel” da Guarda Municipal que reforça o patrulhamento em áreas comerciais e bancárias e se estende das 8h às 23h.

Mais notícias da Secretaria de Defesa e Cidadania:

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!