Cadastre seu Email

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Guarda Municipal inicia trabalho nas ruas de Sarandi

Ontem, a presença de viaturas com giroscópios ligados em pontos da área central de Sarandi ou circulando pela cidade chamou a atenção da população. Foi o primeiro dia de trabalho da Guarda Municipal (GM), que começa a atuar com um efetivo de 16 pessoas, cinco viaturas e seis motocicletas. De acordo com Divandro Escaratti, um dos coordenadores da corporação, por enquanto a GM trabalhará na organização do trânsito e proteção do patrimônio público, mas a partir do início do ano letivo montará guarda nas proximidades de escolas e atuará como apoio às polícias Civil e Militar. A equipe está treinada para atuar também em caso de acidentes. (Luiz de Carvalho)

Diretor da Guarda Municipal de São José da Laje é assassinado a tiros

Cabo PM José Siqueira recebia constantes ameaças de presos; quatro pessoas foram detidas, suspeitas de participação no crime No último dia do ano, a Polícia Militar (PM) registra mais um homicídio, cuja vítima é um cabo da PM, assassinado a tiros no município de São José da Laje, no final desta manhã. José Teixeira de Siqueira, de aproximadamente 39 anos, ocupava o cargo de diretor da Guarda Municipal e era lotado no Batalhão de Polícia de Guardas (BPGd) de Maceió. De acordo com informações do agente de polícia Igor de Oliveira, a vítima conversava com um colega de profissão, em frente a uma agência do Banco do Brasil, quando foi atingida por um disparo na região da nuca, deflagrado por um homem de identidade não revelada. Após cair no chão, o acusado ainda efetuou cerca de 10 tiros em direção ao militar e empreendeu fuga com o comparsa, em uma motocicleta de cor e placa não identificadas. José Teixeira chegou a ser socorrido por colegas de trabalho, ao Hospital Municipal Douglas Buarque, onde não resistiu aos ferimentos e veio a falecer. A Polícia Civil informou que o cabo da PM trabalhava em um setor de investigação e, há algum tempo, recebia constantes ameaças de presos. “José investigava todos os bandidos que passavam pela cidade. Acredito que alguns deles se revoltaram e começaram a planejar o crime”, afirmou o agente Igor, acrescentando que as investigações do assassinato tiveram início, tendo em vista a prisão de quatro pessoas suspeitas de envolvimento no homicídio. “Nós recebemos uma ligação anônima e fomos em busca dos suspeitos. Com eles, ainda apreendemos dois revólveres”. Os supostos envolvidos na execução foram encaminhados à Delegacia Regional de União dos Palmares, que investigará o caso, sob a responsabilidade do delegado Ednaldo Marques.

Diretor da Guarda Municipal de São José da Laje é assassinado a tiros

Cabo PM José Siqueira recebia constantes ameaças de presos; quatro pessoas foram detidas, suspeitas de participação no crime No último dia do ano, a Polícia Militar (PM) registra mais um homicídio, cuja vítima é um cabo da PM, assassinado a tiros no município de São José da Laje, no final desta manhã. José Teixeira de Siqueira, de aproximadamente 39 anos, ocupava o cargo de diretor da Guarda Municipal e era lotado no Batalhão de Polícia de Guardas (BPGd) de Maceió. De acordo com informações do agente de polícia Igor de Oliveira, a vítima conversava com um colega de profissão, em frente a uma agência do Banco do Brasil, quando foi atingida por um disparo na região da nuca, deflagrado por um homem de identidade não revelada. Após cair no chão, o acusado ainda efetuou cerca de 10 tiros em direção ao militar e empreendeu fuga com o comparsa, em uma motocicleta de cor e placa não identificadas. José Teixeira chegou a ser socorrido por colegas de trabalho, ao Hospital Municipal Douglas Buarque, onde não resistiu aos ferimentos e veio a falecer. A Polícia Civil informou que o cabo da PM trabalhava em um setor de investigação e, há algum tempo, recebia constantes ameaças de presos. “José investigava todos os bandidos que passavam pela cidade. Acredito que alguns deles se revoltaram e começaram a planejar o crime”, afirmou o agente Igor, acrescentando que as investigações do assassinato tiveram início, tendo em vista a prisão de quatro pessoas suspeitas de envolvimento no homicídio. “Nós recebemos uma ligação anônima e fomos em busca dos suspeitos. Com eles, ainda apreendemos dois revólveres”. Os supostos envolvidos na execução foram encaminhados à Delegacia Regional de União dos Palmares, que investigará o caso, sob a responsabilidade do delegado Ednaldo Marques.
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!