Cadastre seu Email

sábado, 3 de novembro de 2012


Ouvidoria relata excesso por parte dos policiais em manifestação no RS

Portal Terra
Relatório da Ouvidoria da Segurança Pública do Estado concluído na quarta-feira aponta que houve excesso por parte dos policiais e de guardas municipais durante a ação contra manifestantes no largo Glênio Peres, em Porto Alegre, no início de outubro. O entendimento da ouvidoria é baseado no depoimento de 28 pessoas que testemunharam ou participaram do confronto entre polícia e manifestantes que tentaram destruir o tatu-bola inflável, símbolo da Copa de 2014. 
Os policiais não foram ouvidos. Também foram reunidos ocorrências, fotografias, vídeos e boletins de atendimento médico. As informações foram publicadas no jornal Zero Hora.
De 28 e-mails recebidos pela ouvidoria, apenas dois repudiaram a atitude dos manifestantes e consideraram a atuação da polícia adequada e proporcional. O relatório aponta ainda que a primeira agressão partiu dos policiais, não dos manifestantes. De caráter indicativo, o relatório da ouvidoria deve ser incorporado aos inquéritos. 
O grupo policial que entrou em confronto passou por três dias de aula de reciclagem. Até o final de novembro, todo efetivo do Comando de Policiamento da Capital (CPC) que atua nesse tipo de ação deverá ter concluído o curso. Já a Guarda Municipal tem uma apuração administrativa em andamento. O resultado será encaminhado à corregedoria da guarda, que deve realizar uma sindicância sobre o fato.

31/10/2012 08h20 - Atualizado em 01/11/2012 13h25

Guardas municipais de Eunápolis são detidos com arma e drogas

Eles foram flagrados pela PM no município de Santa Luzia.
Um agente de saúde e um outro homem também foram detidos.

Do G1 BA
Comente agora
Guardas municipais de Eunápolis são detidos com arma e drogas (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)Celulares e dinheiro também foram apreendidos com o grupo (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)
A Polícia Militar prendeu na madrugada desta quarta-feira (31) cinco guardas municipais de Eunápolis, município da região sul da Bahia, com uma arma com numeração raspada e drogas. O flagrante ocorreu na praça central de Santa Luzia, cidade a 140 Km de Eunápolis.
"Além da arma, apreendemos 300g de cocaína, R$ 551 em dinheiro, celulares, uma touca e uniformes da guarda municipal", conta o major André Rodrigues Castro.
Segundo policiais, o grupo tentou se livrar da arma ao perceber a aproximação da equipe. "Não houve reação porque foi uma ação surpresa. Eles estavam em volta do veículo e quando viram os policiais, um deles jogou a arma dentro do carro", afirma o major.
Um agente de saúde de Santa Luzia e um outro homem, que seria mediador das negociações, também foram detidos. A polícia suspeita que os guardas estavam negociando armas e drogas.
Os suspeitos estão detidos na sede da 62ª CIPM de Camacan, de onde serão encaminhados para a coordenadoria de polícia de Ilhéus.
Para ler mais notícias do G1 BA, clique em g1.globo.com/ba. Siga também o G1 BA noTwitter e por RSS.
União de forças policiais resulta em prisões e apreensão de drogas
2/11/2012
Impressão

Umuarama - Após meses de investigação, a união de forças das Polícias Civil e Militar de Umuarama, com apoio da Guarda Municipal, desencadeou na madrugada de ontem a ‘Operação São José’, que resultou no cumprimento de sete mandados de prisão e busca e apreensão. Quatro pessoas foram presas e drogas apreendidas.
A Operação foi iniciada por volta das 6 horas da manhã, envolvendo cinco equipes da PC, três da PM e duas da GM. Um cão farejador foi usado para localizar a droga. No Parque Laranjeiras, na Rua das Palmas, as equipes disseram que encontraram na casa de Adelio Vilharva, 41 anos, funcionário do Instituto Médico Legal (IML) de Umuarama, seis buchas de maconha, cinco pedras de crack e uma espada. Ele foi autuado em flagrante. Em uma residência do bairro Corrego Longe, os policiais apreenderam um adolescente de 16 anos, de iniciais F.A.S. Em seu poder foi encontrado 40 pedras de crack. Na continuidade dos trabalhos, as equipes prenderam Rafael Oliveira da Mota, de 27 anos, por violação de direito autoral, e Carlos Olímpio Sela, de 21 anos, preso no Parque Bonfim por roubo a mão armada.
Todos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil. “Essa foi mais uma operação em que obtivemos sucesso e tiramos de circulação drogas e pessoas que estavam causando danos à sociedade. As investigações já vinham acontecendo e mais uma vez ficou provado que o trabalho em conjunto das polícias dá resultado e é o melhor caminho para se combater o crime”, ressaltou o delegado-chefe Pedro Fontana, que coordenou os trabalhos.
Mais apreensão de droga
Na tarde de ontem, na continuação da Operação São José, a Polícia Civil recebeu uma denúncia informando que numa residência do Multirão Alvorada havia droga. Uma equipe foi ao local indicado e encontrou 7,5 quilos de maconha. Na casa não havia ninguém. “Apreendemos a droga e vamos dar sequência nas investigações no intuito de identificar e prender o proprietário do entorpecente”, informou o superintendente da 7ª, policial Borges. 

02/11/2012 14h47 - Atualizado em 02/11/2012 23h48

Direito à gratuidade no transporte coletivo benificia e pune usuários

Quem paga é obrigado a colaborar com a gratuidade.
'Poder público não colabora com despesas do benefício', diz especilista.

Joelma GonçalvesDo G1 SE
1 comentário
Controle da gratuidade começa ser feito (Foto: Marina Fontenele/G1 SE)Controle da gratuidade começa ser feito (Foto: Fredson Navarro /G1 SE)
Muito se fala em gratuidade do transporte coletivo, mas na prática pouco se explica sobre quem tem direito a esse benefício, que para algumas categorias começou a valer a partir de leis federeais e municipais . Em Aracaju, o direito é garantido a oficiais de Justiça, pessoas com deficiência, idosos a partir de 65 anos, bombeiros, policiais civis e militares, guardas municipais, carteiros, agentes penitenciários e funcionários das empresas de transporte de passageiros.
Marcos Bicalho (Foto: Denise Gomes/ G1 SE)Marcos Bicalho (Foto: Denise Gomes/ G1 SE)
O que pouca gente sabe é quem de fato paga por essa gratuidade. “Quem paga pela gratuidade é o usuário pagante, ou seja, o custo para manter o transporte público é dividido apenas pelos passageiros que pagam passagem. Quanto mais pagantes usando os ônibus o preço da passagem, que em Aracaju custa R$ 2,25,  pode ficar mais baixo e quanto mais usuários beneficiados pela gratuidade usando o transporte público, mais cara a passagem pode ficar. O poder público criou leis para garantir a gratuidade, mas não colabora com as despesas o que acaba acarretando o orçamento de quem paga, geralmente são usuários das classes C e D”, destaca Marcos Bicalho, diretor superintendente da Associação Nacional das Empresas de Transporte Urbano – NTU.
Rubens é usuário do sistema de transporte público (Foto: Joelma Gonçalves/G1 SE)Rubens é usuário do sistema de transporte público
(Foto: Joelma Gonçalves/G1 SE)
O porteiro de prédio, Rubens Pereira dos Santos é usuário do transporte público e se disse surpreso ao saber que ele é um dos que pagam pela gratuidade. “A população tinha que ser informada sobre isso. Já pagamos muitos impostos. Fazem leis e a população tem que cumprir e não somos consultados sobre coisas importantes. Vivemos numa ditadura. Onde só temos importância na hora do voto”, desabafou.

Na capital sergipana, a gratuidade também gera despesas, já que foi necessário implantar um sistema conhecido como Finger, que custou às empresas de transporte público cerca de R$ 2,5 milhões. “O Finger é um sistema de identificação digital de uso exclusivo das pessoas que fazem uso da gratuidade total ou parcial [caso dos estudantes que pagam meia passagem]. É uma forma de se ter algum controle sobre o uso desse benefício que até então era usado de modo descontrolado, por pessoas que não tinham qualquer autorização para tanto. Porém, os usuários ainda não se acostumaram a fazer uso dele ou ignoram as regras”, explicou o coordenador operacional do Setransp, Alberto Freire.
José Carlos Amâncio, superintendente do Setransp, em Aracaju (Foto: Marina Fontenele/G1 SE)José Carlos Amâncio, superintendente do Setransp
(Foto: Marina Fontenele/G1 SE)
Segundo o superintendente do Setransp, José Carlos Amâcio, ainda não é possível saber ao certo quantas pessoas são beneficiadas com a gratuidade apesar do sistema está implantado desde agosto de 2011. “Esse número com exatidão nós não temos, visto que boa parte dos usuários do transporte coletivo que fazem uso do benefício não utilizam o sistema de identificação corretamente, ou seja, não apresentam o cartão eletrônico ao validador nem passam pela catraca por meio da identificação digital ”.
Apesar disso, segundo dados do Setransp os primeiros números já começam a ser registrados e os usuários da gratuidade começam a ser identificados na capital.

Cartões com gratuidade  100%
Bombeiros: 537
Carteiro: 296
Especial com acompanhante: 2.830
Especial: 3.859
Especial sem passagem pela catraca (Cadeirantes): 2.213
Guarda Municipal Socorro: 123
Guarda Municipal Aracaju: 362
Idoso a partir de 65 anos: 13.764
Oficial de Justiça: 46
Policial Civil: 797
Policial Militar: 4.171
Rodoviário: 4.723
Total geral: 33.721

Quadrilha é presa por roubo à farmácia

Crime aconteceu na madrugada desse sábado na Praça Barão de Guaraúna. Câmeras da Guarda Municipal ajudaram a prender os envolvidos


Já foram identificados os autores do roubo ocorrido na madrugada deste sábado (3) na farmácia Nissei, na Avenida Vicente Machado no centro.
Três homens armados chegaram ao estabelecimento por volta das 4h, um deles anunciou o assalto enquanto os outros dois pegavam o dinheiro do caixa, em seguida os marginais fugiram em um carro. O veículo foi encontrado pela policia pouco tempo depois em frente à prefeitura municipal.
Os envolvidos foram detidos e reconhecidos por funcionários da farmácia. Os presos são Marlon Aramis, 35 anos, Josiane Borges, 19 anos, Alecssandro Andrade, 21 anos, Edrê Ferreira, 18 anos.
O dinheiro oriundo do roubo foi encontrado nas partes íntimas da mulher, cerca de R$ 135. Todos os envolvidos foram encaminhados à 13ª Subdivisão Policial.
 

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!