Cadastre seu Email

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Um homem foi preso e outro baleado depois que os dois trocaram tiros com guardas-civis metropolitanos

Um homem foi preso e outro baleado depois que os dois trocaram tiros com guardas-civis metropolitanos na madrugada desta terça-feira (22) na região da Cracolândia, no Centro de São Paulo. O tiroteio aconteceu depois que um comerciante foi baleado pelos dois suspeitos. Segundo a Guarda Civil Metropolitana (GCM), os dois homens invadiram uma padaria e atiraram contra o dono do local. A GCM ainda não sabe se foi uma tentativa de assalto ao comércio ou de assassinato contra o comerciante. Em seguida, os suspeitos fugiram em direção ao comando da GCM, e atiraram contra dois guardas que estavam no local. Os guardas revidaram e seguiram os homens. Um foi baleado e o outro foi preso. O suspeito ferido foi encaminhado para a Santa Casa. Já o comerciante foi socorrido pela Polícia Militar para o Hospital Glória. A GCM não soube informar o estado de saúde dos dois. O caso foi encaminhado para o 3º Distrito Policial, nos Campos Elíseos.

GMs DE GOIÂNIA CAPTURAM INDIVÍDUO ACUSADO DE PEDOFILIA

Na última sexta-feira, 25, agentes da Guarda Municipal de Goiânia capturaram um indivíduo acusado de assedio moral e aliciação de menores. O fato aconteceu na Escola Municipal Vereador Carlos Eurico, no Bairro Santa Rita, depois de denúncias feitas por pais de alunos. O suspeito agia nas imediações do colégio, oferecendo presente às crianças e chamando-as para ir ate a sua casa. “Em uma situação, ele até mostrou o órgão genital para os alunos”, diz inconformada uma das mães, que não quis se identificar.
O GM Fernando Silva, um dos responsáveis pela operação, salientou que a Guarda já estava a duas semanas fazendo o monitoramento na região através de viaturas. “Funcionários do colégio já tinham feito reclamações do caso, e a GMF que trabalha no local nos informou de toda a situação. Nas nossas rondas diárias, sempre procurávamos pelo indivíduo, e conseguimos encontrá-lo porque o pai de um aluno da escola o reconheceu”, lembra Fernando.
O acusado foi direto para a viatura que estavam os GMs, onde também foi reconhecido por funcionários e alunos do colégio. Após o reconhecimento, ele foi levado para a Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente – DPCA, que iniciou procedimento para investigar o fato
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!