Cadastre seu Email

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Guardas municipais e demitidos fazem 

Cerca de 100 pessoas ocuparam o plenário nesta quarta-feira (5).
Grupo pede apoio dos vereadores sobre greve e direitos trabalhistas.

Do G1 Vale do Paraíba e Região
2 comentários
  •  
Guardas municipais e demitidos fazem ato na Câmara de Jacareí, SP (Foto: Paula Pessoa/G1)Guardas municipais e demitidos fazem ato na Câmara de Jacareí, SP (Foto: Paula Pessoa/G1)
Cerca de 100 pessoas entre guardas civis e demitidos da Inox ocuparam na manhã desta quarta-feira (5) o plenário da Câmara de Jacareí (SP). Com faixas e cartazes, eles ficaram no local por cerca de três horas e assistiram à sessão dos vereadores. Eles pedem o apoio dos vereadores nos movimentos que deram início.
Os guardas civis municipais estão em greve há 45 dias e pedem melhorias nas condições de trabalho e aumento salarial como, por exemplo, adicional de 30% de periculosidade.  Cerca de 80 guardas civis municipais participaram do ato na Câmara.
Já os demitidos da Inox, fábrica que fechou no dia 17 de janeiro, cobram o pagamento das dívidas da unidade. Segundo o sindicato, a dívida da empresa chega a R$ 19 milhões entre salários, verbas rescisórias, FGTS e INSS.
tópicos:

Adolescente de 16 anos é detido com drogas no Satélite Íris, em Campinas

Jovem escondia maconha e crack em uma embalagem de achocolatado. 
Caso foi registrado na Delegacia de Infância e Juventude como tráfico.


Do G1 Campinas e Região
Comente agora
Jovem de 16 anos é detido com 35 porções de maconha e 26 pedras de crack em Campinas (Foto: Guarda Municipal)Jovem de 16 anos é detido com porções de crack
e maconha em Campinas (Foto: Guarda Municipal)
Um adolescente de 16 anos foi detido, na tarde desta terça-feira (28), suspeito de vender drogas no bairro Satélite Íris 1, em Campinas(SP). Com ele, a Guarda Municipal apreendeu 35 porções de maconha, 26 pedras e 15 tubos de crack. O caso foi registrado na Delegacia da Infância e Juventude (DIJ) como tráfico de drogas.
O suspeito foi encontrado após a Guarda Municipal fazer uma ronda pela região. Ao perceber os guardas, o adolescente tentou esconder o que estava segurando. Segundo a corporação, a droga estava escondida dentro de um frasco de achocolatado. Além dos entorpecentes, a Guarda apreendeu dinheiro com o menor. O jovem foi encaminhado para a Fundação Casa.

tópicos:

Guarda Municipal do Rio pode entrar em greve

 Guarda nas ruas: risco de greve Foto: / Custódio Coimbra
Os guardas municipais do Rio podem cruzar os braços em dois períodos de grande movimento na cidade: ocarnaval e a Copa do Mundo. Na última sexta-feira, uma assembleia com a presença de cerca de 600 guardas, segundo os organizadores, decidiu decretar estado de greve.
A ideia do grupo, que não é ligado ao sindicato da categoria, é fazer uma paralisação no início de março. Caso as reivindicações não sejam atendidas, uma nova greve poderia acontecer durante a Copa doMundo. A categoria pede um novo plano de cargos e salários, melhorias no piso salarial e mudançasna escala de serviço dos guardas.
A Guarda Municipal do Rio informou, por meio de nota, que desconhece qualquer indicativo de greve dos integrantes da corporação e que vem mantendo diálogo constante com o sindicato que representa a categoria a respeito das reivindicações.
Acompanhe o noticiário de servidor pelo Twitter @A

Mudança no estatuto pode dar respaldo à Guarda Municipal a atender acidentes em Lucas

EM 28 DE JANEIRO DE 2014 AS 06H53
Autarquia ficaria responsável pela confecção dos boletins de acidente, hoje feita pela Polícia Militar
Fonte: ExpressoMT
 

Crédito: ExpressoMT
Será definida nos próximos dias a mudança de atribuição na confecção de boletins de acidente em Lucas do Rio Verde. Atualmente a Polícia Militar tem efetuado esse tipo de atendimento que passará a ser feito pela Guarda Municipal de Trânsito. Mudanças no estatuto de autarquia vão dar autonomia para que os GM’s façam esse procedimento.

Ontem, em entrevista coletiva à imprensa, o major PM Fábio Mota, comandante da corporação em Lucas do Rio Verde, explicou que essa mudança vai otimizar os trabalhos dos militares, que contarão com as viaturas para os atendimentos de outras naturezas. Mota observou que essa é uma mudança que vem sendo estudada pelas instituições que atuam na área de segurança, integrantes do Conselho de Segurança, visando beneficiar a coletividade. “A partir do momento em que a Guarda Municipal, que já está nos ajudando nesse sentido, começar de fato e de direito a atender as ocorrências de trânsito, vai permitir que nossas viaturas tenham disponibilidade de atender outras ocorrências ou realizando o policiamento preventivo em nosso município”, citou.

O oficial explicou que acidentes de trânsito em Lucas do Rio Verde mobilizam as guarnições praticamente todos os dias. Nos finais de semana e dias de festas, em razão do aumento de veículos, aumenta também o número de acidentes. E cada atendimento demora no mínimo 40 minutos, dependente da gravidade do acidente. “Até uma hora e meia, dependendo da remoção de veículos do local, atendimento às vítimas, coletas de dados. Em cada acidente, em média uma hora”, explicou.

Mesmo sem a atribuição de elaborar os boletins, a Guarda Municipal tem participado desses atendimentos, auxiliando no controle do trânsito nas imediações do acidente, isolando as áreas onde há permanência de vítimas ou veículos.

Em outras cidades, como Sinop, a Guarda Municipal local assumiu essa responsabilidade, permitindo que a Polícia Militar desenvolva as atribuições.
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!