Cadastre seu Email

terça-feira, 29 de outubro de 2013

25/10/2013 - 08h53

Proposta regulamenta profissão de vigilante comunitário

Medida exige que profissional tenha curso de formação aprovado pelo Ministério da Justiça e registro na Polícia Federal
A Câmara dos Deputados analisa proposta que regulamenta o exercício da profissão de quem atua no serviço comunitário de rua, uma espécie de vigilante. A medida está prevista no Projeto de Lei 5578/13, do Fabio Reis (PMDB-SE), que exige do aspirante à profissão que faça curso de formação de vigilante aprovado pelo Ministério da Justiça e tenha registro no Departamento de Polícia Federal.
A proposta inclui o profissional de serviço comunitário de rua na lei que regulamenta o trabalho dos motoboys e mototaxistas (Lei 12.009/09). Os vigilantes comunitários, de acordo com o texto, deverão cumprir todas as exigências feitas aos motoboys e mototaxistas, além de apresentar documentos como certidão negativa de varas criminais e atestado de residência.
Eles ficarão responsáveis por comunicar aos moradores e à polícia a presença de pessoas suspeitas na rua e a ocorrência de qualquer anormalidade em relação aos veículos estacionados no local, observar o movimento de chegada e saída dos moradores e acompanhar o fechamento dos portões de residências.
Veto
Fabio Reis explicou que a regulamentação desses profissionais já estava prevista na lei dos mototaxistas e motoboys aprovada pelo Congresso. Essa parte do texto, no entanto, foi vetada pela Presidência. A justificativa era de que a proposta deveria ter descrito mecanismos de controle e fiscalização da nova profissão.
O projeto de sua autoria, argumenta o deputado, resolve essa questão e, se aprovado, fará com que “a sociedade possa contar com o apoio de profissionais que zelarão por sua segurança, além de servir de apoio para a segurança pública, pois deverão alertar os órgãos de segurança pública sobre atividades suspeitas”.
Tramitação
A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Carolina Pompeu
Edição - Dourivan Lima

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'
POLÍCIA
28 de Outubro de 2013 - 14:23
Lucas: polícia leva 18 para delegacia após blitzes
Fonte: Só Notícias/Altair Anderli, de Lucas do Rio Verde

Policiais civis e militares e a Guarda Municipal realizaram várias blitzes, no final de semana. O resultado foi a condução de 18 pessoas para a delegacia por irregularidades como motoristas sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH), sem a documentação do veículo ou mesmo sem condições de conduzir o veículo (sinais de embriaguez).

A Polícia Militar apreendeu 11 veículos, entre motos e carros. "Além disso, conseguimos identificar uma pessoa que estava em atitude suspeita na praça do bairro Cerrado [ele é acusado de tráfico de drogas]. Ontem, conseguimos recuperar uma motocicleta Yamaha que havia sido furtada", explicou o comandante da PM no município, major Fábio Mota.

POLÍCIA
28 de Outubro de 2013 - 14:23
Lucas: polícia leva 18 para delegacia após blitzes
Fonte: Só Notícias/Altair Anderli, de Lucas do Rio Verde

Policiais civis e militares e a Guarda Municipal realizaram várias blitzes, no final de semana. O resultado foi a condução de 18 pessoas para a delegacia por irregularidades como motoristas sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH), sem a documentação do veículo ou mesmo sem condições de conduzir o veículo (sinais de embriaguez).

A Polícia Militar apreendeu 11 veículos, entre motos e carros. "Além disso, conseguimos identificar uma pessoa que estava em atitude suspeita na praça do bairro Cerrado [ele é acusado de tráfico de drogas]. Ontem, conseguimos recuperar uma motocicleta Yamaha que havia sido furtada", explicou o comandante da PM no município, major Fábio Mota.

Preso suspeito de matar guarda municipal em Coari

O suspeito foi indiciado por homicídio e encaminhado à cadeia pública de Coari – foto: divulgação
O suspeito foi indiciado por homicídio e encaminhado à cadeia pública de Coari – foto: divulgação
 
As polícias Civil e Militar de Coari (a 363 quilômetros de Manaus) prendem em flagrante de Rafael Aguiar Araújo, 18, suspeito de atirar e matar um guarda municipal durante fuga ocorrida na noite de sexta-feira (25), no município.

Rafael foi perseguido quando conduzia uma motocicleta, após roubar o celular de um homem. Durante a fuga, ele teria disparado três tiros que atingiram o guarda municipal Jociney Alves Mesquita, 31.

A vítima ainda chegou a ser socorrida e submetida a procedimento cirúrgico, mas não resistiu aos ferimentos.

Depois de perceber que estava sendo perseguido, o suspeito abandonou a motocicleta e se escondeu em uma casa nas proximidades da ponte que liga o bairro Duque de Caxias ao Centro de Coari.

Com o número do chassi em mãos, os policiais identificaram o proprietário do veículo automotivo, que alegou ter alugado a moto para Rafael no dia anterior ao delito.
A partir dessas informações, os policiais chegaram até o infrator, que morava com uma tia no bairro Tauá Mirim. Eles efetuaram a prisão na manhã de sábado (26).

Rafael ainda tentou fugir por uma porta nos fundos da residência, mas foi interceptado pela equipe formada por guardas e policiais. Um guarda municipal que estava com a vítima na noite do crime reconheceu Rafael como sendo o autor dos disparos.
 
O Delegado Titular de Coari, Rafael Costa e Silva, indiciou o suspeito por homicídio, com pena que varia de 6 a 20 anos de prisão.

O infrator foi encaminhado para a cadeia pública de Coari. A arma utilizada no crime foi entregue a uma terceira pessoa, que está sendo procurada pela polícia.
Publicada terça-feira, 29 de outubro de 2013, às 13:00

Guarda Municipal de Dourados recebe equipamentos e viaturas novas

Projeto foi cadastrado pelo prefeito Murilo em 2012 no Ministério da Justiça; corporação já recebeu as oito viaturas novas 
A Guarda Municipal de Dourados começou a receber os equipamentos e veículos novos, obtidos na administração do prefeito Murilo através do projeto de estruturação das guardas municipais, do Ministério da Justiça.
De acordo com o comandante da Guarda Municipal João Vicente Chencarek, o projeto foi cadastrado por determinação do prefeito Murilo no início de 2012 e após a aprovação foi publicado no Diário Oficial da União de 27 de dezembro de 2012. O valor destinado pelo Ministério da Justiça é de R$ 835,8 mil com contrapartida do município de R$ 10,8 mil.
Em setembro a Guarda Municipal começou a receber os equipamentos e veículos. Fazem parte do pacote de estruturação dez computadores, dez nobreaks, dez tablets, duas impressoras, três aparelhos de frigobar, quatro coberturas metálicas, três painéis luminosos de identificação, 64 coletes balísticos, quatro motocicletas e oito viaturas.
Novas viaturas da Guarda Municipal de Dourados já foram entregues e começam a ser utilizadas em breve - Foto: A. Frota
Novas viaturas da Guarda Municipal de Dourados já foram entregues e começam a ser utilizadas em breve - Foto: A. Frota
Os veículos estão no pátio do CAM (Centro Administrativo Municipal). A Guarda Municipal aguarda a documentação para começar a utilizar as novas viaturas nas rondas.
João Vicente Chencarek disse que os novos equipamentos e viaturas garantem melhor estrutura à corporação e isso vai melhorar a qualidade do serviço prestado à população na ronda escolar, no zelo ao patrimônio público, no trânsito e no combate às drogas.
“Tudo isso vai resultar na melhoria do serviço prestado à população, mas nada disso seria possível se o prefeito Murilo não tivesse aprovado o projeto que foi cadastrado em Brasília e garantido a contrapartida”, afirmou Chencarek.
Segundo o comandante, o prefeito entendeu a necessidade de estruturar a corporação, “e com isso estamos conseguindo melhorar a Guarda Municipal de Dourados e consequentemente garantir mais segurança para a população”.

Paciente acaba detido após agressões verbais a 

Guardas municipais encaminharam a pessoa que estava com os ânimos exaltados à 17ª SDP

O clima voltou a ficar tenso no final da tarde de ontem (28) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), situada na Rua Desembargador Clotário Portugal, na área central de Apucarana.

Conforme relatório da Guarda Municipal (GM) divulgado nesta terça-feira (29), uma equipe da corporação foi solicitada a comparecer no local depois que um paciente começou a agredir verbalmente um funcionário da unidade.


Os guardas municipais encaminharam a pessoa que estava com os ânimos exaltados à 17ª Subdivisão Policial (SDP) para os procedimentos legais.
Ontem um atendente da unidade fez um desabafo.
 
"Muita gente critica os funcionários da UPA semconhecimento de causa, pois trabalhar aqui exige muito controle emocional em razão da cobranças, tanto por parte dos pacientes como da opinião pública em geral. O número de pessoas que procuram atendimento diariamente é muito grande e cada uma acha que a sua dor é mais intensa, que seu problema é sempre maior do que dos outros e por conta disso os ânimos ficam acirrados com frequência", afirmou um funcionário da UPA que optou pelo anonimato.  
 

GM de Apucarana volta a coibir ação de ""

Na véspera e no Dia de Finados a Guarda Municipal vai priorizar esse tipo de patrulhamento para coibir ilegalidades próximo aos cemitérios

Desocupados que se auto intitulam como "cuidadores de carros" estão dando muito trabalho para a Guarda Municipal (GM) de Apucarana. No final de semana um grupo de anadarilhos cobrava pelo estacionamento de veículos próximo ao Cemitério da Saudade, no centro de Apucarana. Ele foram abordados por uma equipe da GM e orientados a deixar o local para evitar problemas legais.

Ontem (28) situação idêntica voltou a ocorrer, desta vez próximo ao Cemitério Cristo Rei, no bairro da Igrejinha, na zona sul da cidade.

Após denúncia feita através de ligação telefônica, dando conta que dois homens forçavam proprietários de veículos a pagá-los para estacionar e cuidar dos carros, guardas municipais foram até o Cemitério Cristo Rei e, mais uma vez, orientaram a dupla a deixar o local.
 O comandante da GM de Apucarana, Ataíde Pantaleão, adianta que a corporação vai agir de forma intensiva para evitar que situações do gênero voltem a ocorrer em qualquer parte da cidade.

Finados  "Na véspera e no Dia de Finados, principalmente, vamos priorizar esse tipo de ação próximo aos cemitérios para que os cidadãos não sejam incomodados por esse pessoal que insiste em cobrar irregularmente para supostamente cuidar dos carros", frisa Pantaleão.

Quadrilha explode banco e troca tiros com a polícia em Guamaré, RN


Banco do Brasil foi o alvo dos suspeitos na madrugada desta terça (26).
Prédio e carro da guarda foram alvejados; ninguém se feriu.

Do G1 RN

Agência do Banco do Brasil foi alvo de explosão nesta madrugada (Foto: Josivan Dantas)Agência do Banco do Brasil foi alvo de explosão nesta madrugada (Foto: Josivan Dantas)
Um quadrilha explodiu a agência do Banco do Brasil no município de Guamaré, região da Costa Branca do Rio Grande do Norte, na madrugada desta terça-feira (29). De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 3h30, quando homens fortemente armados invadiram a agência e usaram dinamites para arrombar os caixas. Três caixas foram detonados e prédio ficou destruído. Houve troca de tiros com a polícia e um carro da Guarda Municipal foi alvejado com vários tiros. Ninguém ficou ferido. Os criminosos fugiram.

Carro da Guarda municipal foi alvejado pelos criminosos em Guamaré, RN (Foto: Josivan Dantas)De acordo com o major André Luiz Fernandes, comandante do policiamento de Macau, a ação foi praticada por cerca de 20 homens em um tempo de aproximadamente 5 minutos. Eles teriam chegado à cidade e tentado evitar a reação da polícia atirando contra os prédios e carros usados pelos agentes. “Eles atiraram contra a guarda e também ficaram em frente à delegacia”, contou. 
Carro da Guarda Municipal foi alvejado
(Foto: Josivan Dantas)
Enquanto um grupo atacava os policiais, outro instalava dinamites no banco. Após as explosões, a agência ficou destruída. A polícia não tem certeza se o dinheiro dos caixas foi levado porque ainda não houve perícia. “Acreditamos que sim”, comentou o major. 
“Depois eles fugiram pela estrada que leva aGalinhos. Estamos em diligências para encontrá-los”, explicou o major. Os suspeitos teriam fugido em uma caminhonete e um carro do tipo Doblò tomado de uma pessoa durante a ação.
Este ano, segundo a Polícia Militar, mais de 30 unidades bancárias foram alvo de ações criminosas no Rio Grande do Norte. Na maioria delas, os arrombadores usaram maçarico ou artefato explosivo
.
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!