Cadastre seu Email

sábado, 17 de março de 2012

'Arma na mão do guarda municipal muda sua vocação'
'Arma na mão do guarda municipal muda sua vocação'
Comentarista afirma que Guarda Municipal deve focar em sua função que é a prevenção primária.
Será que em dois meses de treinamento os guardas municipais de Salvador vão conseguir manejar armas de fogo como devem? É possível que consiga, com bom critério, boa seleção. Mas, lembrando, a vocação do município é a prevenção primária. É o homem a pé, perto do cidadão, com rádio.

No entanto, os guardas de Salvador sentem a necessidade, pois Salvador é hoje a sétima capital mais violenta do Brasil.


A arma na mão da Guarda Municipal normalmente muda a vocação dela. Ela passa a realizar repressão igual à Polícia Militar.


Alguém tem que realizar a prevenção. O município tem que atuar na iluminação pública, na limpezaurbana, na prevenção, na criação de CAPS para recolher o usuário de crack. Se o município de Salvador estiver fazendo tudo isso pode investir na Guarda Municipal sim, mas se não estiver realizando, vá lá focar na sua missão que é a prevenção primária.


Se existe a necessidade de mais policiais armados, que se aumente o efetivo da Polícia Militar.


A Guarda Municipal cumpre uma função importante nas cidades em que a PM está faltando, mas em Salvador, de repente, não é esse o caso. Talvez a prevenção primária seja mais importante em Salvador



16/03/2012 às 10h56min - Atualizada em 16/03/2012 às 10h56min
Guarda Municipal de Salvador é treinada para usar armas de fogo

Guarda Municipal de Salvador é treinada para usar armas de fogo
Ao todo, 23% dos guardas municipais serão selecionados e farão o treinamento que inclui teste psicológico e aulas de tiro.
Em Salvador, 300 homens da Guarda Municipal estão sendo treinados para atuar usando armas de fogo. Está a maior polêmica na cidade.


A Guarda Municipal está nas ruas de salvador desde 2007. São 1.328 homens e mulheres com a função de proteger instalações e bens públicos, como monumentos, postos de saúde e escolas.


Na capital baiana, eles também trabalham no que o município chama de prevenção à violência. Desde outubro do ano passado, 340 guardas usam o taser, uma arma que não mata, imobiliza o alvo com uma carga elétrica de cinco mil volts. O armamento é usado em patrulhas e eventos, como o carnaval. Agora a tropa também vai usar outro tipo de arma.

A autorização foi dada pela Polícia Federal. Parte da Guarda Municipal de Salvador vai usar arma de fogo. Em dois meses, 300 homens da corporação estarão armados.

Ao todo, 23% do grupo serão selecionados e farão o treinamento que inclui teste psicológico e aulas de tiro. A corporação diz que a mudança é urgente.

“O entendimento da nossa sociedade é o entendimento de que o respeito, infelizmente, é a força, e a força presente pra esse respeito na criminalidade infelizmente é a arma de fogo”, afirmou Carlos Damasceno, gerente de operações da Guarda Municipal de Salvador.

O assunto tem gerado polêmica na cidade. “Eu acho errado isso aí. São só dois meses de treinamento. Dois meses de treinamento não dá pra nada”, disse Osmar Santana, auxiliar de contabilidade.

“Vai dar mais sensação de segurança, agora tem que ter responsabilidade”, afirmou Marcos Vieira, motorista.

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!