Cadastre seu Email

terça-feira, 30 de junho de 2009

Guardas Municipais em treinamento

Dezessete Guardas Civis Municipais de Caieiras estão recebendo treinamento específico, na cidade de Santana do Parnaíba, para garantir a segurança dos prédios municipais e da população de Caieiras. “A qualificação dos serviços oferecidos pela prefeitura municipal tem sido nossa prioridade”, afirmou o prefeito Hamamoto. Ele, juntamente com o coordenador de Segurança do Município, Dr. Rodrigo Nery Santiago; o comandante da Guarda, Ten. Adalberto e o diretor do Trânsito, Fabio Simas, estiveram na cidade de Santana do Parnaíba, onde os guardas da cidade recebem o treinamento. Recepcionados pelo secretário de Segurança da cidade, José Carlos do Amaral, Hamamoto e sua equipe puderam conhecer o trabalho realizado na cidade, que visa qualificar e humanizar o atendimento prestado pela guarda civil, junto à comunidade. O Inspetor de treinamento e Aprimoramento, Adauto Jose de Oliveira Jr.; e o sub-comandante da Guarda local, João Avelino da Silva, também relataram ao prefeito parte das técnicas e orientações que são ministradas aos homens. O prefeito Hamamoto ficou muito satisfeito com a qualificação que os guardas da cidade estão recebendo e disse que com certeza, depois deste treinamento, a segurança da cidade estará cada vez mais bem preparada para atender a população.

Guarda Municipal e Polícia Militar adotaram as não-letais

RJ- A Polícia Militar do Rio já usa lançadores de munição não-letal e Taser. A última aquisição foi a pistola elétrica Taser M26, através da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Existe, ainda em andamento, um processo para aquisição de agente químico/munição sendo realizado pela Diretoria Geral de Assuntos Logísticos (DGAL). A Senasp realizou um curso de treinamento para o uso do M26, através de ciclos de palestras e exercícios práticos com o armamento, tudo devidamente assessorado pelo fornecedor. Já a Guarda Municipal do Rio de Janeiro está em processo de licitação, autorização do Exército e liberação de verba do Ministério da Justiça, mas já se saber que terá a quantidade de armas não-letais suficiente para municiar os 40 guardas que vão atuar divididos em turnos no Leme. A Guarda utilizará sprays de pimenta na versão espuma, lançadores FN-303 de balas de borracha e pistolas CZ (calibre 9mm) para o mesmo tipo de munição. Todos os guardas do Grupamento Tático Móvel tiveram treinamento específico para essas armas.

domingo, 21 de junho de 2009

EM TODO O BRASIL GUARDAS MUNICIPAIS TRABALHAM DIRETAMENTE NA SEGURANÇA PÚBLICA, FOZ DO IGUAÇU/PR, SURPREENDE!

Denarc e GCM apreendem 2,5t de maconha Motorista que dirigia o caminhão com a droga foi preso, mas não revelou o seu destino Polícia vai apurar o destino da carga apreendida: Equipes da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) e da Guarda Civil Municipal (GCM) realizaram no sábado a maior apreensão de maconha deste ano em Foz do Iguaçu. Os agentes impediram a saída da fronteira de 2,5 toneladas de maconha traficadas do Paraguai. A carga estava em um caminhão cujo motorista acabou preso em flagrante por tráfico de entorpecente. A apreensão do fim de semana resultou de uma série de diligências realizadas pela Polícia Federal, Denarc e Guarda Civil Municipal, que monitoravam a ação de traficantes no Jardim Jupira, na região da Ponte Internacional da Amizade. "Aquela região [Jupira] era investigada há bastante tempo por nós [agentes das três corporações]. Nesta semana descobrimos que um grande carregamento de maconha deveria sair de lá para ser transportado para um local ainda incerto", disse o delegado Renato Coelho de Jesus, titular da Denarc. Segundo o delegado, as investigações avançaram descobrindo o dia e o horário exatos do transporte da droga. No sábado, policiais da Denarc entraram no Jardim Jupira para localizar a carga do entorpecente, enquanto equipes das GCM se dividiram nas principais saídas do bairro para evitar a fuga de possíveis traficantes. Por volta das 13h30, agentes da Denarc flagraram o caminhão Mercedes-Benz azul placas JLC-8846, trafegando de forma suspeita nas ruas do bairro. Os policiais seguiram à distância o veículo e, por meio de rádios, informaram à GCM todo o percurso feito pelo motorista. Eles perseguiram o utilitário até a Rua Nelson da Cunha Júnior — via marginal à BR-277 —, na saída para Cascavel, onde o abordaram. Abordagem "Em conjunto com a Guarda Civil Municipal, paramos o caminhão, fizemos uma vistoria e encontramos diversos fardos do entorpecente na caçamba do veículo", relatou o delegado. Após o flagrante, o motorista e o caminhão foram encaminhados à sede da Denarc, no Polo Centro. Durante o depoimento, segundo o delegado, o preso não informou à polícia detalhes sobre a propriedade, o destino e o receptador da maconha. Coelho de Jesus não divulgou o nome do motorista para não comprometer a sequência das investigações. "No momento temos de trabalhar em sigilo", resumiu. Conforme o delegado, o detido foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e colocado à disposição da Justiça. O acusado ficará na Cadeia Pública Laudemir Neves, em Três Lagoas, enquanto aguarda o julgamento. Caso seja condenado, o preso poderá pegar até 15 anos de reclusão.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

GUARDA MUNICIPAL DE BH/MG É SALVO POR DISTINTIVO

Veja bem! a má gestão administrativa de algumas Guardas Municipais, tem prejudicado muito a população brasileira, inclusive muitos GMs podem morrer, principalmente em cidades que atendem as exigências da lei para armar a Guarda Municipal e não cumprem a lei, a problemática não é que queremos armas, mas necessitamos delas para nos proteger também. A Guarda Municipal de Belo Horizonte/MG vêm, desde sua fundação, prestando um bom serviço a população, poderia ser muito melhor, mas a má gestão, diga se, por um coronel, tem barrado o seu crescimento e os serviços da Guarda em prol da comunidade. Este caso, desta semana (texto abaixo), comprova que nem sempre poderemos contar com a sorte e sim com a experiência mínima de uma pessoa que no mínimo já deveria ter tomado as providências necessárias para que a Guarda Municipal de BH estivesse entre as melhores do Brasil. Infelizmente, estas instituições como a Guarda Municipal de Goiânia, que é má administrada por coronel também, a cada dia que passa, deixa de prestar mais segurança para o povo da capital Goiânia. Porque os alcaides destas cidades ainda não perceberam que se as Guardas Municipais nasceram, é porque o estado falhou na segurança pública e justamente no comando dos mesmos que hoje querem atrapalhar o desenvolvimento das Guradas Municipais, será que os prefeitos não veem que se estes senhores coronéis erraram lá, também vão errar nos municípios? aliás já estão errando. Hoje, na Band, o Sr. Datena, das ocorrências policiais apresentadas, quatro foram de Guardas Municipais, todas logrando êxito incontestável de alto grau de profissionalismo, e nenhuma delas o gestor é coronel. Não se trata de caso isolado, se pesquisarmos a fundo, notaremos que existem várias situações como essa! Encerro com uma pergunta aos especialista em segurança pública, para refletirem sobre o assunto; COMO UM ESPECIALISTA EM SEGURANÇA PÚBLICA PERMITE QUE SE FAÇA SEGURANÇA SEM ESTAR SEGURO?.... Vejam a matéria abaixo: GUARDA MUNICIPAL DE BH/MG É SALVO POR DISTINTIVO No dia em que completa 29 anos de vida, um guarda municipal de Belo Horizonte tem mais um motivo para celebrar a data. Nesta terça-feira, Cristiano Alberto Sales foi salvo de um disparo de tiro graças a seu distintivo. O agente de segurança fazia o patrulhamento na Praça Raul Soares, no Centro de BH, quando percebeu três homens correndo, um deles com uma arma na mão. Cristiano e outro guarda municipal correram atrás dos suspeitos pelas ruas do hipercentro. Na esquina da Rua Santa Catarina com Avenida Bias Fortes, um dos bandidos atirou, acertando a placa de identificação do guarda. O disparo, segundo o tenente Câmara, do 1º BPM, pegou de raspão o distintivo de Cristiano. \"Os bandidos tentaram assaltar uma joalheria na Avenida Amazonas, esquina com a Rua Paraná.O dono da loja gritou e os criminosos acabaram saindo correndo, sem conseguir levar nada\", explicou o tenente. Na loja, ninguém foi ferido. O guarda municipal foi levado para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII com ferimentos leves no tórax. \"Hoje eu nasci de novo. Foi Deus mesmo que pôs a mão\", comentou Cristiano, logo após ser liberado pelos médicos. O suspeito de ter efetuado o disparo está preso na 21ª DP e a arma, um revólver calibre 38, apreendida. Segundo o tenente Câmara, Lorran Douglas Moreira, de 20 anos, havia terminado de cumprir pena por homicídio. Os outros dois assaltantes conseguiram fugir. SEM COLETE Um colega do guarda e que não quis se identificar disse que a ocorrência desta terça-feira deixa evidente um problema já relatado pelos guardas municipais. Na capital mineira, os agentes não usam colete à prova de balas e não andam armados. A Prefeitura de BH já foi contactada para esclarecer sobre essas questões. O gerente de execução operacional da Guarda Municipal, coronel José Chagas Diniz Couto, fala com a imprensa a partir das 14h. fonte - www.guardasmunicipais.com.br e http://www.uai.com.br

sexta-feira, 12 de junho de 2009

GUARDA MUNICIPAL INICIA CAMPANHA DE COMBATE AO USO DO CEROL

Começou neste mês de junho a Operação Cerol-2009 com o objetivo orientar a população quanto aos perigos oferecidos pelo uso do cerol. O trabalho desenvolvido pela Agência da Guarda Municipal (AGMG) vai até a última semana do mês de julho, época das férias escolares. Durante a operação, a AGMG realizará trabalho de conscientização da população sobre o perigo do cerol com a entrega de folheto educativo, recolherá o cerol líquido e linhas com o produto, e encaminhará os envolvidos, em caso de acidentes, para a delegacia especializada. A Guarda fará ainda o acompanhamento dos menores até seus pais ou responsáveis, quando flagrados utilizando o cerol. Ao final da campanha, previsto para o dia 31 de julho, todo material apreendido será levado ao aterro sanitário onde será incinerado. O Inspetor responsável pela ação, Antônio de Pádua, alerta que a quantidade linha com cerol, apreendida antes mesmo do inicio da Operação, é grande. “Mas temos total convicção de que até o final da operação, essa quantidade será bem maior”. A Operação Cerol - 2009 será realizada pelo Grupo de Proteção ao Cidadão – GPC, em parceria com as diretoras de escolas municipais e o procedimento utilizado pela equipe é o esclarecimento aos menores e aos pais, por meio de folheto educativo. Quem quiser participar deste trabalho de conscientização e tiver o produto em seu poder, poderá ligar no plantão 24h da Guarda Municipal, no número 3524 8607, para recolhimento do material. Cerol Cerol é o nome atribuído a uma mistura de cola com vidro moído que é aplicado em linhas de pipas. Sua função é o corte da linha da pipa de um oponente. No Brasil, o produto é muito usado nos meses de janeiro, fevereiro, julho e dezembro, que correspondem aos períodos de férias escolares.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Projeto de Lei 4896/2009 - Confere Porte de Arma Particular e Funcional para Todos os Guardas Municipais

Projeto de Lei 4896/2009 - Confere Porte de Arma Particular e Funcional para Todos os Guardas Municipais PROJETO DE LEI Nº 4896 de 24/03/2009 Altera dispositivos da Lei nº 10.826, de 2003 (Estatuto do Desarmamento). O Congresso Nacional decreta: Art. 1º A Lei nº 10.826, de 22 de dezembro de 2003, passa a vigorar com as seguintes alterações: I - dê-se ao inciso III do art. 6° a seguinte redaç ão: \"III – os integrantes das guardas municipais.\" (NR) II - revogue-se o inciso IV, renumerando-se os seguintes.. III - revogue-se o § 7º do art. 6º. IV - dê-se ao § 1º do art. 6° a seguinte redação: \"§ 1º As pessoas previstas nos incisos I, II, III, IV e V do caput deste artigo terão direito de portar arma de fogo de propriedade particular ou fornecida pela respectiva corporação ou instituição, mesmo fora de serviço, nos termos do regulamento desta Lei, com validade em âmbito nacional para aquelas constantes dos incisos I, II, IV e V.\" (NR) Art. 2° Esta Lei entra em vigor na data de sua publ icação. JUSTIFICAÇÃO O Estatuto do Desarmamento, nos termos em que hoje vige, estabelece injustificada discriminação entre as Guardas Municipais em função da quantidade de habitantes dos municípios, dando privilégios para aquelas que pertençam a municípios com mais de quinhentos mil habitantes; o que fere o princípio da isonomia. Assim, atualmente, os integrantes das guardas municipais dos Municípios com mais de quinhentos mil habitantes estão autorizados ao porte de arma de fogo mesmo fora de serviço, enquanto os dos Municípios com mais de cinqüenta mil e menos de quinhentos mil habitantes só podem portar arma quando em serviço. É patente que a Lei não enxerga a permanente necessidade de segurança pessoal desses integrantes das Guardas Municipais, deixando-os, quando fora do serviço, reféns e vítimas dacriminalidade armada. Em função do exposto, sabendo do incontestável mérito desta proposição, esperamos contar com o apoio dos nobres Pares.
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!