Cadastre seu Email

quarta-feira, 6 de junho de 2012


Novidade: Colete para policiais com ar-condicionado embutido.



Colete-ArCondicionadoColete com ar-condicionado (Foto: Reprodução)
O Empa, instituto de tecnologia da Suíça, criou um colete para militares e policiais com ar-condicionado embutido. O projeto, que visa eliminar a sensação de calor dos usuários, tem previsão para ser lançado em breve no mercado.O colete utiliza um sistema de refrigeração chamado Coolpad, criado pelo próprio instituto. Trata-se de uma espécie de ventoinha com um sistema de água dentro. Ela funcionará com o objetivo de evaporar a água e, consequentemente, resfriar o ar dentro do colete.

Colete-ArCondicionado1Colete visa diminuir a sensação de calor (Foto: Reprodução)


Dois pequenos ventiladores farão o trabalho da refrigeração. Ambos funcionarão com baterias e sistemas eletrônicos próprios, que poderão ser recarregados. A autonomia de uma carga é de três a quatro horas. As ventoinhas também poderão ser substituídas e os reservatórios de água, recarregados.
De acordo com o Instituto Empa, embora outros modelos de colete refrigerado já existam, este com certeza é o mais leve e o que tem mais capacidade de resfriamento. Outros equipamentos com ar gelado dentro também estão sendo desenvolvidos pelo instituto, como vestimentas camufladas, jaquetas e ternos.

Operação da GM de Jundiaí no Jd. São Camilo


Maia confirma votações sobre segurança na semana de 12 de junho



O presidente da Câmara, Marco Maia, afirmou nesta quarta-feira que a pauta do Plenário terá projetos sobre segurança pública nos dias 12, 13 e 14 de junho. Ele disse que as propostas ainda não foram definidas. "Há um conjunto de projetos que tramitam na Casa. O governo também tem propostas interessantes. Todas ajudam a melhorar a qualidade dos serviços em segurança prestados no País", explicou o presidente.
Maia se reuniu nesta quarta-feira com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que defendeu a votação do projeto que cria o Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas (Sinesp). O objetivo desse projeto é integrar os bancos de dados do governo federal e dos estados com informações sobre segurança pública (PL2903/11, do Poder Executivo).
*Matéria atualizada às 23h51.

Guarda Municipal de Paulínia recebe 26 viaturas em três anos

  • PDF
26 Viaturas modelo Pálio ELX zero quilometro foram entregues à Guarda Municipal.
26 VIATURAS MODELO PÁLIO ELX ZERO QUILOMETRO FORAM ENTREGUES À GUARDA MUNICIPAL.
Um balanço divulgado pela Prefeitura de Paulínia sobre Segurança Pública mostra que nos últimos três anos, a cidade recebeu 26 viaturas para ronda e patrulhamento nas vias municipais, bem como quatro motocicletas, 100 armas pistolas taurus, considerada moderna, 200 coletes a prova de bala, centenas de lanternas, 32 mil munições, entre granadas de efeito moral, fumígena e lacrimogênea, 30 rádios para comunicação, além de uniformes e estrutura básica para a realização das operações de 215 guardas.
De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, os investimentos com aquisição de equipamentos, armas e cursos têm contribuído para queda nos índices de criminalidade e violência na cidade, como diminuição de roubo e furto de veículos e menor taxa de homicídios dolosos cometidos.
Se comparado a outros municípios da região, como Nova Odessa, por exemplo, o número de viaturas em Paulínia é 400% maior. A vantagem numérica sobre o efetivo também se destaca na Região Metropolitana deCampinas.
Para apoiar na segurança, a população pode denunciar sempre que presenciar um crime, através do telefone de emergência da Guarda Municipal, 153.

05/06/2012 10:50

Flagra de abuso da Polícia Militar em Taubaté

Vídeo mostra skatista de 22 anos sendo agredido por policiais militares em um parque público; VEJA VÍDEOREDAÇÃO
redacao@bomdiataubate.com.br
Um vídeo registrou a agressão de policiais militares contra um jovem de 22 anos em uma pista de skate no Parque Municipal Jardim das Nações, em Taubaté. A gravação foi feita por volta de 17h, no último sábado, e também mostra que agentes municipais estavam envolvidos na confusão com mais outros skatistas.

VÍDEO: Policial agride skatista

Após a confusão, o vídeo circulou pelas redes sociais, sites e blogs. Skatista há 10 anos, o mecânico M.R., 22 anos, disse ter sido vítima de abuso. Com medo, pediu para não ser identificado. O vídeo mostra que ele tomou uma coronhada de um PM -- o jovem precisou levar 10 pontos na cabeça. Na tarde desta segunda-feira, M. passou por exames de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal).

“A discussão já estava rolando com dois meninos quando eu cheguei. Me intrometi quando vi a polícia e os guardas primeiro fechando o cerco para os dois e depois apontando a arma. Falei que não precisava daquilo, que era para abaixar a arma porque tinha muita criança na hora, mas o soldado já chegou me agredindo e deu coronhada na minha cabeça”, disse o skatista ao BOM DIA.

Segundo testemunhas ouvidas pelo BOM DIA, cerca de 10 skatistas estavam usando a pista na tarde de sábado quando o episódio aconteceu. Dois guardas municipais teriam estacionado as motos no final da pista -- o que atrapalharia as manobras. Os jovens pediram para os guardas retirarem as motos dali, mas não foram atendidos.  

Houve um bate-boca e os guardas chamaram a PM. “Os guardas disseram que tinham denúncia de pessoas se drogando, mas no nosso meio, não tinha ninguém. A PM chegou e se quer quer revistou alguém, muito menos encontrar algo. Eles chegaram apontando armas de calibre 12 e uma pistola num local cheio de crianças. Deram bica, chamaram de baiano e vagabundo. Quando eles viram que tinha gente filmando, tentou tomar o celular do rapaz”, disse o estudante e skatista H.C., 19 anos.
 
PM e prefeitura vão apurar a confusão
Segundo o tenente Rodrigo Fernandes da Silva, a PM chegou ao local para dar apoio a uma ocorrência. Os dois policiais envolvidos são soldados. A polícia instaurou um inquérito policial militar para investigar o fato e deverá ficar pronto em 40 dias -- contando a partir de sábado. “Existe uma presunção da lei brasileira que a pessoa é inocente até que se prove o contrário, por esse motivo, nenhum policial foi afastado da corporação. Como há indício de crime militar e acusações, a PM vai investigar internamente”, disse Fernandes. Já o secretário de segurança pública de Taubaté, Orlando Lima, negou que os guardas tenham atrapalhado os skatistas. No total, sete guardas se envolveram na discussão. Além dos pontos, a vítima se feriu nos ombros. 

05/06/2012 21:31

Prefeitura compra gás de pimenta para a GM

Também foram adquiridos tubos de spray de gás lacrimogêneo para uso do pessoal do Canil de JundiaíALINE PAGNAN
aline.pagnan@bomdiajundiai.com.br
Os guardas municipais de Jundiaí passam a ir  às ruas armados com gás de pimenta - para quem é do Canil da GM, será disponibilizado  spray lacrimogêneo. A aquisição da prefeitura teve investimento de R$ 45 mil, segundo a “Imprensa Oficial” desta terça-feira.

Com isso, os GMs daqui fazem estreia de  armas não letais. Segundo a prefeitura, eles  já passaram por um  curso preparatório para o  uso correto desses  equipamentos. 

Ao todo, foram comprados 292 frascos de gás de pimenta  e  20 de gás lacrimogêneo individuais - e outros quatro desses   maiores que vão ficar em  viaturas.

Segundo o responsável pela Divisão Operacional da GM, o inspetor Cláudio Ferigato, as armas “ajudarão muito” os GMs durante as ocorrências diárias. “Em situações de desobediência à ordem de parada para abordagem ou resistência, poderá ser usado o gás de pimenta. No caso do Canil, como o cheiro de pimenta atrapalha o trabalho dos cães na busca de drogas ou armas, serão usados os sprays de gás lacrimogêneo.”

Cada um dos potes tem 85 gramas. Já os quatro frascos maiores para as viaturas de apoio são de  450 gramas. “Esses são para brigas ou protestos, entre outros.”
Fiscalização eletrônica / O inspetor assegura que cada frasco vem com  um chip, que permite sua  localização e o monitoramento do uso.  “A ideia é controlar o uso e também coibir o desvio deste material”, explicou Ferigato.

Segundo ele, a compra foi pensada para  manter a corporação equipada com o que existe de mais moderno. 

“Todo esse material tem o foco no controle de situações de risco sem o uso de arma de fogo. A instituição tem como consenso o respeito à vida e, por isso, houve o investimento em uma arma não letal.”

A estimativa é de que esses frascos durem cerca de um ano, mas isso depende do número de ocorrências em que haja a necessidade de uso e da quantidade de pessoas envolvidas em cada uma delas, conforme informou o inspetor da GM.

04/06/2012 09:56

Sem poder de polícia, Guarda Municipal em alguns casos fica impedida de prender bandidos

Aumentar texto Diminuir texto
Graziela Rezende
Diferente de diversas cidades do país, como Dourados, Belo Horizonte e outras seis do interior paulista, a corporação da Guarda Municipal que atua em Campo Grande, de acordo com o regimento interno, não possui arma e é impedida de prender um bandido na rua e o conduzir para a delegacia, com exceção da ação que esteja sendo realizada em flagrante ou dentro de órgãos e patrimônios públicos municipais.
Tal atribuição, segundo a categoria, entra em confronto com a realidade do dia-a-dia e, muitas vezes, os próprios guardas são cobrados por isso. “Em deslocamento para a guarnição, nos deparamos com muitas situações, mas podemos apenas conter o infrator, acionar o 190 e aguardar a chegada da Polícia Militar. E, sem armas, existem muitas situações em que os meliantes conseguem fugir ou escapam e a ação fica impune”, diz um guarda municipal.
Nas ruas, os guardas contam que as pessoas chegam denunciando fatos, mostrando um bandido a solta e cobrando uma solução em um bairro, por exemplo, e a providência a ser feita por eles é acionar a polícia, através do 190.
“O “perninha”, por exemplo, que é um bandido com mais de 100 passagens policiais e que assaltou dois comércios na madrugada desta terça-feira (29), na avenida das Bandeiras, é um dos homens que sempre encontramos na rua e não fazemos nada. Sabemos por onde ele anda e agora a intenção é pegar ele cometendo um delito para efetuar a prisão em flagrante”, conta um Guarda Municipal.
Segundo a assessoria de comunicação da Guarda Municipal, o serviço, há menos de três anos, era visto como de segurança de patrimônio público, ou seja, o profissional era apenas um vigia. E, foi a partir daí, que houve o primeiro concurso por parte da Prefeitura Municipal e hoje a corporação possui 1.158 homens em Campo Grande.
Em todo o país, a categoria não possui um padrão e os guardas também não possuem “poder de polícia”, que se refere ao dever de prender uma pessoa que esteja cometendo um delito, seja aonde for, porém, em algumas cidades, os homens já andam armados.
“A Guarda Municipal não deve invadir um local onde a PM já atua, mas poderia contribuir mais ao prender um bandido, assim como qualquer cidadão tem o direito de fazer. E hoje, se fizermos isso, ainda seremos acusados de abuso de autoridade e ganhamos um processo nas costas”, comenta o Guarda Municipal.
Em entrevista, o capitão Guilherme Dantas Lopes, reafirma que a Guarda Municipal deve agir dentro da legalidade. "Se a guarda começar a agir como polícia, será acusada de desvio de funções. Atualmente ela deve cuidar de bens e instalações públicas e só agir nestes locais ao se deaparar com uma ocorrência em flagrante delito.
O capitão diz ainda que parte da população realmente confunde os guardas municipais com policiais militares. "A população quer se sentir segura e confunde mesmo. Até bombeiro passando pela rua eles pedem ajuda. Mas tem que se lembrar que o guarda não está armado, que a sua vida é prioridade e ele deve agir dentro da legalidade", avalia o capitão Guilherme.
Como atuais projetos, a corporação mudará o layout das viaturas de fiscalização, denominadas agora de ROMU (Rondas Ostensivas Municipais). Além disso, existe um projeto da Prefeitura para uma equipe da Guarda Municipal, que ficará no antigo prédio da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), cuidando do monitoramento da cidade com 28 câmeras espalhadas pelas ruas da Capital. "A licitação ainda não foi aberta e a idéia está sendo discutida", afirma a assessoria de comunicação da prefeitura.
Luiz Alberto



Choque de Ordem reboca 25 veículos estacionados
irregularmente nas praias do Rio

Outros 344 carros foram multados durante o final de semana
Do R7 | 03/06/2012 às 20h22Agentes da Seop (Secretaria Especial da Ordem Pública), com o apoio de guardas municipais, rebocaram 25 veículos e multaram outros 344 por estacionamento irregular durante o final de semana nas orlas das praias do Flamengo até o Recreio dos Bandeirantes.

Também foram apreendidos 117 chapéus de praia e 16 bolsas com ambulantes não autorizados. 

A fiscalização realizou ainda trabalho de orientação aos banhistas próximo ao espelho d'água evitando a prática de 158 jogos (altinho e frescobol) e presença de 96 cães na areia.

Arapongas

Publicado em 04 de Junho de 2012, às 08h45min

Novos Guardas Municipais realizam campanha de doação de sangue

A atividade além de integrar e aproximar os novos recrutas com a sociedade, também está inserida na dinâmica de articular políticas de segurança com ações sociais

Da Redação
Tamanho da letra
Compartilhe
Imprimir
RSS
Comunicar erro
Crédito: Divulgação
Credito:  Divulgação
Novos Guardas Municipais realizam campanha de doação de sangue

Dentro do conteúdo  programático do Curso de Formação dos novos Guardas Municipais de Arapongas, aprovados em concurso público e que assumem suas funções nos primeiros dias de julho, foram incluídas atividades sociais e trabalhos voluntários, que tem como objetivo a aproximação e integração com a comunidade. Uma delas aconteceu recentemente, quando os novos GMs realizaram uma Campanha de Doação de Sangue em parceria com o Hemocentro HU, de Londrina, com o tema “Dando Sangue por Arapongas”.
 
Conforme explica o secretário de Segurança, major Arduin, a atividade além de integrar e aproximar os novos recrutas com a sociedade, também está inserida na dinâmica de articular políticas de segurança comações sociais, conforme diretrizes previstas no próprio Pronasci, que é o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania. O major destaca ainda, que dentro das ações promovidas, os novos recrutas também participam neste próximo domingo de um trabalho voluntário na Casa de Acolhida, mantida por segmentos da Igreja Católica e estarão atuando durante a Procissão de Corpus Christi, que acontece no próximo dia 7 de junho.
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!