Cadastre seu Email

terça-feira, 9 de abril de 2013

Mulher atira quatro vezes em ex-marido na zona sul do Rio

A autora dos disparos cercou o ex-companheiro na saída do trabalho no Flamengo
  •  
  •  Marlene de Fátima Bovini, de 49 anos, foi presa em flagrante por guardas municipais após disparar cinco vezes contra o ex-marido, José Geraldo de Castro, na saída do trabalho dele, no Flamengo, zona sul do Rio.
Quatro disparos atingiram a vítima, que foi levada às pressas ao hospital Souza Aguiar, no centro do Rio. O quadro de saúde inspira cuidados, mas ele não corre risco de morte.
Após a prisão, a autora dos disparos disse, em entrevista à Rede Record, que sofreu um ataque de fúria depois de descobrir que o ex-companheiro, com quem manteve um relacionamento durante seis anos, estava espalhando boatos sobre a vida íntima dela.
Marlene esperou o homem sair do restaurante em que trabalha e o perseguiu com um revólver por cerca de 100 metros. Veja na reportagem abaixo como os guardas municipais conseguiram capturar a mulher.
Assista ao vídeo:

Segurança, emprego e saúde foram temas de debate na Câmara nesta segunda (1)


Os temas foram debatidos na sessão que aconteceu nesta segunda-feira (1º) na Câmara Municipal de Salvador


Editoria Notícias & Empregos
publicidadeOs trabalhos na Câmara Municipal de Salvador neste mês de abril começaram nesta segunda-feira (1º) com propostas envolvendo serviços prestados na capital baiana. O vereador Alberto Braga (PSC) protocolou um projeto de indicação propondo que os guardas municipais reforcem a segurança nos jogos e eventos da Arena Fonte Nova. De acordo com Braga, os guardas ficariam responsáveis por preservar o patrimônio público. 
No projeto que foi indicado ao secretário de Segurança Pública, Maurício Telles Barbosa, o vereador ressalta o valor gasto na construção do equipamento e a importância de sua conservação. “A ideia é que a polícia militar proteja os torcedores e os guardas municipais o patrimônio público, evitando que vândalos quebrem objetos como cadeiras e lâmpadas do estádio ou até mesmo urinem nas paredes”, disse. 
SAMU
Médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), estiveram presentes na Câmara Municipal em busca de apoio dos vereadores contra a evasão dos profissionais do órgão. Segundo a médica Milena Chagas Ramos, a falta de médicos pode impactar bastante no atendimento do SAMU. “É preciso evitar a tendência gradual e expressiva dos funcionários e médicos que pode ocasionar um colapso e a suspensão dos serviços de urgência na cidade”, explicou.
SIMM
Já o vereador J. Carlos Filhos (PT) destacou e solicitou ao prefeito ACM Neto, a implantação de uma unidade do Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (SIMM) na região do Subúrbio Ferroviário. Segundo o vereador, esta medida vai ampliar o acesso dos moradores do local às oportunidades de trabalho. 
Além disso, o petista pontuou que a região do Subúrbio está distante dos atuais pontos do serviço, no Comércio, Cabula, Cajazeiras e Boca do Rio, destacando o número de habitantes do local. “De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Subúrbio Ferroviário possui aproximadamente 600 mil habitantes”, ressaltou. 
Transporte Público 01/04/2013 - 20h38min
Mobilização ganha força e mais de três mil protestam na Capital
Juliano Tatsch
JONATHAN HECKLER/JC
Sem violência, multidão mostrou indignação com reajuste
Sem violência, multidão mostrou indignação com reajuste
Depois do ocorrido na quinta-feira passada, quando alguns manifestantes contrários ao aumento da passagem de ônibus  (de R$ 2,85 para R$ 3,05) em Porto Alegre depredaram o prédio da prefeitura, no Centro da Capital, gerando confronto com guardas municipais e soldados da Brigada Militar, a expectativa para a manifestação de ontem cresceu. O horário era o mesmo. Às 18h, um grande grupo de pessoas se postava em frente ao Paço Municipal, com gritos de protesto e palavras de ordem, principalmente direcionadas ao prefeito José Fortunati. Dessa vez, porém, não houve pancadaria nem excessos.

A manifestação junto à prefeitura foi rápida. Munidos de ramalhetes, alguns jovens entregavam flores para brigadianos. “Mãos ao alto, R$ 3,05 é um assalto” foi um dos gritos mais ouvidos durante o ato. Em frente à porta do prédio, poucos guardas municipais observavam tudo. Do lado de dentro, muitos outros faziam uma proteção, que se mostrou desnecessária. O que marcou mesmo a mobilização foi a caminhada pelas ruas do Centro. A cada passo que era dado, o protesto deixava de ser uma manifestação de estudantes ou de grupos políticos-partidários e se transformava em um grito de Porto Alegre. Os jovens estavam lá, mas não só eles. Ao seu lado estavam homens, mulheres, idosos, trabalhadores e até motoristas de ônibus, que olhavam tudo de dentro dos coletivos e buzinavam no ritmo das vozes.

O batalhão de choque da Brigada Militar acompanhou tudo de perto, o que gerou alguns desconfortos, mas nada grave. Algumas bombas explodiram, e as ações foram prontamente vaiadas pela maioria. A avenida Júlio de Castilhos foi tomada, e a multidão foi crescendo a cada metro caminhado. No total, mais de três mil pessoas participaram da mobilização que, sem violência e com muita indignação, mostrou que a insatisfação não é pontual.

José Fortunati garante que licitação sai neste ano

No meio da tarde, o prefeito recebeu um grupo de estudantes. Eram 16h30min e os cavalos da Brigada Militar já estavam a postos junto à estação Mercado da Trensurb se preparando para a manifestação marcada para o fim da tarde. Acompanhado pelo vice, Sebastião Melo, e pelo secretário de Governança, Cezar Busatto, Fortunati reuniu-se com uma comitiva de estudantes para discutir a questão do reajuste nas passagens e tentar, através de diálogo, criar uma relação de maior camaradagem entre os dois lados.

O objetivo parece ter sido alcançado, vide as diversas ocasiões em que o prefeito foi aplaudido pelos jovens, recebidos no salão nobre do Paço. “Vamos continuar lidando com a lógica do diálogo. O tema é complexo e estimula o proselitismo, o populismo e a demagogia”, disse o prefeito.

Fortunati convidou as representações estudantis a participarem de dois grupos de trabalho que serão criados na prefeitura: um para discutir a revisão da planilha com os itens que influem no preço da passagem e outro para elaborar a licitação para o transporte coletivo de Porto Alegre. Licitação esta que foi reafirmada pelo prefeito. “Queremos fazer a licitação do transporte coletivo ainda neste ano, calcada em novas bases, com uma nova planilha tarifária”, disse. Assim, uma possível redução de preço da tarifa só poderá acontecer em 2014.

O tema das isenções também foi tratado na reunião. Para o prefeito, elas são importantes para alguns grupos, mas precisam ser revistas. “Em tese, se retirássemos todas as isenções, a passagem baixaria para R$ 2,10. Não estou propondo o fim das isenções, mas temos de discutir quais devem ser mantidas.”

Para o diretor de universidades públicas da União Estadual dos Estudantes (UEE), Fábio Vieira Kucera, o encontro foi positivo, mas ainda é preciso avançar. “O que temos hoje é melhor do que tínhamos ontem. Hoje podemos sentar à mesa pautando o que será feito no ano que vem. Isso nunca havia ocorrido antes. Todo ano acontece a mesma coisa e todo ano ocorre manifestação. Vamos sentar à mesa, pegar essas planilhas e levar isso para o debate com a sociedade”, afirmou.

O estudante de Filosofia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) acredita que as ações de vandalismo são isoladas e não podem ser encaradas como um ato coletivo. “A maior parte deles não sai buscando fazer uma baderna. É importante que a sociedade não entenda que os estudantes são violentos, baderneiros ou vândalos.” A reunião foi marcada pela ausência de representação do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Ufrgs. Conforme testemunhos, dirigentes do DCE foram barrados na entrada do prédio da prefeitura. A UEE, por sua vez, disse que representantes da Ufrgs foram convidados, mas não confirmaram a participação no grupo.

EPTC intensifica fiscalização da tabela de horários dos ônibus

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) iniciou ontem uma ação de intensificação da fiscalização do cumprimento das tabelas horárias pelas empresas de ônibus da Capital. O trabalho, que será realizando durante todo este mês, foi motivado pelo aumento das reclamações de usuários em março.

O diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, afirma que sempre que a tarifa é reajustada as críticas dos passageiros aumentam. E, para Cappellari, a população tem razão em suas reclamações, pois a tabela está realmente sendo descumprida por algumas linhas. “Queremos ver se realmente a qualidade do serviço está caindo. Nossos agentes estão nos terminais fazendo a fiscalização da tabela, mas também analisando o comportamento dos motoristas e cobradores e as condições físicas dos terminais dos ônibus”, explica. 

As diversas obras que estão sendo realizadas simultaneamente na Capital têm prejudicado o trânsito. Mesmo assim, Cappellari ressalta que este impacto não condiz com o que está sendo visto. “Todos os cronogramas de obras visam a diminuir o impacto nos coletivos. Uma pequena parcela dos atrasos deve-se às obras, mas uma boa parte é por desleixo dos operadores, que não estão buscando planejamento. O usuário se programa para esses horários, e eles precisam ser cumpridos”, diz.

O controle da tabela horária para aumentar a qualidade do transporte é uma resposta à população, que está insatisfeita em pagar R$ 3,05 pela tarifa de um serviço que apresenta problemas. Cappellari conta que foi duas vezes a Brasília com o prefeito José Fortunati para buscar a redução no impacto da tarifa de ônibus como, por exemplo, com a desoneração dos impostos. “Acredito que, em 2014, a tarifa terá um impacto muito menor se essas iniciativas derem resultado.”
Vereador quer que guardas municipais reforcem segurança da Fonte Nova
Foto: Felipe Santana/ Bahia Notícias
Projeto proposto nesta segunda-feira (1º) pelo vereador Alberto Braga (PSC) ao secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, pretende que guardas municipais reforcem a segurança da Arena Fonte Nova, em Salvador, ao lado da Polícia Militar. “A ideia é que a polícia militar proteja os torcedores e os guardas o patrimônio público, evitando que vândalos quebrem objetos como cadeiras e lâmpadas do estádio ou até mesmo urinem nas paredes”, informou Braga, ao ressaltar que a Fonte Nova é um equipamento caro, que custou mais de R$ 400 milhões dos cofres públicos. Na última sexta-feira (29), policiais chegaram a disparar bombas de gás lacrimogêneo e de efeito moral para conter torcedores que, durante confusão para comprar ingressos do jogo de inauguração do estádio, tentaram forçar a entrada ao setor de bilheterias. A estrutura da arena não chegou a ser danificada, mas seguranças particulares precisaram dar suporte à multidão para evitar bagunça.
01/04/2013 20h01 - Atualizado em 01/04/2013 20h13

Guarda municipal reforça segurança após briga com jovens em São José

Na volta às aulas em escola da zona sul, saída de alunos foi acompanhada.
Semana passada, oficiais e adolescentes entraram em conflito na região.

Do G1 Vale do Paraíba e Região
Comente agora
Uma semana depois do confronto entre jovens e oficiais da Guarda Municipal de São José dos Campos, próximo da Escola Municipal Luiza Levina Borges, no bairro Jardim Cruzeiro do Sul, a segurança foi reforçada para evitar novos problemas. Dez minutos antes da saída dos alunos, os guardas se posicionaram em frente ao prédio no fim da manhã desta segunda (1º).
A medida agradou e deixou mais tranquilos os pais dos estudantes. “A gente sente mais seguro, porque antes da guarda estava tendo muita bagunça aqui nessa frente da escola, aqui na rua”, disse um dos pais, que não se identificou.
Segundo a comandante da guarda, Maria dos Milagres, os oficiais estão presentes em todas as escolas municipais da cidade. A ação faz parte do projeto Escola Segura, que teve início no fim de fevereiro.  “A gente estava recebendo muitas reclamações de pais de alunos, das direções das escolas, problemas de conflitos nas escolas, na frente das escolas. Nós garantimos as seguranças dos alunos na entrada, na hora do intervalo e na hora da saída. E temos aí as visitas aleatórias nas demais escolas. Temos um grupo de guardas, que, inclusive está dando palestra para os alunos, nas reuniões de pais e alunos e direção da escola”.
As escolas que tiverem interesse nas palestras podem entrar em contato com a guarda pelo telefone 3901-2434.

O caso
Uma confusão entre guardas municipais e estudantes foi registrada pelo celular de um morador do bairro Cruzeiro do Sul, zona sul de São José dos Campos (SP), nesta terça-feira (26). O caso ocorreu na Avenida Sebastião Borges Leal quando um guarda tentava apreender um adolescente que deixava a Escola Municipal Luzia Livina. Jovens que estavam próximos reagiram e enfrentaram os oficiais. Durante a confusão, uma bicicleta foi arremessada contra um dos homens da Guarda Municipal e um jovem tentou até tirar a arma do oficial e agredi-lo, mas foi surpreendido por outro guarda.
Maceió 13h52, 03 de Abril de 2013

Prefeito Rui Palmeira lança Programa Boa Praça

Marco Antonio/Secom Maceió
A Prefeitura de Maceió deu início nesta quarta-feira (3) ao Programa Boa Praça, no Conjunto Joaquim Leão, no bairro do Vergel. O prefeito Rui Palmeira e o vice Marcelo Palmeira vistoriaram as obras da Praça da Guarda Municipal, executadas pela Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempa) com o apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) e da Superintendência de Energia e Iluminação Pública de Maceió (Sima).
O prefeito Rui Palmeira destacou a importância do Programa, que proporcionará à comunidade mais espaços de convívio, bem como mais segurança, já que haverá reforço na iluminação das praças e mirantes. “O Boa Praça vai atuar de forma direta nesses locais com reforma, revitalização e implantação de equipamentos, de modo que a população possa usufruir desses benefícios”, afirmou.
O prefeito disse também que o Município está buscando parceiros para expandir o Programa e ressaltou a relevância das Parcerias Públicos Privadas (PPP). “Com esse tipo de parceria, quem sai ganhando é a população e estamos buscando quem queira adotar praças e desenvolver esse trabalho junto com a Prefeitura”, observou Rui.
Marcelo Palmeira ressaltou o reforço na iluminação das praças e mirantes como maneira de evitar a prática de crimes nessas localidades. “Queremos ajudar no combate à criminalidade e com isso as pessoas vão se sentir mais seguras em estar nas praças no período da noite”, disse o vice-prefeito.
Após a reforma na Praça da Guarda Municipal, a Sempma segue um calendário de ações. O Parque Gonçalves Lêdo e o Mirante da Catedral (Farol), a Praça Nossa Senhora do Ó (Jaraguá), a Praça 13 de Maio e o Mirante Pierre Chalita (Poço), a Praça Sete Coqueiros (Pajuçara), a Praça Miguel Torres (Jatiúca) e o Mirante do Jacintinho também serão beneficiados pelo Boa Praça.
Nas praças e mirantes serão feitas reformas na estrutura, construção de parques, revitalização e implantação de equipamentos esportivos. Raphael Wong, secretário municipal de Proteção ao Meio Ambiente, explicou que a Sempma está verificando a necessidade de cada comunidade para assim definir as ações a serem executadas nos bairros.
“Estamos vendo o que cada praça e mirante necessita, dessa forma vamos fazer os trabalhos em cada local. Além de colocar bancos, melhorar a iluminação, tem também a questão ambiental, como a arborização das praças e mirantes”, frisou Wong.
Os secretários de Esporte e Lazer, Pedro Vilela, de Segurança Comunitária e Cidadania, Edmilson Cavalcante, e de Comunicação, Clayton Santos, também acompanharam o lançamento do Programa Boa Praça. Cavalcante ressaltou que a reforma na Praça da Guarda Municipal está devolvendo à população um local para convivência na comunidade.
Ao final da vistoria das obras na praça, Rui foi convidado por Edmilson Cavalcante para conhecer a sede da Guarda Municipal. Durante a visita, o prefeito conversou com guardas municipais.
Comunidade
A iniciativa da Prefeitura de reformar e revitalizar praças e mirantes de Maceió foi comemorada pela comunidade do Vergel. O líder comunitário do bairro, Marcos Antônio, revelou que há mais de 25 anos a Praça da Guarda Municipal não passava por uma reforma. Ele disse que, com o Programa, as pessoas voltarão a usar o local como um ponto de encontro para conversar e praticar esporte.
Leiva Rocha, da ONG Amor ao Próximo, que atua no Conjunto Joaquim Leão, também ressaltou a importância do Boa Praça para os moradores do Vergel. “Queríamos isso há muito tempo e estamos muito felizes que o prefeito Rui Palmeira está colocando isso em prática. A Prefeitura está fazendo a parte dela e agora temos que zelar para preservar a nossa praça”, colocou ele.
Fonte: Secom Maceió
  • PROTESTO03/04/2013 14h32 comentou:
  • Ao prefeito Rui Palmeira: Pague os plantões do mês de dezembro de 2012 da vigilância sanitária, ninguém aguenta mais esperar.
03/04/2013 13h43 - Atualizado em 03/04/2013 21h14

Após tentar subornar guardas, dupla é presa em Sorocaba, SP

Criminosos ofereceram R$ 30 mil aos agentes.
Foram apreendidas porções de crack, cocaína e dinheiro.

Do G1 Sorocaba e Jundiaí
Comente agora
Dois homens foram presos por tráfico de drogas na avenida Ulisses Guimarães, em Sorocaba (SP), na noite desta terça-feira (2). Os criminosos tentaram subornar oficiais da Guarda Civil Municipal (GCM), oferecendo R$ 30 mil para não serem detidos.
Os guardas identificaram a ação dos suspeitos pela Central de Videomonitoramento. As imagens mostravam os homens retirando pacotes de dentro de um contêiner de lixo para entregar aos motoristas e pessoas que circulavam a pé próximo ao local.
saiba mais
Quando os criminosos perceberam a aproximação da viatura, um dos suspeitos tentou se esconder no banheiro de uma casa, onde foi encontrado pelos guardas tentando se livrar da droga no vaso sanitário.
Na casa foram localizadas cinco porções de cocaína e R$107. Já no contêiner foram recolhidas 57 porções de crack e 21 de cocaína. Os indivíduos tentaram ainda subornar os guardas oferecendo R$ 3 mil, pedindo para que não apresentassem os entorpecentes. Diante da negativa dos policiais, o valor subiu para R$ 30 mil.
Os criminosos eram procurados pela Justiça e foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória de Sorocaba. Um dos suspeitos será autuado em flagrante por tráfico de drogas e corrupção ativa, por oferecer dinheiro aos guardas municipais em troca de sua liberdade.
03/04/2013 15:01

Dupla é presa após tentar subornar guardas

Um dos detidos ofereceu R$ 30 mil para se livrar de um flagrante de tráfico de drogas AGÊNCIA BOM DIA
Dois homens, de 23 e 36 anos, foram presos após tentar subornar guardas municipais oferecendo R$ 30 mil para não serem detidos por tráfico de drogas na noite desta terça-feira (2), no Parque das Laranjeiras, zona norte de Sorocaba.
Segundo a Guarda Civil Municipal, Fernando Aparecido Procópio da Costa, 23, e  Marcos Pereira da Costa, 36, foram flagrados através da Central de Videomonitoramento instalada no Centro de Operações e Inteligência (COI) da GCM. Nas imagens era possível ver os suspeitos retirando objetos de dentro de um contêiner de lixo e entregando aos motoristas e pedestres que circulavam pelo local.
Na chegada das viaturas, Marcos foi detido pelos guardas. Já Fernando saiu correndo e se escondeu no banheiro de uma casa onde, após perseguição, foi encontrado e com ele localizadas cinco porções de cocaína e R$ 107 em dinheiro. Ele tentava se livrar dos entorpecentes jogando-os no vaso sanitário.
No contêiner foram encontradas 57 porções de crack e 21 de cocaína. Diante dos fatos, Fernando tentou subornar os guardas municipais oferecendo a quantia inicial de R$ 3 mil. Diante da negativa o valor subiu para R$ 30 mil.
Após uma pesquisa, os GCMs verificaram que os suspeitos eram procurados pela Justiça. No Plantão Policial, Marcos foi recolhido ao Centro de Detenção Provisória como preso capturado e Fernando foi autuado por tráfico de drogas e corrupção ativa, por oferecer dinheiro em troca de sua liberdade.


01/04/2013 13h29 - Atualizado em 01/04/2013 13h29

Guarda Municipal reforça segurança na porta das escolas de Uberaba, MG

Operação 'Escola Segura' ocorre em vários pontos da cidade.
Guardas auxiliam no deslocamento dos alunos e fiscalizam o trânsito.

Do G1 Triângulo Mineiro
Comente agora
Guarda Municipal realiza operação Escola Segura (Foto: Reprodução/TV Integração)Operação ocorre em forma de rodízio em todas as
escolas da cidade (Foto: Reprodução/TV Integração)
A Guarda Municipal de Uberaba intensificou as fiscalizações de segurança nas portas das escolas da cidade, por meio da Operação “Escola Segura”. Só em fevereiro deste ano, a guarda recebeu 253 solicitações para dar apoio às escolas.
“Achei importante o policiamento, tanto pela segurança na hora de atravessar as ruas e também por conta do movimento de jovens passando drogas, o que eu já presenciei muitas vezes”, disse a mãe de uma aluna, Ledenice Freitas.

Na operação, os guardas auxiliam no deslocamento dos alunos e fiscalizam o trânsito na porta das escolas municipais, estaduais e particulares. “Os alunos saem da escola e aqui em volta fica cheio de moleques com bicicletas, empinando moto e fazendo muita bagunça”, contou o aposentado José Cândido, vizinho de uma das escolas.
A operação ocorre em forma de rodízio em todas as instituições de ensino da cidade. "Geralmente são feitas batidas no horário de entrada e saída. Só que a qualquer momento a direção das escolas pode entrar em contato com a Guarda Municipal pelo telefone 153, que enviamos equipes para atendê-las”, lembrou o coordenador da motopatrulha escolar, Wunderwood Resende.
Nanciorlei Oliveira, diretora de uma escola estadual onde estão matriculados mais de mil alunos, elogiou a iniciativa. “Muito bom, mas eu acho que ainda é pouco pela quantidade de alunos e devia ter mais preocupação por parte dos pais da comunidade”, ressaltou.

domingo, 31 de março de 2013 7:09

MP vai apurar ataque contra seguranças de Frank

Rogério Santos
Do Diário do Grande ABC

0 comentário(s)

O MP (Ministério Público) abriu procedimento preparatório de inquérito civil para apurar a tentativa de assalto a dois seguranças do vice-prefeito de São Bernardo, Frank Aguiar (PTB), na madrugada de 16 de fevereiro no Guarujá, litoral paulista.
A medida foi adotada após o Ministério Público acatar representação encaminhada pelo vereador Pery Cartola (PPS), questionando o fato de os seguranças de Frank serem GCMs (Guardas Civis Municipais).
O procedimento preparatório é adotado quando as informações ainda estão cruas, com indícios de irregularidades, mas os fatos ainda não estão claros. Após serem reunidas todas as informações, o caso pode ser transformado em inquérito civil.
A Promotoria de São Bernardo encaminhou ofício à Prefeitura e ao comando da GCM para que informe se há integrantes da guarda destacados para efetuar a segurança pessoal do Cãozinho dos Teclados.
Os integrantes da escolta de Frank Aguiar foram atacados após deixá-lo em sua casa de descanso. Segundo informações da polícia, por volta de 5h, um homem armado abordou o veículo Hyundai Vera Cruz blindado, pilotado por um dos seguranças.
O guarda que estava no banco do passageiro atirou cinco vezes no suspeito, que revidou, disparando contra o carro e fugiu. Ninguém ficou ferido durante a ação. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Gurarujá, como tentativa de roubo e disparo de arma de fogo.
Além da representação na Justiça, o popular-socialista também protocolou requerimento na Câmara pedindo informações sobre o caso.
Pery já tentou falar sobre o caso na tribuna do Legislatigo, mas teve o pedido negado pela maioria governista presente na Casa.
De acordo com a Prefeitura, a lei complementar de 7 de julho de 2012, do estatuto da GCM, em seu artigo 28, estabelece que "a escolta do prefeito e do vice-prefeito será feita pelos guardas municipais", inclusive utilizando armas da corporação. Frank Aguiar não foi localizado para comentar o caso.
REPRESENTAÇÃO
Antes da ação impetrada para averiguar a atuação de guardas municipais como seguranças de Frank Aguiar, o MP já havia acolhido outra representação de Pery Cartola, referente ao fim dos cursos extracurriculares pagos nas escolas da rede municipal de São Bernardo. A Promotoria questiona a Secretaria de Educação se haverá atividades complementares aos estudante

Seop realiza ação de combate à desordem na Lapa neste fim de semana

Agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), com apoio de guardas municipais, realizaram neste fim de semana a operação Lapa Legal, para coibir desordens como a presença do comércio ambulante irregular e o estacionamento em local proibido no bairro.
Na ação foram apreendidas 209 bebidas diversas e 30 kg de biscoitos e doces com ambulantes não autorizados. Durante a fiscalização, 78 veículos foram multados e nove rebocados por estacionamento irregular na região.
Fiscalização também ocorreu em outros pontos turísticos
O trabalho de ordenamento realizado pela Seop com o apoio de guardas municipais também ocorreu neste fim de semana no Corcovado e no Pão de Açúcar. A fiscalização multou 80 veículos e rebocou 10 por estacionamento em local proibido nas imediações dos pontos turísticos.

GCM detém grupo traficando dentro de centro de lazer

A Guarda Civil Municipal (GCM) deteve na tarde de ontem quatro jovens traficando dentro do Centro de Integração, Esporte e Lazer (Ciel), na Vila Santana. Após denúncia de moradores das imediações, agentes da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) flagraram o desempregado Colmar de Moraes Moreira Junior, de 18 anos, e outros três adolescentes, remexendo buracos na quadra de areia do espaço de lazer.
 
Ao avistarem os guardas municipais, eles tentaram fugir mas foram detidos portando seis pedras de crack e R$ 91. Outros dois adolescentes que estavam do lado de fora da unidade percebendo a ação da GCM saíram correndo e acabaram detidos. Com cada um foram encontradas mais três pedras de crack.
 
Numa busca mais apurada, os guardas municipais localizaram no local onde Colmar mexia outras 59 porções de crack e mais 19 junto a uma trave de futebol. Num primeiro momento, Colmar mentiu a idade, alegando ter 17 anos. Mas, ao saber que seria conduzido à delegacia assumiu a maioridade e entregou os adolescentes como seus vendedores. Um dos adolescentes tem passagem pela Fundação Casa, onde ficou por dois anos por tráfico, furto e receptação.
 
Os jovens foram encaminhados ao Plantão Policial Norte, onde Colmar foi autuado em flagrante por tráfico de drogas para ser encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba. Os menores foram autuados por ato infracional e seriam liberados aos pais.
Buscar no site:
   
  Cadastre-se aqui:
 
  Adicionar  
  Retirar  
   
 
 
 
 


05/04/2013

Ronda Cidadã de São Bernardo intensifica prevenção

CLIQUE PARA AMPLIAR
Da Redação

A GCM (Guarda Civil Municipal) de São Bernardo está cada vez mais próxima da população. Por meio do programa Ronda Cidadã, equipes da Guarda se dividem para atender, a cada semana, uma região ou bairro estrategicamente selecionado. O resultado tem sido o aumento da sensação de segurança e o estreitamento do vínculo entre a GCM e a comunidade local, o que contribui para a melhoria da qualidade do trabalho de prevenção à criminalidade.
Segundo o coordenador do programa, inspetor Pires, a região a ser beneficiada é escolhida tendo como base os dados do Infocrim (Sistema de Informações Criminais), da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. “Por meio dessas informações, podemos selecionar para atuar naquelas localidades que apresentam maior número de crimes, onde a presença de uma ação preventiva é mais necessária”, explica.
Ainda de acordo com ele, esse trabalho é realizado de forma integrada com as polícias Civil e Militar. “Quando suspeitamos de algum crime, acionamos a Polícia Militar. Além disso, a GCM comunica a delegacia correspondente à região que será atendida na semana”, explica.
No total, são 60 GCMs à disposição do programa. Além das rondas ostensivas realizadas por meio de 18 viaturas, sendo dez carros e oito motos, os guardas municipais procuram conversar com moradores e comerciantes, que apontam os locais mais críticos e principais problemas do bairro.

Atuação
Nesta semana, o programa atuou na região do Bairro Alves Dias e Parque dos Pássaros, que apresenta maior incidência de roubo a pedestres e furtos a residências, segundo dados do Infocrim. Segundo o GCM Celso, as comunidades têm aceitado muito bem a atuação da Ronda Cidadã nos bairros. “O morador se sente mais seguro quando vê as viaturas nas ruas, principalmente porque só a presença da guarda já inibe a atuação dos criminosos”, afirma.
Para a auditora de sistemas Edilaine Coelho, que atualmente mora na Inglaterra e veio à cidade visitar a família, a presença da Guarda aumenta a sensação de segurança dos moradores. “É um reforço a mais, as pessoas se sentem mais à vontade para sair às ruas e até para aproveitar o momento de lazer com os filhos”, diz.. A próxima região a ser atendida será a que engloba o Bairro Batistini e o Jardim Represa.

CLIQUE PARA AMPLIAR
Viaturas percorrem bairro durante a operação de concentração

Semdes entrega sete viaturas para Guarda Municipal e Defesa Civil

Publicação: 04 de Abril de 2013 às 11:45

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) entregou na manhã de hoje (4) sete novas viaturas à Guarda Municipal de Natal (GMN) e à Defesa Civil do município. De acordo com o titular da Semdes, Osair Vasconcelos, esses veículos, cinco para a GMN e dois para a Defesa Civil, são alugados com contratos de seis meses. O secretário afirma que os alugueis tem caráter emergencial, e durarão até que se consiga a licitação para compra de 21 veículos para a Guarda e quatro para a Defesa Civil.
Magnus NascimentoAs sete viaturas entregues hoje (4) serão alugadas até que saia resultado de licitação para compra de veículos pela secretariaAs sete viaturas entregues hoje (4) serão alugadas até que saia resultado de licitação para compra de veículos pela secretaria

De acordo com Osair Vasconcelos, esses sete carros estão repondo os carros alugados na gestão anterior, cujos contratos terminaram no fim do ano passado. Ele afirmou também que a Defesa Civil é equipada com menos carros por ter função principal de fiscalizar áreas de risco de deslizamento de terra, lagoas e as condições estruturais de prédios. “A Defesa Civil faz essa fiscalização e, caso a situação seja de maior proporção, trabalha integralmente com a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e Defesa Civil do Estado”, disse.

O titular da Semdes afirma que a previsão é de que o resultado dessas licitações saia por volta do mês de setembro deste ano e serão utilizados recursos federais. "O Ministério da Justiça vai repassar R$ 3,2 milhões para a secretaria, já autorizados, para gastos com a compra dos veículos, reestruturação do órgão e para investimentos no projeto social Semente Cidadã, da Semdes", disse.

Até que termine o processo de licitação, serão mantidos os alugueis de quatro veículos no valor de R$ 1,5 mil mensais, dois custando 1,25 mil por mês e uma pick-up cabine dupla no valor de R$ 4,2 mil mensais.

Atualmente, a Guarda Municipal, com efetivo de 519 agentes, tem dez viaturas, sendo cinco dessas as que foram entregues nesta quinta-feira e outras cinco, próprias, em condições precárias, segundo o secretário.

Defesa Civil fiscalizará áreas de risco no período de chuvas

O titular da Semdes, Osair Vasconcelos, afirma que a Defesa Civil já está se preparando para situações que possam vir a ocorrer no período de chuvas. Segundo ele, esses novos carros entregues hoje permitirão que o grupo de 30 homens que formam a Defesa Civil municipal monitorem os locais de risco já identificados pela Prefeitura, bem como identificar novos locais. “Foi formado o Grupo de Ação de Emergência, no qual 30 homens estão prontos e devidamente equipados para atuar em situações emergenciais”, disse Vasconcelos.

De acordo com informações da Semdes, Natal tem 74 áreas de risco, sendo 22 dessas de alto risco. O secretário destaca ainda seis a oito pontos de “altíssimo risco”. São exemplos desses lugares especificados por Osair Vasconcelos a Lagoa do Jacó, próxima ao Centro de Turismo e a Lagoa do Caraocá, na zona Norte.

Incluída nas práticas de inspeção, a Defesa Civil deve orientar, quando encontrada uma nova área de risco, como os moradores devem proceder e será conversado para que os moradores deixem o local. “Conversaremos sobre possíveis riscos de desabamento com os moradores. Casos de construção em locais impróprios já é de competência da Semurb [Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo]”, disse o secretário.

Dentro desse programa de treinamento para as situações de risco no período de chuvas, a Defesa Civil fará, neste sábado (6), um Simulado de Situação de Emergência nas áreas de risco. A ser realizado na rua das Rocas, no Guarapes, zona Norte, o treinamento contará com a participação de 200 pessoas, incluindo moradores da localidade, membros da Defesa Civil municipal e estadual, Corpo de Bombeiros, oito secretarias municipais, Polícia Militar, Guarda Municipal e Samu.

Osair Vasconcelos destaca que houve mais de um mês de preparação para essa simulação com residentes dessa área de risco, que farão o suposto acionamento à Defesa Civil e participam de todo o processo de treinamento.

Secretaria deve ampliar efetivo para Copa 2014

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social já começa a trabalhar pontos voltados à melhoria da segurança na Copa do Mundo de 2014, de acordo com Osair Vasconcelos. Ele afirma que a aquisição de novos veículos, que deve sair no segundo semestre deste ano, já faz parte da reestruturação dos grupos de segurança pensados para o Mundial.

Ele diz ainda que do município participam do esquema de segurança para a Copa a Guarda Municipal, o Grupamento Ambiental e a Defesa Civil. Porém, as polícias Federal e Militar predominam à frente da segurança, que terão à disposição  reforços das Forças Armadas e do Corpo de Bombeiros.

Incluso no pacote de melhorias estruturais e de pessoal para a Copa 2014, Vasconcelos afirma que a realização de concurso público para novos guardas municipais está no planejamento da secretaria, mas ainda não tem data marcada.

Segurança Pública

Guardas Municipais de Hortolândia participam de curso de “Operações Especiais” em Indaiatuba

divulgação

da redação | 04-04-2013 07:54:05
O Curso de “Operações Especiais”  teve abertura oficial  na segunda-feira (01/04),  na sede da corporação de Indaiatuba. São 21 guardas, sendo 14 de Indaiatuba, quatro de Hortolândia e três de Capivari que recebem as instruções até 26 de abril. A cerimônia foi realizada pela Secretaria de Defesa e Cidadania. O objetivo do curso é trocar experiências e desenvolver ações táticas especiais, que possam ser aplicadas nos municípios que participam. 
As matérias aplicadas durante a capacitação abrangem inteligência artificial, condicionamento físico, tecnologia e segurança. Ainda serão abordados Direito penal e processual; Preservação de local de crime, Policiamento estratégico, entre outros.  
De acordo com o secretário de Segurança, Marcelo Borges a escolha dos GM's ocorreu conforme o perfil dos servidores. “Os quatro GM's que participam da capacitação serão multiplicadores do aprendizado, trazendo para o núcleo de desenvolvimento as modalidades, explicou Borges.
GCM de Ilha Solteira Atende ocorrencia de temtativa de Homicidio.
Morador do Passeio Salvador é Baleado na Lateral de Sua Residência


Ilha Solteira - SP

A Guarda Municipal foi solicitada no dia 05/04/2013 para dar apoio no passeio Salvador, viela de 400, onde um morador havia sido baleado na lateral externa de sua residência. Porém o autor dos disparos já havia fugido, tomando rumo ignorado. A equipe do Corpo de Bombeiros efetuou os primeiros socorros e conduziu a vítima até o pronto socorro. A vítima D.H.S (20 anos) ficou em observação no hospital e ainda consciente relatou que estava sentado na cadeira localizado na lateral de sua residência e estava almoçando, quando por volta das 12:20 min observou que duas pessoas em uma motocicleta passou ao lado de sua residência e ficou olhando e após retornar, o garupa desceu com uma arma na mão e veio em sua direção efetuando quatro disparos, e no momento ainda conseguiu sair correndo para dentro de sua residência, porém foi alvejado com um dos tiros no membro inferior próximo ao tornozelo da perna esquerda. A vítima relatou também que reconheceu o autor dos disparos, sendo um ex-namorado de sua mulher e que a arma utilizada era um revólver, e que o mesmo é morador da cidade de Selvíria - MS. A Polícia Militar de Ilha Solteira entrou em contato com a Polícia Militar de Selvíria, no qual montaram bloqueio, mas o autor dos disparos já havia passado. A Polícia Civil de Ilha Solteira após tomar ciência de quem seria o autor dos disparos, entrou em contato com a Polícia Civil de Selvíria, informando o fato ocorrido e as características do autor dos disparos e diante dessas informações, a Polícia Militar de Selvíria, obteve êxito em localizar e prender o autor dos disparos, porém o comparsa que conduzia a motocicleta, ainda está foragido.

Postado por: GCM Cristofoli e GCM Luiz

Mais Motocicleta Furtada é Localizada pela Guarda Civil Municipal de Ilha Solteira


Ilha Solteira - SP

A Guarda Municipal foi solicitada no dia 04/04/2013 pela vítima G.P.S (39 anos) informando que sua motocicleta marca Honda CG 150 Titan Mix ES, cor prata, ano 2009, havia sido furtada em uma lanchonete situada na Alameda Bahia frente a cozinha piloto. A guarnição efetuou um patrulhamento nas imediações na tentativa de localizar a referida motocicleta, mas não obteve êxito. Porém no dia 05/04/2013 as 07:20 min da manhã, a central de monitoramento recebeu uma denúncia anônima informando que havia uma motocicleta jogada em um terreno baldio no fundo do pátio da Guarda Municipal. A guarnição da Viatura de Apoio prefixo 259 composta pelo GM Fabiano e GM Marcelo e pela viatura Operacional prefixo 299 composta pelo GM Moacyr e GM Marilza deslocaram-se até o local citado e lograram êxito em localizar a referida motocicleta que estava danificado o painel, farol e a carenagem do farol. A vítima havia deixado o endereço e telefone para contato, caso fosse encontrada a motocicleta, e diante de tais informações, a guarnição entrou em contato com a vítima, que compareceu na sede da Guarda Municipal e reconheceu o veículo. Após verificar a documentação do veículo e a da vítima e sendo constatado a veracidade dos fatos, a motocicleta foi entregue para seu proprietário que agradeceu o apoio recebido pela equipe da Guarda Civil Municipal.

nosso blog:
Postado por: GCM Cristofoli e GCM Luiz

08/04/2013 09h17 - Atualizado em 08/04/2013 09h17

Jovens são presos fumando narguilé com adolescente em Foz do Iguaçu

Um dos envolvidos pagou fiança e foi liberado; o outro continua preso.
Ação faz parte da fiscalização reforçada pelo Conselho Tutelar desde março.

Do G1 PR, em Foz do Iguaçu
Comente agora
Guardas municipais de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, prenderam na noite de domingo (7) dois jovens de 18 anos flagrados fumando narguilé com um adolescente de 15 anos. Levados para a delegacia da Polícia Civil, um dos rapazes foi liberado depois que a mãe pagou fiança de R$ 680. Até as 8h30 desta segunda-feira (8), o outro permanecia detido. O menor foi ouvido e entregue aos pais pelo Conselho Tutelar.
De acordo com os guardas municipais que fizeram o flagrante, os três estavam no Gramadão da Vila A - espaço onde várias pessoas costumam se reunir à noite e nos finais de semana -, e foram surpreendidos fumando narguilé, o que é proibido pela lei municipal 3.621, de outubro de 2009 e pelo artigo 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente. Os dois aparelhos que estavam com o grupo foram recolhidos.

A ação faz parte da fiscalização reforçada pelo Conselho Tutelar desde o dia 17 de março, quando várias pessoas, incluindo adolescentes, foram advertidas sobre a proibição e tiveram os aparelhos de narguilé apreendidos. O órgão adiantou que as orientações e eventuais autuações também se estenderão às lojas especializadas no comércio deste tipo de produto.
Bastante consumido entre jovens e adultos, a falta de cuidados e o uso incorreto de substâncias para acender o cachimbo têm provocado acidentes graves. Em 2012, uma criança de três anos e uma adolescente de 16 anos, ambas de Foz do Iguaçu, morreram por causa das queimaduras graves. Outro jovem, de Cascavel, teve mais de 70% do corpo queimado.
08/04/2013 07h11 - Atualizado em 08/04/2013 08h37

Prefeitura do Rio faz operação para fiscalizar táxis e ônibus na rodoviária

Secretário de Transportes disse que fiscalização será permanente.
Medida foi tomada após imagem mostrar briga entre taxistas no local.

Cristiane Cardoso Do G1 Rio
11 comentários
Após denúncia de irregularidades no entorno da Rodoviária Novo Rio, mostradas pelo Bom Dia Rio há 10 dias, a Secretaria Municipal de Transportes iniciou na manhã desta segunda-feira (8) a Operação 24 horas na Rodoviária Novo Rio, no Centro da cidade, para fiscalizar táxis e ônibus irregulares.

Flagrantes de transportes piratas, brigas entre motoristas de táxis e a existência de usuários de drogas no entorno da rodoviária motivaram a operação.
Agentes da CET-Rio, guardas municipais e fiscais da prefeitura estiveram nesta segunda na rodoviária.
“A rodoviária é um dos principais pontos de entrada na cidade e, principalmente, utilizada por milhares de cariocas todos os dias. E nós, ao longo dos anos, das décadas, tínhamos vários problemas recorrentes. Um briga de gato e rato chegava à fiscalização, os bandalhas saíam, a fiscalização ia embora e começava tudo de novo. Então decidimos que haverá fiscalização durante 24 horas nos dois lados da rodoviária para ver a situação dos ônibus e táxis, de maneira permanente.”, disse o secretário Carlos Roberto Osório, conforme mostrou o Bom Dia Rio.

O secretário disse ainda que a fiscalização acontecerá nos dois lados da rodoviária, no embarque e no desembarque, em quatro turnos diferentes.Segundo CarlosRoberto Osório, os guardas municipais terão ajuda de policiais militares.

O secretário Carlos Osorio informou na manha desta segunda-feira (8), que operação tem objetivo de inibir taxis piratas, taxis fantasmas e onibus piratas no entorno da rodoviaria Novo Rio. Zona Portuária da cidade.
"Temos câmeras de segurança no entorno da rodoviária, lâmpadas novas para reforçar a iluminação e coibir a ação de criminosos, não só para turistas mas para os cidadãos pois esta é uma área de grande fluxo de trabalhadores", declarou Osório.
Ainda segundo o secretário, até as 8h desta segunda, cinco táxis ja foram lacrados. A prefeitura classifica procura por três tipos de irregularidas. Ela classifica como táxi fantasma aquele que sequer tem a cor amarela obrigatória para a circulação. O táxi pirata é o que não está legalizado na Prefeitura. E o táxi irregular aquele que não está com os documentos em dia.

Táxi pirata é rebocado no entorno da Rodoviária Novo Rio (Foto: Cristiane Cardoso/ G1)Táxi pirata é rebocado no entorno da Rodoviária Novo Rio (Foto: Cristiane Cardoso/ G1)
Agentes da CET-Rio e da Guarda Municipal fazem operação no entorno da Rodoviária Novo Rio (Foto: Cristiane Cardoso/ G1)Agentes da CET-Rio e da Guarda Municipal fazem operação no entorno da Rodoviária Novo Rio (Foto: Cristiane Cardoso/ G1)
08/04/2013 - 15h32

Subcomissão sobre novo modelo de segurança pública será instalada na quarta

Será instalada nesta quarta-feira (10) a subcomissão especial que vai discutir a reformulação do modelo de segurança pública brasileiro. O colegiado, vinculado à Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, será composto por seis integrantes titulares e seis suplentes. Na ocasião, também será eleito o presidente do grupo.
Autor do requerimento de criação da subcomissão, o deputado Efraim Filho (DEM-PB) destaca que o colegiado funcionará até dezembro de 2014. Até essa data, o grupo pretende apresentar um projeto de lei com uma nova concepção de segurança pública para o País.
A reunião será realizada no Plenário 6, às 14 horas.
Da Redação/MO
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!