Cadastre seu Email

sábado, 4 de maio de 2013


Guarda Municipal faz treinamento de manuseio de arma de fogo

Publicado: Sexta-feira, 3 de maio de 2013 por André Roede
Oficiais aprenderam sobre a importância do bom manuseio.
Rafael Bortoleto/Guarda Civil Municipal
Foto
Guardas civis aprenderam sobre a importância da manutenção do equipamento com técnicas de manuseio, montatem e desmontagem
Na manhã de 30 de abril, a Guarda Civil Municipal de Itu (GCMI) participou de um treinamento para manuseio de arma de fogo ministrado pelo comandante da Guarda, o GCM Clemente Bortoleto, formado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP).
O treinamento aconteceu na sede da Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes e nele os GCMs aprenderam sobre a importância da manutenção do equipamento com técnicas de manuseio, montagem e desmontagem corretas das pistolas utilizadas pelos guardas. O secretario da pasta, coronel Marco Antônio Augusto, participou do treinamento e reforçou aos GCMs a importância do treinamento que estava sendo realizado e a capacitação no manuseio de arma de fogo.
O secretário informou ainda que, a fim de melhorar as condições da GCMI, melhorias estão sendo buscadas junto à SENASP, como busca de viaturas, verba para videomonitoramento, cursos para os GCMs, além da criação do Canil, Ronda Florestal e a ampliação do trabalho feito pela Ronda Escolar. 

Publicado em 03 de Maio de 2013, ás 08h20min


O araponguense Alfredo Quenehen dos Santos Junior participa em Brasília do programa "Crack"


Credito:Paulo Sérgio - Jornal de Arapongas O GM Alfredo Quenehen dos Santos Junior, está entre o seleto grupo de especialistas em tecnologia, para a formação do grupo( Paulo Sérgio - Jornal de Arapongas)
Um Guarda Municipal  de Arapongas foi convidado para participar de um projeto do Governo Federal, em Brasília. O guarda Alfredo Quenehen dos Santos Junior, está entre o seleto grupo de especialistas em tecnologia, para a formação do grupo que trabalhará no programa "Crack", desenvolvido com o foco na prevenção à criminalidade, à violência e o combate as drogas, com o objetivo de preparar as grandes cidades a combater de todos os lados a droga que mais vem tirando vidas do Brasil.

Quenehen deve atuar na área de vídeo monitoramento. O convite foi enviado pelo Ministério da Justiça. O GM já atua no Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública e Cidadania (CISMEL) que abrange 10 municípios, onde é responsável pela área de tecnologia em vídeo monitoramento,também responsável por todo o sistema de implantação, fiscalização, gerenciamento e aquisição de equipamentos. Arapongas é a primeira cidade do Brasil a utilizar sistemas de vídeo  monitoramento em HD.

No projeto o Governo Federal contará com vários módulos de monitoramento utilizados para o combate as drogas em todo o país. Segundo Quenehen, 14 cidades do Brasil já estão sendo contempladas com o projeto "Crack" e Londrina vai ter dois módulos móveis com mais de 40 câmeras de monitoramento móvel no combate à todos os tipos de drogas.

Informações: Paulo Sérgio do Jornal de Arapongas

Comerciantes apostam na segurança

ANAHI ZURUTUZA 03/05/2013 00h00
 
Um dia depois do início do funcionamento dos quiosques da Orla Ferroviária, os donos das lanchonetes e restaurantes que funcionarão em vagões de trem ao longo da área remanescente da antiga ferrovia, no centro de Campo Grande, acreditam que só a segurança reforçada no local vai convencer os campo-grandenses de que o local deixou de ser ponto de consumo de drogas e pode ser frequentado por famílias. Desde ontem, a Guarda Municipal faz rondas no local.
Para o dono de um dos quiosques, Rodrigo Sales Assis, a praça de alimentação ao ar livre tem tudo para dar certo. “A nossa maior preocupação é a segurança, porque as pessoas já tem um certo preconceito. Mas, se a guarda e a polícia estiver sempre aqui, creio que não teremos problemas”.
Ao longo da Orla Ferroviária estão instalados nove quiosques, que comercializarão os mais diversos cardápios, desde pastel à comida japonesa, de caldos a grelhados. De segunda a quinta-feira, eles funcionarão das 15h às 24h; às sextas-feiras das 9h às 4h de sábado, quando voltam a reabrir às nove horas da manhã e funcionam até às 4h do domingo, reabrindo às nove horas e fechando a meia-noite. (AZ)
Leia mais no jornal Correio do Estado 

03/05/2013 - 15:48
Associação de Guardas quer incorporar horas extras
Diretoria está elaborando um projeto para entregar a Georlize
Adelson Lima, presidente da Associação dos Guarads Municipais (Foto: Portal Infonet)
A Associação dos Guardas Municipais de Aracaju está elaborando um documento para entregar à superintendente Municipal de Defesa Social e Cidadania, Georlize Teles. O objetivo é tentar sensibilizar a secretária para que envie projeto à Câmara Municipal de Aracaju, incorporando horas extras e Plano de Cargos e Salários à gratificação chamada GM1.
“O Sindicato dos Guardas Municipais fez um projeto para que a gente passe a receber a GM1, mas nós estamos lutando para que haja a incorporação de horas extras e do Plano de Cargos e Salários. Com isso, chegaríamos à GM3 e não teríamos os vencimentos estacionados”, entende o presidente da Associação Municipal dos Guardas Municipais, Adelson Lima Santos.
Ele lembrou que os guardas que estão prestes a se aposentar também seriam beneficiados. “Sem os salários estacionados, poderíamos ter aposentadorias melhores a exemplo do que acontece na Polícia Militar de Sergipe. Esperamos contar com a compreensão da superintendente, que é uma pessoa sensível. Já entregamos um requerimento e agora estamos preparando um projeto”, afirma acrescentando que são cerca de 100 guardas municipais na expectativa.
Por Aldaci de Souza
Sergipe
   
 
04/05/2013 05:17:40
Guarda Municipal conta com instrutores Spark
O constante investimento da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), apoiada pela Secretaria Municipal de Defesa Social e Cidadania (Semdec),  no aprimoramento técnico do efetivo rendeu novos frutos. Agora a instituição conta com dois instrutores do dispositivo elétrico incapacitante Spark, o qual é utilizado para a contenção de distúrbios.
Os guardas municipais Dilson Tavares Mota e Antônio Carlos Feitosa Júnior treinaram no Rio de Janeiro, em um curso promovido pela empresa Condor, fabricante da Spark. A capacitação abordou desde os conceitos básicos e princípios da eletricidade até estudos de casos. Aprendemos a legislação, manuseio do equipamento, recomendações, contra-indicações de uso e a parte pedagógica de instrução. Depois disso, fomos para a parte prática, que foi com disparos reais e simulados em alunos voluntários, relatou Antônio Carlos.
Nós tivemos a oportunidade de visitar a linha de montagem da Spark. Além disso, conhecemos as diferenças entre a Spark e a Taser. Uma delas é que a Spark aplica 40% menos energia do que Taser, por isso ela é mais segura, explicou Dilson Tavares.
A turma contou também com guardas de municípios de São Paulo e do Rio Grande do Sul. O curso proporcionou um intercâmbio institucional entre a GMA e agentes de segurança de várias instituições do Brasil. Percebemos ainda o quanto os guardas do país estão sendo prioridade em atualização profissional. Esse apoio em capacitação é ímpar, porque qualifica e aprimora as atividades institucionais, garantindo mais confiabilidade no serviço dos guardiões, destacou Antônio Carlos.
Multiplicadores
Os novos instrutores deverão repassar todo o conhecimento aprendido ao efetivo da GMA. A instituição conta com 40 equipamentos e estuda como serão aplicados. Já está sendo formulado um programa de curso que será realizado até a primeira quinzena de junho. A expectativa é que a Spark seja utilizada no Forró Caju, adiantou o guarda Tavares.
De acordo com o guarda, a Spark é mais uma ferramenta não letal que pode ser empregada no uso diferenciado e progressivo da força. É o último nível de força a ser aplicado antes da utilização da arma de fogo, completou.
O diretor geral da GMA, coronel Enilson Aragão, afirmou que a Semdec tem como diretriz estratégica a valorização dos profissionais que integram a instituição, promovendo a atualização continuada de cursos para os guardiões.
Guarda Municipal apreende carro clonado
Publicado em 02/05/2013, às 11h06 
Última atualização em 02/05/2013, às 11h20

Volta Redonda
A Guarda Municipal  apreendeu um carro com placa clonada e deteve dois suspeitos na manhã de hoje (2). A dupla está sendo levada à 93ª DP, onde o caso será apreciado pelo delegado Antônio Furtado.
Segundo informações do órgão, guardas municipais apreenderam o carro no dia 19 de março, por estar estacionado irregularmente no bairro Água Limpa.
Segundo o inspetor Batista, dentro do veículo, havia diversos cartões de visita de uma empresa.
- Entrei em contato com a empresa e o suposto proprietário do carro me disse que não poderia falar sobre o caso naquele momento. Dias depois apareceu no depósito, uma senhora alegando ser dona do carro, enquanto fui fazer algumas consultas ela desapareceu - contou Batista.
Após consultar a placa do carro, o inspetor conseguiu identificar o proprietário do automóvel através da placa e ao fazer contato com ele foi informado de que é morador do Rio de Janeiro e que o veículo havia sido clonado. De acordo com o guarda municipal, já existe um inquérito policial a respeito do caso e o homem já foi, inclusive, autorizado pelo Detran (Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro) a trocar a placa do carro.
Na manhã de hoje, dois rapazes compareceram ao depósito da Guarda Municipal, munidos do documento e chave do carro clonado, alegando que teriam ido buscar o veículo já que o proprietário havia sofrido um AVC (Acidente Vascular Cerebral).
Eles foram detidos e levados à 93ª D


Leia mais: http://diariodovale.uol.com.br/noticias/5,72846,Guarda-Municipal-apreende-carro-clonado.html#ixzz2SLQFEB00
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!