Cadastre seu Email

segunda-feira, 10 de junho de 2013


Corpo de Bombeiros de Timon será inaugurado hoje

sexta, 07 de junho de 2013 • 15:48
A inauguração oficial da sede do Corpo de Bombeiros acontece hoje, a partir das 17h, na Avenida Presidente Médici, Bairro Mateuzinho. A solenidade contará com a presença do prefeito Luciano Leitoa e de autoridades do Maranhão e Piauí.

http://www.timon.ma.gov.br/images/31b22f9c6d16055f7981fe8adcad4497.jpg
Sede

A nova sede foi adequada pela Prefeitura de Timon para receber e melhor acomodar o Grupamento do Corpo de Bombeiros. O prédio fica localizado na área que abrange o Complexo Esportivo e a Guarda Municipal. Desde o início da semana, a prefeitura tem apoiado as atividades realizadas pelos bombeiros na cidade, com a finalidade de informar a população sobre os serviços que o órgão irá prestar a partir de agora. Várias palestras para crianças e adolescentes, por exemplo, foram ministradas nas escolas municipais.

“A criançada tem nos recebido de forma bastante acolhedora. Para mim é uma alegria servir de inspiração para os jovens. Nas escolas, nossas palestras consistem em apresentar o que é o Corpo de Bombeiros, para que serve, como e quando se deve acionar a corporação”, comentou o major Wellington Reis, comandante do Grupamento.

Prevenção

Outro tema importante abordado durante as visitas nas escolas foi sobre a prevenção contra acidentes domésticos, que ocorrem principalmente com as crianças menores. O Corpo de Bombeiros também visa conscientizar a população e divulgar as áreas de atuação dos militares. “Como é algo novo para a cidade, é importante que façamos esse trabalho. E instruir os mais novos é o primeiro passo para que a população comece a fazer um bom uso dessa aparelhagem”, destacou o comandante.

Além dessas atividades nas escolas, o novo Corpo de Bombeiros de Timon realizou treinamentos que envolveram simulações de incêndio, mostrando como se deve agir em determinadas situações. Conforme Major Reis, o Grupamento enviou oito equipes que fizeram vistorias em áreas da Avenida Presidente Médici, andando e orientando a vários empresários sobre a importância da adequação do estabelecimento às normas de segurança.

Fonte: Ascom
07/06/2013 07:01:11
Guarda Municipal promove treinamento para uso de Spark
Os guardas municipais (Gms) que atuam no grupamento Ronda da Capital (Rondac) participaram de mais uma capacitação técnica. O efetivo recebeu orientações para a utilização do dispositivo elétrico incapacitante, a Spark. O objetivo do curso, que se encerrou nesta quinta, 6, é habilitar o grupo para atuar com o equipamento durante as rondas preventivas realizada nas ruas da capital, coibindo a ação delitiva dos infratores, em especial nos terminais de integração.

Na instrução, os guardas aprenderam desde as situações em que a Spark deve ser aplicada, até os detalhes do funcionamento do dispositivo. De acordo com o GM Dilson Tavares, responsável por ministrar o curso, a arma não letal pode ser usada tanto para defesa como controle por parte do agente, além disso, reduz as taxas de lesão bem como as queixas por uso de força excessiva.

A Spark é o primeiro dispositivo elétrico incapacitante genuinamente nacional. Ele funciona com cerca de 40% menos de energia, que as concorrentes internacionais, garantindo mais segurança na incapacitação do agressor do que as tecnologias existentes. O equipamento emite pulsos elétricos que atuam sobre o sistema neuromuscular, causando desorientação, fortes contrações musculares e queda do indivíduo, incapacitando-o enquanto estiver sob a ação do dispositivo, explicou.

Diante da exposição teórica sobre a Spark, os GMs passaram por avaliação oral e escrita. Posteriormente, realizaram as atividades práticas, como disparos em anteparo, choque por contato individual e em grupo. A turma foi bastante dedicada e o curso foi bastante proveitoso. A partir de agora, todos já estão qualificados para operar mais um instrumento nã-letal em defesa da sociedade aracajuana, destacou Dilson.

Para a GM Eline Silva, a Spark é um ótima ferramenta de trabalho e a capacitação é fundamental para a atuação nas ruas. O agente de segurança deve ter a consciência de que é primordial saber o funcionamento do dispositivo, pois deve ser utilizado com bastante cautela. Essa instrução vem dar a ênfase no preparo do GM, ressaltou.
Ascom PMA
 
07/06/2013 16:46

Guarda Municipal anuncia helicóptero

Na semana que a prefeitura divulgou a instalação de uma câmera, Guarda Municipal ganha outro reforçoALINE PAGNAN
aline.pagnan@bomdiajundiai.com.br
A Guarda Municipal de Jundiaí anunciou ontem a contratação de um helicóptero para sobrevoar a Serra do Japi e ajudar no combate a incêndios ou queda de balões, por exemplo. O equipamento custará aos cofres públicos R$ 70 mil ao ano e a cidade poderá utilizar 26 horas de voo. Tudo para preservar o maior patrimônio ambiental do município e região. 

A novidade complementa uma série de ações como a instalação de câmera de monitoramento, que ficará no Mirante da Serra do Japi. De acordo com o comandante da GM, José Roberto Ferraz, o helicóptero será usado em casos pontuais. “Ele será acionado quando houver algum grande foco de incêndio ou ainda a soltura de balões, na tentativa de indicar e orientar as equipes em terra”, explicou.

Além do helicóptero, a GM anunciou parceira com o Aeroclube de Jundiaí para a fiscalização da área de preservação ambiental.

O objetivo é de que instrutores e alunos informem a GM assim que detectarem qualquer incidente na reserva. “Nós já fazemos voos diários. São cerca de 50 horas por dia divididas entre 13 aeronaves. Cada uma faz um percurso e sempre mantemos os olhos no solo”, explicou o diretor do Aeroclube, Marco Antonio Pereira.

Essa parceria não terá custo para a prefeitura. “Uma vez que fazemos os voos todos os dias,  só teremos o trabalho de informar a GM e a Defesa Civil no caso de algum incidente”, disse ele, ressaltando que um voo simples custaria R$ 340 a hora.

Apoio aéreo / O helicóptero também poderá ser usado pela Defesa Civil de Jundiaí, assim como pela Secretaria de Planejamento e Meio ambiente. “Claro que esses voos serão pontuais, mas no caso de um deslizamento de terra em área de submoradia, ele poderá ser usado”, explicou Ferraz. “O foco do contrato é a preservação e o combate ao crime ambiental, seja ele na área da reserva, seja na zona industrial, rural ou urbana.”

Guarda Municipal do Rio forma guardas de cursos de aperfeiçoamento e de inglês

Autoria:  em 6 junho, as 23:35 Em Política

 
A Guarda Municipal do Rio promoveu, nesta quinta-feira, no Pão de Açúcar, a formatura de 51 guardas que concluíram os cursos de aperfeiçoamento e inglês instrumental, voltados para o efetivo do Grupamento de Apoio ao Turista (GAT). Esses servidores vão passar a atuar também no trânsito e no ordenamento de lugares de concentração de turistas, como o Corcovado, os aeroportos e a Rodoviária Novo Rio.
Acompanhe o noticiário de servidor pelo Twitter @AnoteePoupe
Publicada sábado, 8 de junho de 2013, às 6:55

Comissão de Segurança da Câmara ouve representantes da Guarda Municipal

Sindicato dos Guardas Municipais pedem intervenção da Câmara, visando abertura de concurso público - Foto: João Pires
Sindicato dos Guardas Municipais pedem intervenção da Câmara, visando abertura de concurso público - Foto: João Pires
Representantes do Sindicato da Guarda Municipal de Dourados estiveram na tarde desta sexta-feira (07) em reunião com a Comissão de Segurança Pública e Trânsito da Câmara de Dourados, para expor as principais ações e revindicações da instituição.
Entre as dificuldades apontadas está o número reduzido de efetivo. Segundo o presidente do Sindicato dos Guardas Municipais, Nelson Araújo Figueiredo, atualmente 113 guardas compõe o quadro funcional, incluindo o setor administrativo, porém, número insuficiente para atender a demanda. “Desde o ano 2.000 não foi feito concurso público, sendo que naquela época tínhamos o efetivo de 120 guardas. A cidade cresceu e o serviço da Guarda passou a ficar precário”, alertou.
Para o guarda municipal Orlean Catellan, é oportuno que se discuta a realização de novo concurso público, tendo em vista a demanda de atendimento. “Hoje a população além de acionar a polícia militar, também liga para a Guarda Municipal, ou seja, desde a criação da instituição dispomos dos mesmos serviços, porém em defasagem no efetivo”, reforçou.
Como proposta de solucionar as dificuldades apontadas, o vereador Bebeto (PDT) sugeriu que a instituição elabore todos os dados juntamente com o sindicato para que seja feita uma indicação conjunta ao prefeito Murilo Zauith (PSB), assinada pelos membros da Comissão de Segurança, solicitando a abertura de edital para que seja feito concurso público, visando suprir o número de guardas municipais.
A Comissão de Segurança Pública e Trânsito da Câmara de Dourados é composta pelos vereadores Cido Medeiros (presidente), Nelson Sudário (Vice-presidente) e Bebeto (membro). Também participou da reunião a vereadora Virgínia Magrini (PP).

Curso formará 191 guardas municipais

DA REDAçãO oje (10) a segunda fase de formação do curso de formação profissional para 191 guardas municipais de Campo Grande.
A solenidade de abertura acontece às 9h, no Auditório Lúdio Coelho, localizado na Semed –Secretaria Municipal de Educação (rua Onicieto Severo Monteiro, 490 – Vila Margarida).
Essa fase do curso de Formação Profissional terá a duração de 5 meses, na modalidade a distância, por meio da Rede Nacional de Ensino a Distância da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça. 
09/06/2013 às 21h20

Guarda Civil Metropolitana, do sonho à realidade

DIÁRIO DA MANHÃ
ELTON MAGALHÃES
Depois de quase três anos de estudos e pesquisas sobre a transformação da Guarda Municipal em Guarda Civil Metropolitana (GCM), o mérito foi conquistado, esta semana, na Casa de Leis do Município, com sua aprovação. Lembro-me muito bem de quando assumi o comando da GM, fui apresentado ao projeto pela mudança e que sua elaboração tinha sido uma determinação do prefeito Paulo Garcia para melhorar as condições de trabalho dos profissionais lotados no órgão.
Logo em seguida este projeto foi protocolado, na Casa, no mês de abril e ficou lá até a sua aprovação, com isto, trouxe a todos os GMs uma enorme satisfação, seguindo uma tendência nacional.
Além de Goiânia, outras cidades já tinham mudado as nomenclaturas para GCM, como: São Paulo, Curitiba e Palmas, que apesar de ter somente vinte quatro anos de idade, já se adequou às normas e tendências nacionais.
É bom esclarecer que essa tendência, além do reconhecimento da profissão junto ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), traz à tona a nova versão do Código Brasileiro de Ocupações (CBO) do MTE, onde há uma uniformização do trabalho na área da segurança municipal, além da definição de condições gerais para exercício da profissão, formação, competências, requisitos e perfil profissional e pessoal indicados para o cumprimento das atribuições do cargo.
Aqui no estado de Goiás, alguns municípios já tem a guarda municipal com denominação GCM, como: Planaltina, Cristalina, Formosa, Senador Canedo e Aparecida de Goiânia, pois somente as capitais podem ser denominadas de metropolitanas. 
Hoje vejo no semblante de cada guarda civil o orgulho de vestir, literalmente, a camisa da corporação e isso só nos dá conta da importância deste ato é por isso que agradeço a Deus, aos empenhos do prefeito Paulo Garcia, que determinou todo o procedimento desta mudança, aos nobres vereadores da capital, que ouviram o clamor da corporação e da secretária Adriana Accorsi, que quando comandante interina da então AGMGO, fez valer o grito da maioria, mediando conflitos de grevistas, argumentou e gerenciou situações difíceis, a vocês a minha gratidão.
Sabemos que esta conquista é só um passo em direção a uma GCM dentro dos padrões que a Constituição Federal, no Artigo 144, § 8º, exige, mas, ainda há muito por ser feito, como: aquisição de um novo fardamento - em processo de licitação - e principalmente o Plano de Cargos e Salários da GCM, que está em fase de conclusão e que em breve alcançaremos mais esta vitória.
(Elton Magalhães,comandante – Guarda Civil Metropolitana de Goiânia)

Walace pede aumento de efetivos da PM em Várzea Grande

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) estipulou que o governo apresente em 120 dias, plano de providências para cumprir as determinações sobre as contas da gestão referentes a 2012. Entre estas determinações, está ação urgente para reduzir os elevados níveis de criminalidade de Várzea Grande, que é considerado o município mais violento do Estado.


Conforme a determinação do TCE, o plano de providências prevê “que sejam adotadas medidas urgentes e pontuais no município de Várzea Grande, tendo em vista que em 2011, o município concentrou as taxas mais elevadas de vitimização e criminalidade do Estado, em seis dos sete indicadores avaliados”.


O prefeito de Várzea Grande, Walace Guimarães (PMDB), aguarda agenda com o governador Silval Barbosa (PMDB) para debater a questão da segurança pública. “Irei procurar uma ação conjunta com o governador para diminuirmos estes índices de criminalidade. Queremos dar segurança à população”, disse.


Segundo Walace, ações já estão sendo realizadas no que concerne a prevenção, sendo que a Guarda Municipal está nas ruas. “A Guarda Municipal realiza o trabalho de prevenção, que foi intensificado, ao tirá-los da vigia dos prédios públicos para irem às ruas e auxiliarem no trabalho preventivo e na proteção ostensiva”, garantiu.


Um dos pontos a serem encaminhados ao governador é o aumento do número de Policiais Militares (PM) atuantes no município. “O número é insuficiente, deve-se aumentar o efetivo da PM com viaturas também”, destacou.


Atualmente, Várzea Grande conta com 125 Guardas Municipais efetivos, com cinco motos e seis carros, e cerca de 250 policiais militares.



 
 

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!