Cadastre seu Email

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

04/12/2012 10h17 - Atualizado em 04/12/2012 10h23

Carro da Guarda é atingido por tiros após ataque a caixa em Serra Negra

Tentativa ocorreu na Estância Suíça na madrugada desta terça-feira (4).
Criminosos tentavam instalar um artefato para arrombar o equipamento.

Do G1 Campinas e Região
Comente agora
Um veículo da Guarda Municipal foi atingido por balas após um confronto com criminosos no bairro Estância Suíça, em Serra Negra (SP), na madrugada desta terça-feira (4). A quadrilha foi flagrada pelos guardas durante uma tentativa de explosão de um caixa eletrônico dentro de um supermercado. Ninguém ficou ferido.

Os guardas estavam voltando de uma ocorrência quando verificaram a ação do grupo no estabelecimento. Segundo a GM, o bando se preparava para instalar um artefato no equipamento e também utilizavam ferramentas para arrombar o caixa.

Os suspeitos perceberam a aproximação dos guardas e conseguiram fugir. Durante a perseguição, os criminosos efetuaram disparos que atingiram o carro da GM.

O veículo foi levado para o pátio da sede da corporação. A Guarda não soube informar quantos criminosos participaram do crime e também qual carro foi utilizado.

O caso foi registrado no plantão policial e o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) de São Paulo não foi acionado. Até a publicação da reportagem, nenhuma pessoa foi presa pelo crime.
Para ler mais notícias do G1 Campinas e Região, clique em g1.globo.com/campinas. Siga também o G1 Campinas e Região no Twitter e por RSS.  
04/12/2012 10h17 - Atualizado em 04/12/2012 10h23

Carro da Guarda é atingido por tiros após ataque a caixa em Serra Negra

Tentativa ocorreu na Estância Suíça na madrugada desta terça-feira (4).
Criminosos tentavam instalar um artefato para arrombar o equipamento.

Do G1 Campinas e Região
Comente agora
Um veículo da Guarda Municipal foi atingido por balas após um confronto com criminosos no bairro Estância Suíça, em Serra Negra (SP), na madrugada desta terça-feira (4). A quadrilha foi flagrada pelos guardas durante uma tentativa de explosão de um caixa eletrônico dentro de um supermercado. Ninguém ficou ferido.

Os guardas estavam voltando de uma ocorrência quando verificaram a ação do grupo no estabelecimento. Segundo a GM, o bando se preparava para instalar um artefato no equipamento e também utilizavam ferramentas para arrombar o caixa.

Os suspeitos perceberam a aproximação dos guardas e conseguiram fugir. Durante a perseguição, os criminosos efetuaram disparos que atingiram o carro da GM.

O veículo foi levado para o pátio da sede da corporação. A Guarda não soube informar quantos criminosos participaram do crime e também qual carro foi utilizado.

O caso foi registrado no plantão policial e o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) de São Paulo não foi acionado. Até a publicação da reportagem, nenhuma pessoa foi presa pelo crime.
Para ler mais notícias do G1 Campinas e Região, clique em g1.globo.com/campinas. Siga também o G1 Campinas e Região no Twitter e por RSS.  
Segurança - 05/12/2012 12h30
Atualizado em 05/12/2012 12h34

Prefeitura de Canoas recebe van para ações da Guarda Municipal

Veículo foi obtido por meio de emenda parlamentar e foi entregue nesta semana


COMPARTILHE:  3  4 Orkut0
 

Da Redação

Foto:

Canoas  - A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Cidadania (SMSPC) recebeu no início desta semana, um veículo tipo Van-Minibus. Segundo o secretário municipal Eduardo Pazinato, o veículo chega a SMSPC por meio de emenda parlamentar do deputado federal, Luis Carlos Busato no valor de R$ 110 mil.
De acordo com diretores da SMSPC, sua função primordial será o transporte de efetivo para atividades de serviço, como: Grandes eventos, plantões de fiscalizações, ações integradas, deslocamentos para cursos e qualificações dos Guardas Municipais. A chegada deste veículo vem suprir uma carência existente e conforme o Diretor da Guarda Municipal Luiz Bortoli “ Talvez seja o mais importante veículo que chegou à frota da Guarda, visto o grande potencial de uso", avaliou.
Descrição do Veículo: 16 lugares, com bancos individuais e reclináveis, vidros elétricos, retrovisores elétricos e travas elétricas, ar condicionado com distribuição por duto central para os passageiros, iluminação interna, bagageiro traseiro e tacógrafo.
Tags/ palavras-chave:
Canoas , Guarda Municipal , segurança , eventos
04/12/2012 15:04

Projeto deve modernizar a Guarda Municipal de Dourados

Aumentar texto Diminuir texto
Dourados Agora/WM
Divulga��o
Agentes ter�o novos equipamentos para trabalhar

A Secretaria Nacional de Seguran�a P�blica (Senasp), �rg�o filiado ao Minist�rio da Justi�a, aprovou no �ltimo dia 30 o projeto de moderniza��o das unidades da Guarda Municipal de Dourados (GMD) que dever� receber nos pr�ximos meses novas viaturas, equipamentos de inform�tica e de prote��o, entre outros.
De acordo com o subcomandante da Guarda, Orlean Catellan Teixeira, a proposta emitida pela Administra��o foi aceita, mas ainda precisa passar por uma atualiza��o. �O projeto vai ser corrigido, mas em pouco tempo estaremos com os recursos dispon�veis para dar in�cio aos trabalhos de replanejamento do patrulhamento�, explicou.
A GMD dever� receber oito novos ve�culos, quatro motos, dez tablets com comunica��o online com a central de opera��es, dez computadores, duas impressoras, software de gerenciamento de ocorr�ncias, coletes � prova de balas, coberturas para as viaturas e placas de identifica��o para os postos de atendimento.
Segundo Catellan, o objetivo � intensificar ainda mais o patrulhamento, principalmente as rondas comunit�rias escolares, com o objetivo de reduzir os �ndices de viol�ncia, principalmente o tr�fico de drogas. Ele explica que a institui��o pensa em �dividir� as �reas de atua��o dos guardas dentro do munic�pio.
�Vamos revitalizar nossas unidades da Pra�a Ant�nio Jo�o, do Terminal Rodovi�rio e do Parque Antenor Martins para podermos atender melhor a comunidade. Este �ltimo local dever� ser o respons�vel pela seguran�a de toda regi�o que compreende o Grande Fl�rida, Jardim Novo Horizonte, entre outros�, disse.
O subcomandante continua: �Estamos preparando um novo plano de gerenciamento de a��es para sermos ainda mais eficientes. Cada unidade ir� cuidar ao m�ximo de sua regi�o. Pretendemos ampliar nosso servi�o comunit�rio, principalmente em escolas, assim o cidad�o ter� mais tranquilidade�, concluiu.

Guarda civil municipal e outras quatro pessoas são mortas em SP

03/12/2012 15:51
A- A+
Folha Online
compartilhar:
Ao menos cinco pessoas foram mortas a tiros, entre elas um guarda civil municipal de Jandira, e outras quatro feridas na Grande São Paulo, entre a noite de ontem (2) e madrugada desta segunda-feira. Nenhum suspeito pelos crimes foi preso.
O guarda Givanildo Henrique da Silva, 40, foi morto com ao menos cinco tiros em um bar, no Jardim Vale do Sol, em Jandira, na Grande São Paulo, por volta das 21h de domingo (2).
Segundo a GCM, homens em duas motos atiraram contra o guarda, que foi atingido no pescoço, na região lombar e no tórax. Ele foi levado ao pronto-socorro Parque dos Camargos, em Barueri, onde morreu.
No mesmo horário ocupantes de uma moto atiraram contra dois homens na rua João Fiochi, no Jardim Lindomar, em Jandira, na Grande São Paulo, por volta das 21h de ontem. Uma das vítimas morreu no local e outra foi levada em estado grave ao pronto-socorro central de Jandira.
Às 22h, um homem reagiu ao ser abordado por policiais militares na rua Rodrigues da Guerra, no Jardim Elba, na zona leste de São Paulo. De acordo com a PM, o suspeito foi atingido e socorrido ao pronto-socorro Sapopemba, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de chegar ao hospital.
Nenhum policial ficou ferido. O caso será investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa).
Por volta das 2h, um homem foi encontrado morto a tiros na rua Ailton Esteves de Melo, no Jardim Sol Nascente, em Jandira, por volta das 2h desta segunda-feira.
Vinte minutos depois, outros dois homens foram baleados próximo a um bar na rua Pedro Pereira Leite, no bairro Infant's Garden, em Jandira.
Segundo a PM, ocupantes de um Fusca atiraram contra os dois homens e fugiram. Eles foram levados pelo Samu (Serviço Médico de Urgência) ao Hospital Regional de Cotia.
Na zona norte de São Paulo, um homem foi baleado na rua Paranhos Pederneiras, na região da Vila Guilherme, na noite de ontem. Ele foi levado ao pronto-socorro Mandaqui.
Um homem foi encontrado morto a tiros na rua Altino Alves de Abreu, no Parque Santo Antônio, na zona sul, por volta das 23h30.
04/12/2012 20h54 - Atualizado em 04/12/2012 21h18

Resultado de consulta pública quer Guarda Civil armada em São Carlos

Esta é a preferência de 85% das 99 pessoas que participaram da votação. Pesquisa foi divulgada nesta terça-feira na Câmara dos Vereadores.

Do G1 São Carlos e Araraquara
Comente agora
Cerca de 85% das 99 pessoas que participaram de uma consultoria pública querem que a Guarda Municipal de São Carlos (SP) passe a utilizar armas. O resultado foi apresentando nesta terça-feira (4) na Câmara dos Vereadores da cidade.
A consulta pública foi realizada pela Câmara neste semestre e questionou também que tipos de armamentos seriam adequados, a criação de um regulamento que discipline o uso e a instalação de uma corregedoria e uma ouvidoria. Nos próximos 15 dias, a consulta poderá ser acessada pelo site da Câmara Municipal.
Vulneráveis
Em São Carlos (SP), os 152 guardas contam apenas com a tonfa e o spray de pimenta para trabalhar. Na cidade eles são proibidos de usar armas de fogo e muitos se sentem vulneráveis.
“Além dessa segurança patrimonial que a guarda exerce hoje, ela também se depara com ocorrências na rua, o que pode acontecer de a gente se deparar com algum indivíduo mal intencionado e armado, não só nos locais onde a gente atua como também nas ruas”, disse o agente Ricardo Genaro.
Guardas municipais de Leme, SP, trabalham armados desde 2009 (Foto: Marlon Tavoni / EPTV)Guardas municipais de Leme, SP, trabalham
armados desde 2009 (Foto: Marlon Tavoni / EPTV)
Já em Leme (SP), desde 2009 todos andam armados e atendem muitos chamados que caberiam à Polícia Militar. “Além da finalidade da guarda de preservar bens, serviços e patrimônios do município, nós também atendemos ocorrências diversas que a população solicita. O emprego do armamento é necessário para atender a segurança do agente e também do cidadão”, explicou o comandante Alex Roberto Volpi.
Outros municípios da região, como Araras, Limeira, Pirassununga, Rio Claro e Ribeirão Preto já aprovaram o armamento da guarda. Em Araraquara (SP), cidade com mais de 200 mil habitantes, os agentes trabalham desarmados.
Para ler mais notícias do G1 São Carlos e Araraquara, clique em g1.globo.com/sao-carlos-regiao. Siga também o G1 São Carlos e Araraquara no Twitter e por RSS.

Guarda municipal de Corumbá participa de curso da S.W.A.T.

Fonte: Da Assessoria em 06 de Dezembro de 2012
O Guarda Municipal de Corumbá Paulo Victor Aculha participou da 14ª edição do Curso S.W.A.T., que aconteceu na cidade de Vitória (ES) entre os dias 23 de novembro e 01º de dezembro deste ano. O curso é destinado a capacitação dos operadores de segurança pública, tais como policiais militares, policiais civis, guardas municipais, policiais federal, inclusive policiais de outros paises como Equador, Argentina e Uruguai.
Com carga horário de 162 horas/aula, os alunos tiveram aulas de Gerenciamento de Crise Negociação de Reféns e Gestão Emocional. Eles ainda participaram de palestras sobre de Código Penal na atividade policial, Planejamento Operacional, Imobilizações Táticas, Progressão em Área de Risco, Tiro em Baixa Luminosidade, Progressão Noturna, Contra Terrorismo, Simulação de Operações S.W.A.T. (Resgate de Reféns/Arrombamento Tático/APH Tático).
Os alunos também aprenderam técnicas de resgate de reféns, intervenção de assalto a ônibus, atendimento pré-hospitalar tático e diversos outros conhecimentos que são aplicadas no dia-a-dia. Dentre os 72 instrutores estavam quatro integrantes da S.W.A.T. Texas-Dallas, dos Estados Unidos da América. Para participar do curso o aluno precisava ser habilitado para o uso de arma de fogo e possuir um armamento registrado com porte federal para seu uso.
Paulo Victor Aculha foi um dos primeiros guardas de Corumbá a obter o porte federal de arma. A Guarda Municipal do Município vem aprimorando os seus serviços para garantir uma maior segurança ao patrimônio público e seus cidadãos. Buscando apoiar seus componentes na qualificação profissional, vários membros da instituição foram enviados para diversos cursos em áreas diferenciadas. Aculha foi o único representante da Guarda Municipal e do Estado de Mato Grosso do Sul a fazer e completar o curso.

6/12/2012 -- 16h08
Prefeitura vai comprar 300 coletes para a Guarda





 

A Prefeitura de Londrina abriu licitação para a compra de 300 coletes balísticos para a Guarda Municipal. O preço fixado é de pouco mais de R$ 188 mil.

De acordo com a secretaria de Defesa Social, os equipamentos serão para os novos guardas municipais, aprovados no último concurso público e também para a reposição dos coletes balísticos que expiraram o prazo de validade. Serão comprados 240 masculinos e 60 femininos.

A licitação havia sido homologada no início do ano, mas somente agora foi aberto o pregão para a tomada de preços e escolha  da empresa que irá fornecer os equipamentos.
6/12/2012 16h55 - Atualizado em 06/12/2012 16h55

Dinamite em base da Guarda tinha como alvo a PM, diz comandante

Suspeitos teriam avisado a PM após deixar explosivo em Mogi Guaçu.
Artefato foi deixado com pavio aceso em construção de base da Guarda.

Do G1 Campinas e Região
1 comentário
A banana de dinamite deixada na construção de uma base da Guarda Municipal na madrugada desta quinta-feira (6), em Mogi Guaçu (SP), tinha como alvo a Polícia Militar, informou o comandante da Guarda, Claudemir Adorno da Costa. Os suspeitos deixaram o explosivo na construção com o pavio acesso e avisaram a PM, para que os policiais fossem ao local.
Segundo o comandante, ao chegarem na construção, na Avenida Suécia, os policiais encontraram o pavio do artefato apagado, devido ao tempo úmido. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado e retirou o objeto. Segundo a polícia, o explosivo foi levado a um terreno em frente à construção e desativado.
Estado de alerta
O Comandante informou que considera a ação como um ataque a segurança pública da cidade e uma ameaça contra a Guarda não foi descartada. "Todos estão em situação de alerta e com orientação para tomar cuidado em ocorrências suspeitas, como carros abandonados, por exemplo, que podem conter explosivos dentro", afirma.
Segundo Costa, uma casa próxima à base foi revistada, após denúncias de que quatro suspeitos do ataque estariam no local, mas nada foi encontrado. Até essa publicação, ninguém foi preso. O caso será investigado na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Mogi Guaçu.
A Polícia Militar de Mogi Guaçu informou que os policiais estão mantendo o estado de alerta devido aos ataques na capital e reforçaram os cuidados em ocorrências após a ameaça.
Para ler mais notícias do G1 Campinas e Região, clique em g1.globo.com/campinas. Siga também o G1 Campinas e Região no Twitter e por RSS.
  • Corregedoria da Guarda Municipal está à procura de Benjamin Zanlorenci em Londrina



A Corregedoria da Guarda Municipal está à procura do ex-secretário municipal de Defesa Social, Benjamin Zanlorenci. O anúncio foi feito no Jornal Oficial do Município número 2.032, publicado na última terça-feira (4) no site da prefeitura de Londrina.

O ex-secretário é aguardado para prestar depoimento em três casos apurados atualmente pela Corregedoria da corporação. Sem conseguir contato com Zanlorenci, a convocação foi oficializada, pois ele estaria "em local incerto".
Por meio da publicação, torna-se público que ele é aguardado nesta sexta-feira (7), entre 8h e 17h no prédio da Prefeitura Municipal de Londrina. Ele será ouvido para prestar informações sobre os processos de número 35/2012, 41/2012 e 23/2012, que não tiveram seu teor divulgado na publicação.
Divulgação / PML
Corregedoria está à procura de Benjamin Zanlorenci - PML
Zanlorenci foi o primeiro gestor da Guarda Municipal
em Londrina
A convocação é assinada pelo corregedor adjunto, Eduardo Junior Bergossi, que informou que os processos tratam de procedimentos administrativos da pasta.
Um dos casos aborda a instalação de uma base da Defesa Social, (ele não informou onde seria), mas que houve recusa do secretário, que teria declarado não haver efetivo suficiente para os serviços. Bergossi disse não saber "de cabeça" do que se tratavam os outros dois processos, mas que seriam tratativas "normais", administrativas.
Ele explicou que Zanlorenci foi procurado através de correspondência. A intimação teria retornado ao município, uma vez que o ex-secretário municipal não mora mais no endereço cadastrado.
Questionado se o contato não poderia ter sido feito por telefone, o corregedor adjunto declarou não possui o número de celular de Zanlorenci e que o procedimento sempre tem que ser documentado, seja ele por meio de correspondência ou então do edital de chamamento, publicado no Diário Oficial.
"Enquanto secretário ele tem que dar várias autorizações. Eu sei que um dos processos é bem simples com relação a essa base", disse. Bergossi afirmou que os processos para os quais o ex-secretário municipal está sendo intimado a depor não estão relacionados com os escândalos envolvendo o treinamento e a falta do curso de tiro para a Guarda Municipal, fato apurado tanto pela Câmara Municipal de Londrina e também pelo Ministério Público.
"Não tem nada a ver. São procedimentos administrativos normais relativos a assinaturas", destacou.
O ex-secretário foi um dos apontados pela Associação da Guarda Municipal como um dos nomes para reassumir a pasta da Defesa Social na gestão de Alexandre Kireeff (PSD).
SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!