Cadastre seu Email

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

  • Corregedoria da Guarda Municipal está à procura de Benjamin Zanlorenci em Londrina



A Corregedoria da Guarda Municipal está à procura do ex-secretário municipal de Defesa Social, Benjamin Zanlorenci. O anúncio foi feito no Jornal Oficial do Município número 2.032, publicado na última terça-feira (4) no site da prefeitura de Londrina.

O ex-secretário é aguardado para prestar depoimento em três casos apurados atualmente pela Corregedoria da corporação. Sem conseguir contato com Zanlorenci, a convocação foi oficializada, pois ele estaria "em local incerto".
Por meio da publicação, torna-se público que ele é aguardado nesta sexta-feira (7), entre 8h e 17h no prédio da Prefeitura Municipal de Londrina. Ele será ouvido para prestar informações sobre os processos de número 35/2012, 41/2012 e 23/2012, que não tiveram seu teor divulgado na publicação.
Divulgação / PML
Corregedoria está à procura de Benjamin Zanlorenci - PML
Zanlorenci foi o primeiro gestor da Guarda Municipal
em Londrina
A convocação é assinada pelo corregedor adjunto, Eduardo Junior Bergossi, que informou que os processos tratam de procedimentos administrativos da pasta.
Um dos casos aborda a instalação de uma base da Defesa Social, (ele não informou onde seria), mas que houve recusa do secretário, que teria declarado não haver efetivo suficiente para os serviços. Bergossi disse não saber "de cabeça" do que se tratavam os outros dois processos, mas que seriam tratativas "normais", administrativas.
Ele explicou que Zanlorenci foi procurado através de correspondência. A intimação teria retornado ao município, uma vez que o ex-secretário municipal não mora mais no endereço cadastrado.
Questionado se o contato não poderia ter sido feito por telefone, o corregedor adjunto declarou não possui o número de celular de Zanlorenci e que o procedimento sempre tem que ser documentado, seja ele por meio de correspondência ou então do edital de chamamento, publicado no Diário Oficial.
"Enquanto secretário ele tem que dar várias autorizações. Eu sei que um dos processos é bem simples com relação a essa base", disse. Bergossi afirmou que os processos para os quais o ex-secretário municipal está sendo intimado a depor não estão relacionados com os escândalos envolvendo o treinamento e a falta do curso de tiro para a Guarda Municipal, fato apurado tanto pela Câmara Municipal de Londrina e também pelo Ministério Público.
"Não tem nada a ver. São procedimentos administrativos normais relativos a assinaturas", destacou.
O ex-secretário foi um dos apontados pela Associação da Guarda Municipal como um dos nomes para reassumir a pasta da Defesa Social na gestão de Alexandre Kireeff (PSD).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!