Cadastre seu Email

sábado, 27 de outubro de 2012

Guardas lotados na SMTT protestam contra retorno à função original

Alagoas24Horas
Cerca de 150 guardas municipais que estão lotados na Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) estão aquartelados na sede da Superintendência em protesto ao que a categoria chama de ‘devolução fracionada’. Isto porque, após realização de concurso público destinado ao cargo de agente de trânsito, os novos concursados estão, aos poucos, assumindo as vagas que antes – por carência do órgão – eram supridas pelos guardas municipais.
Segundo o presidente do sindicato da categoria, Cleif Ricardo, os manifestantes cobram da SMTT uma posição sobre o futuro dos guardas que, segundo Cleif, terão os salários reduzidos se reencaminhados aos cargos originais (para os quais são concursados). “Quando lotados na SMTT, os guardas municipais exercem função de agentes do trânsito, respondendo como guarda municipal somente em casos burocráticos, portanto os salários correspondem ao de agentes do trânsito e não o de guarda”, relatou Cleif.
Ainda de acordo com o sindicato, os guardas receberam treinamento com duração de dois anos para assumir a função, enquanto que os recém-concursados fazeram treinamento de 15 dias. “Foram dois anos de treinamento no BPTran para preparação e os novos concursados treinam por 15 dias, portanto estão indo para as ruas despreparados”, alega Cleif se dizendo sensível à população que supostamente seria atingida diretamente.
Procurado pelo Alagoas24Horas, o superintendente da SMTT, Ronilson Campos Filho assegurou que os guardas voltam ao trabalho ainda nesta sexta-feira (26). “A confusão acabou e agora eles irão retornar às ruas”, comunicou Campos, que disse ainda que a transição é normal, pois a SMTT não tem como manter todos no órgão por falta de receita e atende a uma determinação do Ministério Público Estadual.
O superintendente disse ainda que segundo regulamento da Cetran somente agentes do trânsito podem multar condutores infratores e que os guardas não têm autorização para tanto, daí outra necessidade de devolução. Confirmando a informação repassada pelo Sindicato, Campos disse que os concursados passam por treinamento de 15 dias, mas que estes só irão para as ruas após avaliação e aprovação. No próximo dia 1º de novembro outros 50 agentes concursados devem assumir suas funções na SMTT sendo necessário novo ‘lote’ de devolução de guardas municipais.
Quanto ao salário, Campos disse que a preocupação dos guarda era gerada por causa do ticket alimentação que, segundo ele, será mantido até o afastamento dos guardas. A SMTT manterá postura até a extinção de guardas municipais nas dependências do órgão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!