Cadastre seu Email

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013


16/2/2013 às 08h36 (Atualizado em 16/2/2013 às 20h44)

Base da Guarda Municipal é atacada em São José (SC) e número de atentados no Estado chega a 105

Ao todo, 32 cidades já foram alvo de ataques em 17 dias durante onda de violência
Do R7
Cadu Rolim/FotoArena/Estadão ConteúdoSoldados da Força Nacional chegaram a Florianópolis na tarde desta sexta-feira
O número de atentados em Santa Catarina chega a 105, segundo balanço divulgado pela Polícia Militar do Estado neste sábado (16). Ao todo, 32 cidades já foram alvo de ataques em onda de violência que já dura 17 dias.
Às 22h50 desta sexta-feira (15), dois homens em uma moto azul dispararam cinco tiros contra uma base da Guarda Municipal de São José (SC) na avenida Beira Mar, no bairro Campinas. No momento do ataque, seis guardas estavam no interior da base e ninguém ficou ferido. Os criminosos não foram encontrados.
Chapecó
Por volta das 22h de sexta-feira, quatro jovens, possivelmente menores de idade, atearam fogo em um carro que estava estacionado na rua Independência, Jardim Itália, em Chapecó (SC). Após o atentado, os suspeitos fugiram em bicicletas e não foram localizados até o momento.
Itapoá
Um ônibus que estava estacionado na garagem da empresa foi incendiado na madrugada deste sábado (16), em Itapoá (SC). O atentado aconteceu às 4h50, na avenida 780, bairro Itapema do Norte.
Os criminosos lançaram um artefato que atingiu a parte traseira do veículo. O fogo foi controlado por policiais militares. Os autores do atentado estão foragidos.
Campos Novos
Um ônibus que era usado por trabalhadores rurais na região de Campos Novos (RS) foi incendiado por homens que passavam a pé pelo local. O ataque aconteceu às 4h deste sábado (16) na rua João Gonçalves de Araújo, no bairro Aparecida.
A Polícia Civil e uma perita do IGP estiveram no local, mas ainda sabem dizer quando foi o que foi utilizado para iniciar o fogo. Há a possibilidade de ter sido empregado gasolina.
As autoridades ligadas à área de segurança pública têm mantido sigilo sobre os detalhes das ações para dar fim à onda de atentados. Dezenas de ônibus e outros veículos já foram incendiados, bases da PM e delegacias foram atacadas e até casas de agentes de segurança do Estado também foram alvos dos bandidos.

O motivo dos atentados teria relação com maus-tratos a detentos, assim como aconteceu em novembro. Um vídeo gravado em um presídio de Joinville mostrou presos sendo torturados por agentes penitenciários. O policiamento foi reforçado em todas as regiões.
Assista ao vídeo:
  • Espalhe por aí:
  •      
  •    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!