Cadastre seu Email

quarta-feira, 29 de maio de 2013


Órgãos de segurança da Copa das Confederações fazem reunião

Agência Brasilpara os jogos da Copa das Confederações, na capital fluminense, se reúnem amanhã (28), às 10h, no Centro de Coordenação de Defesa de Área do Rio de Janeiro (CCDA-RJ) para apresentação de todo o pessoal que vai trabalhar no esquema de segurança do evento no Rio. A expectativa é reunir cerca de 1,2 mil pessoas no Campo de Parada e Estádio Brigadeiro Sampaio, na Vila Militar, em Deodoro, zona oeste da cidade.
Além das Forças Armadas, deverão participar representantes da Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro, das polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros, da Guarda Municipal, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio), Receita Federal, Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Secretaria Extraordinária de Segurança para os Grandes Eventos (Sesge) e da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).
A cerimônia de abertura da Copa das Confederações está prevista para o dia 15 de junho, entre as seleções de futebol do Brasil e do Japão, no Estádio Nacional de Brasília/Mané Garricha. No dia seguinte, no Rio de Janeir, o Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, receberá o jogo entre as equipes do México e da Itália.
Para o coordenador do CCDA-RJ, o general de divisão José Alberto da Costa Abreu, essa integração entre os órgãos é fundamental para o sucesso da operação. “É fundamental para o sucesso, porque permite uma conjunção de esforços e uma coordenação adequada entre todos os órgãos envolvidos”, disse à Agência Brasil.
O general Abreu, que comanda a 1ª Divisão de Exército, informou que na quarta-feira (29), o CCDA-RJ será ativado na sede do Comando Militar do Leste, na Central do Brasil, onde permanecerá em funcionamento até o dia 4 de agosto. “Nós permaneceremos em uma situação de expectativa, reforçando o nosso trabalho, de maneira que deveremos emendar com a Jornada Mundial da Juventude e a vinda do papa Francisco”.
A Jornada Mundial da Juventude reunirá no Rio de Janeiro, no período de 23 a 28 de julho próximo, mais de 2 milhões de católicos do Brasil e do mundo, segundo os organizadores do evento religioso. De acordo com o general, o trabalho servirá de laboratório também para a Copa do Mundo de Futebol de 2014 e para as Olimpíadas de 2016.
Ainda na quarta-feira, segundo o general, haverá uma série de treinamentos da tropa que participará da segurança da Copa das Confederações no Rio. Segundo ele, os militares, recrutados na Marinha, Exército e Aeronáutica, vêm treinando há algum tempo e já estão preparadas para atuar.
A programação dos exercícios de segurança prevê, para as 8 horas, um patrulhamento marítimo por homens do 1º Distrito Naval na orla sul da Baía de Guanabara, englobando as praias de Copacabana e do Leme, e na área portuária no centro da cidade. Eles vão simular uma abordagem e interceptação de uma embarcação hostil.
Às 9h30, o Exército dará início ao primeiro de três exercícios programados. A cargo da 9ª Brigada de Infantaria Motorizada, será feita a defesa de infraestrutura estratégica, com a ocupação da Subestação de Energia Elétrica de Jacarepaguá, que abastece parte do Maracanã e da zona sul da cidade. A intenção é evitar falhas no fornecimento de energia elétrica para o estádio, onde também serão feitos treinamentos.
A partir das 10h30, soldados do 1º Batalhão de Guardas, sob a coordenação da Artilharia Divisionária da 1ª Divisão do Exército, farão um exercício de contenção de distúrbio, com a finalidade de desobstruir a rampa leste do estádio. Também as tropas de contraterror farão o reconhecimento das instalações, mostrando uma prévia de sua atuação, em caso de necessidade.
Às 10 horas, a Força Aérea Brasileira, sob a coordenação do 3º Comando Aéreo Regional (3º Comar) e utilizando dois aviões caça F-5, fará a interceptação de uma aeronave suspeita no espaço aéreo da cidade.
O CCDA-RJ é o órgão encarregado de coordenar a defesa dos grandes eventos programados para o Rio de Janeiro. A estrutura compreende vários eixos de defesa, entre os quais a força de contingência; a defesa de estruturas estratégicas; a defesa aeroespacial e o controle do espaço aéreo; a defesa cibernética; a defesa da área marítima e fluvial; a defesa química, biológica, radioativa e nuclear; a defesa contra terrorismo; o emprego de helicópteros e a fiscalização de explosivos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!