Cadastre seu Email

domingo, 18 de agosto de 2013

Polícia interroga guarda suspeito de participar de morte em Piracicaba

Polícia interroga guarda suspeito de participar de morte em Piracicaba

Testemunhas colocaram membro da GM na cena do crime no Bosques. Comando da corporação não o apontou como participante de operação.

Do G1 Piracicaba e Região

A Polícia Civil de Piracicaba (SP) ouviu, nesta quarta-feira (14), um guarda municipal sobre a morte de Frederico Alves de Jesus, de 23 anos, em 1º de agosto no bairro Bosques do Lenheiro. O membro da GM foi citado por testemunhas, mas o comando da corporação não mencionou sua presença no dia em que o ajudante de pedreiro foi assassinado.
De Jesus foi assassinado no mesmo momento em que a Guarda Municipal realizava uma ação no Bosques do Lenheiro e moradores acusam membros da corporação de terem cometido o crime. Além de negar participação no homicídio, o comando da guarda citou que a equipe presente era composta por 17 pessoas. Nesta quarta, um suposto 18º participante foi interrogado na Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Ele negou participação na operação.

Moradores, no entanto, confrontam a informação da Guarda de que houve 17 participantes na ação. "Entre carros e motos tinha 28 veículos da guarda no bairro naquele dia, não tinha só 17. O povo do bairro contou o número de veículos", afirmou a tia de de Jesus, Ana Luiza Cruz, de 50 anos. 
Perícia

A Polícia divulgou também informações sobre os laudos periciais do caso. Além de informações sobre a cena do crime os peritos também avaliaram as armas entregues pela Guarda Municipal e que teriam sido usadas durante a operação. Em nenhuma delas foram encontrados vestígios de disparo
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!