Cadastre seu Email

segunda-feira, 2 de março de 2015

Escolas municipais terão vigilância armada no turno da noite, diz Semed

Vigilantes armados começarão a atuar a partir de março, segundo órgão.
Secretaria retomou instalação do sistema de monitoramento em colégios.

Cassio AlbuquerqueDo G1 AP
Nova licitação vai refletir no salário dos vigilantes em escolas do Amapá (Foto: Abinoan Santiago/G1)Novos vigilantes vão atuar a partir de março,
segundo Semed (Foto: Abinoan Santiago/G1)
As escolas municipais de Macapá passarão a ter vigilância armada no turno da noite, segundo informou nesta quarta-feira (25), a titular da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Antônia Andrade. Ela falou que a solicitação da segurança surgiu depois do aumento no número de assaltos e furtos às instituições das zonas Rural e Urbana da capital. O processo de licitação para a prestação do serviço, feito pela pela Secretaria Municipal de Administração (Semad), está em fase de finalização. A empresa vencedora deverá começar a atuar nos colégios a partir de março.

Segundo Antônia Andrade, além dos vigilantes, as escolas vão contar com sistema de monitoramento. Das 80 escolas municipais e 28 anexos na capital, 48 instituições e um anexo utilizam o equipamento.

“Esse trabalho era para ser feito em janeiro, mas houve um atraso porque a empresa estava esperando a chegada de um material para fazer a instalação das câmeras. Em razão disso, estendemos o prazo e acreditamos que até meados de março esse sistema comece a funcionar nesses colégios, em conjunto com a guarda municipal no turno da manhã e da tarde, e com os vigilantes armados no turno da noite”, disse a secretária.
Escola foi roubada na noite de sexta-feira  (Foto: Ascom/Semed)Escola teve merenda, computadores e materiais 
furtados no dia 20 de fevereiro (Foto: Ascom/Semed)
A escola municipal Gerson Trindade Pereira, localizada em um ramal no quilômetro 9 da Rodovia Duque de Caxias, faz parte do número de escolas que ainda não possui o sistema de monitoramento. No dia 20 de fevereiro, o colégio foi furtado.

Segundo a polícia, foram levados dois notebooks, grande parte da merenda escolar armazenada, além de materiais de construção avaliados em R$ 6 mil. Por causa do crime, as aulas na instituição, que começariam no dia 23 de fevereiro, foram adiadas para o dia 2 de março. Não havia vigilantes no local no momento do furto.

Para evitar novos furtos, a titular da Semed informou que foi solicitado o apoio da Polícia Militar (PM) na realização de rondas nas proximidades dos colégios onde não há o sistema de monitoramento.

“Esse reforço policial vai ocorrer justamente nesse período da noite e da madrugada para coibir a ação de criminosos”, falou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!