Cadastre seu Email

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Para a ASTC, é mais vantajoso alugar carros do que comprá-los, diz Giovani Zappelini
Presidente da ASTC explica o motivo da abertura de licitação para que veículos fossem alugados


19 de Agosto de 2013 10h40
Amanda Garcia Ludwig - amanda.garcia@engeplus.com.br

Desde a última sexta-feira circulam pela internet denúncias de quem a Autarquia de Segurança, Trânsito e Transportes de Criciúma (ASTC) mantém uma frota de seis carros, utilizados pela Guarda Municipal, alugada com o dinheiro da Prefeitura Municipal de Criciúma, ao invés de comprar os veículos. O custo do contrato, como é divulgado pelo site da prefeitura, ultrapassa os R$ 742 mil. Na denúncia – recebida também por email pelo Portal Engeplus -, o denunciante afirma que seria melhor que o município comprasse os seis veículos, o que totalizaria cerca de R$ 350 mil.

O presidente da autarquia, Giovani Zappelini, explicou na manhã desta segunda-feira que a prática é mais vantajosa para a prefeitura, uma vez que a empresa contratada por licitação faz toda a manutenção dos veículos. Ainda segundo o presidente, o total de R$ 742.704,00 é apenas uma previsão e reserva do orçamento, e como o contrato dura dois anos, este valor deve ser dividido em 24 meses. “Isso totaliza cerca de R$ 30 mil ao mês, mas eu gasto R$ 16 mil. É necessário que essa previsão exista, no entanto, porque pode ser que um dia precisemos usar o dinheiro em alguma manutenção”, assegura.

De acordo com Zappelini, a prática vem da administração anterior, mas como o contrato com a empresaCizeski Locadora Eirelli - Me venceu em 4 de julho deste ano, um novo pregão foi realizado. “Apenas a empresa se inscreveu. Agora o novo contrato começou no dia 5 de julho de 2013 e vai até o dia 31 de julho de 2015, com o mesmo valor”,observa.

A empresa é responsável, como explica o presidente da autarquia, pela manutenção dos veículos, pagamento do seguro, emplacamento, troca de pneus a cada 30 mil quilômetros rodados, trocas de óleo e filtro e manutenção em caso de batidas. A ASTC é responsável apenas por pagar a gasolina do veículo. O novo contrato prevê sete carros na frota: quatro Gol e três Palio Weekend.

“Quando uma pessoa física pega um carro e cuida, em quatro anos o desgaste é pequeno. No poder público é diferente. Todos tem acesso ao veículo, mas nem todos zelam por este patrimônio. Então é mais vantajoso alugar os veículos, com a garantia de todas as manutenções, do que comprá-los e arcar com estes custos”, considera Zappelini.
Clicou uma foto? Envie para jornalismo@engeplus.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!