Cadastre seu Email

sábado, 29 de junho de 2013

canhão sonoro

Entenda como funciona o canhão sonoro

Arma está sendo usada pela PM do Ceará e pela Guarda Municipal para conter manifestantes em Fortaleza
por Luciana Galastri

Editora Globo
Canhão sonoro usado pela Marinha Americana // Crédito: divulgação American Technology Corporation
A Guarda Municipal de Fortaleza, em conjunto com a Polícia Militar do estado do Ceará, usou uma nova tecnologia para conter manifestantes nesta quinta-feira, 27. O "canhão sonoro", que emite um forte alarme com um raio de até três quilômetros, tem como objetivo impedir que os protestantes atrapalhem o progresso do jogo da Copa das Confederações entre Espanha e Itália.
Como ele funciona? O sistema se chamaria "Inferno". É uma espécie de alarme que usa frequências simultâneas entre 2 e 5Khz, com uma potência de 123 dB - a título de comparação, a decolagem de um avião, registrada de forma próxima, emite 140 dB.
O que ele provoca? Os efeitos, além da esperada dor de ouvido, são náuseas, tontura, desorientação e dores no peito, o que obriga o 'alvo' a fugir das proximidades. Se continuar exposto ao som sem proteção, a pessoa pode vomitar e cair, por ter a noção de equilíbrio comprometida. Isso acontece não apenas pela potência sonora, mas pela combinação de frequência simultâneas, responsáveis por causar a sensação de desconforto.
O diretor da Guarda Municipal, Antônio Vieira, afirma que participou de testes do "Inferno" e garante que não há danos a saúde. Ele nega que o sistema possa causar tontura e enjôos e dor, e conta que o aparelho também vem equipado com um microfone, que pode ser usado para passar orientações aos manifestantes.
Qual é a utilidade desse tipo de arma? Não é a primeira vez que tecnologias similares são usadas para controlar o público de eventos esportivos. Os canhões sonoros estavam à disposição da polícia inglesa durante as Olimpíadas de Londres. Além disso, este tipo de arma não-letal também foi usado para operações militares dos americanos no Iraque, enquanto a marinha dos EUA já as usou em operações contra piratas da Somália.
Há possibilidade de danos permanentes? Os canhões sonoros americanos causam dor extrema a quem estiver a 100 metros de distância. Eles também podem emitir sons curtos e frequentes, que causam dores de cabeça severas em quem estiver a um raio de 300 metros de distância. E, quem estiver a 15 metros, pode sofrer perda permanente de audição.
Confira um deles em ação nos EUA durante uma manifestação em 2009 (deixe o volume de seu computador em níveis baixos):
Leia Mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!