Cadastre seu Email

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Segurança

Guarda Civil de Guarujá usará armas de fogo no ano que vem

Simone Queirós
Créditos: Rogério Soares
Guardas passarão por treinamento com a PF

A Guarda Civil Municipal de Guarujá se prepara para um upgrade a partir do próximo ano. Além de um concurso que aumentará o efetivo, os guardas passarão a utilizar armas de fogo e pistolas de condutividade elétrica. E com a aprovação da lei que permite a Atividade Delegada nos municípios, a expectativa é ampliar as operações que necessitam da participação da Polícia Militar na Cidade.

Segundo o diretor da Guarda, coronel Raimundo Silva Filho, a ideia é que sejam contratados entre 300 e 360 policiais todo mês, numa média de 10 por dia. A Atividade Delegada é um convênio firmado entre prefeituras e a Secretaria de Segurança Pública, que permite aos policiais militares desempenharem suas funções nos dias de folga. Os PMs podem trabalhar por no máximo 12 dias por mês, sendo que a carga horária não pode ultrapassar oito horas diárias.

Segundo Silva Filho, o intuito da Prefeitura não é utilizar os policiais no policiamento ostensivo, como já é feito pela corporação militar. “Nossa intenção é que eles atuem nas operações que a Guarda Municipal já realiza frequentemente. Assim, não será mais necessário retirar o policial das ruas para acompanhar nossas equipes”.

Paralelamente, a Guarda Municipal dá andamento ao seu projeto de Governança Local, com ações que contam com recursos do Governo Federal, por meio do Programa Nacional de Segurança Pública em Cidadania (Pronasci). O Município recebeu R$ 1,250 milhão para adquirir novos equipamentos e veículos. Além disso, contratou uma consultoria para fazer um mapeamento sobre segurança na Cidade. Desse estudo, para o qual a sociedade será ouvida, resultará um Plano Municipal de Segurança.

Armas de fogo
Já as armas de fogo devem demorar um pouco mais. A expectativa é que a parte prática do projeto comece depois do Carnaval. “Esse treinamento será criterioso e rigoroso”.

Para isso, um convênio está sendo firmado com a Polícia Federal, que treinará a Guarda. Será realizado um exame psicológico nos guardas civis, depois um treinamento de tiro com carga horária entre 80 e 100 horas. “Dependemos da Polícia Federal para dar andamento. Mas acredito que no primeiro semestre os guardas já estejam utilizando as armas”.

Segundo o coronel, eles utilizarão tanto o taser como as armas de fogo. “Cada um é utilizado em uma situação diferente.”

Concurso
Para 2013 também está previsto um concurso público, que está em estudo. “Para mim, o ideal é que um grupo de policiais seja chamado anualmente, para termos sempre uma Guarda oxigenada. Mas ainda está sendo definido qual deve ser o efetivo fixo”. Atualmente a Prefeitura conta com 298 guardas civis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!