Cadastre seu Email

terça-feira, 14 de maio de 2013

12/05/2013 05:53:04
GM de Estância comemora 20 anos com manifestação na prefeitura

Desde as primeiras horas da manha dessa sexta feira,10, data significativa para a Guarda Municipal da cidade de Estância que completou 20 anos de fundação, uma aglomeração de GM’s foi registrada na porta do Paço Municipal como uma forma de chamar a atenção do Prefeito Carlos Magno para algumas necessidades da categoria.
Segundo as informações colhidas na Praça Barão do Rio Branco e posteriormente retransmitidas no Programa Dia aDia notícias, com Luiz Carlos Dussantus, os guardas municipais de Estância fizeram campana na praça e enfileirados ouviram o hino do soldado (o carro de som não possuía o hino nacional) e durante toda a manhã ficaram, mesmo sob forte chuva, em campana na Praça Barão do Rio Branco  e com faixa nas mãos, os Guardas mostraram para a maior autoridade do município  e toda a população estanciana que necessitavam ser ouvidos  e expor os seus anseios.
Após algumas horas de espera, um grupo de guardas municipais foi recebido pelo prefeito Carlos Magno, juntamente com representantes do SINDISEME  e do Comando da Guarda. Na oportunidade, o prefeito ouviu os clamores dos agentes de segurança municipal e pediu um tempo para que pudesse solucionar as demandas da categoria que, reconheceu a atenção dada pelo prefeito e a intenção em ajudar,mas que lamentaram as intromissões ou participações de pessoas ligadas ao comando e que, segundo a categoria, só fez com que as demandas fossem proteladas para posteriore.
“Estava tudo andando e indo para um caminho do consenso quando o comando se pronunciou e aconselhou que o prefeito encaminhasse o caso para que a procuradoria do município pudesse estudar o caso”, lamentou em praça pública um dos Guardas Municipais que participou da reunião. Segundo especula-se entre os GM’s, essa atitude do comando pode ter sido uma tentativa de segurar a categoria até que os festejos juninos sejam realizados, pois existe uma possibilidade de paralisação durante os festejos caso os anseios da categoria não sejam atendidos.
Entre as pautas da corporação,foi colocada na mesa de discussão a criação do status de secretaria para aGuarda Municipal para que ela possa se manter e proporcionar os serviços essenciais. Auxílio Uniforme ou padronização dos uniformes da GM , pagamento de periculosidade e  auxílio alimentação sãoalgumas das reivindicações apresentadas pela categoria ao Prefeito Carlos Magno.
Outro ponto crucial da mobilização, segundo os idealizadores do ato, foi para que o prefeito tivesse conhecimento que quem de fato tem o aval para representar a categoria nas discussões trabalhistas é o SINDISEME e não o SIGME como é pregado na cidade.
Em entrevista concedida na MARAZUL FM, o GM Eduardo  deixou bem claro qual a intenção do movimento.
Acompanhe aqui os principais momentos da fala do GM.
“A GM completa 20 anos e foi por seruma  data comemorativa que nós decidimosfazer essa manifestação, uma manifestação pacífica, uma manifestação a procurade melhoras para a GM. Nós nos  encontramosas 7h para pedirmos ao prefeito que nos ouvisse, porque nós estávamos nossentindo um pouco excluídos e daí nós pedimos ajuda ao SINDISEME, que é osindicato que nos representa e daí o Carlito com muito boa vontade nos ajudou ea manifestação ocorreu de uma forma agradável e exemplar”, salientou Eduardo emtom sereno.
“O SIGME existiu, mas com aentrada do Prefeito Carlos Magno, o presidente do sindicato recebeu um cargo eisso não existe em lugar nenhum do mundo, um patrão ser o próprio presidente dosindicato. Totonho saia espalhando na cidade que esse sindicato representava osGM e eu expliquei a ele que ele não poderia fazer isso porque ele estava agorana diretoria da guarda. Ele tendo esse cargo ainda se intitula diretor de umsindicato que não existe mais e é tanto que hoje a maioria dos guardas sãofiliados no SINDISEME. É o SINDISEME que representa a guarda e é o SINDISEMEque o prefeito tem que ouvir”, destacou.
“Fomos recebidos pelo prefeitoque pediu paciência a guarda. Não afirmou  que iria cumprir as nossas reivindicações.  Ele está  pensando em nos atender meses posteriores adiscussão com os servidores públicos” informou o Guarda Municipal, salientandoque de imediato a categoria está lutando por  aumento viável junto com todos os outros servidorese  mais a periculosidade.
“Posteriormente gostaríamos que prefeitoolhasse para a guarda como uma categoria a parte e que nos proporcionasse umestatuto ou um regimento diferenciado, com cargos e  funções, e que ele regularizasse a guarda comoacontece em outras cidades como lagarto  e Aracaju”, destacou.
Eduardo salientou ao âncora doPrograma Dia a Dia Notícias que a partir de então a categoria irá  conversar para ver o que vai se  fazer a partir de agora. Antes de finalizar asua participação, Eduardo destacou que a guarda trabalha acima do que aprefeitura de Estância  paga. “Fizemos umconcurso para carga horária de 40 horas e em muitos casos, tem  guardas que trabalham  48h semanais.
“Recebemos a menos e trabalhamosa mais e isso  é frustrante”, disseEduardo que finalizou a sua entrevista salientando mais uma vez quem é aentidade que é reconhecida como legítima representante da guarda.
“A GM hoje é representada peloSINDISEME e eu peço ao prefeito que ao chamar os representantes da guarda que chameo SINDISEME porque  é ele que nosrepresenta”, finalizou.
Por: Pisca Jr

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!