Cadastre seu Email

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Quinta, 10/01/2013 09h52
-
Diogo Luz
Imprimir
adriana accorsi teresa ribeiro
Foto: Teresa Ribeiro / Portal 730
A secretária de Defesa Social de Goiânia, Adriana Accorsi, concedeu entrevista ao vivo nos estúdios da Rádio 730 na manhã desta quinta-feira (10). Adriana adiantou a linha de atuação que irá implantar no novo cargo e afirmou que irá discutir com a sociedade a possibilidade de armar a Guarda Municipal (GM).Segundo a secretária, o foco do trabalho será a redução da violência na capital. Para isso, uma parceria com a sociedade e com a policia Civil e Militar será importante. Até mesmo porque Adriana condiciona a implantação da Guarda Civil Armada com rigorosos treinamentos que serão acompanhados ou ministrados pelas forças de segurança do estado.
Ouça a entrevista na íntegra:
"Eu quero discutir essa questão com a GM e com a sociedade. Não sou contra nem a favor, é preciso discutir. É preciso antes (de armar a GM) o treinamento. E mesmo com treinamento acontecem equívocos. (...) Somente concordarei diante de treinamento específico", disse Adriana.
Outros meios também serão utilizados para reduzir a criminalidade em Goiânia. Adriana Accorsi citou as câmeras de monitoramento. Uma central com capacidade para controlar todo o aparato tecnológico - que inclui microfones capazes de captar o barulho de um tiro - estão sendo orçadas pela prefeitura.
A tecnologia é importante, mas a grande aliada ainda será a sociedade. A GM e a Polícia Civil vão ficar mais próximas das escolas, tanto com ações de repressão ao aliciamento pelo tráfico, como em campanhas educativas. Além disso, a Secretaria de Defesa Social vai acompanhar de perto os casos de violência doméstica, garantindo assistência para a mulher e crianças, incluindo orientação jurídica.
Urnas
A secretária Adriana Accorsi falou com desenvoltura sobre um possível futuro político. Condicionou enfrentar as urnas se a guinada política contribuir para a segurança pública e confirmou a sondagem recorrente do Partido dos Trabalhadores, legenda a qual é filiada, para disputar uma eleição.
"Se um dia eu entender que participando da política eu posso contribuir para a segurança das pessoas de Goiás, aí sim eu entrarei para política. Agora, todos os anos eleitorais, até mesmo por ter sido militante na juventude, sou procurada para disputar. Principalmente pelo meu pai (o ex-prefeito Darci Accorsi) (risos)", disse Adriana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!