Cadastre seu Email

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

notícias

Guardas reagem a decisão de Clésio Salvaro


Decisão de Governo de Clésio Salvaro, prefeito eleito de Criciúma, que planeja acabar com a Guarda Municipal já provoca reações. Alberto Viana, presidente licenciado da Associação dos Guardas afirma que a medida representa um retrocesso e uma perda para toda a sociedade.
"Quem perde é a comunidade. Outras cidades estão reforçando suas corporações para garantir mais segurança para suas comunidades e nós vamos andar para trás. Ele chegou a dizer que somos uma minipolícia, não somos não. Somos guardas municipais e fazemos nosso trabalho com muito orgulho. Prefeito fez referência de que não tem dinheiro para soro não pode ter guarda. Ele apelou para o emocional, mas não cola. A verba é distinta. Queremos conversar, convencer ele a rever sua posição. A guarda pode sim mudar algumas posturas, mas a sociedade precisa sim deste serviço".
Para ele, a Guarda Municipal extinta vai aumentar o custo da cidade e não reduzir. "A guarda hoje protege os prédios públicos. A guarda custa 500 mil/mês. Se a guarda acabar vão terceirizar e esse contrato não sairá por menos de R$ 1 milhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!