Cadastre seu Email

sábado, 13 de julho de 2013

Reportagem Especial :: Mauro do Detran destaca os projetos prioritários para a Secretaria de Segurança Pública
Novo secretário revela, em exclusiva ao Jornal Araxá, principais projetos para a área da Segurança Pública em Araxá
:: Reportagem Especial :: Mauro do Detran destaca os projetos prioritários para a Secretaria de Segurança Pública
Mauro da Silveira Chaves, Mauro do Detran é o novo Secretário Municipal de Segurança Pública de Araxá. Foto Willian Tardelli
A Secretaria Municipal de Segurança Pública inicia os seus trabalhos em Araxá com dois principais projetos a serem implementados. Segundo o titular da pasta, Mauro da Silveira Chaves, o projeto de vídeo-monitoramento Olho Vivo e a Guarda Municipal são as prioridades iniciais da nova secretaria. O secretário revelou os principais projetos em entrevista exclusiva à reportagem do Jornal Araxá.

Mauro explica que a Secretaria Municipal de Segurança Pública tem suas atribuições determinadas pela Constituição Federal que limita a sua atuação para que não invada a área de outras instituições como a Polícia Militar e a Polícia Civil. “A secretaria será um órgão de articulação junto a todos os organismos governamentais e entidades civis organizadas para viabilizar ações politicas e sociais voltadas para a prevenção do crime”, explica o secretário.

Entre as propostas de Mauro para a Secretaria de Segurança Pública se destacam também a implantação e construção dos Portais de entradas da cidade, a ampliação da Delegacia de combate à violência contra a Mulher, a implantação da Ronda Escolar, melhoria da iluminação pública eliminando os pontos escuros que trazem insegurança aos moradores. “Temos vários projetos e vamos também ouvir a comunidade para definir as principais demandas do município e traçarmos um plano de ordem cronologia de implantação de cada projeto”, diz Mauro.

Olho Vivo

O governador Antônio Anastácia incluiu Araxá no projeto Olho Vivo e disponibilizou um kit com dezesseis Câmeras de Vídeo para o monitoramento de locais estratégicos da cidade. Segundo Mauro, trata-se de uma ferramenta importantíssima que vai somar muito com as forças policiais de Araxá.

“Esta foi uma reivindicação que levantamos no inicio deste novo governo e com o apoio do deputado Bosco e a parceria com o prefeito Jeová Moreira da Costa, conquistamos este beneficio importante para a população araxaense. Evidentemente que é um número insuficiente de câmeras, pois Araxá precisa bem mais do que isso, mas já estamos trabalhando para adquirir mais equipamentos e promovermos em um curto espaço de tempo a expansão do Olho Vivo em nossa cidade”, revela o secretário.

Mauro afirma que em um levantamento feito recentemente em Araxá apontou que cerca de 27 câmeras seria o número ideal para atender bem a cidade neste processo de vídeo-monitoramento. “Não existe limite para que a tecnologia atue em prol da população, então acreditamos que quanto mais câmeras tivermos, melhor será a segurança da cidade. A Secretaria Municipal de Segurança Pública vai começar a fazer uma avaliação juntamente com o comando da Policia Militar para definir os locais onde as primeiras câmeras serão instaladas com previsão de instalação em no máximo três meses”, diz Mauro.

Guarda Municipal

A Guarda Municipal tem como atribuições principais dar proteção aos bens, serviços e patrimônios públicos. A princípio a instituição poderá ter em Araxá oitenta agentes que deverão ser contratados através de concurso público e a sua implantação deverá ocorrer no primeiro semestre de 2014.

“A Guarda Municipal vai atuar em praças, ginásios, escolas e também no trânsito do município juntamente com os agentes de trânsito da Asttran terão autoridade para fazer autuações de trânsito. Um dos objetivos é desonerar a Polícia Militar de algumas atividades e assim tornar o seu efetivo mais eficaz em outras ações”, explica Mauro.

Segurança

O secretário avalia Araxá como uma cidade segura. “Embora Araxá tenha registrado um acréscimo acentuado do índice de criminalidade ainda podemos considera-la como uma cidade segura, principalmente quando comparada com outras do mesmo porte como Patrocínio e Araguari. Porém não podemos cruzar os braços e temos que trabalhar com ações efetivas para barrar o crescimento que aconteceu principalmente neste primeiro semestre de 2013”, afirma Mauro.

O baixo efetivo é o principal problema enfrentado pela Polícia Civil e também pela Polícia Militar na opinião do secretário. “Tanto a Polícia Civil como a Militar se desdobram para cumprir as metas estabelecidas pelo Governo de Minas no combate a criminalidade, porém as duas instituições estão com escassez de policiais e precisam de um maior efetivo para melhorar a prestação de serviços à comunidade”, completou secterario

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!