Cadastre seu Email

sábado, 9 de março de 2013


PROPOSTA 06/03/2013

Prefeito poderá contar com PMs em sua segurança pessoal

A proposta enviada à Câmara Municipal estabelece que a proteção do prefeito passará a contar - além de efetivo da Guarda Municipal - também com homens cedidos pelos órgãos de Segurança Pública do Estado

DEIVYSON TEIXEIRA
A ideia da prefeitura é uma ação conjunta da Guarda e da PM

Vereadores da oposição na Câmara Municipal de Fortaleza criticaram ontem o convênio proposto pela Prefeitura para garantir a segurança do prefeito Roberto Cláudio (PSB). De acordo com o documento, a proteção do prefeito passará a contar - além de efetivo da Guarda Municipal - também com destacamento cedido pelos órgãos de Segurança Pública do Estado, entre eles a Polícia Militar.

A proposta de RC provocou reação da oposição, sobretudo entre vereadores petistas. Segundo Ronivaldo Maia (PT), líder do governo durante a gestão Luizianne Lins (PT), a ação retira da Guarda Municipal a prerrogativa de coordenar a segurança do prefeito. “Fortaleza tem uma Guarda Municipal muito capaz, que sempre cuidou impecavelmente da segurança do prefeito. Essa medida diminui a Guarda, porque demonstra falta de confiança do Roberto nela”, afirma.

Além disso, Ronivaldo Maia critica o uso de policiais militares para a segurança do gestor. “PM tem que estar nas ruas. Eu acho que isso é até um mal exemplo. Imagina só se essa moda pega? Cada prefeito do interior pedindo proteção da PM, justo em época de crise na segurança pública do Estado?, diz o vereador.

Em defesa da proposta, o líder do governo na Câmara, Evaldo Lima (PCdoB), afirma que, ao contrário de reduzir funções da Guarda, a gestão Roberto Cláudio vem promovendo ações no sentido de ampliar a atuação do efetivo. “Estamos investindo em qualificação e equipamento para a Guarda, e vamos abrir concurso para mil guardas”, afirma.

Prerrogativa
Presidente do Sindicato dos Guardas Municipais de Fortaleza (Sindiguardas), o vereador Márcio Cruz (PR) rejeita que o convênio represente uma perda de prerrogativas dos guardas. “A lei apresentada prevê uma ação conjunta da Guarda e da PM, o que é positivo. Se ela previsse a saída da Guarda Municipal dessa função, nós iríamos criticar”, afirma.

Segundo Márcio Cruz, a medida representaria na verdade um avanço para a categoria, uma vez que a mesma função costumava ser realizada, durante a gestão Luizianne Lins, por seguranças particulares armados. “Muitas vezes segurança contratado fazia segurança até de patrimônio, o que aí sim é competência da guarda”, diz. (Carlos Mazza - carlosmazza@opovo.com.br)

O quê

ENTENDA A NOTÍCIA

Durante a gestão Luizianne Lins (PT), a segurança da prefeita era mantida por Guardas Municipais e vigilantes armados contratados. Agora, Roberto Cláudio (PSB) propõe que efetivo da PM substitua segurança privada.

SERVIÇO

Guarda Municipal de Fortaleza
Endereço: R Delmiro de Farias 1900 - Rodolfo Teófilo 
Fone: (85) 3066-2300

Saiba mais

A proposta não prevê a quantidade de policiais militares que poderão ser cedidos para a proteção do prefeito Roberto Cláudio (PSB)

O destacamento de policiais militares ou de quaisquer outros servidores de órgãos de Segurança Pública do Estado depende também de liberação do governador Cid Gomes (PSB)

A mensagem de RC prevê também proteção apenas para o prefeito, o vice-prefeito e demais autoridades nomeadas pela gestão. Não há qualquer menção a familiares de Roberto Cláudio

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!