Cadastre seu Email

sábado, 16 de fevereiro de 2013


15/02/2013 11h42 - Atualizado em 15/02/2013 22h53

Ex-delegado, policial e guarda são presos por extorsão, diz Gaeco

Prisão foi realizada na quinta-feira (14), em Curitiba.
Vítimas da extorsão tiveram que pagar R$ 25 mil para os suspeitos.

Do G1 PR
1 comentário
O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) prendeu um delegado aposentado, um sargento da Polícia Militar (PM) e um guarda municipal de Curitiba na quinta-feira (14), na capital paranaense. Todos são suspeitos de extorsão.
De acordo com o Ministério Público (MP) do Paraná, as investigações foram iniciadas há cerca de um mês, quando duas pessoas procuraram a equipe do Gaeco e contaram que estavam sendo vítimas de três homens que se identificavam como policiais. Se não pagassem R$ 25 mil, conforme o relato das vítimas, os suspeitos colocariam drogas para incriminá-las e prendê-las.
Inicialmente, as vítimas pagaram R$ 1.900,00 e, ao entregarem a outra parte do dinheiro, o Gaeco prendeu em flagrante os três suspeitos.
Na noite desta sexta-feira (15), a Polícia Civil emitiu uma nota a respeito do caso. Conforme a polícia, o delegado aposentado deverá ser tratado como civil, pois não possui qualquer vínculo com a instituição. Na nota, a cúpula da polícia afirma que ele não será investigado por qualquer órgão interno de controle, cabendo apenas à Justiça comum as eventuais punições pelos delitos apurados pelo Gaeco.
Para ler mais notícias do G1 Paraná, clique em g1.globo.com/parana. Siga também o G1 Paraná no  Twitter e no RSS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!