Cadastre seu Email

domingo, 6 de julho de 2014

Polícia fecha caso de tiroteio entre PM e guarda sem apontar culpados

Delegado informou que não há como apontar quem causou troca de tiros. 
Caso ocorreu em janeiro deste ano; um policial e um guarda ficaram feridos.

Do G1 Campinas e Região
Carro é atingido por disparos durante troca de tiros em Americana (SP) (Foto: André Natale/EPTV)Carro é atingido por disparos durante troca de tiros
em Americana (SP) (Foto: André Natale/EPTV)
A Polícia Civil em Americana (SP) encerrou as investigações sobre a troca de tiros que envolveu um policial militar e agentes da Guarda Municipal. Segundo o delegado Alfredo Luiz Ondas, responsável pelo caso, não há indícios para apontar quem é o culpado pelo tiroteio. A ação ocorreu em janeiro deste ano e tanto o policial militar e quanto um guarda ficaram levemente feridos.
De acordo com o delegado, com o fechamento do caso, o inquérito será enviado ao Ministério Público. O tiroteio ocorreu em frente a uma farmácia na Vila Molon, na manhã do dia 11 de janeiro. Na data, houve uma tentativa de assalto, que foi frustrada após os suspeitos quebrarem o vidro e o alarme do imóvel disparar.
A dona do estabelecimento ficou sabendo e foi, com o marido, que é policial militar e estava de folga, para frente do estabelecimento com um carro modelo Civic. Com a chegada da viatura da guarda, o policial teria se assustado e houve a troca de tiros.
O caso
A ação começou quando a Polícia Militar foi acionada para uma tentativa de furto na farmácia, por volta da 1h. "Uma viatura constatou que só havia dano, aparentemente nada tinha sido furtado da farmácia. O policial e a namorada vieram ao local e estacionaram o veículo bem próximo da porta para evitar um furto futuro", contou, no dia, o aspirante da PM Bruno Marcel Biffi. A fachada da farmácia foi estilhaçada por uma bola de sinuca.

Segundo a perícia, pelo menos 30 tiros foram disparados durante a confusão. O guarda municipal foi alvejado na mão e o policial foi baleado na boca e na perna. Eles foram socorridos para hospitais da cidade e têm estado de saúde estável.
O casal passou a noite em frente ao estabelecimento, quando, na troca de turno da Guarda Municipal, às 5h45, os agentes receberam outro chamado de roubo na mesma avenida, que seria um ataque com carro em marcha à ré. "Recebemos a informação de que estaria ocorrendo um roubo na mesma farmácia e, de imediato, a viatura deparou com esse veículo estacionado de marcha à ré em frente a loja", afirma o inspetor da Guarda Sebastião Geraldo.

tópicos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!