Cadastre seu Email

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

25/01/2014 17h24 - Atualizado em 25/01/2014 18h24

Shopping reforça a segurança e reabre 

Entradas do centro de compras em Campinas foram liberadas às 15h30.
Segundo a equipe de segurança, nenhum manifestante foi identificado.

Praça de alimentação do Shopping Parque Prado, em Campinas (Foto: Arthur Menicucci/G1)Praça de alimentação do Shopping Parque Prado,
em Campinas (Foto: Arthur Menicucci/G1)
Após suspender o atendimento aos clientespor ao menos 2h30 por suspeita de um encontro denominado de "Rolezinho" marcado pela internet, o Shopping Parque Prado, em Campinas (SP), abriu as portas por volta das 15h30 deste sábado (25). Seguranças particulares, em número maior do que o habitual, afirmaram que nenhum manifestante foi identificado durante o período em que as entradas principais foram trancadas.

A medida ocorreu após um agendamento feito pelas redes sociais em que o grupo indicava o local como ponto de encontro. Durante o horário previsto pelos jovens, agentes da Guarda Municipal e da Polícia Militar também fizeram patrulhamento pela região.
Comerciantes
Comerciantes do shopping analisaram como "precipitada" a decisão de fechar as portas do centro comercial às 13h deste sábado. Um vendedor do local afirmou que o fechamento prejudicou as vendas. "Este mês já está ruim, com esse fechamento no sábado a coisa piora", disse o comerciante, que preferiu não se identificar.
"Todo sábado a gente vê filas no cinema daqui, mas hoje está vazio, assim como todo o shopping", analisou o vendedor, que ainda teme que o prejuízo se estenda para o domingo.
Orientação
Mesmo sem nenhuma confusão no local, uma funcionária que trabalha no estabelecimento, afirmou que viu um segurança pedir para um jovem com boné e desacompanhado de responsável se retirar do local. A ação não foi confirmada pela equipe de segurança. A reportagem do G1 também verificou que vigias orientavam três adolescentes que estavam sem a companhia dos pais e responsáveis no interior do centro de compras. Os seguranças afirmaram que apenas conversou com os jovens.

O shopping ainda não se pronunciou sobre o caso, mas distribuiu um comunicado aos lojistas na sexta-feira (24), em que solicita aos lojistas o fechamento às 13h e que seja evitado a venda de bebidas alcoólicas para evitar "exageros". O boletim informa ainda que o centro de compras seria reaberto após o fim da manifestação dos jovens.
Impasse

Um comerciante, que pediu para não ser identificado, disse que a saída dos clientes do centro de compras estava liberada, mas após o fechamento das portas ninguém poderia adentrar. Funcionários de restaurantes que iam trabalhar a partir das 14h foram também foram impedidos de entrar e estavam preocupados em perder o dia de trabalho.

"Vim almoçar e dei de cara com a porta fechada. Achei um absurdo não deixarem aviso que iam fechar", lamenta a estudante Mariana Medeiros, de 18 anos. Questionada sobre os "Rolezinhos", a estudante disse que não vê problema, desde que seja para o lazer dos organizadores. "Agora, fechar sem saber do que se trata é preconceito", finaliza.
  •  
Shopping Prado em Campinas reabre após ameaça de "Rolezinho" (Foto: Arthur Menicucci/G1)Shopping Prado em Campinas reabre após ameaça de "Rolezinho" (Foto: Arthur Menicucci/G1 Campinas)

tópicos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!