Cadastre seu Email

sábado, 19 de outubro de 2013

Comerciante diz que foi constrangida por guarda municipal em Piracicaba


Mulher de 33 anos procurou a Polícia Civil e registrou a ocorrência.
Agente teria ido armado acompanhar filho em rescisão de emprego.

Do G1 Piracicaba e Região

Uma comerciante de 33 anos procurou a Polícia Civil de Piracicaba (SP) para denunciar que foi constrangida nesta quinta-feira (18), dentro do estabelecimento onde trabalha, por um guarda municipal. A mulher relatou em boletim de ocorrência que o filho do guarda, de 17 anos, era funcionário do comércio e, ao ser dispensado, levou o pai fardado para acompanhá-lo no recebimento das verbas de rescisão.
A comerciante contou que o rapaz foi receber o dinheiro por volta das 15h30, mas pediu para ele voltar às 17h porque não tinha o recurso disponível naquele momento. “Depois de uns 15 minutos, o rapaz apareceu na loja acompanhado do pai, que estava com a farda da Guarda Municipal. E logo em seguida chegaram mais três guardas”, disse a mulher.

O caso foi registrado pela Polícia Civil de Piracicaba como de natureza não criminal. A reportagem do
 G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da Guarda Municipal em busca de um posiocionamento sobre a ocorrência, mas ainda não recebeu resposta."O tempo todo ele (o guarda pai do rapaz demitido) não tirou a mão da arma. Não houve violência, mas o GM gritou com uma cliente e mandou ela calar a boca", relatou a mulher, que disse ter ficado constrangida com a situação.
tópicos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!