Cadastre seu Email

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013



Notícias

Guarda municipal é atacado a tiros e tem moto incendiada na Baixada Fluminense

Agente fazia serviço de mototaxi para complementar renda e teve 95% do corpo queimado

Do R7 com RJ no Ar | dução / Rede Record
Guarda Municipal
A suspeita do ataque é de uma máfia de mototáxi que estaria atuando na cidade, diz polícia

Publicidade
Um guarda municipal sofreu um ataque a tiros e teve sua moto queimada, na noite de terça-feira (5),  em Nilópolis, na Baixada Fluminense. O agente Flávio Carlos da Silva trabalhava de mototáxi nas horas vagas, para complementar a renda da família e teve 95% do corpo queimado devido o atentado.

De acordo com testemunhas, o guarda estava chegando em casa, após deixar uma passageira, e foi abordado por dois homens em um carro preto. Os homens atiraram contra o agente que foi atingido na mão e na cabeça.

Após efetuarem os disparos, eles ainda colocaram fogo na moto do agente. De acordo com a polícia, a suspeita é de que uma máfia de mototaxista está atuando na cidade.

Flávio foi levado para o Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, também na baixada, mas precisou ser transferido. Na unidade, segundo a família, não havia um neurocirurgião. A ambulância para a transferência demorou cerca de quatro horas, afirmam familiares.

Em nota a Coordenação Regional do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência da Baixada Fluminense desmentiu a família e informou que a ambulância levou 34 minutos para chegar ao Hospital da Posse.

O guarda municipal foi transferido para o Hospital Municipal Pedro Segundo, em Santa Cruz, na zona oeste. O estado de saúde do agente não foi divulgado.

Assista ao vídeo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!