Cadastre seu Email

quarta-feira, 21 de março de 2012

Prefeituras reivindicam ajuda do Estado às GMs
Prefeituras reivindicam ajuda do Estado às GMs
21/3/2012 Impressão

Umuarama – Os municípios paranaenses que possuem guardas municipais estão reivindicando contrapartida financeira do Estado pelos trabalhos realizados ao lado da Polícia Militar. Os custos dessa atuação conjunta, bancados pelas prefeituras, consomem recursos dos municípios, numa atribuição do Estado, que é manter a segurança pública. Uma pauta de reivindicações foi definida na última sexta-feira, 16, em São José dos Pinhais, entre representantes das cidades que integram o Conselho Estadual de Secretários Municipais de Segurança do Paraná (Coesems-PR), presidido pelo secretário de São José dos Pinhais, Marcelo Jugend. Agora os pedidos serão levados ao governo do Estado, em audiência com o secretário de Segurança Pública, Reinaldo de Almeida César, nos próximos dias. O secretário de Defesa Social de Umuarama, Hemerson Yukio Yokota, membro do conselho, participou da reunião e disse que, além de unificar o diálogo em torno das reivindicações, Coesems também permite avanços importantes nas ações voltadas à segurança. “Fazemos parte da diretoria do conselho, fundado em 2009. A participação de Umuarama fez com que pudéssemos desenvolver trabalhos em diversos setores na área de segurança, além da constante troca de experiência juntos a os demais municípios membros”, declara. Os secretários de Segurança e Defesa Social de Arapongas, Edwayne Aparecido Areano Aduin; Campo Largo, Benedito Facini; Guaratuba, João Almir Troyner; Pinhais, Lukala Nóbrega; Ponta Grossa, Edimir José de Paula; São José dos Pinhais, Marcelo Jugend; Toledo, João Vianei Crespão; e Londrina, Jefferson Dias da Cunha, além do umuaramense Hemerson Yokota, decidiram retomar um diálogo já iniciado com o Estado em maio de 2011. Na época foi apresentada ao governo uma pauta com alguns itens, destacando a contrapartida financeira esperada do governo. O conselho também reivindica a criação de uma assessoria interlocutora entre os municípios e o governo, para definir ações conjuntas entre PMs e GMs; assento no Conselho Estadual de Segurança Pública; e a unificação dos boletins de ocorrências das GMs junto ao sistema da PM, contribuindo para a transparência no mapa do crime. Segundo a comissão, apenas o primeiro item foi atendido. Os membros do Coesems-PR são: Arapongas, Campo Largo, Guaratuba, Pinhais, Ponta Grossa, São José dos Pinhais, Umuarama, Toledo, Londrina, Fazenda Rio Grande, Curitiba, Foz do Iguaçu, São Miguel do Iguaçu, Maringá, Quatro Barras, Sarandi, Matinhos, Paranaguá, Iporã, Guaíra, Altônia, Campina Grande do Sul, Apucarana, Araucária, Castro, Tibagi, Piraí, Ibiporã, Marechal Cândido Rondon, Faxinal e Mauá da Serra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!