Cadastre seu Email

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

GRANDE RECIFE // ESTACIONAMENTO IRREGULAR

Delegado diz que não há provas que guarda esfaqueou o comerciante


Do NE10
O delegado Paulo Clemente, da Delegacia de Santo Amaro, informou que não há provas de que o guarda municipal, Felipe Aguiar da Silva, 32 anos, tenha esfaqueado no tórax e nas costas o comerciante Mário Francisco do Nascimento, de 33 anos. No entanto, as investigações seguem porque a vítima está internada e ainda não foi ouvida. O incidente foi iniciado pela aplicação de uma multa, na manhã desta terça-feira (24), por volta das 8h30, na Rua Frei Caneca, no bairro de São José, próximo à Praça Joaquim Nabuco. Mário teria estacionado em local irregular. Além de estar fazendo carga e descarga, o que também não seria permitido.
Segundo o delegado, o guarda municipal não foi levado ao Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) porque o ato foi configurado como lesão leve. "No local não foi recuperada nenhuma arma e consequentemente não existe prova material e testemunhal que leve o guarda a ser autuado em flagrante por homicídio ou outro fato mais grave", afirma o delegado. Ainda de acordo com ele, já foi elaborado procedimento contra o guarda de trânsito e contra o comerciante que está se recuperando no Hospital da Restauração, no bairro do Derby, área central do Recife. Mário Francisco foi submetido a uma drenagem torácica após cirurgia realizada no início da tarde. 
O comerciante será autuado por desacato a autoridade."Ele desacatou funcionário público em exercício da profissião e causou uma lesão corporal no rosto do guarda, que teria se defendido", explica o Paulo Clemente.
Porém, de acordo com o irmão da vítima, Fabiano Francisco do Nascimento, que também estava no local do incidente, o guarda empurrou o irmão dele. "Ele estacionou o carro, foi comprar Zona Azul, anotou a placa, quando o guarda notificiou.  Mário informou que estava colocando Zona Azul, daí a discussão começou. O guarda empurrou meu irmão e ele revidou", relata Fabiano. "O porteiro do prédio viu quando o guarda esfaqueou ele com o punhal. Todo mundo viu que ele o atingiu pelas costas. Houve agressão dos dois", completa.
ESCLARECIMENTO - Em nota, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) informou que as Secretarias de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) e Segurança Urbana (Seseg) esclarecem que o agente agredido por um condutor na manhã de hoje, no bairro de Santo Antônio, prestou queixa contra o agressor, que foi autuado em flagrante por desacato e lesão corporal. Em depoimento, o agente informou que multou o carro do comerciante por estar em vaga de Zona Azul sem utilização do talão. Com isso, terminou sendo agredido e iniciou-se uma briga. Não houve queixa contra o agente.

A CTTU e a Corregedoria da Guarda Municipal do Recife (GMR) acompanharam todo o caso na Delegacia de Santo Amaro. A Corregedoria vai abrir sindicância administrativa para investigar o que aconteceu. Durante a apuração dos fatos, a Corregedoria vai solicitar o afastamento do agente do serviço de rua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!