Cadastre seu Email

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Da redação | quinta, 02 de julho de 2015 - 07h15 Guarda Municipal vigiará estudantes na Capital Campanha vai orientar alunos sobre permanência fora da escola em horário de aula    Alunos poderão ser abordados e orientados pelos Guarda Municipal nos terminais de transbordo de Campo Grande (Foto: Victor Chileno) Para impedir o envolvimento de adolescentes com drogas e prática de crimes, principalmente o de depredação ao patrimônio público, uma campanha vai coibir a presença de alunos em horário escolar nos terminais de ônibus, no torno das unidades de ensino, praças e outros ambientes públicos de lazer. A ação será realizada nos próximos 50 dias. Passado esse período, a Guarda Civil Municipal vai intensificar, as rondas escolares nos horários de entrada e saída das escolas. A campanha de orientação será desenvolvida Secretaria Municipal de Segurança Pública (SEMSP), em parceria com a 27ª Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude, Conselhos Tutelares e representantes da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano (Assetur), atendendo as reivindicações das escolas públicas da Capital. “Quando o aluno está fora da sala de aula, no período que deveria estar no ambiente escolar, as consequências são sempre negativas”, afirmou o titular da SEMSP, Valério Azambuja. A Pesquisa Nacional de Saúde Escolar (Pense), de 2012, do IBGE, apontou que Campo Grande é a maior Capital do País na proporção de escolas com estudantes que já experimentaram cigarro (37,1%), e a que tem maior número de fumantes (12,4). Os estudantes da capital sul-mato-grossense foram ainda os que mais disseram ter consumido uma dose de bebida alcoólica (62,3%). Passado o período de orientação, a Guarda Municipal agirá de forma mais intensa para evitar a presença de alunos e pessoas com atitudes suspeitas, durante o período das aulas, nas regiões que cercam a unidade de ensino e nos terminais de transbordo. Os terminais, aliás, são alvo de constante pichação. No Terminal Morenão, por exemplo, pichações apareceram no dia seguinte aos serviços de reforma e limpeza das paredes. Estudantes, em horário de aula, que estiverem nos terminais serão abordados e orientados pelos guardas municipais. Reparando danos - O promotor da Infância, Adolescência e Juventude, Sérgio Harfouche, destaca que a campanha vem ao encontro do programa implantado nas escolas públicas da Capital, que é a reparação de danos causados pelos alunos, ação prevista nos regimentos escolares. “Devemos voltar os olhos para esses jovens. O correto em muitos casos é fazer com que o adolescente seja responsabilizado pelos seus atos realizando serviços em beneficio da escola. Quando apanhado matando aula ou cometendo alguma irregularidade neste período, a responsabilidade deverá ser voltada para os pais. As medidas de proteção e orientação só funcionam se tivermos uma colaboração adequada da família integrada com a escola”. A campanha prevê ainda alertar os comerciantes sobre a proibição da venda de produtos que causem dependência ou ofereça riscos à vida de crianças e adolescentes. A Conselheira Tutelar Ana Paula Amarilha cita que fora da sala de aula, além do prejuízo educacional, o aluno fica exposto a práticas não saudáveis. “Como uso de álcool, narguilé, cigarro, e outras drogas”. Todos os servidores da Guarda Civil Municipal envolvidos na campanha passaram por capacitação específica e destinadas a atender os objetivos desta ação. “Nosso papel em relação aos jovens é promover sua segurança e propiciar o melhor ambiente para que ele se desenvolva e possa ter uma excelente qualidade de vida. Para isso, todos os Guardas Civis Municipais envolvidos diretamente neste projeto foram selecionados e serão capacitados para atender essa demanda de forma adequada”, ressalta Valério. A Assetur cedeu espaços para divulgação das orientações nos principais pontos de ônibus da cidade. Uma nova reunião, para acertar os detalhes da ação, deverá ser realizada na próxima sexta-feira dia 3 de julho, no auditório da 27ª Promotoria da Vara da Infância e Juventude de Campo Grande. (Com informações da assessoria de imprensa da prefeitura da Capital)
Leia mais em: http://www.diariodigital.com.br/geral/guarda-municipal-vigiara-estudantes-na-capital/132104/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!