Cadastre seu Email

domingo, 24 de maio de 2015

Guardas municipais protestam em frente à prefeitura de Vitória

Eles pedem melhores condições de trabalho e a valorização da categoria.
Prédio usado pro funcionários foi fechado arbitrariamente, diz sindicato.

Do G1 ES
Com faixa, agentes pediram melhores condições de trabalho (Foto: Divulgação / Sigmates)Com faixa, agentes pediram melhores condições de trabalho (Foto: Divulgação / Sigmates)
Agentes da Guarda Municipal de Vitória fizeram uma manifestação no início da tarde desta terça-feira (21), em frente a prefeitura municipal. A categoria pede melhores condições de trabalho e valorização.
O presidente do Sindicato dos Servidores das Guardas Civis Municipais e dos Agentes Municipais de Trânsito do estado (Sigmates), Eduardo Dias Amorim, disse que uma das motivações para o ato foi a interdição de forma arbitrária de um prédio usado pelos agentes.
Eduardo explicou que o prédio era usado para algumas atividades, como beber água e tomar banho. Porém, alguns problemas estavam atrapalhando o funcionamento e o trabalho dos profissionais.
"Fiação elétrica solta, uma área virou depósito de bicicletas velhas, sem condições mínimas de saúde. Um lixo. A Guarda sai para trabalhar e quando chega ao local de trabalho não tem condições mínimas de higiene", disse.
Por conta disso, foi solicitado à prefeitura a limpeza e melhorias do estrutura. Porém, em vez de atender o pedido, a prefeitura apenas emitiu um comunicado informando que a entrada no local estava proibida. Isso teria ocorrido na última semana.
"O prédio onde as pessoas tomam banho, onde tem armários. Nós reivindicamos a limpeza do local e, de maneiro autoritária, como represália, ele foi fechado", completou o presidente do Sigmates.
Além disso, eles também reclamam que está havendo uma forma de resistência por parte da administração. "Alguns agentes que têm perfil fiscalizador e que gostavam de fazer isso foram tirados, trocados de área, tirados da rua", explicou.
Como parte dessa resistência, a Secretaria Municipal de Segurança Urbana (Semsu) retirou da Guarda de Trânsito o poder dos autos de remoção, que permitia a retirada de veículos, e passou a função para agentes de posição gratificada, que teriam "ligação direta" com a prefeitura.
Outro lado
A Secretaria Municipal de Segurança Urbana (Semsu) informou que o prédio citado é a antiga base da Guarda Civil Municipal, que foi desocupado desde julho de 2013 por conta de rachaduras aparentes.
Desde então o prédio tem servido apenas para o depósito de equipamentos. Recentemente, para evitar possíveis acidentes no local, a Secretaria Municipal de Segurança Urbana têm mantido o prédio fechado.
Com relação à fiscalização de trânsito, a Semsu disse que não aplica qualquer tipo de sanção, ou penalidade, aos agentes de trânsito que estão no devido cumprimento da atividade de fiscalização de trânsito, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).
Quanto ao plano de cargos e salários, a Secretaria Municipal de Administração (Semad) explicou que existe atualmente um grupo de trabalho, que reúne as Secretarias de Segurança Urbana (Semsu) e Fazenda (Semfa), além da Semad, em conjunto com os sindicatos e representantes da Guarda Municipal, estudando e formulando um plano de cargos compartilhado.
Parte externa de prédio usado pelos agentes, em Vitória (Foto: Divulgação / Sigmates)Parte externa de prédio usado pelos agentes, em Vitória (Foto: Divulgação / Sigmates)
Imagens mostram bicicletas jogadas e fiação à mostra, em Vitória (Foto: Reprodução/TV Gazeta)Imagens mostram bicicletas jogadas e fiação à mostra, em Vitória (Foto: Reprodução/TV Gazeta)
tópicos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!