Cadastre seu Email

domingo, 26 de abril de 2015

Ministério Público irá apurar agressões de guardas municipais contra servidores em greve

Agentes agrediram trabalhadores durante ato no Paço Municipal após suposta tentativa de invasão à Secretaria de Finanças
Foto: Reprodução/Simsed
Foto: Reprodução/Simsed
Ministério Público de Goiás (MPGO) vai apurar a ação da Guarda Civil Metropolitana (GCM) contra servidores municipais da educação, na última quinta-feira (23/4), durante manifestação nos corredores do Paço Municipal. Os agentes teriam agredido trabalhadores após suposta tentativa de invasão à Secretaria Municipal de Finanças.
Os grevistas agredidos estão sendo ouvidos nesta sexta-feira (24) na sede do MPGO. O Grupo de Controle Externo da Atividade Policial do órgão ministerial abriu procedimento para investigar possíveis abusos por parte dos guardas municipais.
Para o Sindicato Municipal dos Trabalhadores da Educação (Simsed), a ação dos agentes foi premeditada, uma vez que as pessoas que ficaram feridas integravam a coordenação do movimento de greve.
Em nota, a Guarda Municipal lamentou o ocorrido e afirmou que os abusos serão apurados pela Corregedoria do órgão. “A determinação era que a manifestação acontecesse na parte externa do prédio. Diante dessa iniciativa do grupo foi necessário utilizar o uso progressivo da força a fim de manter a ordem local, não podendo ser identificado as pessoas que ali estavam”, esclarece a assessoria de imprensa da GCM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!