Cadastre seu Email

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Homicídios têm queda histórica em 2014

Centro-Oeste
Mesquita ressaltou os resultados positivos na redução de homicídios em bairros com alto índice de criminalidade(Foto:Divulgação) No comparativo com o ano de 2013, a queda foi de 1,67% no Estado. Em diversos municípios, de maior porte, a redução foi grande

Helton Lenine,Especial para Cidades

O ano de 2014 registrou queda histórica no número de homicídios em Goiás. No ano em que a área da Segurança Pública foi uma das prioridades do governador Marconi Perillo (PSDB), a redução, no total de assassinatos, foi de 1,67% na comparação com 2013 e chegou a mais de 60% em algumas áreas do Estado. Além disso, pela primeira vez, em cinco anos, houve recuo na taxa de homicídios goiana.
No comparativo com o ano de 2013, a queda foi de 1,67% no Estado. Em diversos municípios, de maior porte, a redução foi grande. Na cidade de Anápolis de janeiro a dezembro de 2014 a redução foi 21,59% em relação ao mesmo período de 2013, também houve queda significativa no Entorno do Distrito Federal. A cidade de Águas Lindas teve em 2014, 16,46% casos abaixo do registrado em 2013. Outro município do Entorno do Distrito Federal que teve o índice de homicídios reduzido foi Formosa, 18,37% menos ocorrências.
No Entorno do Distrito Federal, região formada por 19 municípios, o número de registros foi 11,08% menor. O superintendente executivo de Segurança para o Entorno, coronel Divino Efigênio avalia que “a ação integrada das Polícias Civil e Militar foi importante para alcançar a redução”. O coronel destaca ainda que o trabalho das forças de segurança na região tirou de circulação armas ilegais e desarticulou diversos pontos de venda que abasteciam os criminosos em cidades do Entorno com armas de fogo usadas para cometer diversos crimes, entre eles homicídios.
No Sudoeste goiano, Rio Verde fechou o ano com queda de 17,74% no registro de homicídios. Houve queda acentuada também em Trindade, cidade próxima à Goiânia que contabilizou 29,82% ocorrências a menos, em 2014, que no ano anterior. O comparativo entre dezembro de 2014 e dezembro de 2013 também foi positivo no Estado e nas principais regiões. Em Goiás, a queda nesse comparativo foi de 22,29%. Em Goiânia, o recuo chegou a 28,38%.
A queda no período foi de 14,51% na Região Metropolitana. Nos município do Entorno do Distrito Federal, merecem destaque os índices de Valparaíso de Goiás (51,10% menos ocorrências), Novo Gama (60,69% menos) e Luziânia (23,43% menos).
O secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás, Joaquim Mesquita, atribui o sucesso do trabalho às ações desenvolvidas por toda equipe da SSP para subsidiar e incrementar a atuação das forças policiais. “As estatísticas criminais registram constante desaceleração, estabilização e redução dos homicídios no Estado e mostram que a estratégia adotada para articular e orientar a atuação das polícias tem dado certo e a expectativa é de que neste ano de 2015 possamos avançar ainda mais”.
Segundo o secretário, que foi mantido pelo governador no comando da pasta para o quarto mandato, “o esforço é para que, com profissionalismo e cientificidade, a Segurança Pública de Goiás cumpra o compromisso do governo de Goiás de prestar um serviço de segurança pública de qualidade”. A inversão nas taxas coincide com o, significativo, aumento dos investimentos do governo estadual em segurança pública, que atingiram 30% de acréscimo na comparação com a administração anterior de Alcides Rodrigues (PP), quando as taxas de criminalidade explodiram no Estado.
Investimentos
Entre as obras de destaque realizadas está Centro Integrado de Inteligência, Comando e Controle (CIICC), inagurado no último dia 30 pelo governador, com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. A obra consolida a integração das forças de segurança que atuam no Estado e recebeu investimentos de R$ 9,7 milhões, dos quais R$ 6,7 milhões de recursos do governo do Estado e o restante de verba da União, obtida através de emenda do deputado federal João Campos (PSDB).
O CIICC abriga as centrais de atendimento de emergência (190, Polícia Militar; 193, Bombeiros; 192, Samu e 197, Polícia Civil), além do aplicativo 19X que proporciona maior agilidade e evita a duplicidade de atendimento. No Centro também funciona a Central de Videomonitoramento (Programa Olho Amigo), a Central de Monitoramento de Tornozeleiras Eletrônicas, o sistema de monitoramento de pessoal, ocorrências e viaturas em tempo real, a Superintendência de Inteligência e Observatório de Segurança, responsáveis pela coleta e interpretação de dados, análise criminal e planejamento de ações estratégicas.
De acordo com a Secretaria de Segurança, a estrutura tem capacidade também para receber diversos órgãos envolvidos em situações específicas, como crises, grandes operações, teleconferências dentre outras. O CIICC propiciara, de forma efetiva, centralizar e gerenciar as informações decorrentes do atendimento emergencial, para subsidiar o planejamento, a tomada de decisões e efetiva ação dos órgãos de segurança.
Estão integradas ao Centro as polícias Militar, Civil e Técnico-Científica, o Corpo de Bombeiros e a Administração Penitenciária. Como parceiros, o CIICC já atua integrado com a Guarda Municipal, a Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT), a Agência Municipal de Meio Ambiente, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Rede Metropolitana de Transporte Coletivo.
Após descerrar a fita inaugural das instalações do CIICC, o governador e demais autoridades percorreram todas as dependências do órgão, conhecendo de perto o grande salão onde estão instalados um painel videowall, de 15 metros quadrados, formado por 18 telas Full HD, de 55 polegadas cada uma, e 48 estações de trabalho com computadores com três monitores cada. No momento, o monitoramento está sendo feito através de 70 câmeras colocadas em pontos estratégicos e de maior incidência de delitos.
Brevemente, através de convênio com o Ministério da Justiça e o governo do Estado, terá ainda outras 80 câmeras que estão sendo instaladas em Goiânia, provenientes do programa “Crack é Possível Vencer”. Além disso, está em fase final a licitação para a aquisição de mais 500 câmeras. Durante entrevista coletiva, o governador lembrou que esta é uma obra sonhada há muito tempo.


saiba mais 6

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!